Fale Conosco!

Nome: E-mail: Telefone Cidade: Mensagem:

19/10/2018 - Ações contra tráfico e homicídios mobilizam Polícia Civil no Sul do RS

Duas operações deflagradas nesta sexta-feira pela Polícia Civil combatem o tráfico de drogas e homicídios na Zona Sul do Rio Grande do Sul. As ofensivas ocorrem nas cidades de Pelotas e Rio Grande e devem cumprir hoje 39 ordens judiciais.

 

Em Pelotas, a operação chamada de Madagascar tem o objetivo de cumprir 26 mandados, entre prisões preventivas e outros 18 de busca e apreensão. Seis meses de investigação levaram à ofensiva desta sexta e apontaram a existência de um grupo criminoso suspeito de comercializar maconha e crack nos bairros Fragata e Peres. Cinco pessoas já foram presas.

 

Na cidade de Rio Grande, a Polícia Civil desencadeou a operação Vendeta, que tem a intenção de combater assassinatos na região. Treze mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva devem ser cumpridos pelos policiais.

 

 

Fonte:Correio do Povo

19/10/2018 - Chuva perde força e frio aumenta no RS nesta sexta

As instabilidades devem perder força e o tempo firme volta a predominar sobre a maior parte do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (19). Apesar da volta do sol sobre a maior parte do Estado, a sensação de frio predomina ao longo do dia. A expectativa é de dia nublado e com chuva fraca a qualquer hora do dia em toda a faixa leste do RS.

 

No sábado (20) o tempo segue firme em praticamente todo o Estado devido ao avanço da massa de ar seco e frio. O sol predomina sobre a maior parte do RS, mas as temperaturas seguem amenas e mantém a sensação de frio ao longo do dia. A exceção fica por conta do Litoral Norte, onde os ventos úmidos que sopram do mar ainda mantêm as nuvens carregadas e pode chover rapidamente.

 

Confira a previsão do tempo para algumas cidades:

Capital: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 19°C e máxima de 23°C

Pelotas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

Caxias do Sul: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 20°C

Santa Maria: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 17°C e máxima de 25°C

Santa Rosa: muitas nuvens ao longo do dia. Mínima de 19°C e máxima de 25°C

Erechim: muitas nuvens ao longo do dia. Mínima de 17°C e máxima de 23°C

Uruguaiana: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 17°C e máxima de 26°C

Torres: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 17°C e máxima de 23°C

Rio Grande: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 17°C e máxima de 20°C

Mostardas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 18°C e máxima de 21°C

Passo Fundo: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 23°C

Bagé: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 23°C

Tramandaí: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 18°C e máxima de 21°C

Xangri-Lá: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 18°C e máxima de 21°C

Capão da Canoa: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 18°C e máxima de 22°C

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

19/10/2018 - Motorista é resgatado de ferragens de caminhão após cerca de cinco horas na BR-386

O condutor de um bitrem, com placas de Sertão Santana, ficou preso às ferragens das 22h desta quinta-feira (18) até por volta das 3h desta sexta-feira (19). O caminhão que ele conduzia tombou no trecho do km 305 da BR-386, em Pouso Novo, no Vale do Taquari.

 

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), durou cerca de cinco horas o resgate realizado pelo  Corpo de Bombeiros. Ferido, o homem foi encaminhado para atendimento hospitalar. O motorista tem 30 anos e não teve a identificação divulgada. Não houve bloqueios no trânsito já que o caminhão ficou fora da pista. A carga de sementes foi derramada, mas sem prejudicar a mobilidade na via.

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

19/10/2018 - Mãe pula em açude para salvar filho de dois anos e os dois morrem afogados em SC

Uma mulher de 40 anos e o filho dela, um menino de dois anos, morreram afogados no açude de um assentamento na localidade de Serro Azul, em Rio Negrinho, Planalto Norte de Santa Catarina. A ocorrência foi registrada na manhã desta quinta-feira (18).

                                                                                                        

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar de Rio Negrinho, Maria Conceição Pinto estava construindo uma cerca ao redor do açude e o filho dela, Francisco Lanin Pinto Fortuna, a acompanhava quando teria caído na água. A mulher então teria pulado no açude para salvar o filho, mas também se afogou.

 

Ainda conforme os bombeiros, o marido e pai da criança relatou que a mulher foi retirada da água por familiares já sem vida. Já o corpo do menino foi localizado cerca de duas horas e meia depois de as buscas começarem. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de São Bento do Sul.

 

 

Fonte: Gáucha/ZH

19/10/2018 - Magistrada no banco dos réus: juíza é acusada de mandar matar o ex em Porto Alegre

Está marcado para 12 de novembro na 1ª Vara do Júri da Capital, a primeira audiência do processo referente a um misterioso assassinato ocorrido há 11 anos em Porto Alegre. No banco dos réus está a juíza gaúcha Margarida Elisabeth Weiler, 61 anos, aposentada do Judiciário do Mato Grosso do Sul. Ela é acusada de ser a mandante da morte do ex-companheiro, o português Carlos Manuel Nunes Carvalho, 54 anos, investigador aposentado do Tribunal de Contas de Portugal, especializado em apurar crimes de colarinho branco.

 

O crime ocorreu em 6 de junho de 2007. A temperatura beirava 10ºC naquela noite na zona norte de Porto Alegre. Pouca gente na rua. Muitas dentro de casa, com atenção toda voltada para a TV, acompanhando a dramática semifinal entre Santos e Grêmio que levou o time gaúcho à final da Copa Libertadores daquele ano.

 

Carvalho era um pedestre solitário na Rua Honório Silveira Dias, bairro São João. Voltava para o seu apartamento, distraído, sem perceber que era seguido por criminosos em duas motocicletas pela contramão.

 

Publicidade

Você pode fechar este vídeo em 5 s

Ao chegar em frente ao prédio onde morava, o português foi executado com disparos de pistola calibre .380. Onze tiros acertaram a vítima pelas costas, quatro na cabeça, furando até um DVD do filme Spartacus que recém alugara em uma locadora. Terminava ali a vida de um homem envolvido em um imbróglio cibernético com a Justiça do Mato Grosso do Sul e começava um enredo de suspense que se arrasta por mais de uma década.

 

Durante esse tempo, ocorreram idas e vindas de documentos entre autoridades do Rio Grande do Sul e do Mato Grosso do Sul, sob segredo de Justiça. O assassinato foi investigado pelas polícias Civil e Federal. O inquérito somou mais de 4,4 mil páginas e chegou à Justiça em agosto de 2017 com acusação contra a juíza, uma das três ex-mulheres da vítima.

 

Na época do crime, Margarida, natural de Tenente Portela, no Noroeste, era juíza da Vara Única de Anaurilândia, no Mato Grosso do Sul — distante 372 quilômetros de Campo Grande —, onde iniciou carreira em 1992 até ser aposentada compulsoriamente em junho de 2010, após denúncias de supostas irregularidades cometidas no exercício do cargo.

Expert em informática, português foi preso

 

Um dos motivos para o assassinato, segundo denúncia do Ministério Público (MP), seria assegurar a impunidade da juíza. Carvalho estaria disposto a prestar depoimento contra Margarida sobre supostas ilicitudes cometidas pela magistrada. Outra razão para a morte, conforme o MP, seria vingança. Carvalho, expert em informática, fora protagonista de uma violenta campanha de difamação da juíza por meio de blogs e redes sociais após a conturbada separação do casal.

 

O investigador português criou sites, inclusive com pseudônimo, e invadiu o e-mail de Margarida descobrindo contatos dela e enviando mensagens que ofenderiam a honra da juíza para 1,5 mil endereços eletrônicos de amigos da magistrada, de integrantes do Judiciário e até de políticos. Por causa disso, Carvalho foi denunciado pelo Ministério Público do Mato Grosso do Sul como autor de 116 crimes virtuais e ficou preso por quase um ano por ordem da Justiça de Bataguassu, cidade vizinha a Anaurilândia.

 

Um outro indício de que a morte de Carvalho pode ter sido encomendada são registros de antenas de telefonia móvel. Eles mostram que, na noite do crime, dois celulares, um com prefixo 67 (de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul) e outro 51 (de Porto Alegre) tiveram contato por 17 vezes nas imediações do local onde ocorreu o assassinato. Até hoje, ninguém sabe quem eram os interlocutores e quem eram os donos dos telefones. E isso dificilmente será apurado. Operadoras de telefonia costumam guardar registros para quebra de sigilo por até cinco anos.

 

Depois do assassinato de Carvalho, cópias de uma carta digitada em computador, supostamente escritas pelo português, na qual afirmava que se fosse morto a culpa seria da juíza, chegaram ao gabinete do então secretário da Segurança do Estado José Francisco Mallmann e ao Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul.

Romance pela internet e encanto pelo Pantanal

 

O investigador aposentado do Tribunal de Contas de Portugal Carlos Manuel Nunes Carvalho, 54 anos, mudou-se para o Brasil por causa de um romance com uma dona de casa de Porto Alegre. Eles se conheceram pela internet em 2001. Viúvo, com um filho de três anos para criar, resolveu morar na capital gaúcha.

 

No final de 2002, o relacionamento com a dona de casa não ia bem e o português decidiu voltar para a terra natal. No entanto, antes, tinha interesse em visitar o Pantanal, lugar pelo qual se dizia encantado. No Mato Grosso do Sul, conheceu a juíza aposentada Margarida Elisabeth Weiler e lá ficou.

 

Carvalho foi viver com a magistrada. Morava na casa de Margarida, usava o carro dela, mas o casal não se dava bem. O português seria alcoólatra e agressivo. Uma ação de separação de corpos foi ajuizada em 2005. Tempos depois, ele retornou para Porto Alegre e voltou a viver com a antiga companheira gaúcha até ser assassinado. Após o crime, a mulher se mudou para Portugal com o enteado.

 

O QUE DIZ A DEFESA

 

Procurados, os  três advogados gaúchos e dois do MS que representam Margarida Elisabeth Weiler não quiseram se manifestar.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

19/10/2018 - Grávida morre após ser torturada por companheiro em Rio Grande

Uma mulher morreu após ser agredida, estuprada e torturada por horas seguidas dentro de casa pelo companheiro, em Rio Grande, no sul do Estado. Após os ataques, Fabiane Desidere Lopes, que tinha 28 anos e estava grávida, foi levada pelo homem, de 26, em um táxi até o Hospital Santa Casa, na quarta-feira (17), e deixada em uma cadeira em frente ao pronto-atendimento.

 

Conforme a Polícia Civil, ela teve quase todo o cabelo arrancado e foi praticamente mutilada por intensos golpes de faca e outros tipos de violência como socos e pontapés. A vítima e o feto não resistiram aos ferimentos e morreram pouco depois dela ter sido deixada no local.

 

A polícia localizou o companheiro da mulher nesta quinta-feira (18). Em depoimento, ele admitiu ter cometido o crime e alegou que seria por ciúmes de uma possível traição.

 

O delegado Roberto Sahagoff, que reponde pela Delegacia da Mulher interinamente, afirma que o homem se contradiz. Em um momento do relato, ele disse que o motivo da agressão seria o fato de não concordar com a decisão tomada pela companheira sobre abortar.

 

No entanto, a Civil entende que os ferimentos efetuados nas partes íntimas da vítima denunciam que não haveria preocupação com um possível aborto por parte do agressor.

 

— O crime chama a atenção pela crueldade com que foi executado. Ela foi torturada por horas. A casa foi encontrada com sangue em praticamente todos os cômodos. É um dos casos mais perversos que já vi — afirma o delegado.

 

A Polícia Civil conseguiu um mandado de prisão para efetuar a detenção do homem nesta quinta-feira. Na mesma ação, os policiais prenderam dois irmãos dele, de 23 e 38 anos, que foram flagrados com drogas e arma de fogo. O crime é investigado como feminicídio. Os nomes não foram informados.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

19/10/2018 - Despesas extras para o próximo governo federal já somam R$ 8,5 bilhões

A ressaca pós-eleição sentida por grande parte de deputados federais e senadores que não  conseguiram se reeleger também trará dor de cabeça para o próximo presidente. Nesta semana, duas votações no Congresso autorizaram despesa extra de R$ 8,5 bilhões a partir de 2019. A ação contrariou a equipe econômica do atual governo, expondo ainda mais a fragilidade de Michel Temer e o esfacelamento de sua base aliada.

 

A maior parte do custo adicional – R$ 4,8 bilhões nos próximos três anos – virá do reajuste do piso salarial de 355 mil agentes comunitários de saúde. Atualmente em R$ 1.004, o salário-base dos servidores chegará a R$ 1.550 em 2021.

 

Aprovado em agosto, o trecho do projeto que previa o aumento foi vetado pelo presidente, após orientação da equipe econômica do Planalto. A ação gerou forte reação, inclusive de aliados. Um dos principais articuladores para a derrubada do veto foi o colega de partido de Temer e presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE). Apesar de não ter conseguido a reeleição, prometeu durante a campanha que manteria a valorização dos salários. Pressionados pela categoria, outros parlamentares da base aliada seguiram o mesmo caminho.

 

Publicidade

Este vídeo acabará em 12 s

Você pode fechar este vídeo em 5 s

– Falei com o Michel (Temer) e ele sabia que a gente ia derrubar. Há a questão fiscal, mas tem coisas que não dá (para votar contra) – relata o vice-líder do governo Beto Mansur  (MDB-SP), que também não conseguiu a reeleição.

 

A União é responsável por 95% do valor do piso. O restante fica a cargo das prefeituras, que eram contrárias ao reajuste. Outro projeto, sobre renegociação de dívidas de agricultores familiares das regiões Norte e Nordeste, sofreu modificações no Congresso. Deputados e senadores ampliaram o benefício para trabalhadores de todo o país, além de aumentar para dezembro o prazo para adesão ao programa, inicialmente previsto para outubro.

 

A alteração no Legislativo fez a conta inicial do governo aumentar em R$ 3,7 bilhões.

 

– Eles (administração Temer) sabiam da derrota porque é uma questão de necessidade. Se fosse um governo forte, em meio de mandato, seria diferente – admite a líder do MDB no Senado, Simone Tebet (MS).

 

Votação de pautas-bomba é tendência em governos fragilizados

Os problemas de Temer com sua base aliada tiveram início em 2017, quando duas denúncias apresentadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra ele foram congeladas na Câmara. As negociações em busca de apoio integraram a distribuição de cargos e a liberação de emendas parlamentares. Apesar do êxito inicial, o desgaste fez com que aliados passassem a evitar a proximidade com o emedebista, em especial devido ao período eleitoral.

 

Professor de Finanças Públicas da Universidade de Brasília (UnB), Roberto Picitelli relembra que a votação de pautas-bomba pelo Congresso à revelia do Executivo é tendência em governos fragilizados. Ele lembra que situação semelhante ocorreu em 2016, antes do impeachment de Dilma Rousseff (PT), quando o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ), pautou projetos que representavam impacto financeiro superior a R$ 200 bilhões à época, em retaliação à ex-presidente.

 

– É impossível colocar ordem na casa quando os interesses são tão oportunistas. Com o governo fraco, sem maioria, o presidente se torna refém – pontua.

 

O Congresso terá sessão na próxima quarta-feira, embora a expectativa é de que nenhum projeto de impacto seja votado. Câmara e Senado voltarão a se reunir somente depois do segundo turno das eleições. Com o novo presidente escolhido, a tendência é de que as negociações passem pelos crivos do atual e do futuro governo.

 

Para 2019, a projeção de rombo nas contas públicas, sem contar os juros, é de R$ 132 bilhões. A equipe econômica do Planalto aposta que o déficit cairá nos anos seguintes, em especial, pela redução dos gastos públicos, represados pela emenda constitucional que condiciona o aumento de investimentos ao avanço da inflação, e pela possível retomada da economia e da geração de empregos.

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

18/10/2018 - Aposta da Bahia ganha R$ 2,5 milhões na Mega-Sena

 

Uma aposta feita em Castro Alves, na Bahia, acertou as seis dezenas do concurso 2.088 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira em Santa Helena de Goiás, Goiânia. O prêmio é de R$ 2,52 milhões. O próximo sorteio ocorre neste sábado, com valor estimado em R$ 3 milhões.

 

As dezenas sorteadas foram 03 – 14 – 24 – 27 – 38 – 56.

 

A Quina teve 56 apostas ganhadoras, com prêmio de R$ 24,4 mil cada. A Quadra teve 3.262 apostas contempladas, cada uma irá receber R$ 600.

 

As apostas podem ser feitas até as 19h de Brasília do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta mínima, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

18/10/2018 - Motociclista morre em colisão na BR 471, em Rio Grande

Um motociclista, de 28 anos, morreu na noite de quarta-feira, em um acidente de trânsito na BR 471, em Rio Grande, no Sul do Estado. A colisão entre a moto e um Fiat Uno, de Rio Grande, aconteceu no km 528 da rodovia.

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a motocicleta – sem sinalização - estaria transitando pela contramão, quando colidiu frontalmente contra o carro, que seguia no sentido contrário. O motociclista morreu no local. Já o passageiro da moto teve ferimentos graves e foi socorrido para a Santa Casa de Rio Grande.

 

O motorista do Fiat não se lesionou. De acordo com a PRF, ele não tem habilitação e foi submetido ao teste de etilômetro, que deu resultado negativo. Ele foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Rio Grande para registro da ocorrência. Os veículos estavam com a documentação irregular e foram removidos para o depósito do Detran.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

18/10/2018 - Trump ameaça fechar a fronteira com o México

O presidente Donald Trump ameaçou nesta quinta-feira fechar a fronteira Estados Unidos-México se o país vizinho não impedir o fluxo de imigrantes vindos da América Central. "Devo, nos termos mais fortes, pedir ao México para impedir este avanço, e se isso não acontecer, vou chamar os militares e fechar nossa fronteira do sul", disse no Twitter.

 

“In addition to stopping all payments to these countries, which seem to have almost no control over their population, I must, in the strongest of terms, ask Mexico to stop this onslaught - and if unable to do so I will call up the U.S. Military and CLOSE OUR SOUTHERN BORDER!..”

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

18/10/2018 - Abandonadas, cabines telefônicas são alvo de vandalismo em Porto Alegre

 

Dos telefones públicos espalhados por Porto Alegre, pelo menos seis estão instalados em cabines fechadas — não são os tradicionais orelhões. Metade delas, as mais antigas, na cor azul, tornaram-se alvo de reclamações de moradores: as estruturas enferrujam, os painéis de vidro estão quebrados e o interior é impregnado pelo odor de urina. Nem os telefones funcionam — estão mudos, quebrados, com botões desencaixados e o visor desligado. As outras três mais novas, na cor cinza, ficam próximas a shoppings e exibem propaganda nas laterais. Não apresentem sinais de vandalismo, mas apenas uma tem o telefone em operação.

 

Enquanto cerca de 5,8 mil orelhões clássicos são mantidos pela Oi, as cabines cobertas seriam de responsabilidade da prefeitura. Em 2011, a Ativa Multicanal foi contratada para a manutenção do mobiliário urbano. A parceria terminou em 2015 porque a empresa explorava publicidade de forma irregular nos equipamentos. Na ocasião, a administração municipal trocou a publicidade por peças da campanha institucional "Porto Alegre: Eu curto. Eu cuido". Hoje, as cabines estão abandonadas e ninguém se responsabiliza por elas.

 

De 2015 para cá, já houve duas tentativas para contratar uma nova empresa: o primeiro edital não recebeu interessados e o segundo foi barrado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A terceira tentativa deve ocorrer em 2019.

 

 

Você pode fechar este vídeo em 4 s

O alerta sobre o problema foi registrado por quatro usuários no aplicativo Pelas Ruas: todos reclamaram da insegurança e da falta de manutenção. Em uma das cabines que GaúchaZH visitou, na Rua Ramiro Barcelos, o zelador do prédio à frente correu em direção à reportagem e perguntou, empolgado:

 

— A prefeitura finalmente vai tirar essa porcaria?

 

José Carlos Schunk Reis, 60 anos, afirma ter que lavar a cabine todos os dias com água da mangueira para remover a sujeira deixada na madrugada. À noite, da sacada do apartamento, ele assiste à cabine servir como reduto para usuários de drogas e banheiro improvisado para moradores de rua.

 

— O que eu tiro de cocô, papelzinho de crack e pino de cocaína daqui, tu não faz ideia — relata o zelador, que está mobilizando os moradores do prédio para custear a retirada da estrutura.

 

Onde estão as cabines

Rua 24 de Outubro, 111

Rua Ramiro Barcelos, 1.115

Avenida Casemiro de Abreu, 1.147

Avenida Ipiranga, 5.200

Avenida Túlio de Rose, 100

Rua Thadeo Onar, 40 (única com telefone funcionando)

Novo Mobiliário Urbano não cita orelhões nem cabines

 

Em 2017, começou a tramitar na Câmara Municipal um projeto de lei para atualizar o mobiliário urbano, regulamentado pela primeira vez em 1999. Redigido por 18 vereadores, o novo texto não cita telefones públicos. A expectativa do vereador André Carús (MDB), um dos autores da proposta e líder da comissão especial que o redigiu, é que o texto seja votado pelo plenário ainda neste ano.

 

— Nem levamos mais em consideração na nova legislação. Duvido que vá ter licitação para colocar novos, já que estão em desuso há muito tempo — opina o vereador.

 

A própria operadora, a Oi, reconhece o desuso do equipamento: em todo o país, pelo menos metade não é usada. O motivo, segundo a empresa, é o "avanço da telefonia móvel".

 

"O Brasil mantém um número elevado de telefones públicos na comparação com outros países, que vêm reduzindo o uso destes aparelhos. Apesar de ter menos da metade da extensão territorial da Rússia, o Brasil tem cinco vezes mais orelhões instalados", afirma a empresa.

 

Anatel quer diminuir quantidade de telefones

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) discute com o governo federal a redução dos orelhões nos centros urbanos do país. Hoje, a legislação diz que precisa ter um a 300 metros de cada residência. A intenção da agência é de que a distância seja de 600 metros. Com a diminuição dos aparelhos, caem também os custos com manutenção — em 2017, a Oi, gastou R$ 360 milhões no país. O dinheiro que sobrar seria investido na cobertura e na melhoria da telefonia móvel, que ainda peca para chegar em regiões interioranas.

 

— O foco é manter os orelhões nas pequenas cidades e nas regiões periféricas, onde as pessoas ainda precisam muito deles. Mesmo com o barateamento dos planos de celular, muitas pessoas ainda usam o orelhão na hora de fazer ligações — explica o coordenador de processo da Anatel, Sérgio Blanco.

 

Em 2015, a Oi chegou a ser multada pela agência por não cumprir a meta de 90% dos aparelhos funcionando. Como punição, foi obrigada a deixar de cobrar por ligações para telefones fixos em 15 Estados.

 

O que diz a prefeitura

Procurada, a prefeitura de Porto Alegre afirmou que não há nenhuma secretaria ou divisão responsável pela manutenção das cabines, tampouco planos para retirá-las. Entretanto, afirma que cerca de 50 já foram removidas, embora não saiba informar quando isso ocorreu. Em nota, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) diz que, no momento, as prioridades são revitalizar os relógios e as placas de rua. O Executivo não soube informar uma lista oficial de endereços de cabines na cidade. A pasta se manifestou por meio de nota:

 

"A Prefeitura de Porto Alegre informa que não há contrato vigente referente às cabines telefônicas. Cerca de 50 cabines já foram retiradas das ruas e as restantes que possuem espaço para propaganda não podem ser utilizadas para este fim, pois não são passíveis de licenciamento. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade realiza em sua rotina a fiscalização de poluição visual em Porto Alegre. O mobiliário urbano atualmente é tratado de forma fragmentada pela prefeitura, que no momento realiza trabalho prioritário em dois mobiliários urbanos da cidade, que são os relógios  e postes toponímicos."

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

18/10/2018 - Colisão entre dois caminhões causa bloqueio na BR-386, em Paverama

Um acidente envolvendo dois caminhões causa bloqueio parcial na BR-386, no trevo de acesso a Paverama, no Vale do Taquari, no início da manhã desta quinta-feira (18).

 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um caminhão carregado com grãos de soja estava parado na pista com problemas mecânicos, na altura do km 378. Outro caminhão, que transportava botijões de gás (vazios), não teria visto o veículo e bateu na traseira da carreta.

 

Uma pessoa, ainda não identificada, teve ferimentos leves e foi levada a um hospital de Estrela. Além dos veículos, parte da carga de grãos da carreta está sobre a pista, no sentido Interior-Capital da BR-386, e a limpeza será feita ao longo do dia.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

18/10/2018 - Calor e pancadas de chuva predominam no RS nesta quinta

A quinta-feira (18) já amanhece com tempo instável e chuva com potencial para temporais em áreas do noroeste do Rio Grande do Sul sob a influência de instabilidades que se formam no interior do continente. O dia pode ter precipitações a qualquer hora também em áreas da faixa norte e leste do Estado, porém com menores acumulados e sem grandes riscos de chuva forte. Em áreas da fronteira oeste gaúcha, o sol vai predominar durante a maior parte do dia, porém não se descarta a chance para pancadas de chuva de forma rápida e pontual.

 

A máxima prevista para o Estado é de 30ºC, em Quaraí, na Fronteira Oeste. A mínima deve ser de 14ºC, em Vacaria, na Serra.

 

A sexta-feira (19) será marcada pela mudança no tempo em praticamente todo o Rio Grande do Sul. Após o avanço da frente fria, uma massa de ar seco e frio avança e deixa o tempo firme, com sol entre poucas nuvens na maior parte do Estado. Porém, mesmo com o predomínio do sol ao longo do dia, as temperaturas caem e o calorão dá trégua devido ao avanço de uma massa de ar frio empurrada por ventos que sopram do quadrante sul. A expectativa é de chuva fraca e isolada apenas em áreas da faixa leste e serra gaúcha.

 

Confira a previsão do tempo em algumas cidades

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 22°C e máxima de 29°C

Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 28°C

Caxias do Sul: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

Santa Maria: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 28°C

Santa Rosa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 25°C

Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 23°C

Uruguaiana: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 21°C e máxima de 29°C

Torres: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 23°C

Tramandaí: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 26°C

Capão da Canoa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 28°C

Xangri-Lá: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 27°C

Rio Grande: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

Mostardas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 24°C

Passo Fundo: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 25°C

Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 27°C

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

18/10/2018 - Polícia Civil desarticula quadrilha de tráfico de drogas na região de Passo Fundo

A Polícia Civil realiza operação de combate ao tráfico de drogas no norte do Estado, na manhã desta quinta-feira (18). A ação, chamada Breaking Bad, é realizada em Passo Fundo, Serafina Correa e em Palhoça (Santa Catarina).

 

Quatro homens e uma mulher foram presos – três em prisão preventiva e dois em flagrante. Segundo o delegado Diogo Ferreira, coordenador da operação, são cumpridos também 12 mandados de busca e apreensão. A mulher foi presa após os policiais encontrarem drogas escondidas dentro de um aspirador de pó na residência da suspeita.

 

Os investigados receberiam maconha, cocaína, LSD e ecstasy, vindos do Paraguai e do litoral catarinense, para distribuição na região norte do Estado. Conforme a Polícia Civil, eles realizavam as entregas com os próprios veículos. Depois, cobravam os devedores e depositavam valores aos fornecedores.

 

As investigações começaram em março deste ano, com a prisão de dois suspeitos – que já foram liberados pela Justiça. O primeiro foi preso com R$ 1.794, além de porções de entorpecentes.

 

O segundo suspeito foi detido após quebra de sigilo. Com ele, foi encontrada uma lista de comprovantes de depósitos em nome de terceiros, além de um carro. A Polícia Civil continuou as apurações e identificou 12 suspeitos de envolvimento no esquema.

 

Os nomes dos presos não foram divulgados pela polícia. Cinquenta e cinco policiais participam da ação em Passo Fundo e região, e também em Palhoça. Segundo o delegado, o nome da operação é referência à série de televisão Breaking Bad, devido às drogas sintéticas que também são tema da série .

 

Operações no RS

No Vale do Rio Pardo, outra operação da Polícia Civil cumpre 39 mandados judiciais também contra uma facção de tráfico de drogas. Em São Lourenço do Sul, são outros 56 mandados, também contra o tráfico de entorpecentes.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

18/10/2018 - Polícia Civil faz operação contra tráfico de drogas em São Lourenço do Sul

A Policia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira (18), a Operação Geminus. A ação busca desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas em São Lourenço do Sul, no sul do Estado. 

 

 São cumpridas 56 ordens judiciais, sendo 20 mandados de busca e apreensão, 10 bloqueios de contas e 26 mandados de prisão. Ao menos 25 pessoas já foram presas preventivamente.

 

 Em entrevista ao programa Gaúcha Hoje, da Gaúcha Zona Sul, o delegado regional da Policia Civil, Marcio Steffens, disse que o grupo tinha núcleo na Região Sul, mas também atuava na Capital.

 

— Eles atuavam especialmente em São Lourenço e eram referência na cidade no tráfico de drogas. Alguns dos criminosos tinham ligação com outra organização de Porto Alegre — concluiu Steffens.

 

As investigações começaram no início do ano. Ao todo 100 policiais civis trabalham na operação, que conta ainda com o apoio da Brigada Militar.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

18/10/2018 - Após quase sete horas, polícia resgata mulher mantida em cárcere privado pelo filho em Viamão

Após quase sete horas de cárcere privado, a Brigada Militar invadiu a casa e conseguiu resgatar a mulher de 80 anos que era mantida refém em cárcere privado pelo próprio filho no bairro Cantegril, em Viamão. A polícia negociava com o homem, que não teve a identidade divulgada, desde as 15h desta quarta-feira (17). O nome da vítima também foi preservado pelas autoridades.

 

De acordo com o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Oto Eduardo Amorim, o arrombamento da porta foi necessário devido à agressividade do homem durante a negociação, que poderia colocar a vida da mulher em risco. Ela foi resgatada sem ferimentos e atendida por socorristas no local.

 

O homem, de 41 anos, foi preso pela Brigada Militar. De acordo com Amorim, a casa havia sido revestida por chapas de aço nos últimos dias, o que dificultou a entrada da polícia.

 

O condomínio Cantegril é um bairro fechado, com guaritas de segurança e controle dos veículos que o acessam.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/10/2018 - Quadrilha especializada em roubos a banco e casas de câmbio no RS é alvo de operação

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira, a segunda fase da Operação Jaguarão, que investiga uma série de roubos a bancos, casas de câmbio e a outros estabelecimentos financeiros, praticados por um grupo criminoso. A ação cumpre seis mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva, em Porto Alegre, Alvorada, Eldorado do Sul e Bagé.

 

Durante a ação, uma mulher foi presa em flagrante na Ilha das Flores, na Capital, por porte irregular de arma. Ela era considerada foragida da Justiça e é companheira de um dos homens alvos da operação. Dois dos suspeitos já se encontravam presos em Bagé e na Capital – um participou efetivamente dos crimes e outro ajudou com informações sobre a agência bancária. Eles já haviam sido detidos pela participação nos roubos, mas foram soltos e presos novamente por outros crimes. Os demais estão foragidos.

 

As investigações foram coordenadas pela Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Bagé, com apoio da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), e envolvem o roubo contra uma agência do Sicredi, no distrito da Colônia Nova, em Aceguá, no dia 15 de maio deste ano. Na ocasião, quatro homens armados invadiram a agência bancária, renderam o vigilante e os clientes e roubaram o dinheiro do cofre da agência.

 

Durante a fuga, os criminosos utilizaram um veículo Honda HRV, roubado em Porto Alegre, e foram perseguidos pela Polícia Civil e a Brigada Militar. Eles abandonaram o carro e se esconderam em um mato, no interior do assentamento Jaguarão, no município de Aceguá. Por meio de cerco, os policiais conseguiram apreender um segundo veículo utilizado no crime – uma Renault Duster, também roubada na região metropolitana. A polícia descobriu ainda a participação de um morador local que fazia o apoio logístico e passava informações sobre o dinheiro da agência bancária. O homem foi preso em flagrante por posse de arma de fogo e receptação.

 

Outros crimes

 

Um dia depois do roubo em Aceguá, dois dos criminosos que tinham se escondido em um mato realizaram um roubo de veículo em uma estrada vicinal, mantendo um casal refém até chegar em Bagé. Lá, eles se encontraram com os outros dois criminosos e organizaram a fuga para Porto Alegre.

 

Na tarde do mesmo dia, os policiais localizaram um dos assaltantes e com ele apreenderam uma submetralhadora calibre 9mm, de uso restrito. Ele foi preso e encaminhado ao presídio.

 

Já na madrugada do dia 17 de maio, os três criminosos restantes sequestraram um casal e o obrigaram a dirigir até a cidade de Porto Alegre, para que retornassem à região Metropolitana com as armas e o produto do crime.

 

O Delegado Cristiano Ritta destacou que durante as investigações os demais participantes foram identificados e a Polícia Civil representou pelas prisões preventivas e buscas e apreensões, que foram deferidas pelo Poder Judiciário de Bagé.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/10/2018 - Caminhão derruba carga de bebidas e causa bloqueio parcial na BR-386, em Montenegro

Um caminhão derrubou parte da carga de bebidas que levava na BR-386, em Montenegro, por volta das 6h desta quarta-feira (17). O acidente bloqueia a faixa da direita da rodovia no sentido Interior-Capital, na altura do km 417.

 

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a causa provável do acidente é o rompimento de uma das cintas que prendia a carga. O caminhão levava 576 galões de água e 670 caixas de guaraná, e cerca de um terço da carga foi derrubada. O motorista não ficou ferido.

 

A limpeza da rodovia foi iniciada por volta de 6h30min, mas ainda não há previsão para liberação da rodovia. O bloqueio causa pelo menos três quilômetros de lentidão no sentido interior-Capital.

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/10/2018 - Jogador do Lages Futsal morre após bater a cabeça durante treino

Uma semana após bater a cabeça durante um treinamento, o gaúcho José Diego Gomes do Santos, 25 anos, o atleta do Lages Futsal, morreu na tarde desta terça-feira (16). O ala-esquerdo era natural de São Luiz Gonzaga, no noroeste do Rio Grande do Sul.

 

— Estávamos treinando, e ele foi chutar uma bola um pouco alta, escorregou o pé de apoio e bateu a cabeça na quadra — contou o presidente do clube, Lessandro Machry.

 

Segundo o mandatário da equipe, o atleta teve um traumatismo craniano encefálico. A queda do jogador aconteceu na última terça-feira (9), em um treino preparatório para o jogo das quartas de final da Liga Catarinense. Desde então, Dieguinho, como era conhecido na cidade, estava internado no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages. Ele chegou a passar por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

 

— Ele desmaiou na hora. Chamamos o socorro, os bombeiros levaram ele para o hospital e foi constatado que ele teve traumatismo. Ele ficou em tratamento durante uma semana, em coma induzido, e hoje (terça-feira), faleceu às 13h30min — declarou Machry.

 

A rodada da Liga Catarinense foi cancelada após a confirmação da morte. O corpo do ala-esquerdo deverá ser enterrado em solo gaúcho. Ele deixa esposa e dois filhos: uma menina, de dois anos, e um menino, de 50 dias.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/10/2018 - RS pode ter temporais e granizo nesta quarta

Novas áreas de instabilidade vindas do Paraguai e da Argentina aumentam as nuvens carregadas no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (17). Há possibilidade de temporais, trovoadas e até queda de granizo no oeste do Estado. Antes de a chuva chegar, as temperaturas sobem bastante e o tempo fica abafado. De acordo com a Somar Meteorologia, apenas no litoral do RS não deve chover.

 

Para a quinta-feira (18), a condição para chuva continua, por influência de uma frente fria que avança. Os maiores acumulados estarão presentes na faixa noroeste do Rio Grande do Sul. Nesta área, a chuva ocorre de forma intensa, com temporais, intensa atividade elétrica e rajadas de vento. O tempo fica firme apenas no oeste do Estado.

 

Confira a previsão do tempo em algumas cidades

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 33°C

Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 29°C

Caxias do Sul: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 18°C e máxima de 31°C

Santa Maria: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 31°C

Santa Rosa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 30°C

Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 28°C

Uruguaiana: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 33°C

Torres: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 20°C e máxima de 28°C

Rio Grande: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 21°C e máxima de 26°C

Mostardas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 21°C e máxima de 25°C

Passo Fundo: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 28°C

Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 29°C

Tramandaí: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 21°C e máxima de 27°C

Xangri-Lá: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 20°C e máxima de 27°C

Capão da Canoa: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 20°C e máxima de 28°C

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/10/2018 - Dois homens morrem e três ficam feridos em tiroteio em frente a escola em Porto Alegre

Dois homens  morreram durante um tiroteio no bairro Bom Jesus, na tarde desta terça-feira (16), na zona leste de Porto Alegre. Outras três pessoas ficaram feridas com os disparos.

 

Informações preliminares dão conta de que homens em um carro passaram atirando em frente à Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima, na Rua A. As vítimas foram identificadas como Jordi Júnior Borba Borges, 23 anos, e Denner Teixeira, 20 . Ainda não se sabe se eles eram os alvos dos disparos.

 

Os suspeitos estavam em um Prisma e fugiram até a Alberto Pasqualini, no bairro Itú-Sabará, onde abandonaram o veículo e embarcaram em um Cerato com placas clonadas. Esse carro foi deixado na Avenida Manoel Elias, na Zona Norte, onde os criminosos roubaram um Vectra. Eles são procurados pela polícia.

 

Entre os feridos, conforme a Brigada Militar, estão uma criança de oito anos, um menino de 14 e um cadeirante de 62. O estado de saúde das vítimas é desconhecido. Neste momento, pelo menos cem pessoas acompanham o trabalho da Brigada Militar, que tenta isolar a área.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/10/2018 - Motorista bate em poste e causa bloqueio de faixas na BR-116, em Canoas

Um motorista perdeu o controle do carro que dirigia e colidiu contra um poste na BR-116, em Canoas, no começo da manhã desta quarta-feira (17). O poste não chegou a cair, mas ficou suspenso pelos fios, o que causa bloqueio de duas faixas da Avenida Getúlio Vargas, faixas laterais da rodovia.

 

O acidente ocorreu no sentido Capital-interior, em frente a um hipermercado, entre a Praça do Avião e o Viaduto da Boqueirão, por volta das 6h.

 

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista de 21 anos fez teste do bafômetro, que apontou 0,51 Mg/L, o que é configurado crime de trânsito. Ele teve ferimentos e recebeu atendimento médico no Hospital de Pronto-Socorro de Canoas. Depois, deve ser encaminhado à Polícia Civil.

 

A energia elétrica terá que ser desligada na região para que o poste seja retirado. Enquanto isso, duas faixas seguem bloqueadas, o que causa lentidão no sentido interior-Capital. Segundo a PRF, o motorista será acionado pera ressarcimento do prejuízo, que supera os R$ 10 mil.

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

16/10/2018 - Gil Gomes, ex-repórter policial, morre aos 78 anos em São Paulo

Gil Gomes morreu aos 78 anos, nesta terça-feira, em São Paulo. O ex-repórter policial passou mal nessa segunda-feira e foi encaminhado desacordado ao Hospital São Paulo, na zona Sul da capital paulista, mas não resistiu. A informação foi confirmada pela família do jornalista. De acordo com os familiares, a morte de Gil foi comunicada pelos médicos no início da manhã. A causa não foi divulgada.

 

Gil era portador de Parkinson e desde 2005 lutava para combater a doença degenerativa que o fez perder o equilíbrio, além de ter dificuldades de se mover e sofrer com tremores. O jornalista era casado com Eliana Izzo, sua segunda esposa, com quem teve duas filhas — Flávia e Nathalie. Antes dela, Gil ficou por 14 anos com a escritora Ana Vitória Vieira Monteiro. Juntos, eles tiveram três filhos: Daniel, Vilma e Guilherme — que morreu ainda jovem vítima de uma hepatite C. O jornalista também deixou quatro netos.

 

Gil Gomes se tornou um dos grandes nomes do rádio e da televisão brasileira por seu trabalho no jornalismo investigativo. O ex-repórter iniciou sua carreira na extinta Rádio Marconi, na década de 1960. Entre os anos 1991 e 1997, Gil conquistou o grande público na televisão ao integrar o time de repórteres do extinto Aqui Agora, programa do SBT. Na ocasião, ele chamou a atenção por conta da linguagem popular e da dramatização que fazia para narrar as reportagens sobre crimes. As aparições de Gil eram marcadas com um gesto característico que ele fazia com a mão. Em 1999, o ex-repórter participou da Escolinha do Barulho, da RecordTV, e também comandou um programa na Rádio Tupi.

 

O jornalista descobriu o Mal de Parkinson em 2005 e ficou afastado da televisão por 12 anos para tratar a doença. Em 2016, ele voltou ao trabalho quando recebeu o convite de um empresário, dono de uma farmácia, para comentar um programa patrocinado por uma rede de farmácias.

 

Na época, em entrevista ao R7, Gil comemorou o retorno. "Esse trabalho está me fazendo muito bem. Melhorou minha cabeça, meu entusiasmo, minha vontade de viver. Eu andava cabisbaixo, estive arrasado. Minhas pernas estão boas, mas não saia da poltrona", disse na ocasião. Na mesma reportagem, ele também declarou que tinha vontade de trabalhar até o último dia de vida. "Quero continuar trabalhando, honrar o nome que tive, o nome que tenho e o nome que terei. Eu sou forte", acrescentou.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

16/10/2018 - Sol e calor de 30°C marcam a terça-feira no RS

Durante a terça-feira (16), o tempo fica firme no Rio Grande do Sul. O sol brilha forte entre poucas nuvens e não há chances de chuva no Estado. De acordo com a Somar Meteorologia, as temperaturas sobem bastante ao longo do dia, principalmente na metade oeste.

 

Na quarta-feira (17), novas áreas de instabilidade vindas do Paraguai e da Argentina aumentam as nuvens carregadas na Região Sul. Há risco de temporais na fronteira gaúcha com o Uruguai e Argentina. A chuva começa no fim do dia no oeste gaúcho, mas ganha intensidade durante a noite, quando há potencial para trovoadas e eventual queda de granizo. Antes das precipitações chegarem, as temperaturas sobem bastante e o tempo fica abafado. Apenas no litoral norte e central do RS não deve chover.

 

Confira a previsão do tempo para algumas cidades:

Capital: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 28°C

Pelotas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 26°C

Caxias do Sul: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 22°C

Santa Maria: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 28°C

Santa Rosa: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 14°C e máxima de 28°C

Erechim: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 26°C

Uruguaiana: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 29°C

Torres: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 19°C e máxima de 24°C

Tramandaí: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 23°C

Capão da Canoa: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 25°C

Xangri-Lá: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 24°C

Rio Grande: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

Mostardas: tempo firme e ensolarado. Mínima de 18°C e máxima de 23°C

Passo Fundo: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 27°C

Bagé: tempo firme e ensolarado. Mínima de 10°C e máxima de 26°

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

16/10/2018 - Nove empresas apresentam interesse em construir novo viaduto na Estrada do Mar

A sala da Central de Licitações do governo do Estado ficou cheia na segunda-feira (15). Representantes de nove empresas entregaram as documentações exigidas para disputar a construção do viaduto da Estrada do Mar com a RS-407, no Litoral Norte.

 

Estão na disputa: Técnica de Engenharia Catarinense, Trena Terraplenagem, Construtora Premold, Sociedade Geral de Empreitadas, Construtora Cidade, Traçado Construções, Construtora Porto Berton, Engedal Construtora e Ivano Abdo Construções.

 

Depois da análise dos documentos serão conhecidas as propostas financeiras das empresas. Vencerá a disputa quem propor executar a construção pelo menor valor.

 

Pela previsão do Piratini, a obra irá custar no máximo R$ 5,57 milhões. O governo pretende usar recursos do Tesouro do Estado para pagar a construção. A obra precisará ser executada em seis meses.

 

Originalmente, a licitação seria realizada em 25 de julho, mas houve adiamento porque a obra ficou R$ 518 mil mais cara. Em 2011, o governo realizou estudo sobre a viabilidade de construir o viaduto e realizar a ampliação de tráfego da RS-407. Em 2014, o termo de referência sobre a elevada foi finalizado. A projeção indicava um viaduto de 750 metros de comprimento com investimento de R$ 11 milhões.

 

Em novembro do ano passado, o governo decidiu retomar os estudos para construir o viaduto. Os valores foram revistos e reduzidos para R$ 5 milhões. Na ocasião, a promessa era de que até o verão de 2019 as obras estariam prontas, o que não será mais possível, já que a construção não terminará antes de março do ano que vem.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

16/10/2018 - Nova fase de pagamento do abono salarial começa nesta terça-feira

Correntistas da Caixa Econômica Federal que nasceram no mês de outubro começam a receber, a partir desta terça-feira (16), o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) referente ao ano-base 2017. Os demais beneficiários começam a receber os valores na próxima quinta-feira (18). Conforme o governo federal, os pagamentos deste mês devem beneficiar 1,8 milhão de trabalhadores e injetar R$ 1,38 bilhão na economia brasileira.

 

O benefício será para trabalhadores nascidos em outubro (no caso do PIS) e para quem tem final de inscrição 3 (Pasep) e os valores a serem pagos variam entre R$ 80 e R$ 954, de acordo com o tempo de trabalho no ano passado.

 

Esses pagamentos começaram a ser feitos em julho e têm sido realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador. Quem ainda não retirou o dinheiro, pode fazê-lo até 28 de junho de 2019.

 

Em todo o calendário, serão pagos R$ 16,3 bilhões para 22,3 milhões de trabalhadores. Têm direito os inscritos no PIS ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos. Além disso, é preciso ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, com renda mensal média de até dois salários mínimos.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

16/10/2018 - Adolescente de 16 anos confessa assassinato após festa em escola de samba em Porto Alegre

Um adolescente de 16 anos confessou à 6ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre que participou do assassinato de David dos Santos Promocena, 27 anos, na madrugada de sábado (13), após uma festa na Academia de Samba Praiana, na Avenida Padre Cacique, zona sul de Porto Alegre. Ele foi apreendido na segunda-feira (15) pela Polícia Civil na Vila Buraco Quente, no Morro Santa Tereza.

 

Na ação, a Delegacia de Homicídios apreendeu uma pistola calibre nove milímetros. A arma é a mesma que teve cápsulas encontradas no local onde ocorreu o crime. A vítima havia instantes antes entrado em um táxi quando acabou sendo executada.

 

Além da arma, que é de porte restrito, os policiais ainda apreenderam com o adolescente 52 unidades de munição do mesmo calibre, um carregador extra, 33 pinos de cocaína e 34 pedrinhas de crack.

 

A 6ª Delegacia de Homicídios diz que já identificou um segundo suspeito de participação no assassinato, assim como um mandante. A Polícia Civil não descarta a possibilidade de que a ordem para o ataque tenha partido de dentro do sistema prisional. 

 

De acordo com a delegada Elisa Souza, a motivação para o crime seria uma suposta desavença ligada ao tráfico de drogas. No sistema da polícia, Promocena aparecia como suspeito de quatro homicídios, um roubo, furtos e tráfico de drogas.

 

Ainda são procuradas câmeras de segurança da região que possam ter mostrado a presença dos suspeitos. No dia do ataque, os policiais plantonistas informaram que a única câmera de segurança da avenida acabou tendo um "ponto cego", tapado por um coqueiro. Testemunhas já foram ouvidas e perícias, solicitadas ao Instituto-Geral de Perícias (IGP).

 

O crime

A festa estava terminando, às 4h, quando começaram os disparos de pistola em frente à quadra da Academia de Samba Praiana. O tiroteio causou correria entre o público que deixava o local.

 

Os dois homens que cometeram o crime atiraram de fora do táxi, atingindo somente Promocena. Depois, saíram correndo em meio à multidão e não foram mais localizados.

 

A presidente da escola de samba, Jacira Costa, disse que o evento não era organizado pela entidade e que havia sido locado para terceiros. Ela afirmou que, até o momento do crime, tudo vinha ocorrendo na normalidade e que havia sido uma "noite linda".

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

16/10/2018 - Governo federal volta atrás e o horário de verão deve começar em 4 de novembro

Pela terceira vez, o governo federal alterou a data de início do horário de verão. Conforme a assessoria do Palácio do Planalto, o dia certo para adiantar o relógio em uma hora é 4 de novembro. As informações são do portal G1.

 

O horário de verão estava originalmente previsto para outubro. Para não atrapalhar as eleições, foi transferido para o dia 4 de novembro — mesmo dia da primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para não confundir os estudantes, o Ministério da Educação (MEC) pediu que a data fosse trocada novamente, e o Planalto adiou para o dia 18. Agora, o governo voltou atrás e manteve o dia 4.

 

De acordo com a Casa Civil da Presidência, o decreto que faria a alteração para o dia 18 não foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) e, por isso, não seria possível atender à demanda do MEC.

 

"Conforme decreto assinado pelo presidente Michel Temer, o horário de verão começará no dia 4 de novembro. Não haverá adiamento", informou a assessoria da Presidência ao G1.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

16/10/2018 - Governo do RS confirma troca de ginásio da BM em Porto Alegre por presídio em Sapucaia do Sul

Foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (16) a troca do Ginásio da Brigada Militar (BM), em Porto Alegre, e de salas comerciais do Instituto de Previdência do Estado (IPE) pela construção de um presídio com 600 vagas em Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana. Os imóveis que serão concedidos à empresa Verdi Sistemas Construtivos somam o valor de R$ 44.281.300.

 

O terreno do ginásio da BM, que fica na esquina da Ipiranga com a Silva Só, é avaliado em R$ 40.522.000,00. O prédio está em escombros desde outubro de 2017, após um vendaval atingir a cidade e destelhá-lo. Já as seis salas do IPE e três boxes de garagem somam um montante de mais R$ 3.759.300,00.

 

O presídio é projetado para ter área construída de 8.847,29 metros quadrados. Serão 544 vagas em celas coletivas, oito vagas para pessoas com deficiência, quatro vagas de inclusão, 12 disciplinares e 32 de alojamento. Após a assinatura do contrato, que deve ocorrer nos próximos dias, a obra deve durar oito meses.

 

O prefeito de Sapucaia do Sul, Rogério Link (PT), informou a GaúchaZH que o novo presídio ficará em área cedida pela prefeitura nas proximidades do zoológico, no bairro Carioca, no limite com São Leopoldo.

 

Em contrapartida, Sapucaia do Sul deve receber mais PMs, viaturas e até um quartel da Brigada Militar, além de unidades de saúde e de educação no entorno da penitenciária, bem como parte de uma área da Fundação Zoobotânica no município.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

15/10/2018 - Schirmer determina envio da Força Gaúcha para Bento Gonçalves

O secretário estadual da Segurança Pública, Cezar Schirmer, determinou na manhã desta segunda-feira o envio da Força Gaúcha de Pronta Resposta (FGPR) para Bento Gonçalves, na Serra. A tropa viaja nesta terça-feira para a cidade que registra uma onda de homicídios que já soma 41 vítimas desde o início deste ano.

 

Schirmer também anunciou a transferência temporária para o município de seis policiais civis oriundos da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Porto Alegre, somando-se aos quatro enviados anteriormente com o objetivo de auxiliar nas investigações dos assassinatos. A Brigada Militar já havia reforçado o policiamento ostensivo na região, tendo uma parte do efetivo do 1º Batalhão de Operações Especiais (1ºBOE) de Porto Alegre se deslocado no dia 15 de setembro.

 

“Enquanto os homicídios vêm caindo em todo o Rio Grande do Sul, em Bento Gonçalves, excepcionalmente, há um aumento deste crime em razão do tráfico de drogas. Por isso, determinei reforço policial para o município. Irei a Bento Gonçalves nesta quarta-feira para acompanhar as ações de reforço policial destinadas ao município”, postou Cezar Schirmer nas redes sociais.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

15/10/2018 - Feriadão de Nossa Senhora Aparecida tem 13 mortes no trânsito no RS

O Rio Grande do Sul teve mais um feriadão violento no trânsito. Entre quinta e domingo, 13 pessoas morreram em acidentes em rodovias federais e estaduais. O número é maior que o do feriado do 20 de Setembro – quando houve dez mortes – e menor que o feriado da Independência – quando 23 pessoas morreram no trânsito.

 

Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, nas estradas estaduais, foram registrados 28 acidentes. Ao todo, oito pessoas morreram e 22 ficaram feridas. O que chamou a atenção dos policiais foram dois acidentes que aconteceram na madrugada de sexta-feira, na ERS 324, em Casca, a apenas quatro quilômetros de diferença.

 

O primeiro acidente foi uma colisão frontal entre um Gol e um caminhão, que matou a passageira do carro. E o segundo foi atropelamento coletivo. Um Fiat Strada atingiu quatro pessoas, sendo que duas morreram.

 

Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu 45 acidentes em rodovias federais gaúchas. As colisões causaram a morte de cinco pessoas e deixaram 50 feridas. O acidente mais grave ocorreu na BR 158, em Boa Vista das Missões, onde quatro pessoas da mesma família morreram após um Jeep Renegade colidir contra uma árvore. As vítimas voltavam de um casamento.

 

Durante o feriadão, 3.062 multas foram aplicadas. Os policiais rodoviários fiscalizaram ainda 3.372 veículos, sendo que 99 foram recolhidos ao depósito por irregularidades em documentação ou equipamentos de segurança. Além disso, 81 motoristas tiveram suas CNHs recolhidas por motivos diversos como embriaguez ou estarem vencidas ou suspensas.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

15/10/2018 - Novos pardais das rodovias federais do RS entram em funcionamento em pouco mais de um mês

Quadro Estamos em Obras, no programa Acerto de Contas do último final de semana. Domingos, às 6h, na Rádio Gaúcha. Com Jocimar Farina

 

Com três meses de atraso, começou a instalação dos novos pardais das rodovias federais do Rio Grande do Sul. Em setembro, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) deu autorização para colocação dos 16 primeiros equipamentos – de um total de 200.

 

A previsão da autarquia é que estes controladores estejam aptos a registrar infrações a partir da segunda quinzena de novembro. Antes de começar a multar, os equipamentos precisam ser aferidos pelo Inmetro.

 

Oito deles estão localizados na BR-116, em Caxias do Sul. Eles vão monitorar 10 faixas de tráfego.

 

A BR-158 está ganhando quatro, todos em Santana do Livramento. Na mesma cidade, estão sendo instalados dois, na BR-293. A BR-285 terá um, em Passo Fundo.

 

A Rodovia do Parque está recebendo um, na ponte estaiada, em Porto Alegre. Além de substituir os atuais, eles serão instalados em mais trechos de rodovias.

 

A empresa Fotosensores Tecnologia Eletrônica, do Ceará, é a responsável pelos equipamentos. Serão cinco anos de contrato. Metade dos novos controladores terá sistema com identificação de todas as placas dos veículos, mesmo aqueles que não passarem acima da velocidade.

 

Os atuais controladores seguem funcionando pelo menos até janeiro, quando vence o último prazo do contrato com a gaúcha Kopp Tecnologia. A empresa presta o serviço no Rio Grande do Sul desde 2010, tendo o seu contrato prorrogado pelo Dnit por quatro vezes por causa da demora em concluir a licitação que havia sido lançada em maio de 2016. A concorrência foi interrompida e reaberta ao menos quatro vezes devido a ações na Justiça.

 

 

 

Veja onde os pardais estão instalados:

Caxias do Sul

- BR-116, km 144,3

- BR-116, km 151,2

- BR-116, km 154,26

- BR-116, km 154,29

- BR-116, km 155,5

- BR-116, km 155,7

- BR-116, km 171,3

- BR-116, km 171,5

 

Santana do Livramento

- BR-158, km 554,2

- BR-158, km 554,4

- BR-158, km 561,8

- BR-158, km 562,2

- BR-293, km 339,5

- BR-293, km 339,6

 

Passo Fundo

- BR-285, km 291,8

 

Porto Alegre

- BR-448, km 21,6, na ponte estaiada

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

15/10/2018 - Receita Federal paga o quinto lote de restituições do IR

A secretaria da Receita Federal paga nesta segunda-feira (15) as restituições referentes ao quinto lote do Imposto de Renda de Pessoa Física de 2018. O lote inclui restituições residuais de 2008 a 2017.

 

As consultas foram liberadas no último dia 5. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na internet ou ligar para o Receitafone, número 146. 

 

De acordo com a Receita Federal, serão pagos R$ 3,3 bilhões para 2.532.716 contribuintes. Desse total, R$ 3,157 bilhões referem-se ao quinto lote do IR de 2018, que contemplará 2.459.482 contribuintes.

 

A Receita Federal recebeu 29.269.987 declarações do Imposto de Renda dentro do prazo legal neste ano. O número superou a estimativa inicial, que era de 28,8 milhões de declarações.

 

Para acessar o extrato do Imposto de Renda, é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

15/10/2018 - Bebê de sete dias morre após procedimento em hospital em São Leopoldo

Um bebê de sete dias morreu na madrugada deste domingo (14) após um procedimento no Hospital Centenário em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Para a família, houve negligência de profissionais da casa de saúde nos cuidados a Miguel, que nasceu prematuro de 34 semanas.

 

A mãe da criança, Joceli Alves de Oliveira, foi informada no sábado (13) que uma técnica de enfermagem teria injetado leite na veia da criança na noite do dia anterior, confundindo a sonda de alimentação com o acesso de sangue.

 

A família foi comunicada do fato em uma reunião com funcionários do hospital pela manhã.

 

— Me falaram que aconteceu um erro e que meu filho já estava na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Não tive coragem de ir lá ver. Só conseguir ir vê-lo à tarde. Ali eu vi que ele já estava mal — conta Joceli.

 

A mãe relata que não pôde permanecer no hospital com a criança durante a noite. E, por volta das 6h30min, foi chamada às pressas para o local, quando foi avisada do óbito.

 

O corpo dele está sendo velado na Funerária Santo Antônio, em São Leopoldo. O sepultamento ocorre na manhã desta segunda-feira (15) no Cemitério São Borja, em São Leopoldo. O horário ainda está indefinido.

Funcionária teria sido afastada

Segundo a família, a funcionária do hospital teria sido afastada na sexta-feira (12), dia do procedimento incorreto. Em nota, a casa de saúde lamentou o ocorrido e informou que foi instaurada uma sindicância para apurar o caso. Além disso, a casa de saúde informou que procurou a polícia para registrar ocorrência. A família também fez outro BO.

 

Conforme a Polícia Civil de São Leopoldo, os registros vão ser encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia, que investigará o caso. Segundo o delegado regional Rosalino Seara, o pai da criança já foi ouvido e os investigadores ainda aguardam exames periciais.

 

Confira a nota na íntegra:

 

"A Fundação Hospital Centenário lamenta profundamente o falecimento do recém-nascido Miguel Oliveira de Lima, ocorrido neste domingo (14), e expressa seu pesar e solidariedade à família. Ao ser informada do ocorrido, a direção da instituição, imediatamente, ordenou o registro de ocorrência policial, para o esclarecimento de todos os fatos. No âmbito administrativo, será instaurada sindicância, para que não restem dúvidas quanto às práticas adotadas nesse trágico episódio."

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

15/10/2018 - Caminhão carregado com refrigerantes tomba e causa bloqueio na BR-386

Um caminhão carregado com refrigerantes tombou na BR-386, em Soledade, no norte do Estado, na manhã desta segunda-feira (15). O acidente ocorreu pouco antes das 7h e deixa a rodovia parcialmente bloqueada na altura do km 235, sentido Interior-Capital.

 

Tanto o caminhão quanto parte da carga, que está espalhada sobre a pista, causam o bloqueio no trecho. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um guincho é aguardado para retirar o veículo do local. Depois disso, a carga também deverá ser removida para que a rodovia seja totalmente liberada.

 

Duas pessoas que estavam no caminhão ficaram feridas, mas a PRF ainda não soube informar a gravidade. O trânsito flui lentamente em uma faixa no local.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

15/10/2018 - Família morta em acidente de carro tem velório coletivo em Palmeira das Missões

Um velório coletivo marca a despedida a uma família morta em um acidente de carro na BR-158, em Boa Vista das Missões. A cerimônia ocorre na Funerária São João em Palmeira das Missões, na tarde deste domingo (14). Cinco pessoas estavam no Jeep Renegade, que perdeu o controle, saiu da pista e bateu em uma árvore. Apenas uma sobreviveu.

 

Uma das quatro vítimas não será velada no Estado. Trata-se de Soray Santos Mattos, 42 anos, cujo corpo está sendo levado para o Mato Grosso do Sul, onde mora a família.

 

Segundo a funerária, serão velados Valderi da Silva Santos,  57 anos; João Alberi Machado, 53 anos; e Aulivia Pôncio Machado, 77 anos. O corpo de Alberi deve permanecer no local por pelo menos duas horas e depois deve seguir para Cruz Alta, onde será velado na Funerária Planalto. Os sepultamentos devem ocorrer na segunda-feira (15), segundo a família.

 

Além das quatro vítimas também havia uma outra mulher, que acabou sobrevivendo. Ela, que é esposa do motorista foi levada para atendimento médico no hospital de Palmeira das Missões. Segundo a família, passa bem.

 

O acidente agora deve ser investigado pela Polícia Civil. Conforme o delegado Gustavo Fleury, deve ser apurado se houve uma falha mecânica no veículo ou se o motorista dormiu ao volante. O carro passou por uma perícia, o que pode ajudar a explicar as causas do acidente.

 

Segundo parentes, a família voltava de uma casamento em Santa Rosa, no Noroeste do estado, que se estendeu até por volta das 5h. Agora a polícia deve ouvir testemunhas que estavam na festa.

 

— Vamos verificar se o motorista ingeriu ou não bebida alcoólica na festa — observa o delegado.

 

A polícia também pretende ouvir a sobrevivente, quando houver melhora no quadro clínico dela.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

11/10/2018 - Polícia prende homem suspeito de matar jovem dentro de motel na zona sul de Porto Alegre

Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) prenderam na manhã desta quarta-feira (10) o suspeito de matar uma mulher dentro de um motel na zona sul de Porto Alegre. O corpo de Gabriela da Rosa Silva, 18 anos, foi encontrado em 3 de outubro.

 

O suspeito é Airton Luis Fagundes Aires, 45 anos. Ele foi preso preventivamente em sua casa no bairro Vila Nova, na Zona Sul. Em depoimento à polícia, o homem confirmou ter estado com Gabriela, mas negou tê-la matado, conforme a delegada Tatiana Bastos.

 

— Ele afirma que os dois consumiram bastante drogas, mas que não lembra direito do que teria acontecido no dia — salienta a delegada.

 

A polícia chegou até o suspeito por meio de digitais encontradas no quarto, que passaram por uma análise e comparação das existentes no banco de dados do Instituto-Geral de Perícias (IGP). Foram coletados materiais genéticos na genitália da mulher e resíduos embaixo das unhas dela, o que indica que ela teria tentado se defender. Com a prisão, o DNA dele deve ser comparado com esses resquícios.

 

Além disso, testemunhas reconheceram o homem. Com a prisão de Aires, a polícia tem mais 10 dias para concluir o caso.

Vítima deixa filho de seis meses

A mãe de Gabriela, Gerci da Rosa, relata que a filha era usuária de drogas desde os 11 anos. O pouco dinheiro que ela conseguia juntar com o trabalho de serviços gerais era gasto para pagar as nove internações da filha. Em seis oportunidades, ficou de 20 dias a um mês reclusa. Na última ocasião, passou três meses sob cuidados médicos.

 

Devido ao consumo de drogas, segundo a mãe, a jovem apresentava comportamento agressivo. Chegou inclusive a bater no ex-companheiro em um ataque de fúria, e decidiu terminar o relacionamento em maio deste ano. A jovem deixou o colégio e, conforme Gerci, parou na 5ª série. 

 

 Quando soube que a filha estava grávida, a mãe imaginou que Gabriela tomaria novo rumo. Mas, logo que o bebê completou um mês, o laço materno com o menino ficou estremecido. Ela reclamava que seria trabalhoso cuidar do pequeno. A avó, preocupada, assumiu a responsabilidade. Com o dinheiro da pensão do pai, cerca de R$ 300, colocou o menino em um creche no período que trabalhava.

 

— Se falasse alguma coisa, ela gritava e dizia que já tinha 18 anos – lembra.

 

Segundo a polícia, a jovem tinha antecedentes por roubo e agressão. A família acrescenta que Gabriela chegou a ficar internada na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) pelos delitos.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

11/10/2018 - Facção criminosa planejou matar juiz em Porto Alegre

Três advogados estão no centro de uma investigação envolvendo uma organização criminosa que atua no Estado. Inicialmente responsáveis pela defesa de líderes da facção Bala na Cara, eles passaram a ser considerados por autoridades como integrantes ativos do grupo, e se tornaram alvos da Operação Gângster.

 

Um dos advogados teria repassado à quadrilha informações pessoais e da rotina do juiz Felipe Keunecke de Oliveira, que conduz mais de 60 processos de homicídios envolvendo integrantes da organização criminosa. O plano seria matar o magistrado nas dependências de um clube social ou durante jogo na Arena do Grêmio.

 

Keunecke está sob proteção 24 horas e autorizou a divulgação de seu nome. Quando soube do plano, articulado com a ajuda de um advogado, desabafou:

 

— Sinto como deslealdade. Em todas as profissões, há maus profissionais. Esse é um mau e criminoso.

 

Os advogados teriam vazado nomes e endereços de testemunhas de processos para que sofressem coação, revelado a identidade de policiais que prestariam depoimento para que fossem ameaçados de morte e participado do leva e traz de informações sobre negócios do tráfico com bandidos presos ou foragidos e até planejado homicídios.

 

O principal advogado investigado, Anderson Figueira da Roza, é definido em denúncia do Ministério Público como “líder da célula jurídica de uma organização criminosa”. Além dele, foram investigados e denunciados por organização criminosa os advogados Anderson Rembowski e Anderson da Cruz. Por ordem judicial, os três foram afastados das funções e estão com os registros junto à OAB suspensos.

 

O grupo investigado na Operação Gângster é liderado por José Dalvani Nunes Rodrigues, o Minhoca, que hoje responde a pelo menos 68 processos por homicídios. Ele era o interessado em matar o juiz Keunecke, conforme a investigação. A irritação de Minhoca, registrada em conversas telefônicas com o advogado Roza, seria pelo fato de sua mulher estar sob risco de ser condenada.

 

Todos os denunciados – os três advogados e 11 integrantes da facção – já se tornaram réus. 

 

 Contraponto

O que diz Jean Severo, advogado de Anderson Roza

Ele diz que o cliente é inocente.

 

— Estão faltando diálogos que podem fazer complementação de que Anderson não teve participação.

 

Anderson Rembowski não quis se manifestar. Anderson da Cruz não foi encontrado.

 

A investigação

A denúncia da Operação Gângster é da Promotoria de Combate aos Crimes de Lavagem de Dinheiro e Organização Criminosa e foi assinada por sete promotores. O trabalho do MP teve como base investigações iniciadas em 2016 pela Delegacia de Capturas, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), e que visavam a localização de Minhoca, que estava foragido. A Delegacia de Repressão aos Crimes de Lavagem de Dinheiro do Gabinete de Inteligência da Polícia Civil também atuou na investigação. 

 

 

 

Fonte: gaúcha/ZH

11/10/2018 - Dia das Crianças: 12 lugares para aproveitar o 12 de outubro com os pequenos

 

O feriado de Nossa Senhora Aparecida nesta sexta-feira (12) permite que pais e responsáveis curtam com os pequenos o Dia das Crianças. Opções para todos os gostos e bolsos são oferecidas em diferentes locais de Porto Alegre, da Região Metropolitana e da Serra Gaúcha. Confira 12 endereços para passar o 12 de outubro.

 

Festa Municipal das Crianças

Onde: Parque Marinha do Brasil (Avenida Borges de Medeiros 2.713).

Uma festa já tradicional na Capital, foi transferida de sexta para domingo (15) por causa da chuva. A prefeitura _ em parceria com o sistema Fecomércio/Sesc _ oferecerá atividades gratuitas no Parque Marinha do Brasil: palco interativo com shows, brinquedos infláveis, camas elásticas e sorteio de brindes.

Quanto: gratuito

Fundação Iberê Camargo

Onde: Avenida Padre Cacique, 2.000, bairro Cristal

Quanto: gratuito

Preparou uma programação diferentes para cada dia do final de semana:

 

Sexta-feira (12), às 15h: adultos e crianças a partir dos seis anos podem participar da atividade Viajando pelo Museu, no átrio da Fundação. Há 50 vagas, com inscrições via link direto.

 

Sábado, às 15h: oficina Retrato em Duplas, para crianças a partir de oito anos, no 4º andar. Há vagas para 15 duplas, via link direto. Necessária presença de um adulto acompanhante

 

Domingo, às 15h: Cine Iberê especial com o filme Contos da Noite, de Michel Oncelot, no Auditório da Fundação. Entrada gratuita por ordem de chegada.

Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS

Onde: Avenida Ipiranga, 6.681, bairro Partenon.

Tem uma atividade especial: A Hora do Conto em Libras, de introdução à cultura dos surdos, com brincadeiras sobre cores, alfabeto e números em libras. De sexta a domingo, sempre às 15h.

Quanto: entrada reduzida para público geral (de R$ 32 para R$ 16).

Parque Zoológico de Sapucaia do Sul

Onde: BR 116, Km 252, Sapucaia do Sul, bairro Colonial.

A novidade para a criançada é o filhote de flamingo fêmea. Visitação de terças a domingos, das 8h30min às 17h.

Quanto: adultos, R$ 10. Estudantes, R$ 5. Crianças até 5 anos são isentas. Automóveis, R$ 50. Motos, R$ 20.

GramadoZoo e Parque Gaúcho

Onde: RS-115, km 35, Gramado, bairro Várzea Grande.

No Zoo, a partir das 10h, há atividades para toda a família como jogos ecológicos e visitas guiadas e rodas de contos. A novidade que deve chamar a atenção dos pequenos são os três filhotes de veados que ainda se alimentam com o auxílio de mamadeira. No Parque Gaúcho, a partir das 11h, a programação inclui contos gauchescos, doma crioula, passeio a cavalo e encontros com o tratador.

Quanto: o ingresso para o Complexo Turístico Gramadozoo é único. O visitante paga R$ 66 e acessa toda a área, que inclui o Parque Gaúcho. Crianças e adolescentes entre três e 15 anos pagam R$ 33. Crianças até dois anos são isentas.

 

Voando nas Nuvens

Onde: Praça Rosa dos Ventos do BarraShoppingSul (Avenida Diário de Notícias, 300, bairro Cristal).

Atração destinada a crianças de 4 a 12 anos. A ideia é se imaginar em uma viagem de balão, alcançando o céu _ chega-se a uma altura de três metros. Pais e filhos poderão registrar fotos. Sexta-feira, das 14h às 20h. Sábado e domingo, das 12h às 20h.

Quanto: gratuito.

Arena VR Real Games

Onde: primeiro andar do Bourbon Wallig (Avenida Grécia, 1.500, bairro Passo D'Areia).

Experiências de realidade virtual para público acima de seis anos. O valor mínimo dá direito a 10 minutos de experiência em uma atração. Os usuários também podem comprar tickets de 20 ou 30 minutos, podendo trocar de atração dentro do stand a cada 10 minutos. Sexta-feira e sábado, das 10h às 22h.

Quanto: tickets a partir de R$ 15.

Miniparque de Brinquedos Infláveis

Onde: primeiro andar do Lindóia Shopping (Avenida Assis Brasil, 3.522, bairro Jardim Lindóia). Atividades de recreação e pintura facial das crianças. Somente nesta sexta-feira, das 10h às 22h.

Quanto: gratuito.

D Kids Arena

Onde: Praia de Belas Shopping (Avenida Praia de Belas, 1.181, bairro Praia de Belas). Evento itinerante do Discovery Kids que coloca os visitantes em contato com o universo do canal por meio de personagens e enredos de suas séries. Sexta e domingo, das 14h às 19h30min. Sábado, das 10h30min às 19h30min.

Quanto: gratuito.

Culinária e olimpíadas

Onde: Shopping Iguatemi (Avenida. João Wallig, 1.800, bairro Passo D'Areia).

No Pequenos Grandes Chefs, na praça de alimentação do terceiro piso, crianças podem mostrar sua criatividade na cozinha. Neste dia 12, há três pratos especiais: vasinho de brigadeiros, pipoca gourmet e alfajor no pote. Sexta e domingo, das 11h30min às 21h, e sábado, das 10h às 21h. Cada oficina tem duração de 20 minutos.

Quanto: gratuito, com agendamento no local.

As Olimpíadas Kids, na Praça Erico Verissimo (primeiro piso), oferecem uma série de brincadeiras exclusivas, como o Ninja Kids e o Giro Radical. As atividades têm acompanhamento integral de monitores. Sexta e domingo, das 11h30min às 21h, e sábado, das 10h às 21h.

Quanto: ingressos a R$ 20 por 15 minutos + R$ 1 por minuto adicional.

Festival Loucos por Livros

Largo Cultural do Shopping Total (Avenida Cristóvão Colombo, 545, bairro Floresta). Feira com livros infanto-juvenis, infantis e adultos _ são mais de 7 mil. Há contação de histórias e pinturas faciais das crianças. De segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h.

Quanto: gratuito.

Tobogã e Pula-Pula

Onde: Viva Open Mall (Avenida Nilo Peçanha 3.228, bairro Jardim Europa). Piscina de bolinhas, tobogã e pula-pula neste sábado, das 10h às 18h.

Quanto: gratuito.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

11/10/2018 - RS terá pancadas de chuva e queda nas temperaturas nesta quinta

Nesta quinta-feira (11), devido à passagem de uma frente fria, as temperaturas devem cair na maior parte do território gaúcho. Há previsão de pancadas de chuva por todo Estado, que devem ocorrer pela influência de ventos intensos nos altos níveis da atmosfera. Estas condições deixam o tempo instável e a chuva deve ocorrer a qualquer hora do dia, mas de maneira fraca a moderada.

 

Na sexta-feira (12) o tempo fica ainda mais instável por todo território gaúcho. Com isso, o dia deve ser chuvoso no Rio Grande do Sul. Como a formação das tempestades ocorre pela aproximação de um sistema de baixa pressão atmosférica próximo do Paraguai, há transporte de uma massa de ar quente e úmida para o sul do país. Por isso, as temperaturas seguem aumentando, exceto pela metade sul do RS onde a chuva ocorre logo pela manhã, dando sensação de frio. Boa parte do Estado deve ter chuva volumosa e o sistema deve trazer bastante atividade elétrica. Há riscos até para queda de granizo. A faixa norte pode registrar rajadas de até 80 km/h.

 

Confira a previsão do tempo para algumas cidades:

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 21°C

Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 13°C e máxima de 19°C

Caxias do Sul: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 22°C

Santa Maria: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 13°C e máxima de 20°C

Santa Rosa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 26°C

Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 26°C

Uruguaiana: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 13°C e máxima de 22°C

Torres: tempo instável, com chuvas isoladas. Mínima de 17°C e máxima de 21°C

Rio Grande: muitas nuvens ao longo do dia. Mínima de 15°C e máxima de 17°C

Mostardas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 18°C

Passo Fundo: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 23°C

Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 9°C e máxima de 19°C

Tramandaí: tempo instável, com chuva isoladas. Mínima de 18°C e máxima de 21°C

Xangri-Lá: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 17°C e máxima de 21°C

Capão da Canoa: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 17°C e máxima de 21°C

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

11/10/2018 - MP vai avaliar caso de jovem que foi agredida e teve o corpo marcado com canivete em Porto Alegre

O Ministério Público Estadual (MP-RS) informou que vai avaliar o caso da jovem de 19 anos que disse ter sido agredida por três homens em Porto Alegre por portar objeto com o símbolo LGBT e com o termo “EleNão”. Além de ofensas e socos, os agressores teriam riscado, com canivete, um símbolo semelhante a uma suástica na barriga da vítima.

 

O relato teve repercussão nacional nas redes sociais nesta quarta-feira (10) e acabou sem prosseguimento na delegacia de polícia. Ao prestar depoimento, na tarde desta quarta, a vítima decidiu não representar criminalmente sobre o caso. Segundo a advogada Gabriela Souza, a decisão foi tomada por sua cliente querer se recuperar do ataque junto de sua família e pensar se toma alguma medida legal.

 

Segundo o MP-RS, a Polícia Civil terá de remeter o caso – em forma de inquérito ou termo circunstanciando – ao foro responsável em até 30 dias. A partir daí, a instituição destaca um promotor para avaliar se a investigação prossegue ou será arquivada.

 

O ataque teria acontecido segunda-feira à noite, após a jovem descer de um ônibus no bairro Cidade Baixa. Em imagem divulgada nas redes, a jovem aparece com marcas na barriga, que, segundo ela, teriam sido feitas pelos agressores com canivete. O delegado Paulo César Jardim, titular do caso, disse que a apuração fica sustada com a opção da jovem:

 

— Tecnicamente, não tenho por que continuar com o processo investigatório. Tenho de investigar a partir do momento em que a vítima demonstra interesse. Como a vítima não demonstrou interesse, me sinto obstruído de continuar esse trabalho que estava sendo desenvolvido até agora.

 

Para o MP-RS, o fato de o caso ser definido como lesão corporal somado ao pedido da vítima não afasta a atuação da instituição, pois pode haver outro crime subjacente, como discriminação, o que poderia garantir prosseguimento da investigação. A advogada disse que a vítima está abalada, mas bem, na medida do possível. Ela afirmou que o registro policial é uma peça de segurança jurídica:

 

— Ela fez a ocorrência porque uma pessoa amiga desejaria publicar para divulgar o que tinha acontecido. Ela não deseja um processo criminal, no momento, até conseguir se organizar. Talvez, no prazo de seis meses, ela faça a representação criminal, mas fez o boletim de ocorrência para ter segurança jurídica em razão das redes sociais.

 

Delegado rejeita conotação política

Em depoimento, a vítima informou à polícia que estava se deslocando em um ônibus em direção ao Centro. Após desembarcar no bairro Cidade Baixa, por volta das 19h30min, ela notou que estava sendo seguida por três homens. Ao perceberem um objeto com símbolo LGBT e o termo “EleNão”, os indivíduos teriam começado a proferir ofensas homofóbicas contra ela, que teria reagido com xingamentos. Daí, contou, dois suspeitos a imobilizaram e o terceiro fez riscos na barriga dela com canivete. O delegado avalia que se trata de um caso de homofobia, sem conotação política:

 

— Absolutamente nenhuma (conotação política). Foi puramente homofóbico. Não tenho dúvida disso, ela não tem dúvida e a advogada também.

 

Sobre o que foi riscado na barriga da jovem, o delegado rejeitou que fosse suástica nazista. Disse que a imagem é a reprodução de “símbolo milenar budista, no qual desenvolve a teoria do amor, da fraternidade e da humildade”.

 

— Examinei bem os riscos. Não há uma suástica e sim um símbolo esotérico antigo milenar.

 

Questionado se as agressões relatadas pela vítima não contradizem o sentido do símbolo budista, Jardim disse que não pode analisar o caso a partir de suposições.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

11/10/2018 - Preso pai de santo suspeito de abusar de mulheres durante rituais no Sul do RS

Um homem que se apresenta como pai de santo foi preso preventivamente nesta quarta-feira (10), em Rio Grande, no sul do Estado, suspeito de abusar sexualmente de mulheres durante rituais religiosos.

 

Conforme a Polícia Civil, Marcos Paulo Souza Chaves, 43 anos, conhecido como Pai Marcos de Iemanjá, levava as vítimas para uma sala reservada, onde ordenava que elas tirassem as roupas. Para as mulheres, ele dizia ser um pedido da entidade delas.

 

A primeira vítima que  procurou a polícia disse que foi até o Pai de Santo para tentar curar uma doença de pele. Desconfiada dos procedimentos, resolveu pesquisar e descobriu que não era uma prática religiosa.

 

A Polícia Civil começou a investigar e chegou a outras três vítimas: uma mulher e duas adolescentes que foram abusadas há cerca de quatro anos, quando ainda eram crianças.

 

A delegada Lígia Furlanetto acredita que há outras vítimas que não registraram ocorrências. Em conversa com uma das mulheres, o Pai de Santo teria dito que o segredo do procedimento não poderia ser violado.

 

— O que se presume é que provavelmente outras vítimas tenham sofrido a mesma coisa e ficaram constrangidas de registrar a ocorrência — afirma a delegada.

 

Em depoimento à Polícia Civil, o preso disse que os atos eram parte dos rituais e um pedido das entidades das vítimas. Ele será indiciado por estupro mediante fraude e estupro de vulnerável.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

11/10/2018 - Polícia faz operação para coibir venda de drogas em bares no norte do RS

Uma operação da Polícia Civil cumpre, na manhã desta quinta-feira (11), 16 mandados de busca e apreensão em bares de Seberi, no norte gaúcho, que estariam vendendo cocaína e maconha. Ao menos cinco pessoas foram presas preventivamente na ação. Outras duas ainda são procuradas.

 

De acordo com o delegado Eduardo Nardi, a polícia percebeu recentemente um aumento no tráfico de drogas no município, que tem pouco mais de 11 mil habitantes. Ao investigar cada um dos casos, identificou que pelo menos oito estabelecimentos que se apresentavam como bares também vendiam drogas.

 

A ação começou por volta das 5h e acontece na região central e também na área rural da cidade.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

05/10/2018 - Criminosos roubam malote de supermercado na zona Sul de Porto Alegre

Dois homens armados roubaram um malote de dinheiro de um supermercado no bairro Medianeira, na zona Sul de Porto Alegre. De acordo com a Brigada Militar, a ação ocorreu na manhã desta sexta-feira, quando o proprietário do estabelecimento comercial e o segurança dele chegavam ao local, na rua Carlos Barbosa.

 

Durante a ação, a dupla efetuou disparos para intimidar as vítimas. O dono do mercado entregou aos criminosos o dinheiro que seria distribuído nos caixas. Apesar dos tiros, não houve feridos.

 

Na fuga, a dupla abandonou uma moto Honda preta, no local destinado ao estacionamento de veículos dos clientes do supermercado. Eles fugiram em um carro HB20, que estava estacionado na esquina do local. No veículo, havia outros criminosos que estavam dando apoio ao roubo.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/10/2018 - Inflação sobe 0,48% e é a maior para setembro desde 2015, aponta IBGE

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do País, subiu 0,48% em setembro. O resultado é o maior para um mês de setembro desde 2015, quando o IPCA registrou 0,54%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatístca (IBGE).

 

O acumulado no ano ficou em 3,34%, acima do 1,78% registrado em igual período do ano passado. Nos últimos doze meses, o índice ficou em 4,53%, acima dos 4,19% dos 12 meses imediatamente anteriores. Em setembro de 2017, a taxa atingiu 0,16%.

 

Dos nove grupos de serviços pesquisados pelo IBGE, sete apresentaram alta no período. O setor que indicou maior inflação foi o de transportes, com aumento de 1,69%, após apresentar queda de 1,22% em agosto. Segundo o IBGE, os transportes tiveram maior variação para setembro desde a implantação do Plano Real em 1994.

 

O que mais contribuiu para o aumento dos preços no setor de transporte foi o combustível que, após apresentar queda de 1,86% em agosto, aumentou 4,18% em setembro: a gasolina teve variação de 3,94%, o etanol de 5,42% e o óleo diesel de 6,91%. A passagem aérea teve aumento de 16,81%, sendo que o período também colaborou para o crescimento da inflação do setor.

 

O grupo de alimentação e bebidas também teve alta. O aumento de 0,10% foi influenciado, principalmente, por frutas (4,42%), arroz (2,16%) e pão frânces (0,96%). Em agosto, o setor tinha apresentado queda de 0,72%. Já o setor de habitação variou 0,30% no item de taxa de água e esgoto devido ao reajuste das tarifas em Belém, Vitória, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/10/2018 - Dois pedestres assaltados nas últimas horas em Lajeado

Dois pedestres foram assaltados na última horas em Lajeado.

 

Por volta das 19h50 desta quinta-feira (04), uma mulher, de 29 anos, deslocava a pé pela avenida Benjamin Constant quando nas proximidade de Apolo Auto Peças foi rendida por um indivíduo que anunciou o assalto.

 

O criminoso roubou a bolsa da vítima que continha celular, cerca de R$ 200 em dinheiro e documentos.

 

Já em torno das 4h15 desta sexta-feira (05), outra mulher, de 38 anos, aguardava o ônibus para ir ao trabalho, na rua João Fernando Schneider, no bairro Jardim do Cedro, quando da mesma forma foi abordada por um sujeito que anunciou o roubo.

 

A vítima teve levados o celular e R$ 5. Ambos casos devem ser investigados.

 

 

Fonte: Grupo Independente

05/10/2018 - Enem 2018: a 30 dias do início das provas, confira dicas sobre o exame

Começa nesta sexta-feira (5) a contagem regressiva para busca de uma vaga no Ensino Superior: faltam 30 dias para o início do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. No primeiro dia de provas, em 4 de novembro, são aplicados os testes de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação, e Ciências Humanas e suas Tecnologias. Em 11 de novembro, será a vez de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e Matemática e suas Tecnologias.

 

 

Separamos dicas para quem está seguindo um planejamento intenso e para quem deixou os estudos para a última hora. E, claro, listamos o que você precisa levar no dia da prova.

 

Datas das provas

4 de novembro

 

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física, e tecnologias da informação e comunicação

Redação

Ciências Humanas e suas Tecnologias: história, geografia, sociologia e filosofia

11 de novembro

 

Ciências da Natureza e suas Tecnologias: física, química e biologia

Matemática e suas Tecnologias

 

 

Tempo de prova

No primeiro dia, as provas começam às 13h30min e terminam às 19h.

No segundo dia, início às 13h30min e encerramento às 18h30min.

 

 

O que levar no dia do Enem

Caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente

Documento oficial de identificação original com foto

É aconselhável levar cartão de confirmação de inscrição e declaração de comparecimento impressa para assinatura do Chefe de Sala (caso precise do documento).

Documentos válidos:

 

Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal

Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados

Protocolo Provisório de Solicitação de Refúgio emitido pelo Departamento de Polícia Federal

Carteira de Registro Nacional Migratório

Documento Provisório de Registro Nacional Migratório

Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade

Carteira de Trabalho e Previdência Social

Certificado de Dispensa de Incorporação

Certificado de Reservista

Passaporte

Carteira Nacional de Habilitação com fotografia

Identidade funcional

FIQUE ATENTO: não será aceito qualquer documento em formato eletrônico.

 

 

Dicas de estudo

Se você vem estudando há bastante tempo, a primeira coisa que você deve fazer é mentalizar que está melhor preparado em comparação a outros candidatos. De acordo com Enio Kaufmann, professor de Física e diretor do Unificado, esse é o momento de fazer uma revisão leve, repassando as principais disciplinas e conteúdos. Além disso, aproveite para praticar mais algumas redações. É importante tentar compreender o tipo de prova que você irá fazer, revendo os exames que foram aplicados anteriormente, especialmente nos últimos dois anos.

 

Agora, se você se encaixa no grupo de candidatos que deixou os estudos para a última hora, deve usar esses 30 dias para focar nos conteúdos que você sabe.

 

— Não é hora de aprender o que não sabe, não adianta tentar aprender agora uma matéria que não conhece, a hora é de revisar e reforçar aquela parte da matéria que o aluno conhece um pouco — explica o professor.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

05/10/2018 - Sexta será ensolarada e com temperaturas perto dos 20°C no RS

A sexta-feira (5) começa com frio no Rio Grande do Sul devido a presença da massa de ar seco que tem origem polar. As temperaturas são baixas especialmente na Campanha e na Serra, onde os termômetros registraram temperaturas em torno de 6°C. Os ventos sopram do quadrante sul e ajudam a aumentar a sensação de frio pela manhã.

 

Ao longo do dia, o Sol favorece a elevação das temperaturas, mas mesmo assim os termômetros não sobem muito. Há alerta de ressaca do Chuí (RS) a Laguna (SC), com ondas de até 2,5m das 9h de sexta-feira até 15h de sábado (6).

 

De acordo com a Somar Meteorologia, o Sol aparece desde cedo em todo o Estado no sábado. Apesar de amanhecer frio, o dia será marcado por grande amplitude térmica e a tarde será de calor.

 

 

Confira a previsão do tempo para algumas cidades

Capital: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 19°C

Pelotas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 9°C e máxima de 17°C

Caxias do Sul: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 10°C e máxima de 15°C

Santa Maria: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 9°C e máxima de 19°C

Santa Rosa: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 11°C e máxima de 22°C

Erechim: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 9°C e máxima de 20°C

Uruguaiana: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 10°C e máxima de 21°C

Torres: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 17°C

Tramandaí: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 17°C

Capão da Canoa: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 15°C e máxima de 18°C

Xangri-Lá: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 17°C

Rio Grande: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 7°C e máxima de 15°C

Mostardas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 10°C e máxima de 18°C

Passo Fundo: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 10°C e máxima de 19°C

Bagé: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 4°C e máxima de 17°C

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

05/10/2018 - Pitbull mata yorkshire dentro do Parque Germânia, em Porto Alegre

Um cão da raça pitbull matou uma yorkshire no Parque Germânia, na zona norte de Porto Alegre, no início da tarde desta quinta-feira (4). Segundo a administração do parque, os dois animais estavam sem coleira guia e o pitbull não usava focinheira.

 

Segundo uma testemunha que não quis ser identificada, o pitbull estava solto dentro do cachorródromo. Ele teria pulado a grade e saído do espaço, indo em direção a yorkshire.

 

— O pitbull pegou ela como se fosse um ursinho de pelúcia — relata a testemunha, que se diz frequentadora assídua do parque.

 

Proprietária do animal morto, a dona de casa Adriana Ferreira, 50 anos, relata que os donos do pitbull não conseguiram contê-lo.

 

O gestor administrativo da Associação de Amigos do Bairro Jardim Europa (AAJE), Caio Fittipaldi, que auxilia na manutenção do Parque Germânia, afirma que não há câmeras de segurança no local. Mas ele relata que um segurança presenciou parte do ocorrido.

 

Adriana registrou um boletim de ocorrência na 14ª Delegacia de Polícia Civil, e o animal foi cremado pela família. Segundo Cleber Lima, delegado da 14ª DP, o caso deverá ser apurado para verificar se houve negligência de quem estava responsável pelo pitbull. O boletim de ocorrência não traz informações sobre quem seriam esses responsáveis.

 

Uma lei estadual, de 2005, determina que raças consideradas mais ferozes, como pitbull e rottweiler, são obrigadas a passear com coleira, guia curta de condução, enforcador e focinheiras em lugares públicos. No aspecto criminal, a Lei das Contravenções Penais diz, no artigo 31, que "deixar em liberdade, confiar à guarda de pessoa inexperiente, ou não guardar com a devida cautela animal perigoso", pode resultar em pena de 10 dias a dois meses de reclusão ou multa.

 

O médico veterinário Luiz Antônio Scotti, especialista em comportamento animal, explica que o pitbull é uma raça muito forte, mas a agressividade pode resultar da forma como o animal foi educado.

 

— Conheço pitbulls que são extremamente dóceis. Mesmo assim, não devemos descuidar — afirma.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

05/10/2018 - Polícia Civil investiga comércio clandestino de medicamentos em São Leopoldo

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta-feira (5), ação contra o comércio clandestino de medicamentos em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Cerca de 10 agentes cumpriram dois mandados de busca e de apreensão na casa e no escritório de um empresário do município.

 

A ação da Delegacia do Consumidor do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) contou com apoio da Vigilância Sanitária local e do Conselho Regional de Farmácia. Segundo o delegado Rafael Liedtke, responsável pela investigação, várias caixas de antibióticos foram apreendidas.

 

Nenhum deles tinha procedência, ou seja, não havia nota fiscal dos produtos. Além disso, foram apreendidos R$ 100 mil em dinheiro.

 

De acordo com a polícia, está sendo investigada a quantidade de medicamentos distribuídos e, por isso, ainda não está sendo divulgado o nome da distribuidora (que funciona em outro local) e do suspeito – que já tem passagem por comércio irregular de remédios em 2007.

 

A investigação continua. Um dos objetivos é rastrear a procedência e os pontos de venda, bem como possíveis vítimas. Um inquérito foi instaurado para verificar crimes contra as relações de consumo e contra a saúde pública.

 

A Vigilância Sanitária interditou temporariamente a distribuidora de São Leopoldo. O responsável pelo local informou que os medicamentos apreendidos seriam descartados.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

05/10/2018 - Jovem morre após colidir carro no trevo de acesso a Arroio do Meio, na RS-130

Um jovem morreu em um acidente na manhã desta sexta-feira (5) no km 78 da RS-130, no trevo de acesso à cidade de Arroio do Meio, no Vale do Taquari. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, a vítima – cujo nome ainda não foi divulgado – dirigia um Tempra que colidiu em um paredão onde fica a inscrição com o nome do município.

 

O condutor morreu no local. O passageiro do veículo teve ferimentos leves e foi encaminhado para um hospital da região.

 

O acidente ocorreu por volta das 4h30min. O trânsito já foi liberado no local.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

03/10/2018 - Queda de assoalho deixa dezenas de feridos em Barracão, no Norte do Rio Grande do Sul

Dezenas de pessoas ficaram feridas da tarde desta terça-feira depois que o assoalho do salão da ONG Selva desabou no interior do município de Barracão, no Norte do Estado. Em torno de 40 pessoas estavam no local para uma palestra promovida pela Emater. A ONG tem sede no distrito de Espigão Alto.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros Bombeiros Voluntários da região foram acionados para atender a ocorrência. Os feridos foram conduzidos aos hospitais de Barracão, Sananduva e São José do Ouro.

 

Segundo o Samu, todas as pessoas que estavam no local sofreram ferimentos. Muitas pessoas apresentavam fraturas expostas, mas nenhuma está em estado grave. O Bombeiros Voluntários de São José informou que as vítimas estão sendo submetidas a exames e raio X nos hospitais.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/10/2018 - Sobe para 1.407 o número de mortos pelo terremoto e tsunami na Indonésia

As autoridades da Indonésia informaram nesta quarta-feira que subiu para 1.407 o número de mortos por conta do terremoto de magnitude 7,5 e o posterior tsunami que atingiram a ilha de Celebes na última sexta. "Acreditamos que o número seguirá aumentando", disse o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, sigla em indonésio), Sutopo Purwo Nugroho, durante entrevista coletiva em Jacarta, capital do país.

 

• Equipes de resgate encontram 34 corpos de adolescentes soterrados após terremoto na Indonésia

 

O número de feridos gravemente que estão hospitalizados subiu para 2.549 e o de desaparecidos chega a 113. Além disso, as autoridades atendem 70.821 pessoas em 141 abrigos e o registro de casas destruídas está em 65.733. A grande maioria das vítimas pertence a Palu, capital da província de Celebes Central e com uma população de aproximadamente 350 mil habitantes, e o restante vem do distrito vizinho de Donggala e de partes de Sigi e Parigi Moutong, afirmou Sutopo.

 

• Indonésia determina enterros em massa após terremoto e tsunami

 

A catástrofe começou na última sexta-feira com um terremoto de magnitude 6,1 que matou uma pessoa e feriu 20, seguido, três horas depois, pelo terremoto de 7,5 e o tsunami. O porta-voz da BNPB disse nesta quarta que 63% dos indonésios na região de Celebes pelo terremoto e o tsunami não escutaram as sirenes de alerta de ondas gigantes. Ele acrescentou que na Indonésia, 71% da população nunca fez uma simulação de resposta aos desastres.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/10/2018 - Temperatura amena e chuva isolada marcam o dia no RS

A quarta-feira (3) deve ser de tempo firme em toda a metade sul do Rio Grande do Sul. Mais ao Norte, no entanto, ainda há instabilidades que mantém as condições de chuva no início do dia. Ao longo da tarde o tempo abre e o Sol aparece acompanhado de nuvens. As temperaturas não devem subir muito com o passar das horas apesar do Sol.

 

Na quinta-feira (4), o dia começa firme e frio em todas as regiões por causa do ar seco associado a um sistema de alta pressão que domina o tempo no Estado. De acordo com a Somar Meteorologia, as temperaturas se mantêm baixas ao longo do dia, com pouca variação.

 

Confira abaixo a previsão do tempo para algumas cidades:

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 18°C

Pelotas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 20°C

Caxias do Sul: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 11°C e máxima de 17°C

Santa Maria: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 21°C

Santa Rosa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 22°C

Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 18°C

Uruguaiana: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 11°C e máxima de 22°C

Torres: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 23°C

Rio Grande: tempo firme e ensolarado. Mínima de 14°C e máxima de 17°C

Mostardas: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 15°C e máxima de 18°C

Passo Fundo: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 19°C

Bagé: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 9°C e máxima de 19°C

Tramandaí: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

Xangri-Lá: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

Capão da Canoa: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

03/10/2018 - Feira terá 190 toneladas de livros a partir de R$ 5, com sorteios a cada hora

Começa nesta quinta-feira (04) uma feira que reunirá um milhão de livros, divididos em sete mil títulos. O evento será realizado pela Livraria Cameron, ocupando 600 metros quadrados do Shopping Total. Vai até 28 de outubro.

 

Além da venda, terá palestras, espaço kids para brincadeiras e sorteio de 1,2 mil livros. Há um foco no público infantil até pela proximidade do Dia da Criança, mas há produtos para adultos também.

 

Os preços partem de R$ 5. Outra curiosidade é que a organização garante que serão sorteados quatro livros a cada hora. Todos podem participar do sorteio porque não está vinculado a compras. É só depositar o nome em uma urna.

 

- Os livros pesam 190 toneladas e, empilhados, ultrapassam a chaminé do shopping, que tem mais de 85 metros de altura - descata a gerente do Shopping Total, Silvia Rachewsky.

 

O evento recebeu o nome de Festival Louco por Livros. Encaixa na estratégia de realizar eventos diferentes dentro do shopping, conforme pesquisa feita pela empresa com consumidores e que foi antecipada pela coluna Acerto de Contas. Principalmente ações envolvendo pais e filhos.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

03/10/2018 - PM da reserva se apresenta e assume autoria de morte dentro de campus da PUCRS

Um policial militar da reserva apresentou-se na tarde desta terça-feira (2) na 1ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DHPP) e assumiu a autoria dos disparos que mataram  Rafael Giovane Silveira da Silva, 26 anos, na tarde da última quinta-feira (27), no campus da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). O PM aposentado alegou legítima defesa.

 

De acordo com a versão apresentada pelo policial militar da reserva ao delegado Rodrigo Reis, ele foi até a PUCRS falar com seu filho, que trabalha como vigilante no local. Após estacionar seu carro nas proximidades do prédio 50, teria visto uma movimentação de pessoas, entre elas, de outro PM da reserva.

 

As pessoas estariam tentando conter Silva, que, de acordo com o PM autor dos disparos, estava bastante agitado, após ser flagrado supostamente praticando roubos no local.

 

Por ter experiência em situações como aquela, o policial militar aposentado teria se aproximado do rapaz para "falar com jeito e tentar acalmá-lo", mas acabou surpreendido por Silva, que teria tentado pegar sua arma. O PM da reserva, então, reagiu, efetuando inicialmente um disparo de advertência e, na sequência, outros três, que atingiram o suspeito de roubo.

 

O nome do PM da reserva, que se apresentou acompanhado por advogado, não foi divulgado pela polícia. Após ser ouvido, ele foi liberado e, em princípio, responderá em liberdade.

 

Confira a nota enviada pela PUCRS à imprensa:

 

Em relação à ocorrência na última quinta-feira, dia 27 de setembro, no Campus da Universidade, junto ao prédio 50, a PUCRS informa que segue colaborando com a investigação. A Instituição reforça seu compromisso com o bem-estar da comunidade e reitera que, na área de segurança, realiza um trabalho permanente e preventivo. Diariamente, cerca de 50 mil pessoas circulam pelo Campus. O investimento em melhorias na segurança é constante. Somente neste ano foram instaladas mais 20 novas câmeras nas dependências, totalizando 540 equipamentos que compõem um sistema integrado de monitoramento. Além disso, conta com 140 vigilantes próprios, que circulam com veículos durante 24 horas por dia. A equipe de vigilância recebe cursos de atualização de segurança e primeiros socorros, totalizando mais de 5 mil horas de treinamento anuais. Diante do ocorrido, a Universidade se compromete em continuar buscando permanentemente a qualificação da segurança no Campus.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

03/10/2018 - Nas universidades federais do RS, 9,5% das vagas ficaram ociosas em 2017

Alguns dos cursos superiores mais concorridos do Estado estão com vagas sobrando. Até o final de setembro, por exemplo, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) tentou em 15 editais diferentes convocar candidatos para ocupar vagas remanescentes do vestibular deste ano, e em outros 13 editais buscou atrair os classificados na lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018. Ainda assim, existem lugares vazios nas salas de aula da maior – e mais disputada – instituição de Ensino Superior do Estado.

 

Há vagas sobrando não apenas em graduações com procura relativamente baixa, como Ciências Contábeis e Química Industrial: na mais recente convocação para quem prestou o vestibular, divulgada no início de agosto, a UFRGS oferecia vagas em Psicologia - noturno (o quarto curso mais concorrido de 2018, com 26 candidatos por vaga), Direito - diurno (com 13 candidatos por vaga), Arquitetura e Urbanismo (12 candidatos por vaga), Enfermagem (11 candidatos por vaga). E, por incrível que possa parecer, até em Medicina, a graduação mais disputada da universidade, com 83 candidatos por vaga (nesses cursos, as oportunidades acabam logo preenchidas, mas ainda assim surgem com frequência).

 

Quando essas vagas não são ocupadas, elas ficam ociosas, como aconteceu na UFRGS e nas demais universidades federais do Rio Grande do Sul: das 27 mil vagas oferecidas em cursos presenciais, 2,6 mil não foram preenchidas, de acordo com o Censo da Educação Superior, divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). Ou seja: no ano passado, 9,5% das matrículas disponibilizadas na rede federal gaúcha de Ensino Superior – que não cobra mensalidades dos alunos durante toda a formação e em geral atinge bons índices de qualidade – não foram efetivadas por novos alunos.

 

 

 

Índice no RS fica acima da média nacional

O índice de ociosidade de vagas é ainda maior nas universidades federais do Rio Grande do Sul do que a média nacional. Em todo o Brasil, foi ofertado o ingresso de 322 mil estudantes em graduações presenciais no ano passado, e 7,5% dessas vagas sobraram.

 

Isso ocorre porque, quando um candidato atinge o desempenho necessário para ser classificado e decide não ingressar no curso – ou, por uma variedade de motivos, não é considerado apto a se tornar um aluno –, aquela vaga fica remanescente. E preenchê-la não é um processo tão simples quanto ligar para o próximo colocado na lista e informá-lo de que foi aprovado (confira as perguntas e respostas sobre o processo ao fim desse texto).

 

— Vagas remanescentes são aquelas não ocupadas nos processos seletivos de uma instituição. Existem universidades públicas tão concorridas que praticamente não sobram vagas, porque quem passa não quer saber de uma segunda opção e faz de tudo para ingressar. Mas há também casos de boas universidades que não preenchem essas vagas porque os aprovados decidem ir para outra cidade, outro Estado, ou simplesmente não ficam atentos aos chamamentos que acontecem depois do vestibular ou do Sisu — explica o especialista em educação Carlos Monteiro, que há 30 anos trabalha com consultorias na área de Ensino Superior.

 

 

 

 MEC propõe novo programa para combater vagas ociosas  nas federais

O ministro da Educação, Rossieli Soares, mostrou-se preocupado com as vagas que têm sobrado nas universidades federais do país. A afirmação foi feita em coletiva de imprensa em que foram apresentados os dados do Censo da Educação Superior 2017, em 20 de setembro.

 

— Estas vagas ociosas representam um verdadeiro desperdício de dinheiro público, que vem sendo acumuladas há anos. Com certeza, temos muitos estudantes que sonham em estudar em uma universidade pública, mesmo tendo algum tipo de bolsa ou financiamento em instituição privada.

 

O levantamento revelou que existem 164 mil vagas remanescentes em cursos de graduação na rede pública. Desse total, 99 mil são vagas em universidades federais e 70% delas não foram preenchidas, "impedindo que um grande universo de estudantes frequente uma universidade sem qualquer custo extra ao governo", conforme o MEC.

 

Considerando também as particulares, o número de vagas remanescentes, apenas no ano passado, chega a 2,8 milhões. Diante do problema, o governo federal anunciou, mais uma vez, a intenção de criar um programa para facilitar o ingresso nesses cursos em que há lugares disponíveis por conta de estudantes que trocaram de curso ou o abandonaram. A ideia é colocar em prática um Sistema de Seleção Unificada (Sisu) Transferência, voltado para estudantes que já cursam o Ensino Superior e querem migrar para uma instituição pública.

 

— Tem vaga, tem oportunidade para o aluno estar aprendendo dentro de universidade pública e não estamos preenchendo essas vagas. Hoje cada instituição faz um processo específico, então se você está em uma instituição privada ou em uma pública e quiser migrar para outra pública, você tem que pesquisar o edital individualmente, cada uma das regras em cada um dos lugares — afirmou o ministro.

 

A ideia já havia sido proposta anteriormente, em outras gestões no MEC, mas nunca saiu do papel. Em 2015, quando o censo havia acabado de revelar 114 mil vagas remanescentes em instituições federais, o então ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou a criação de uma seleção para preencher as vagas que sobram no Ensino Superior público, mas pouco mudou desde então.

 

Agora, o MEC garante que pretende construir um programa para ser lançado ainda em outubro. A intenção é que comece a ser aplicado em 2019. A adesão das universidades será voluntária.

 

Entenda a diferença

 

 

Vagas remanescentes

 

São vagas não ocupadas que acabaram liberadas por diversos motivos, como óbito, não cumprimento de desempenho mínimo (jubilamento), desistência, transferência interna ou externa. Essas vagas ainda passam por novos processos de chamamento a partir das listas de espera.

 

Vagas ociosas

 

São vagas remanescentes que foram ofertadas em anos anteriores, mas não preenchidas e que não passam mais pelo processo habitual de chamamento. Eventualmente, são destinadas a processos seletivos internos, como ingresso de diplomados, transferências e ingresso extravestibular.

 

 

 

Entenda

Por que uma vaga sobra?

 

Há uma variedade de motivos: o candidato pode não possuir o Ensino Médio completo; não estar no perfil legalmente exigido para ocupar a vaga para a qual foi classificado; sentir dificuldades de mudança de cidade ou de Estado; não ter mais interesse naquele curso, seja por ter sido aprovado em outro curso ou por ter assumido um emprego, por exemplo.

 

Uma vaga fica remanescente, entre outros motivos, quando o candidato:

 

Não comprova a condição exigida para a ocupação da vaga em que foi classificado;

Não entrega a documentação obrigatória, na forma e nos prazos estabelecidos, em qualquer uma das etapas de análise ou de recurso;

Não entrega, na forma e nos prazos estabelecidos, a documentação complementar eventualmente solicitada em recurso;

Não assina as declarações solicitadas;

Não assina, quando for o caso, a autodeclaração étnico-racial;

Não comparece na data, horário e local estabelecidos para a verificação étnico-racial, ou sai do local antes de finalizada sua participação nesta etapa;

Não comparece na data, horário e local estabelecidos para entrevista, quando for o caso;

Não comparece à matrícula presencial nos períodos estabelecidos pela universidade ou não apresenta a documentação exigida nessa etapa.

Para o MEC, a alta taxa de desistência nos cursos de graduação, principalmente em cursos de licenciatura, é uma das causas da ampliação de vagas remanescentes. Outro fenômeno está diretamente relacionado ao formato do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que permite ao participante do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) encontrar o curso possível com a nota alcançada, mesmo que em uma unidade da federação distante de sua residência. O que por um lado promove o acesso, por outro pode estar aumentando o abandono dos cursos quando o mesmo estudante consegue uma opção que considera mais adequada.

 

Como é o processo de chamamento na UFRGS

 

Se você ficou na lista de espera, fique atento: a convocação pode ocorrer meses após a realização do Enem e do vestibular, mas é uma chance que muitos perdem para ingressar na universidade.

 

a) O que é

 

O chamamento para vagas remanescentes é feito por meio de um edital, divulgado no site da universidade, com a relação de candidatos que não constaram no Listão do Vestibular ou no site do MEC (no caso do Sisu). No chamamento, são listados os classificados para ocupar vagas resultantes do não cumprimento das exigências relativas aos procedimentos de matrícula por outros classificados. Os nomes que constam no chamamento obedecem à ordem de classificação dos candidatos de cada sistema de ingresso. O não atendimento aos prazos estabelecidos no respectivo edital de chamamento implica a perda definitiva da vaga.

 

b) Como é a divulgação

 

As listas de chamamento são publicadas por meio de edital no site www.ufrgs.br, contendo o(s) nome(s) do(s) candidato(s) classificado(s) e as datas para envio da documentação e para a realização da matrícula. Quem está na lista de espera do vestibular ou do Sisu e quer ingressar na universidade deve acessar o site da UFRGS diariamente para verificar se não houve nova convocação.

 

O candidato é inteiramente responsável por acompanhar as publicações dos editais de chamamento e pelo cumprimento dos prazos e procedimentos neles estabelecidos. Após o término do chamamento para o ingresso no primeiro semestre letivo, o candidato deve ficar atento aos chamamentos para o segundo semestre.

 

c) Por que acontece

 

O chamamento acontece para preencher eventuais vagas remanescentes em cada curso, semestre e turno, de cada opção de sistema de ingresso resultantes da não entrega de documentação exigida, ou de sua não homologação, bem como da não efetivação de matrícula nos prazos estabelecidos.

 

d) Quando acontece

 

Novos chamamentos, tanto para o vestibular quanto para o Sisu, são realizados enquanto houver vagas disponíveis e candidatos classificados e não lotados em vaga, até que as vagas ofertadas sejam ocupadas, desde que a data de matrícula permita o enquadramento regimental, com vistas ao mínimo de frequência legal em cada semestre, limitados ao ingresso no ano letivo.

 

Fonte: Gaúcha/ZH

03/10/2018 - Granizo destelha casas, asilo, hospital e escolas em Crissiumal

A queda de granizo na madrugada desta quarta-feira (3) provocou danos em municípios do Noroeste do Estado. Os maiores estragos foram registrados em Crissiumal, cidade com pouco mais de 14 mil habitantes que teve o hospital, o asilo, escolas e residências destelhadas, segundo a prefeitura. As aulas foram suspensas.

 

A prefeitura ainda não fez um levantamento dos estragos e já acionou a Defesa Civil do Estado. A Defesa Civil municipal, os Bombeiros e a Brigada Militar atendem os moradores nesta manhã. São dezenas de chamados e as primeiras informações são de que toda a cidade foi atingida. O quartel da Brigada Militar também teve danos. Os idosos do asilo foram transferidos para um prédio municipal desativado. Não há relatos de feridos graves.

 

O prefeito Roberto Bergmann afirma que as aulas foram suspensas por causa dos danos aos prédios das escolas e pela impossibilidade de realizar o transporte escolar. Segundo ele, falta água na cidade e ainda não se sabe a dimensão dos estragos na área rural.

 

— Este temporal com granizo foi pior do que em 2005, quando tivemos vários estragos em Crissiumal. O granizo que caiu era do tamanho de um ovo de galinha — diz Bergmann.

 

O prefeito montou um gabinete provisório desde a madrugada para atender a população que foi atingida pelo temporal. As pessoas estão se cadastrando no setor de Assistência Social para pedidos de materiais, principalmente lonas e telhas.

 

Três Passos

Em Três Passos, também no Noroeste, o Corpo de Bombeiros recebeu cerca de 20 chamados em função de problemas devido ao granizo. Já foram confirmadas que pelo menos 10 casas tiveram as telhas quebradas.

 

 

Falta de luz

Segundo a RGE, apenas casos pontuais de falta de energia elétrica são registrados em Crissiumal e em Três Passos.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

03/10/2018 - Duas agências bancárias são atacadas com explosivos nesta madrugada no RS.

Assaltantes atacaram duas agências bancárias do Banrisul na madrugada desta quarta-feira (3) em Miraguaí, no noroeste gaúcho, e em Ibarama, na Serra. Os criminosos fugiram e a polícia faz buscas.

 

Em Miraguaí, um grupo de assaltantes destruiu o banco com uso de explosivos por volta das 2h45min. Segundo a Polícia Civil, pelo menos cinco homens efetuaram o ataque. Durante o roubo, um ônibus que saiu de Redentora com trabalhadores que seguiam para um frigorífico em Santa Catarina passou pelo local. Os criminosos, então, atiraram contra o veículo e atingiram o motor e os vidros.

 

Pelo menos 10 pessoas que estavam no veículo foram feitas reféns. Logo em seguida, os criminosos fugiram em uma Ecosport vermelha em direção a Tenente Portela. Ninguém ficou ferido. Ao perseguir o grupo, uma viatura da Brigada Militar teve os pneus furados por miguelitos (ferros retorcidos espalhados pela via).

 

Outro ataque a uma agência do Banrisul, também com uso de explosivos, ocorreu no mesmo horário em Ibarama. Pelo menos seis criminosos efetivaram o ataque com explosivos e acessaram o dinheiro do cofre da agência. O valor levado não foi informado. Além disso, espalharam miguelitos (ferros retorcidos) pelo chão na fuga.

 

Segundo a Polícia Civil, não houve reféns nem confronto. Uma equipe da perícia de Santa Maria foi deslocada para o local. A polícia faz cerco nas regiões em busca dos criminosos.

 

 

 

Fonte: Gáucha/ZH

02/10/2018 - Abraço coletivo nesta terça-feira marca um mês do incêndio no Museu Nacional

Pesquisadores, servidores e amigos do Museu Nacional do Rio de Janeiro farão nesta terça-feira um abraço coletivo para marcar um mês do incêndio que destruiu o palácio e parte do acervo do local. O objetivo é somar forças em prol da mais antiga instituição científica do País, que completou 200 anos de fundação. O local é referência da memória científica, cultural e histórica do Brasil, além de um acervo de história natural, arqueologia e culturas indígenas e africanas. O Museu Nacional funcionava no palácio que foi residência da família imperial brasileira, na Quinta da Boa Vista, parque municipal da zona Norte do Rio.

 

Após a tragédia, o esforço é para transformar os anúncios do governo federal, Ministério da Educação e Ministério da Cultura em ações de recuperação e restauração. O MEC se comprometeu a repassar R$ 10 milhões à UFRJ para ações emergenciais. Do total, foram liberados R$ 8,9 milhões. Segundo o secretário executivo do MEC, Henrique Sartori, o valor pode aumentar para até R$ 12 milhões, "dependendo da necessidade da UFRJ", mas ainda não tem data para ocorrer.

 

• Verbas repassadas ao Museu Nacional despencam desde 2013

 

Acompanhando de perto as ações, com viagens constantes ao Rio e em reuniões do grupo formado para acompanhar a reconstrução, Henrique Sartori disse que os trabalhos estão na fase inicial. "Estamos aguardando a conclusão do inquérito da Polícia Federal (PF) que ainda está no Rio de Janeiro fazendo a perícia. Depois, começa o trabalho de rescaldo. Atualmente os pesquisadores ainda não conseguem executar totalmente tarefas de recuperação de acervo em função da presença da PF", afirmou o secretário. "Temos muito trabalho. Os primeiros passos foram dados e conseguiremos trabalhar de forma mais focada com a saída da PF."

 

• Imagens mostram interior destruído do Museu Nacional

 

Ações

 

Os R$ 8,9 milhões já liberados deverão ser usados no escoramento estrutural do prédio, para evitar desabamentos e garantir a conclusão da perícia pela Polícia Federal. Também serão aplicados na cobertura provisória do museu (já que grande parte do telhado foi destruída) e no fechamento de esquadrias. A verba será usada ainda para a retirada dos escombros, que deve ser feita com cautela para separar, cuidadosamente, entulho e acervo. Esta é a etapa inicial das ações. Em seguida, há a implementação de um projeto executivo para a reconstrução do museu, incluindo um novo prédio.

 

A disposição é para mobilizar recursos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida como Lei Rouanet. Na etapa seguinte, haverá a recomposição do acervo. Em viagem à Europa, o ministro da Educação, Rossieli Soares, conversou sobre a necessidade de colaboração externa para a recomposição do acervo. Ele se reuniu com autoridades da França, Espanha e de Portugal. Nas conversas, os europeus se comprometeram a contribuir com ajuda técnica e também com peças. Segundo Sartori, essas colaborações ainda não chegaram porque a recuperação está no começo. A expectativa é de que nas próximas etapas as contribuições comecem a ser enviadas.

 

Oito dias após o incêndio, o presidente Michel Temer assinou duas medidas provisórias (MPs), uma delas autorizando a criação da Abram, que passará a administrar os 27 museus que estão sob responsabilidade do Ibram. A Abram também participará da reconstrução do Museu Nacional. A outra MP estabelece o marco regulatório para a captação de recursos privados, com a criação de Fundos Patrimoniais, que terá parte dos recursos voltada para a Abram e para a reconstrução do Museu Nacional. Ambas foram publicadas em 11 de setembro, no Diário Oficial da União, passando a vigorar. Porém, as medidas dependem de aprovação do Congresso Nacional para serem transformadas definitivamente em lei. O prazo para que isso ocorra é de no máximo 120 dias.

 

"Capacidade de fazer ciência"

 

O diretor do museu, Alexander Kellner, disse que há um esforço coletivo para recompor o acervo, dar continuidade às pesquisas e planejar a reconstrução da instituição que abriga seis importantes programas de pós-graduação. Ele informou que as aulas, defesas de teses e dissertações foram retomadas e a produção de conhecimento não parou. "O Museu Nacional perdeu parte de seu acervo, mas não perdeu a capacidade de criar conhecimento e fazer ciência", disse o diretor.

 

Kellner acrescentou que "os alunos estão defendendo suas teses e dissertações e, dentro desse contexto, estão gerando conhecimento. À medida que isso vai avançando, você coleta material, estuda e isso vai virando acervo. Isso nos dá a certeza de que vamos reconstruir o nosso acervo ao longo dos anos".

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

02/10/2018 - Professores e funcionários da rede estadual farão greve de 24 horas nesta quinta-feira

Professores e funcionários das escolas públicas estaduais farão greve de 24 horas nesta quinta-feira. A categoria, vinculada ao Cpers Sindicato, protesta pelo pagamento integral dos salários e contra o desmonte da escola pública.

 

No mesmo dia, será realizado o Ato Público Estadual, que iniciará com concentração dos educadores em frente ao prédio do Instituto Estadual de Educação, às 13h30min e, logo depois será realizada uma caminhada até o Palácio Piratini.

 

O protesto foi deliberado pela categoria durante Assembleia Geral realizada na última sexta-feira

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

02/10/2018 - Produção industrial cai 0,3% em agosto, afirma IBGE

A produção industrial caiu 0,3% em agosto ante julho, na série com ajuste sazonal, divulgou na manhã desta terça-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).  Essa é a segunda taxa negativa consecutiva do indicador, que acumula queda de 0,4% em dois meses.

 

Apesar disso, a produção industrial apresentou altas de 3,8% na média móvel trimestral, 2% na comparação com agosto do ano passado, 2,5% no acumulado do ano e 3,1% no acumulado de 12 meses.

 

A queda foi provocada pelos bens intermediários, isto é, os insumos industrializados usados no setor produtivo (-2,1%), e pelos bens de consumo semi e não duráveis (-0,6%).

 

Bens de capital

 

Paralelamente, tiveram alta os bens de capital, isto é, as máquinas e equipamentos (5,3%), e os bens de consumo duráveis (1,2%). O IBGE disse que 14 das 26 atividades tiveram recuo na produção de julho para agosto, com destaque para o setor de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis, que recuou 5,7%. Outro setor com queda significativa foi o de bebidas (-10,8%). 12 atividades tiveram alta na produção, com destaque para veículos automotores, reboques e carrocerias (2,4%) e produtos farmoquímicos e farmacêuticos (8,3%).

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

02/10/2018 - Empresa de telecomunicação abre 30 vagas de emprego no RS; veja os salários

Empresa de telecomunicações e especializada em telefonia de uso público, a Icatel está com 30 vagas de emprego para preencher com urgência. São para contrato permanente e o processo de seleção é conduzido pelo Sine da Prefeitura de Porto Alegre.

 

São 20 vagas para a função de Instalador Telecom II. Não exigem experiência, mas tem como pré-requisito o ensino fundamental, não ter medo de altura e disponibilidade total de viagens pelo Rio Grande do Sul. Os profissionais atuarão como auxiliar na instalação de equipamentos. O salário parte de R$ 1.575, mais 30% de periculosidade, além das horas extas e outros benefícios.

 

Já para a função de Técnico Telecom II, são 10 vagas. Os pré-requisitos são ter ensino médio, curso técnico de telecom ou informática, carteira de motorista categoria “B”, não ter medo de altura e também disponibilidade total de viagens no Estado. Atuarão na instalação de equipamentos. O salário parte de R$ 1.772,00, mais 30% de periculosidade e horas extas.

 

As cartas de encaminhamento podem ser retiradas até quinta-feira (04) no Sine de Porto Alegre, que fica na esquina das avenidas Mauá com Sepúlveda, no Centro. O horário de funcionamento vai das 8h às 17h.

 

- É preciso levar apenas a carteira de trabalho e comprovante de endereço - avisa Leandro Balardin, diretor do Trabalho, Emprego e Renda da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

02/10/2018 - Após conclusão de software, empresários começam a articular liberação de free shops no RS

Com a homologação final do software que vai controlar as compras nas lojas francas brasileiras, ocorrida na última sexta-feira (28), os empresários interessados em instalar unidades na fronteira estão se articulando para, finalmente, iniciar a operação. Seis anos depois da lei que autorizou o funcionamento dos chamados free shops no país, o passo final, agora, é dar entrada no pedido de autorização junto à Receita Federal.

 

Um prédio de 2 mil metros quadrados de vidros espelhados azuis, divididos em quatro andares, chama a atenção na Rua Domingos de Almeida, uma das principais vias do centro de Uruguaiana. No local, o empresário Sami Salman, que há 30 anos comanda uma tradicional rede de lojas de calçados na região, espera abrir um free shop assim que vencer a burocracia:

 

— Até o final de ano, esperamos ter finalizado e aberto a loja — afirma o comerciante, já de olho, além de nos clientes locais, nos milhares de argentinos que invadem o território brasileiro rumo ao litoral no verão.

 

Além de Salman, pelo menos mais dois comerciantes locais já estão finalizando a construção de lojas, e outras duas empresas internacionais do chamado "varejo de viagem" já manifestaram interesse em se instalar em Uruguaiana, segundo a presidente da Câmara de Diretores Lojistas (CDL), Luciane Lopes. Conforme prospecta a dirigente, se essas cinco lojas francas abrirem no município, serão criados, pelo menos, 400 empregos, entre vendedores, auxiliares administrativos e de estoque, sem falar nas vagas indiretas.

 

— No começo, a comunidade e o comércio local ficaram assustados, mas tenho certeza de que, a partir de agora, vão começar a repensar e reinventar seus negócios. Já passamos da parte de discutir, agora é realidade, e precisamos trabalhar fortemente no turismo, não só no de compras, para que o turista fique aqui, coma, se hospede, use nossos serviços —aponta Luciane.

 

Os pré-requisitos para abrir uma unidade envolvem desde os itens convencionais de qualquer estabelecimento comercial, como possuir alvará e plano de prevenção de incêndio (PPCI), exigências financerias, como comprovar patrimônio líquido de R$ 2 milhões, até possuir sistema informatizado para controle de entrada e saída de mercadorias que se comunique com o software da Receita e um sistema de segurança que evite fraudes. Toda a documentação deve ser levada à unidade municipal da Receitas Federal e será analisada pela superintendência em Brasília.

 

Embora os empresários, em tese, pudessem dar entrada no pedido desde março, quando foi publicada a instrução normativa que regulamenta a instalação e o funcionamento de lojas francas, até agora, não foi registrado nenhum no Rio Grande do Sul.

 

— A gente fica receoso com essa burocracia, falta de homologação disso e daquilo. Acredito que, agora, finalmente, vou conseguir tirar do papel o meu planejamento — afirma Paulo Pavin, que há 35 anos empreende em vários setores, desde o agronegócio até comércio em Uruguaiana, e que prepara uma loja de 1,2 mil metros quadrados para free shop.

 

Interessados internacionais

Devido à estreia no ramo, os investidores locais devem inaguruar suas lojas francas no Brasil depois dos internacionais, que já têm rotas logísticas, estoques no Uruguai ou Paraguai e conhecimento de como opera o negócio.

 

Dufry, com sede na Suíça, e DFA, dos Estados Unidos, são as duas grandes representantes do setor que têm interesse em se instalar em Uruguaiana, bem como em Santana do Livramento. À colunista Giane Guerra, do Acerto de Contas, a diretoria da Dufry informou que a primeira loja da rede no Brasil deve ser instalada na cidade que faz fronteira com Riveira e que o local de instalação já está sendo definido.

 

À espera de que as lojas francas finalmente saiam do papel e impulsionem a economia na fronteira, as autoridades de Santana do Livramento estão se movimentando para fazer investimentos.

 

Há um projeto para construir um shopping de 40 mil metros quadrados para a área onde ficava o frigorífico Swift Armour, onde podem ser instalados, além de free shops, um hotel e até cassino. Existe, ainda, uma proposta mais avançada que já está em obras. Chamado de  Termal Amsterland, o complexo deve reunir shopping, hotel e parque aquático, em um investimento de R$ 55 milhões.

 

Além de Uruguaiana e Santa Livramento, outras nove cidades gaúchas, com gêmeas em municípios estrangeiros, têm autorização para terem free shops terrestres: Aceguá, Barra do Quaraí, Chuí, Itaqui, Jaguarão, Porto Mauá, Porto Xavier, Quaraí e São Borja. Em todo o país, são 32 municípios.

 

Regras de compras

A cota máxima de compras é de US$ 300 por CPF ou o equivalente em outra moeda a cada intervalo de 30 dias em compras de produtos nacionais. Já o excedente em mercadorias importadas terá taxa de 50%. O software fará este controle e também quanto à quantidade de alguns itens:

Bebidas alcoólicas - 12 litros

Cigarro - 20 maços

Charutos ou cigarrilhas - 25 unidades

Fumo preparado para cachimbo - 250 gramas

Ainda se tenta manter a cota para brasileiros comprarem em free shops estrangeiros quando estão em viagens terrestres. Com a abertura das lojas francas no Brasil, o limite cairia de US$ 300 para US$ 150.  Se aumentar, o consumidor poderá gastar um total de US$ 600 sem pagar tributos sobre o excedente.  Metade de cada lado da fronteira.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

02/10/2018 - Homem é preso em Novo Hamburgo em operação contra a venda e o uso de anabolizantes

O gerente da loja de suplementos alimentares Flex Nutrition, de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, foi preso na manhã desta terça-feira (2) em uma operação policial. A Polícia Civil realiza a ação para coibir a venda e o uso de anabolizantes no município.

 

Ricardo Luiz Kasper Júnior, de 35 anos, foi preso em flagrante por crime contra a saúde pública. Ele portava em casa frascos de esteroides anabolizantes, que são de uso proibido no Brasil. Em 2016, o mesmo homem foi preso por crime semelhante. Ele tem antecedentes criminais por tráfico e associação ao tráfico, três vezes por crime hediondo contra a saúde pública e crime contra as relações de consumo.

 

Cerca de 30 policiais e agentes de fiscalização participaram do cumprimento de seis mandados judiciais. Os locais alvo de busca são a academia House Gym, a loja Hardcore Suplementos e a loja Flex Nutrition. Além disso, há mandados também em três residências.

 

Na Hardcore Suplementos, que fica junto à academia, a polícia encontrou duas ampolas de anabolizantes na operação. O proprietário do local alegou que o produto é para uso próprio e, por isso, não foi preso.

 

O delegado Rafael Liedtke, da Delegacia do Consumidor do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), é o responsável pela ação e diz que foi feita uma denúncia anônima sobre as atividades irregulares. Depois disso, foi feita uma investigação sobre os fatos e hoje o Poder Judiciário autorizou as buscas.

 

A ação conta com o apoio da Vigilância Sanitária de Novo Hamburgo e do Conselho Regional de Educação Física.

 

A reportagem procura o posicionamento dos citados.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

02/10/2018 - Em pouco mais de um mês, cinco suspeitos de assaltos são mortos em Porto Alegre

 

Em pouco mais de um mês, Porto Alegre registrou cinco mortes de pessoas suspeitas de assaltos. Nos quatro casos, ocorridos entre 24 de agosto e 27 de setembro, os autores dos disparos teriam sido as próprias vítimas do roubo ou testemunhas. Em todas as ocorrências, o atirador não ficou no local do crime. Em dois casos, a polícia ainda tentar chegar à autoria.

 

Em duas situações, em que a investigação conseguiu identificar suspeitos,  a Polícia Civil não pretende indiciar essas pessoas. Os episódios serão considerados legítima defesa em nome próprio ou de terceiros, o que os isenta, em um primeiro momento, criminalmente.

 

O primeiro caso se deu após uma tentativa de roubo de veículo em que um dos três assaltantes, um adolescente de 17 anos morreu atingido por um disparo em 24 de agosto, no bairro Jardim Europa, em frente a um shopping. O atirador fugiu e não se apresentou até hoje  à 5ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Por meio de câmeras, a polícia identificou um homem, de 57 anos, que portava um revólver. Para a delegada Luciana Smith, ele agiu em legítima defesa, mas errou ao não se apresentar. A policial ainda não finalizou o inquérito e vai definir se ele será indiciado por porte ilegal de arma de fogo.

 

— Agiu em legítima defesa de terceiro. Incorreto foi o fato de não se apresentar e ainda dispensar a arma utilizada — afirma.

 

Apenas um dia depois, em 25 de agosto, o segundo caso. Uma farmácia na Avenida Cristóvão Colombo, no bairro Floresta, foi alvo de dois homens que teriam tentado assaltar o estabelecimento. A dupla foi morta a tiros. Conforme o delegado Alexandre Vieira, um cliente pegou a arma de um dos assaltantes e abriu fogo.

 

Felipe Cabreira, 29 anos, e Rafael Assunção Dorneles, 33 anos, foram mortos a tiros. Segundo o delegado, os dois tinham antecedente por roubo. A gerente da farmácia será ouvida novamente nesta semana para confirmar alguns detalhes.

 

— Ele (o cliente) confessou o crime. O inquérito deve ser remetido com esse entendimento da legítima defesa. Não vejo como responsabilizá-lo, já que os depoimentos indicam para isso — afirma Vieira.

 

O suposto autor dos disparos se apresentou voluntariamente à Polícia Civil, conforme o delegado. Funcionários e o suspeito foram ouvidos e, para o Vieira, deram relatos coincidentes. A câmera de segurança da farmácia não estaria funcionando. Para o delegado, o autor teria agido em legítima defesa.

 

Em outro caso, ocorrido no bairro Bela Vista, a polícia ainda tenta identificar o autor dos disparos. Em 19 de setembro, na Rua Barão do Ubá, Thiago Alves Ângelo, 31 anos, foi encontrado morto por moradores dentro de um veículo roubado. Segundo a delegada Roberta Bertoldo, Ângelo tinha antecedentes por roubo de veículo e tráfico de drogas.

 

Para a polícia, o homem roubou um veículo com um comparsa e teria tentado levar outro automóvel, quando a vítima atirou na dupla. Os disparos atingiram as costas e a cabeça de Ângelo. Conforme a delegada, o atirador ainda não foi identificado, mas há avanços na investigação. Ela prefere não dar detalhes para não atrapalhar a apuração.

 

 

Morto dentro da PUCRS

O caso mais recente ocorreu em 27 de setembro, no Campus da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), no bairro Partenon. Rafael Giovane Silveira da Silva, 26 anos, foi encontrado morto em um vão entre um corrimão e o prédio 50 da universidade, com as mãos juntas e para trás do corpo. Os disparos atingiram o homem em um dos braços, no tórax e no pescoço, próximo da cabeça.

 

A Polícia Civil afirma que ele seria suspeito de cometer crimes na universidade. Um dia antes de ser morto, teria sido abordado por seguranças e levado para uma delegacia sob suspeita de furtar bicicletas. Uma testemunha teria visto um homem sendo abordado e imobilizado por ao menos duas pessoas. O delegado Rodrigo Reis, da 1ª DHPP, pediu a lista de seguranças que estavam no local no momento dos disparos e deve ouvi-los nos próximos dias.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

02/10/2018 - Aumenta para 1.234 o número de mortos na Indonésia

As autoridades da Indonésia confirmaram nesta terça-feira que aumentou para 1.234 o número de mortos em conseqüência do terremoto de magnitude 7,5 e o posterior tsunami que atingiram a ilha de Celebes há três dias. Até essa segunda-feira, a Organização das Nações Unidas (ONU) havia estimado que 191 mil pessoas na região afetada precisam de ajuda urgente, incluindo 46 mil crianças e 14 mil idosos.

 

Para o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB), Sutopo Purwo Nugroho, o número de mortos pode aumentar porque há "centenas de vítimas" soterradas em Petobo, uma área de Palu.

 

Números

 

As mortes foram registradas, em sua maioria, em Palu, Parigi Moutong e no distrito de Danggala, segundo os dados oficiais. Até ontem, a lista contava com 90 desaparecidos, 632 feridos internados em diversos hospitais e 48.025 pessoas atendidas em 103 centros de amparo.

 

Equipes de resgate reclamam da escassez de medicamentos e da falta do equipamento necessário para alcançar os sobreviventes presos em prédios desmoronados.

 

• Indonésia determina enterros em massa após terremoto e tsunami

 

As autoridades temem os surtos de doenças causadas pela decomposição de corpos, o que é uma grande preocupação. O alerta se estende para a região de Donggala, ao norte de Palu, onde vivem 300 mil pessoas, e mais dois distritos nos quais a comunicação foi interrompida. Segundo as autoridades, não é possível estimar o número de vítimas na área.

 

Os trabalhos de buscas e resgates de sobreviventes e vítimas são mantidos, enquanto técnicos trabalham para restabelecer os serviços básicos e o fornecimento de energia.

 

O Ministério da Saúde se encarrega de fornecer profissionais e material médico a essa região, onde fazem falta especialistas em ortopedia, cirurgiões gerais, neurocirurgiões, anestesistas e enfermeiros.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2018 - Agência bancária é arrombada em Cachoeirinha

Uma agência do Banco do Brasil foi arrombada durante a madrugada desta segunda-feira, em Cachoeirinha, na região Metropolitana. O banco fica na esquina da avenida Coronel João Batista da Silveira e Souza com a rua João de Azevedo Barbosa Filho, no bairro Vila Eunice Nova.

 

Os criminosos fizeram um buraco na parede de um estacionamento que dá para um dos banheiros da agência. Ao entraram no local, o alarme foi acionado. Eles pegaram apenas as armas e coletes à prova de balas que estavam guardados e fugiram. O grupo não tentou arrombar caixas eletrônicos e nem o cofre da agência.

 

Antes da fuga, os criminosos taparam o buraco com telhas para tentar disfarçar o ataque. Não há informações de quantas pessoas participaram do assalto. A empresa de segurança do banco foi acionada e foi até o local. A agência foi isolada pela Brigada Militar e a Polícia Civil irá investigar o caso.

 

Entre janeiro e agosto deste ano, foram registradas 117 ocorrências contra agências bancárias no Rio Grande do Sul. Do total, 69 foram furtos e 48, roubos.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2018 - Quadrilha que roubava um carro a cada três dias em Porto Alegre é alvo de operação

A Polícia Civil realizou uma operação, nesta segunda-feira, contra uma quadrilha que roubava um carro a cada três dias em Porto Alegre. A suspeita é de que o grupo criminoso revendia os veículos em cidades da zona Sul do Rio Grande do Sul. Ao todo, cinco pessoas foram presas desde agosto, quando teve início a investigação.

 

A Operação Lança de Netuno cumpriu três mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão em Porto Alegre, nos bairros Vila João Pessoa/Campo da Tuca e Partenon, em Bagé e São Lourenço do Sul, onde dois alvos foram presos com um Nissan March, que havia sido roubado na Capital.

 

A operação prendeu cinco integrantes da organização criminosa. Um deles, de 35 anos, foi detido na avenida Veiga, Vila João Pessoa, no Campo da Tuca, em decorrência de um mandado de prisão preventiva. Outros dois integrantes do bando foram detidos em 5 de setembro, em Tramandaí, no Litoral Norte. A dupla, de 28 e 23 anos, era foragida do presídio e foram detidos com um veículo roubado e clonado.

 

Foram apreendidos ainda um March e um Fox – utilizado para dar apoio aos roubos. Além disso, um revólver calibre 32, munições, 18 quilos de maconha, balanças de precisão, documentos e celulares foram detidos.

 

As investigações iniciaram no fim de agosto, quando três criminosos armados roubaram um carro Fiat Palio no bairro Petrópolis, em Porto Alegre. A Polícia suspeita ainda que um quarto assaltante teria participado da ação. A quadrilha também é investigada por outros nove roubos de veículos, todos em Porto Alegre, e em um período de 30 dias, ou seja, a cada 3 dias, um veículo era roubado.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2018 - Ministério da Saúde estuda incluir duas novas doses no calendário de vacinação

O Ministério da Saúde estuda incluir duas novas doses no calendário de vacinação do País. Atualmente, o Programa Nacional de Imunizações conta com um total de 19 doses. A previsão é de que, no próximo ano, sejam incluídas a vacina pneumo 13 para indivíduos imunodeprimidos - e que só será feita em centros de referência para imunobiológicos especiais - e a vacina meningo ACWY para adolescentes de 12 e 13 anos.

 

"Como o Brasil é muito grande, são milhões de doses de vacina que se precisa para fazer essas novas introduções. Está tendo toda uma negociação para saber quais os laboratórios que podem produzir e a disponibilidade de recursos. Tudo isso vai ser levado em conta na hora dessas introduções", afirmou a coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunizações, Ana Goretti Maranhão.

 

• Se pararmos de vacinar, doenças voltarão mais forte, alerta ministério

 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunizações, a vacina pneumo 13 previne cerca de 90% de doenças graves como pneumonia, meningite e otite, causadas por um total de 13 sorotipos de pneumococo. Já a meningo ACWY protege contra meningites e infecções generalizadas, causadas pela bactéria meningococo dos tipos A, C, W e Y.

 

Imunizações

 

"Essas duas vacinas foram amplamente discutidas no comitê técnico assessor de imunização do PNI (Programa Nacional de Imunizações). Eles aprovaram essas introduções, dependendo da disponibilidade. Ninguém vai colocar uma vacina que a gente não tenha absoluta certeza da sua sustentabilidade", reforçou Ana Goretti Maranhão.

 

• Brasil pode perder certificado de eliminação do sarampo

 

A coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunizações acrescentou que as demandas médicas eram antigas. "A gente vem discutindo isso sempre com muita responsabilidade, porque não é só dizer 'Vou introduzir'. A gente precisa ter absoluta certeza de que vai ter a vacina e de que vai ter o recurso para que possa colocar dentro do calendário nacional de imunização."

 

Durante a 20ª Jornada Nacional de Imunizações, no Rio, foram anunciadas ainda a ampliação da vacina dTPa - que combate a difteria, o tétano e a coqueluche - para estagiários de medicina, enfermagem e fisioterapia e uma alteração no tratamento de pré-exposição da raiva, que passará a ser feito não mais em três, mas em duas doses.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2018 - A partir de terça-feira eleitores só podem ser presos em casos especiais

A partir desta terça-feira, a cinco dias das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido exceto em casos de flagrante delito ou de sentença criminal condenatória por crime inafiançável por desrespeito a salvo-conduto. A orientação está na legislação e prevista no calendário eleitoral.

 

• TRE-RS encerra período de auditoria nas urnas eletrônicas

 

Também nesta terça-feira será o último dia para a verificação das assinaturas digitais do Sistema de Transporte de Arquivos da Urna Eletrônica, do Subsistema de Instalação e Segurança e da Solução JE-Connect instalados nos equipamentos da Justiça Eleitoral. Essa verificação deve ser feita por representantes dos partidos políticos e das coligações, da Ordem dos Advogados do Brasil, do Ministério Público e das pessoas autorizadas em resolução específica a formalizar pedido ao juízo eleitoral.

 

• Forças Armadas não solicitaram ao TSE perícia nas urnas eletrônicas

 

Terça-feira também é o último dia para os tribunais regionais eleitorais divulgarem na internet os pontos de transmissão de dados que funcionarão em locais distintos daquele de funcionamento da junta eleitoral.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2018 - Indonésia determina enterros em massa após terremoto e tsunami

Voluntários indonésios cavavam nesta segunda-feira uma fossa comum para enterrar as centenas de vítimas do terremoto e do tsunami que atingiram a ilha Célebes, ao mesmo tempo que as equipes de emergência tentavam encontrar sobreviventes nos escombros. Diante da magnitude da catástrofe, que deixou pelo menos 832 mortos, o governo da Indonésia pediu ajuda internacional. O balanço de vítimas é superior ao do terremoto que afetou a ilha indonésia de Lombok em agosto, que deixou mais de 500 mortos. As autoridades temem um número muito maior de mortos, pois grande parte da região afetada permanece inacessível.

 

Dezenas de agências humanitárias e ONGs ofereceram ajuda ao país, mas o envio de material à região é muito complicado: estradas estão bloqueadas e os aeroportos muito danificados. "Não temos muita comida. Só conseguimos pegar o que estava em casa. E precisamos de água potável", disse à AFP Samsinar Zaid Moga, uma moradora de 46 anos de Palu.

 

"O mais importante são as barracas, porque choveu e há muitas crianças aqui", afirmou sua irmã, Siti Damra. A ONG Oxfam prevê o envio de ajuda a, potencialmente, 100 mil pessoas, com alimentos instantâneos, equipamentos de purificação de água e barracas, anunciou Ancilla Bere, diretora da organização na Indonésia. "Mas o aceso é um grande problema", destacou o diretor do programa Save The Children, Tom Howells. "As organizações de ajuda e as autoridades locais se esforçam para chegar a várias comunidades ao redor de Donggala, onde acreditamos que há grandes danos materiais e a possível perda de vidas humanas em grande escala", explicou.

 

A maior parte das vítimas foi registrada em Palu, cidade de 350 mil habitantes na costa oeste da ilha Célebes, segundo a Agência de Gestão de Desastres. Mas as autoridades e diversas ONGs também estão preocupadas com a situação na região de Donggala, mais ao norte.

 

Busca de sobreviventes

 

Em um cenário de devastação, as equipes de resgate lutam contra o tempo para encontrar sobreviventes e retirá-los dos escombros. Nesta segunda-feira, as equipes trabalhavam entre os destroços do hotel Roa Roa, onde as autoridades acreditam que entre 50 e 60 pessoas podem ter sido sepultadas. Até o momento, duas pessoas foram resgatadas com vida no local, segundo uma fonte oficial. Muitos moradores procuram os parentes desaparecidos nos hospitais ou necrotérios improvisados. Nos fundos de um hospital, dezenas de corpos foram posicionados e cobertos com lonas, enquanto os feridos esperavam por atendimento do outro lado do edifício.

 

Para evitar os riscos à saúde, as autoridades querem organizar enterros em massa e ordenaram a escavação de uma grande fossa comum. Fontes do governo local informaram que 1,2 mil detentos escaparam de três prisões da região, uma delas em Palu e outra em Donggala. Carros amassados, edifícios reduzidos a escombros, árvores no chão e postes de energia elétrica derrubados demonstram a violência do terremoto, de 7,5 graus e que teve seu epicentro a centenas de quilômetros de Palu e provocou uma onda gigante. As autoridades anunciaram que 71 estrangeiros estavam em Palu no momento do terremoto, a maioria deles já localizados e em processo de retorno a seus países.

 

A Indonésia, um arquipélago de 17 mil ilhas, fica no Anel de Fogo do Pacífico e é um dos países do mundo mais propensos a sofrer desastres naturais.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

01/10/2018 - Mais de 53 mil pontos seguem sem energia elétrica após temporais no RS

Após os temporais do fim de semana no Estado, mais de 53 mil pontos seguem sem energia elétrica no Rio Grande do Sul na manhã desta segunda-feira (1º). Com 44 mil clientes afetados, a área da CEEE é a mais atingida.

 

Só em Pelotas, onde as rajadas de vento chegaram a 83 km/h, são 27 mil pontos sem luz – sendo 37 mil em toda a Região Sul. Destelhamentos e queda de postes e de árvores foram os principais problemas.

 

Já na área da RGE Sul são pouco mais de 9,2 mil consumidores sem luz. Segundo nota da empresa, a ausência de chuva forte no domingo e o trabalho das equipes permitiram uma redução no número de clientes sem energia elétrica. Na área da RGE, há pontos isolados sem fornecimento de energia.

 

As regiões mais atingidas pelos temporais nas áreas de concessão das duas empresas, foram a Metropolitana, Fronteira Oeste e Serra, além das regiões de Santa Rosa e Santo Ângelo. Não há previsão de retorno da luz nestes pontos.

 

 

 

Fonte: Gáucha/ZH

01/10/2018 - RS deve ter calor e temporais nesta segunda

Outubro inicia com a presença da chuva em todo o Rio Grande do Sul. O avanço de uma frente fria pode provocar temporais em áreas do oeste do Estado nesta segunda-feira (1°). A Região Metropolitana de Porto Alegre deve ser afetada à tarde, período em que os temporais ganham mais força e são acompanhados por descargas elétricas. Não se descarta o risco para granizo na metade norte gaúcha.

 

A temperatura máxima em áreas da fronteira com o Uruguai irá ocorrer pela manhã, pois conforme a frente avançar os termômetros vão registrar valores menores. Na Capital, o dia será bastante quente devido à aproximação da frente. As rajadas de vento se espalham por todo o RS, com intensidade entre 55 km/h a 80 km/h.

 

Chuva se afasta e temperatura cai na terça

 

Segundo a Somar Meteorologia, a terça-feira (2) será de tempo firme novamente em áreas da fronteira oeste ao sul gaúcho, onde o Sol volta a predominar entre poucas nuvens. No entanto, na metade norte ainda chove, em forma de pancadas. Os maiores volumes devem ser registrados no Noroeste. Há possibilidade para rajadas de ventos acima de 60 km/h no litoral gaúcho.

 

A temperatura volta a cair ainda mais no Estado após a passagem da frente fria, diminuindo a sensação de calor dos últimos dias. O grande destaque é a temperatura mínima, que pode atingir valores abaixo de 10°C na fronteira com o Uruguai na madrugada de terça-feira.

 

Previsão do tempo para segunda-feira:

Capital: Chuvas intercaladas com períodos de tempo nublado. Mínima de 19°C e máxima de 27°C

Pelotas: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 24°C

Caxias do Sul: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

Santa Maria: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 26°C

Santa Rosa: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 36°C

Erechim: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

Uruguaiana: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 22°C

Torres: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 24°C

Tramandaí: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 23°C

Capão da Canoa: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 23°C

Xangri-Lá: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 23°C

Rio Grande: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 20°C

Mostardas: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 24°C

Passo Fundo: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

Bagé: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 10°C e máxima de 22°C

Capão da Canoa: Mar pouco agitado, com ondas de 1,3m de altura. Os ventos sopram de sudoeste, com intensidade de 19km/h.

Rio Grande: Mar muito agitado, com ondas de 2,3m de altura. Os ventos sopram de sul, com intensidade de 25km/h.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

01/10/2018 - Quais são os 10 municípios gaúchos com maior número de feminicídios

Em cinco anos, 10 municípios registraram um terço dos feminicídios ocorridos no Rio Grande do Sul. De 2012 e 2017, nesses locais, aconteceram 177 assassinatos de mulheres motivados por questões de gênero, ou seja, 32% do total de 546. Porto Alegre, com 48 registros, teve a maior incidência de casos.

 

— O feminicídio é a ponta do iceberg. Por baixo, tem violência doméstica acontecendo cotidianamente. O que percebemos é ausência de uma política de segurança pública de combate à violência contra as mulheres e por, consequência, aos feminicídios — afirma a professora do mestrado em Direitos Humanos da UniRitter e integrante da ONG feminista Themis, Carmen Hein de Campos.

 

Para a especialista, é necessário fazer imersão nos casos, avaliar quais causas de cada crime e, a partir disso, traçar estratégias para prevenir esse tipo de violência.

 

— A polícia em geral só consegue atuar depois que já ocorreu. É um crime com consequências gravíssimas, que muitas vezes deixa órfãos. Isso precisa ser olhado do ponto de vista da segurança com recorte de gênero — avalia.

 

Vinte e dois casos separam a Capital do segundo município com maior número de feminicídios no período. Em Caxias do Sul, na Serra, foram 26 vítimas desse tipo de crime. Em junho do ano passado, a empresária e pedagoga Sandra Mara da Rosa Borges, 41 anos, foi morta a tiros na rodoviária do município. O ex-companheiro, que não aceitava o fim do relacionamento, tentou suicídio após o crime. Hospitalizado, morreu uma semana depois.

 

"Todos os casos têm

autoria identificada"

Logo depois, Alvorada e Viamão aparecem com 16 casos. Ainda na Região Metropolitana, Canoas teve 14 registros. No Vale do Sinos, Novo Hamburgo e São Leopoldo tiveram 12 casos, assim como Pelotas, na Região Sul (veja gráfico abaixo).

 

— Temos dado prioridade a esses casos e conseguido praticamente 100% de resolutividade na prisão dos autores. Também estamos trabalhando na questão das medidas protetivas de urgência e em casos de descumprimento na representação pela prisão. Isso é uma forma de tentar evitar que se tenha mais uma vítima — afirma o chefe da Polícia Civil, delegado Emerson Wendt.

 

O policial concorda que o feminicídio é resultado de um histórico de violência e, por isso, considera que a orientação às mulheres para que denunciem os agressores e procurem ajuda é essencial na prevenção.

 

— É preciso gerar cada vez mais confiança e oportunidade para que as mulheres possam registrar os casos. Temos mantido núcleos de mediação também, que pode ser uma forma de prevenção nos casos em que não há medida protetiva. Auxilia na resolução de conflitos, que poderiam resultar em uma violência — diz.

 

Crescem assassinatos de mulheres

Neste ano, no RS foram 53 feminicídios entre janeiro e agosto. No ano passado, foram 43 no mesmo período. Os dados são da Polícia Civil e representam aumento de 23%. Um dos mais recentes feminicídios no Estado aconteceu em Carazinho, no Norte.

 

A agente comunitária de saúde Lana Tarsila dos Santos, 27 anos, foi morta a tiros. O suspeito, com quem a vítima deixa uma filha de 9 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, mas ainda não foi preso. O nome do homem não foi divulgado pela delegada Rita de Carli. O crime aconteceu na quarta-feira passada. Lana havia registrado três ocorrências por violência doméstica em 11 anos.

 

Outro caso recente é o de Elaine Silva da Silva, 52 anos, em Cachoeirinha. A mulher desapareceu de casa em 11 de setembro junto com o cunhado, Evandro Ferreira, 42. Ele foi preso dias depois em um hotel em Cruz Alta, onde estava hospedado com nome falso. Ele confessou ter matado a mulher e escondido o corpo. O professor de danças foi indiciado sexta-feira por homicídio — motivo torpe e feminicídio —, e ocultação de cadáver.

 

Procurada, a Secretaria da Segurança Pública emitiu nota. Confira a íntegra:

 

"Os índices de feminicídio vêm apresentando queda, no Rio Grande do Sul, nos últimos anos. Em 2012, 101 mulheres foram vítimas de feminicídio no Estado, enquanto em 2017 o número caiu para 83. E a redução se mantém em 2018: até junho foram registrados 41 casos.

Esta redução se deve a diversos fatores, entre eles o fortalecimento da Delegacia de Polícia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) e da Patrulha Maria da Penha, que já prestou 63,8 mil atendimentos nos últimos três anos e meio.

A abertura de novas unidades de Salas Lilás e a implantação do aplicativo PLP 2.0, que permite a vítimas cadastradas acionar um "botão do pânico" para pronta respostas dos órgãos policiais, também contribuem para a redução de indicadores de violência contra a mulher. O ingresso de novos servidores na BM permitirá ao governo do Estado ampliar o escopo da Patrulha Maria da Penha, aumentando ainda mais a efetividade do programa.

Os investimentos em reaparelhamento e o reforço oriundo dos concursos para o IGP e a Polícia Civil, da mesma forma, terão reflexos no combate à violência contra a mulher, qualificando os trabalhos de investigação e perícias físicas e psicológicas."

 

 

TIPOS DE VIOLÊNCIA CONFORME O JUDICIÁRIO

Física: prejudica a integridade ou saúde corporal da vítima. Caracteriza-se por contato que provoque dor, podendo ou não causar lesão. Por exemplo, tapas, socos, beliscões e puxões de cabelo.

 

Psicológica: provoca dano emocional e diminuição de autoestima. Alguns exemplos são proibir a mulher de usar algum tipo de roupa, de sair de casa, viajar sozinha ou mesmo de trabalhar.

 

Sexual: forçar a vítima a presenciar, manter ou participar de relação sexual não desejada, impedir uso de método contraceptivo, forçar mulher. à gravidez, aborto, mediante ameaça, chantagem.

 

Patrimonial: quando agressor toma ou destrói os objetos da vítima, documentos ou bens.

 

Moral: quando a mulher é caluniada, difamada ou injuriada. Por exemplo, atribuir fatos que maculem sua reputação, ou ofendê-la.

 

 

 

 

Fobnte: Gaúcha/ZH

01/10/2018 - Tufão Trami deixa dois mortos e centenas de feridos no Japão

O potente tufão Trami, que atingiu durante o fim de semana boa parte do Japão, deixou pelo menos dois mortos e mais de 120 feridos, além de ter provocado problemas nos sistemas de transporte. O tufão provocou chuvas torrenciais e rajadas de vento de até 216 km/h.

 

De acordo com as autoridades locais e a polícia, dois homens morreram, um deles em um deslizamento de terra em Tottori (oeste) e outro na cheia de um rio em Yamanashi, localidade próxima do monte Fuji. Duas pessoas foram declaradas desaparecidas.

 

O tráfego aéreo permanecia prejudicado nesta segunda-feira (1º), com 200 aviões paralisados, um dia após o cancelamento de mais de mil voos. Várias ferrovias também permaneciam fora de operação. As empresas ferroviárias suspenderam o tráfego de trens em Tóquio, algo incomum.

 

O tufão Trami é o último de uma série de fenômenos climáticos extremos no Japão, que foi afetado por tufões, inundações, terremotos e ondas de calor nos últimos meses, deixando uma grande quantidade de mortos e provocando amplos danos materiais.

 

O tufão anterior, Jebi, matou mais de 10 pessoas no início de setembro no oeste do arquipélago.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

28/09/2018 - Doação de órgãos cresce 7% no ano, mas 41 mil pessoas ainda aguardam por transplante

Atualmente, 41.266 pessoas aguardam por um transplante de órgão no País. A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira, Dia Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos. O número é inferior ao do ano passado, segundo a pasta, quando havia 44 mil pacientes na espera. Por outro lado, o governo informou que o número de doadores de órgãos no Brasil subiu 7% em relação ao ano passado, de 1.653 para 1.765.

 

Com esse aumento, estima-se que o País atingirá, até o final deste ano, recorde de transplantes de fígado (2.222), pulmão (130) e coração (382), segundo a pasta. Já o transplante de medula óssea deve alcançar o maior número na série histórica (2.684). Ainda, segundo expectativa do governo, o Brasil deve fechar o ano com a taxa de 17 doadores efetivos por 1 milhão da população (PMP), ultrapassando a meta do Plano Plurianual do Ministério da Saúde, que prevê o alcance de 15 doadores efetivos. Doadores efetivos são os que realizaram cirurgia para a retirada de órgãos com a finalidade de transplante.

 

Em números absolutos, o País deve contar com 3.530 doadores efetivos, "batendo recorde da série histórica dos últimos cinco anos", de acordo com o Ministério. Em relação às doações por Estado, a região Norte demonstrou aumento de doações e captações de órgãos. Em Roraima, houve três doações efetivas e, no Tocantins, uma, estados que até então não apresentavam nenhum registro de doação. Para o Ministério, isso demonstra uma maior conscientização da população. O órgão afirmou, por meio de nota, que houve um aumento dos consentimentos familiares para a doação de órgãos.

 

Previsão é de 26 mil transplantes, metade dos pacientes

 

Neste ano, estão previstos 26,4 mil transplantes no País. Deste total, 8.690 serão órgãos sólidos (coração, fígado, pâncreas, pulmão, rim e pâncreas rim), registrando recorde em comparação aos últimos oito anos, segundo o governo. Já na projeção para todo o ano de 2018, os transplantes de córnea apontam redução. O Ministério afirma que isso é reflexo da redução da lista de espera em alguns estados, como Amazonas, Ceará, Goiás, Pernambuco e Paraná.

 

“Esses Estados apresentaram desempenho considerado médio de transplantes de córnea, superior ao da média de pacientes na lista de espera, nos últimos três meses, e, portanto, são considerados na situação de lista zerada”, informou o Ministério. A pasta ressaltou que as companhias aéreas comerciais são parceiras no translado de órgãos no País, além da Força Aérea Brasileira (FAB).

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

28/09/2018 - Desemprego atinge 12,7 milhões de brasileiros, diz IBGE

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 12,1% no trimestre encerrado em agosto, atingindo 12,7 milhões de brasileiros. Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) foram divulgados na manhã desta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Em igual período de 2017, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 12,6%. No trimestre encerrado em julho, o resultado ficou em 12,3%. No trimestre encerrado em maio, a taxa era de 12,7%.

 

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.225 no trimestre terminado em agosto. O resultado representa alta de 1,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 199,852 bilhões no trimestre encerrado em agosto, uma elevação de 2,6% ante igual período do ano anterior.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

28/09/2018 - Polícia identifica homem morto a tiros no campus da PUCRS

A Polícia Civil identificou como Rafael Giovane Silveira da Silva, 26 anos, o homem que foi assassinado no campus da PUCRS, por volta das 16h desta quinta-feira. A informação foi confirmada pelo titular da 1ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre, delegado Rodrigo Reis. Os policiais ainda não confirmaram a motivação do crime

 

Pelo menos três disparos acertaram a vítima, um no peito, outro no braço e no pescoço. Um quarto tiro acertou os vidros do prédio. O caso é tratado como homicídio – inicialmente havia sido levantada a possibilidade de se tratar de um latrocínio. De acordo com o delegado, há duas hipóteses para o crime: a primeira é de execução e a segunda é de que possa ter havido uma tentativa de assalto. A polícia irá usar as imagens das câmeras de segurança da universidade nas investigações.

 

Por meio de uma nota oficial, a PUCRS informou que, conforme apuração inicial, a vítima não tinha vínculo com a universidade: “A Instituição está profundamente consternada com o fato e colabora com as autoridades competentes que investigam o caso”.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

28/09/2018 - Chuva segue no RS nesta sexta-feira; fim de semana pode ter temporal

A chuva segue no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (28) devido à formação de instabilidades no alto da atmosfera. Em áreas do noroeste gaúcho, a chuva ocorre em forma de pancadas acompanhadas por trovadas e descargas elétricas. Enquanto isso, em áreas mais costeiras, a condição é de dia nublado e com chuva a qualquer hora, mas sem grande potencial para temporais. Há risco de ressaca entre Chuí e Laguna (SC), com ondas de 3m de altura e rajadas de ventos acima de 60 km/h.

 

Sábado pode ter temporal

 

A chuva continua no RS durante o sábado (29). Ao longo do dia, há condição para pancadas de chuva, acompanhadas por trovoadas e descargas elétricas, no noroeste gaúcho. O céu segue nublado e com chuva em áreas da faixa leste.

 

A atenção deve ser redobrada nas áreas que fazem fronteira com o Uruguai, pois tem previsão de temporais no final do dia, com riscos para raios, queda de granizo e volumes elevados de água que podem causar alagamentos e até deslizamentos de terra.

Confira a previsão do tempo para algumas cidades nesta sexta-feira:

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 25°C

Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 23°C

Caxias do Sul: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

Santa Maria: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 25°C

Santa Rosa: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 19°C e máxima de 25°C

Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 24°C

Uruguaiana: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 19°C e máxima de 26°C

Torres: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 23°C

Tramandaí: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 22°C

Capão da Canoa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 22°C

Xangri-Lá: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 22°C

Rio Grande: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

Mostardas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 21°C

Passo Fundo: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 24°C

Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 23°C

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

28/09/2018 - Motorista morre em acidente na freeway, em Gravataí

Um homem morreu em acidente de trânsito na noite desta quinta-feira (27) na freeway, em Gravataí, na Região Metropolitana. Um caminhão com placas de Blumenau (SC) bateu na traseira de uma caminhonete S10, com placas de Belo Horizonte, na altura do km 65 da rodovia.

 

O acidente ocorreu por volta das 21h, no sentido Litoral-Porto Alegre.

 

A vítima fatal é o motorista da caminhonete, identificado como Marcelo Antônio de Col, 34 anos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a S10 estava parada na faixa de desaceleração de acesso às balanças – que estão desativadas – quando foi atingida na traseira pelo caminhão.

 

O motorista da caminhonete, que era natural do Paraná, estava sozinho e morreu no local. O caminhoneiro não se feriu.

 

O caminhão tombou fora da pista e a S10 ficou na faixa da esquerda. A perícia foi feita no local e a via liberada.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

28/09/2018 - Carreta bate em viaduto e provoca lentidão na RS-240

Uma carreta colidiu em um viaduto da RS-240 no bairro Scharlau, em São Leopoldo, na manhã desta sexta-feira (28). O veículo levava uma estrutura mais alta do que o viaduto da BR-116, que passa sobre a rodovia estadual, e bateu quando tentava passar pelo local. O veículo, no entanto, não ficou trancado no viaduto, já que o motorista conseguiu dar marcha ré.

 

Uma pista chegou a ficar bloqueada no trecho, mas foi liberada por volta das 9h10min, quando o veículo foi retirado da via . Ele fica apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) até que seja apresentada a documentação necessária para esse tipo de transporte. O fluxo é lento na RS-240, em direção ao Vale do Sinos.

 

A carreta levava estruturas para montagem de uma passarela que será colocada na BR-116 nos próximos dias. O condutor contou que levou um susto quando o veículo não passou:

 

— Eu vinha devagar, mas, quando vi que tinha batido, parei a carreta e dei ré. O problema é que o caminhão "travou" e agora não anda. Acho que esse viaduto não tem a altura que diz que tem — disse o motorista, que não se identificou.

 

A placa que está no local indica que a altura máxima é de 4,8 metros. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo não tem a licença necessária para este tipo de transporte e, por isso, será apreendido.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

28/09/2018 - “The Voice Brasil”: gaúcho Léo Pain vence a edição 2018 do programa

Uma estrela musical do Rio Grande do Sul conquistou o país. Nesta quinta-feira (27), o cantor Léo Pain registrou 50,01% dos votos do público e venceu o The Voice Brasil, ao superar a pernambucana Erica Natuza, a mineira Isa Guerra e o brasiliense Kevin Ndjana. Na final, o alegretense cantou a música Adoro Amar Você, de Daniel, mantendo seu repertório dedicado ao sertanejo durante todo o reality musical. Na segunda apresentação, surpreendeu com Outra Vez, de Roberto Carlos.

 

Com a vitória, Léo Pain leva para casa um prêmio de R$ 500 mil, um carro zero quilômetro e um contrato com a Universal Music.

 

O músico, que foi integrante do time de Michel Teló, despontou como favorito durante o reality desde o início. Nas etapas anteriores, ele registrou mais de 50% de aprovação do público. Na semifinal, teve a maior aceitação entre todos os candidatos, com 85,71 pontos.

 

Como foi a final

O último programa da sétima temporada do reality começou com Tiago Leifert explicando que os quatro candidatos se apresentariam normalmente e a enquete de votação seria aberta na segunda rodada de shows. A primeira a subir no palco foi Erica Natuza, do time de Carlinhos Brown, com a faixa Anunciação, de Alceu Valença. Depois, veio a apresentação da voz do time de Lulu Santos, a mineira Isa Guerra, que trouxe My Life Is Going On, de Cecilia Krull, que fez sucesso com a série La Casa de Papel, da Netflix.

 

O finalista Kevin Ndjana, na sequência, trouxe I Got You (I Feel Good), clássico eternizado por James Brown, com direito a coreografia no palco. Antes do quarto show da noite, Teló falou que Léo Pain tem “brilho no olhar, afinadíssimo e tem muito orgulho da trajetória de crescimento no programa”.

 

— Desejo toda a sorte do mundo! São 18 anos de estrada, luta e noites — finalizou o cantor de Ai Se Eu Te Pego.

 

Carlinhos Brown, no entanto, comparou o gaúcho ao norte-americano Elvis Presley, dizendo que os dois possuem o mesmo carisma. Assim, Léo Pain entrou no palco e cantou Adoro Amar Você, do sertanejo Daniel.  .

 

Após o término da performance do alegretense, a votação foi oficialmente aberta no Gshow. Para dar uma pausa no ritmo, Ivete Sangalo e a banda Melim cantaram a sua faixa de parceria, Um Sinal.  

 

O programa, então, abriu a segunda rodada de apresentações com Erica Natuza, que performou How Deep Is Your Love, sucesso do grupo Bee Gees.

 

Antes da segunda apresentação de Isa Guerra, Teló foi ao palco cantar uma faixa em que misturou sucessos dos quatro técnicos: Festa, de Ivete Sangalo; Namorada, de Carlinhos Brown; Tempos Modernos, de Lulu Santos; e A Brasileira, do próprio Teló.

 

A seguir, foi a vez de Isa Guerra, que surpreendeu na audição seguinte: ela decidiu cantar uma música autoral, O Céu Já Escolheu. Na sequência, Lulu Santos se uniu aos produtores musicais Ruxell e Serginho Santos para apresentar a música Hoje Em Dia, composição que fez em homenagem ao namorado, em julho.

 

Na penúltima apresentação da noite, Kevin Ndjana cantou Ainda Bem, que estourou nas rádios na voz de Thiaguinho. Em mais um show especial, Carlinhos Brown recebeu o rapper Rael para cantar Toda Paz.

 

Para fechar as performances dos candidatos, Léo Pain surpreendeu e cantou Outra Vez, eternizada na voz de Roberto Carlos.  Na volta do intervalo, Tiago Leifert anunciou o fim das votações.

 

Em apresentação especial, o The Voice trouxe as vozes que venceram edições anteriores do programa. Os dez artistas dividiram os vocais de This Is Me, que integrou o setlist do musical O Rei do Show, longa-metragem estrelado por Hugh Jackman.

 

Finalmente, chegou o momento mais aguardado da noite: o anúncio do vencedor. Tiago Leifert fez um discurso sobre a arte e elogiou os finalistas:  

 

— Léo Pain, obrigado por deixar o seu coração todas as vezes no palco, como se fosse a última. Kevin, a gente olha para você e só quer dançar. Isa, você é uma mulher hoje. Erica, você tinha escrito na testa de que era finalista desde que o Brown virou a cadeira.

 

Então, veio o grande anúncio: Pain faturou 50,01% dos votos e sagrou-se vencedor do reality. Para fechar com chave de ouro, reapresentou Dormi Na Praça, de Bruno e Marrone, sua primeira faixa nas audições do programa. Em meio às lágrimas, declarou-se para a mãe e puxou Laís Yasmin, semifinalista do mesmo time que ele para cantar:

 

—Vem cá, guria! Ajuda aí. 

 

A trajetória de Léo

Com 34 anos, Léo Pain nasceu em Alegrete, mas mora em Santa Maria há 13 anos. Atualmente, se dedica à carreira como cantor sertanejo com shows em todo o país, mas já conquistou mais de 40 prêmios relacionados à música nativista. No The Voice Brasil, o artista teve seu repertório voltado ao estilo favorito — passeou entre hits de Bruno e Marrone, Cristiano Araújo e Gustavo Mioto. Na fase Shows Ao Vivo, na semana passada, surpreendeu ao cantar La Barca, popular canção de bolero na voz de Luis Miguel.

 

Um dos pontos fortes do gaúcho é que ele faturou mais de 50% dos votos em todas as etapas em que encarou enquetes populares. No Tira-Teima, teve 70,34%, número que saltou para 75,48% na Batalha dos Técnicos. Na fase decisiva dos Shows Ao Vivo, teve 54,05% e 53,39% na primeira e segunda noites, respectivamente. Na semifinal, seu índice de aceitação saltou para 85,71 pontos.

 

Nesta semana, Pain concedeu entrevista ao GaúchaZH e se dizia confiante com a vitória.

 

— Eu sou muito crente em Deus e nos meus santos. Então, penso que o que vai ser, será. Está escrito já.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

 

28/09/2018 - Operação da Polícia Civil apura fraude na cobrança de exames pelo IPE

A Polícia Civil combate nesta sexta-feira (28) fraude contra o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE). As suspeitas da Operação Analysis são de que um laboratório da Região Carbonífera teria, durante anos, inserido no sistema informações sobre exames falsos, a fim de receber os pagamentos do IPE.

 

Os lançamentos seriam feitos em duplicidade – depois de o usuário fazer e pagar os exames, o laboratório faria novas cobranças – ou até por exames nunca solicitados ou realizados. Também são investigadas situações de uso do nome de pessoas mortas para a cobrança de exames.

 

 

A investigação apura se a fraude ocorria desde 2011. O prejuízo seria em torno de R$ 500 mil.

 

Uma testemunha declarou que o valor mensal dos falsos lançamentos era de R$ 10 mil em apenas uma filial do laboratório suspeito. A Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública e Ordem Tributária está cumprindo cinco mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, São Jerônimo, Charqueadas, Minas do Leão e Butiá.

 

Em São Jerônimo, fica a sede do laboratório que está sob investigação. A polícia não divulgou nomes de suspeitos e do laboratório. Mas GaúchaZH apurou que em um dos endereços onde são feitas buscas funciona o Laboratório Barth.

 

As informações, registradas em depoimentos, são de que a proprietária e duas funcionárias da empresa inseriam dados falsos para cobrar do IPE exames em duplicidade ou que nunca foram realizados. Uma das estratégias seria se apropriar de senhas dos pacientes para uso posterior.

 

As recepcionistas seriam orientadas a dizer para as pessoas que o fio da máquina onde deveria ser registrada a senha estava muito curto e, então, anotavam o código que autoriza o serviço. Conforme o IPE, as senhas são numéricas, mas já está sendo estudada a mudança para sistema biométrico.

 

Uma testemunha afirmou que a sócia justificava o fato de declarar exames falsos como uma forma de "compensar" valores que seriam devidos pelo IPE ao laboratório. Outra pessoa que prestou depoimento confirmou que pegava requisições de exames antigos, já cadastrados e pagos, e reinseria no sistema com data atual para ser cobrado novamente.

 

A polícia também apurou que funcionários estranhavam a diferença entre o número de pacientes atendidos e a quantidade de exames lançados, além do fato de que muitos procedimentos eram registrados e cobrados, mas nunca tinham resultado anotado. Isso indicaria que não foram realizados de fato.

 

Os crimes investigados são de peculato, inserção de dados falsos em sistemas de informação e associação criminosa. A investigação é conduzida pelos delegados André Lobo Anicet e Max Otto Ritter. Conforme a polícia, o objetivo da ação é localizar e apreender documentos, agendas, cartões de beneficiários ou de pensionistas do IPE, computadores, requisições de exames, entre outros dados que possam contribuir para a apuração.

 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

28/09/2018 - Dúvida sobre biometria gera confusão entre eleitores

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de manter o cancelamento de 3,4 milhões de títulos de eleitores que não fizeram o cadastramento biométrico no país gerou confusão entre eleitores e preocupação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS). Isso porque o órgão recebeu nesta quinta-feira (27) intensa procura de pessoas que, por não terem feito o processo de reconhecimento das digitais, achavam que não iriam participar do pleito.

 

O TRE-RS ressalta que só fica de fora da votação quem não fez o cadastramento biométrico dentro do prazo obrigatório. Cada município tem um período específico (veja a situação de cada um no quadro abaixo). Por exemplo, Porto Alegre, vai até 2022 — significa que quem ainda não se regularizou, vai votar mesmo assim. No caso de Caxias do Sul, o prazo terminou em maio deste ano. Quem não fez a biometria, teve o título cancelado.

 

 

— Vamos procurar esclarecer por meio de notas em nosso site para que a comunidade fique tranquila — afirma o desembargador Jorge Luís Dall'Agnol, presidente do TRE-RS.

 

O magistrado complementa que, para tirar a dúvida de se pode ou não votar, basta pesquisar no site do TRE-RS ou do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

A procura por esclarecimento fez com que na Central de Atendimento ao Eleitor, no shopping Praia de Belas, na Capital, fosse fixado um cartaz com a frase: "Não é obrigatório o recadastramento biométrico em Porto Alegre". A Capital e outros 70 municípios gaúchos têm até 2022 para concluir o processo. Nesses locais, como alguns já se adiantaram e fizeram a biometria, a eleição 2018 será feita de forma mista: por meio da digital ou da apresentação de um documento oficial com foto.

 

Para quem é de algumas das 426 cidades onde o processo de digitalização já terminou, é preciso procurar a Justiça Eleitoral depois da eleição para se regularizar. Dos 8,3 milhões de eleitores no Rio Grande do Sul, quase 5 milhões votarão por meio das digitais e 3,3 milhões da maneira convencional.

 

Até agora, foram suspensos 167 mil títulos. Nem todas as suspensões têm relação com a biometria, conforme o TRE-RS. Muitos títulos foram invalidados porque o eleitor mudou de cidade, atingiu a idade limite de 70 anos ou morreu.

 

Vou votar ou não?

Para quem está em dúvida se a situação do seu título de eleitor:

 

— No site do TRE-RS, escolha o item Situação Eleitoral e preencha com seu nome completo e data de nascimento. Ali mostrará se o título está regular ou cancelado.

— Baixe o aplicativo e-Título, que mostra se há qualquer pendência com a Justiça Eleitoral.  O app está disponível na Google Play e na App Store.

Como usar o e-Título:

1 — Acesse a loja virtual do seu sistema operacional do smartphone — Google Play para Android e App Store para iPhone — e baixa o aplicativo.

2 — Com o app instalado, a página inicial pede que você insira os seguintes dados: nome completo, data de nascimento, número do título de eleitor, nome do pai e nome da mãe.  Finalizando, pressione "Acessar".

3 — Em seguida, na aba "Onde votar" você confere o endereço completo do seu local de votação e número da zona eleitoral, assim como o número da seção e a data da próxima eleição.

4 — No dia de votar, basta apresentar o QR Code na aba "Validar" para registrar sua presença.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

27/09/2018 - Violência doméstica custa R$ 1 bilhão ao ano no mercado de trabalho do País

Elas chegam em silêncio. Outras vezes, com falas aleatórias e desconexas. Em geral, demoram algumas horas até ter condições de dar um depoimento. Além dos traumas físicos e psicológicos, mulheres vítimas de violência doméstica têm a vida profissional profundamente abalada e, não raro, interrompida. Muitas pedem licença ou se veem obrigadas a abandonar o trabalho.

 

Pela primeira vez, esse impacto foi medido por uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Ceará. Segundo o estudo, estima-se que a violência doméstica custe cerca de R$ 1 bilhão por ano ao mercado do trabalho nacional. O cálculo é baseado no índice de absenteísmo: o número de mulheres violentadas que tem de faltar no emprego.

 

As ausências ocorrem tanto em decorrência das licenças médicas e tratamentos quanto em função do abalo psicológico que enfrentam após uma agressão. “Os dias podem se tornar semanas quando elas sofrem violência sexual. Elas perdem a capacidade de produzir e de se relacionar com as pessoas”, diz Daciane Barreto, coordenadora da Casa da Mulher Brasileira do Estado do Ceará. O espaço atende por dia 38 vítimas de violência doméstica.

 

O estudo, inicialmente realizado nos estados do Nordeste, entrevistou 10.518 mulheres no ano passado. Dessas, 30% declararam terem sofrido algum tipo de violência: emocional, física ou sexual. Em 2016, 10.094 mulheres foram entrevistadas e 29,3% desse total afirmaram terem sido vítimas de violência. “Uma mulher perde em média 18 dias de trabalho após sofrer violência doméstica”, afirma Victor Hugo de Oliveira Silva, analista de políticas públicas do Instituto de Pesquisas e Estratégia Econômica do Ceará.

 

A pesquisa levou em consideração o valor da hora trabalhada por mulheres e utilizou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (para estimar o efeito das faltas no trabalho nos demais estados do País). “Isso demonstra a influência da violência doméstica na economia”, diz Silva. “Estamos considerando só o impacto no mercado de trabalho, sem contabilizar o custo para o sistema de saúde e demais gastos”, completou.

 

Para o pesquisador, trata-se de uma riqueza que deixa de ser gerada. “A renda que essas mulheres deixam de ganhar poderia movimentar diversos setores.” Segundo ele, é possível estimar que a violência doméstica tenha um impacto de 5% no Produto Interno Bruto do País.

 

Afastadas da sociedade

 

No início de setembro, Janaína*, 20 anos, chegou debilitada ao Centro da Mulher Brasileira. “Ela foi espancada pelo agressor. Quando chegou aqui começou a passar mal, o abdômen estava rígido de tanto apanhar e os olhos fixos”, relatou Daciane. “Ela não conseguia prestar o depoimento”, acrescentou.

 

Foram cinco dias de internação em função de uma hemorragia interna. “Depois de uma semana, ela voltou para fazer o boletim de ocorrência”, diz a coordenadora da casa de apoio. “Hoje ela ainda está sem trabalhar por conta dos traumas", explicou. Segundo Daciane, é comum mulheres vítimas de violência, inclusive gestantes, chegarem enfaixadas e com partes do corpo quebradas. “Elas precisam ficar um longo período afastadas do trabalho até se recuperarem física e emocionalmente”, lamentou a coordenadora.

 

Na última quarta-feira, Júlia* esteve na casa de atendimento às vítimas de agressão à mulher e relatou que teve de se ausentar do emprego por pelo menos cinco dias. “Ela saiu do local de trabalho e o agressor esperou por ela e torceu seu braço”, diz a coordenadora. “Ela teve de ir ao hospital, pegou atestado, voltou para fazer boletim de ocorrência e a delegada a encaminhou para fazer o exame de corpo de delito para dar continuidade ao processo."

 

As Casas da Mulher Brasileira são espaços em que estão presente todos os órgãos de apoio à vítima de violência. Hoje, existem seis unidades em funcionamento no Mato Grosso do Sul, Paraná, Maranhão, Roraima, Brasília e Ceará, que fazem parte do programa “Mulher, Viver Sem Violência”, criado pelo governo federal.

 

*Os nomes foram trocados para preservar a identidade das vítimas.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/09/2018 - MEC pede adiamento no horário de verão por conta do Enem

O Ministério da Educação (MEC) encaminhou na quarta-feira um pedido à Presidência da República para adiar, novamente, o horário de verão. A assessoria do Ministério informou que a solicitação ocorreu após o governo anunciar a mudança da data para não atrapalhar o processo eleitoral. O início do horário de verão, marcado para o terceiro domingo de outubro, foi transferido para 4/11, um fim de semana após o 2º turno das eleições. Porém, a nova data coincide com o dia da 1ª prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018.

 

O fato obriga estudantes de dez estados e do Distrito Federal a terem ainda mais atenção, pois precisarão ajustar relógios para uma hora a mais. O horário diferenciado segue até 17/2/2019. E a mudança atinge os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Espírito Santo; e o DF.

 

Nesta quinta-feira, às 11h, MEC e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) iniciam a expedição das provas do exame para todo o Brasil. A ordem de serviço será assinada pelos ministérios da Educação, da Defesa e da Segurança Pública; e pela presidência do Inep e dos Correios, durante o Encontro Nacional de Alinhamento Operacional do Enem 2018, no batalhão do Exército Brasileiro, onde as provas estão armazenadas em segurança máxima, em Brasília.

 

Exame Nacional

 

Nesta edição, as provas serão aplicadas dias 4 e 11 de novembro. O exame deste ano trouxe uma novidade para os estudantes: a aplicação das provas de Ciências da Natureza e Matemática contará com 30 minutos a mais. No primeiro dia do Enem, os alunos farão a prova de Redação; e as de Ciências Humanas e Linguagens, em cinco horas e meia. No segundo dia, serão resolvidas as provas de Ciências da Natureza e Matemática, em cinco horas.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/09/2018 - Petrobras pagará multa de R$ 3,6 bilhões para encerrar investigações nos EUA

A Petrobras informou nesta quinta-feira que fechou acordos para o encerramento das investigações relacionadas à operação Lava Jato com o Departamento de Justiça (DOJ) e a Securities & Exchange Commission (SEC) nos Estados Unidos. Segundo a empresa, as investigações estão relacionadas a problemas de controles internos, registros contábeis e demonstrações financeiras da companhia durante o período de 2003 a 2012.

 

"Os acordos encerram completamente as investigações das autoridades norte-americanas", afirmou a empresa em fato relevante. Segundo seus termos, a Petrobras pagará nos Estados Unidos US$ 85,3 milhões ao DOJ e US$ 85,3 milhões à SEC.

 

Segundo a estatal, ainda será celebrado um acordo com o Ministério Público Federal (MPF), uma vez que os fatos subjacentes foram desvendados por meio de investigações conduzidas pelas autoridades brasileiras no âmbito da Operação Lava Jato.

 

• Petrobras firma acordo com empresa da Noruega para energia eólica

 

Isso permitirá que 80% dos valores acordados com a SEC e com o DOJ possam ser investidos no Brasil. A companhia irá reconhecer, como provisão dos acordos, o valor de US$ 853,2 milhões, estimado em R$ 3,6 bilhões, incluindo tributos, nas demonstrações financeiras do 3º trimestre de 2018. Adicionalmente, os acordos reconhecem a destinação de US$ 682,6 milhões às autoridades brasileiras, a serem depositados pela Petrobras em um fundo especial e utilizados conforme instrumento que será assinado com o MPF.

 

Class Actions

 

A SEC também concordou que os pagamentos feitos pela companhia na ação coletiva dos Estados Unidos (class action) serão considerados como créditos para fazer frente ao montante de US$ 933,4 milhões previstos no acordo anunciado nesta quinta-feira, não havendo, portanto, necessidade de desembolso adicional para a SEC, além dos US$ 85,3 milhões mencionados acima.

 

"Os acordos atendem aos melhores interesses da Petrobras e de seus acionistas e põe fim a incertezas, ônus e custos associados a potenciais litígios nos Estados Unidos", afirmou a empresa.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/09/2018 - Do Alegrete para o mundo, Léo Pain conta as horas para a final do "The Voice Brasil"

Léo Pain foi muito além do que esperava. Quando começou a disputar o The Voice Brasil, há pouco mais de três meses, o cantor gaúcho confidenciou ao amigo Bernardo Raddatz, de Santa Maria, que aquilo era a concretização de um sonho. E se daria por contente se chegasse a três fases, das sete do programa. Foi muito além. É um dos quatro felizardos que disputarão, na noite desta quinta-feira (27), a final do mais prestigiado concurso musical brasileiro, organizado pela Rede Globo.

 

O vencedor leva R$ 500 mil, um carro zero quilômetro e um contrato com a gravadora Universal Music. Adivinha qual dos três prêmios Léo mais almeja? Como cantor-raiz – começou nos palcos de um CTG aos 13 anos, hoje está com 34 – o desejo maior é pela garantia de um acerto profissional com a gravadora.

 

– Se bem que R$ 500 mil ninguém despreza – graceja.

 

A participação no The Voice catapultou a agenda de Léo, que está preenchida até o Ano-Novo. De terças a domingos têm shows marcados, a maioria no Sul do Brasil. Shows ele já fazia, mas agora os cachês vão aumentar, comemoram os amigos.

 

Léo é um retrato dos tempos modernos do cancioneiro brasileiro. O visual é meio Elvis Presley, topete no cabelo puxado para trás e roupas elegantes. O repertório: sertanejo, o preferido de seis em cada dez brasileiros. Mas, fiel às origens, nas horas vagas ele prefere mesmo música nativista gaúcha, herança do convívio com o tio, o cantor gauchesco Wilson Paim, e dos bailes de infância e adolescência em Alegrete (RS), no coração da Campanha rio-grandense.

 

É em Alegrete que Léo se criou e lá que a mãe dele mora. As raízes o cantor não esquece: mantém uma pequena chácara em Espumoso (norte gaúcho, terra de sua esposa Lidiane), onde cria ovelhas, quatro éguas crioulas e um potrilho. Quando consegue um tempo, sai direto dos bailes, "noite virada de sono", para cavalgar.

 

– Ele sempre gostou de rodeio e de cavalo – resume a esposa, Lidiane Cansi, que trabalha como bancária em Espumoso e vê os maridos apenas nos fins de semana. Uma peregrinação que, espera ela, agora vai acabar.

 

Léo se mudou para Santa Maria há 15 anos. Lá o cantor e amigos formaram uma banda. Queria ser engenheiro elétrico, mas a música garantiu o sustento.

 

Não é pelo fato dele viver em Santa Maria que Alegrete, terra de Mário Quintana, esqueceu de Léo, seu mais novo filho ilustre. Um telão e arquibancadas serão armados na principal praça da cidade para que a comunidade possa acompanhar a final do The Voice. Na última etapa, dias atrás, uma multidão se reuniu ali e a expectativa agora é dobrar esse público.

 

Léo diz que família é tudo. Tanto que, questionado pela Globo sobre quem gostaria de levar como acompanhantes para a final no Rio, não teve dúvidas: a primeira da lista foi sua mãe, Martha Paim Melo, seguidas de sua mulher, Lidiane, e sua irmã, Magda Veiga. Todas estão lá com ele. Conheceram o Projac – que ele definiu como Hollywood brasileira – e se deslumbraram almoçando nos restaurantes da Globo ao lado de atores e atrizes que só conheciam da telinha. Iluminadores, figurinistas e maquiadores têm procurado Léo para autógrafos ou selfies. O que mais surpreendeu ele foi o padre Fábio de Mello, que fez questão de conhece-lo pessoalmente no Projac.

 

Léo está exausto, mas feliz.  Saiu cedo do hotel na quarta-feira (26) para o Projac da Rede Globo. Gravou, com os concorrentes, participação no Vídeo Show, deu entrevistas, experimentou figurinos e, durante horas, ensaiou com a banda de apoio fornecida pela Globo. Esta quinta-feira o dia é de novas entrevistas para rádio e para a RBS TV. À tarde, descanso no hotel e concentração para a disputa. O cantor promete uma "surpresa" no repertório. Na madrugada, por whats, deixou a GaúchaZH uma mensagem aos fãs:

 

– Podre de cansado, mas vamos vencer. Se Deus abençoar, vamos em freeeente!

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

27/09/2018 - Uma rotina de luta, dor e amor: como têm sido os 19 meses da bebê declarada morta por engano

Entre tantos ressentimentos, Tieli Martins Silbershlach, 32 anos, carrega um intensamente doído. Mãe de Bianca, um ano e sete meses, a dona de casa nunca viu a filha sorrindo. A menina sofreu uma parada cardíaca ao nascer, no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), teve seu óbito atestado pela equipe médica e foi descoberta ainda com vida horas depois, no setor de descarte.

 

Bianca sofre de microcefalia (o cérebro é menor do que o normal) e hidrocefalia (há acúmulo de líquido no crânio, impedindo o desenvolvimento cerebral), já foi submetida a 25 procedimentos cirúrgicos de vários portes – o último, de alta complexidade, no Hospital da Criança Santo Antônio, em Porto Alegre, na terça-feira (25) – e apresenta uma série de problemas de desenvolvimento.

 

Tieli sabe que a filha fica feliz ao entrar na piscina da residência da família, na cidade da Região Central. É uma interpretação típica de mãe, baseada mais em sensações do que em fatos, uma leitura perspicaz da face pouco expressiva da caçula. Lembranças do último verão a emocionam.

 

— Ela adora ficar na água. Ela muda. O rostinho tinha uma fisionomia feliz. Ela demonstrava estar feliz, fazia uma carinha que parecia que ia sorrir... Mas não era um sorriso aberto — lamenta Tieli, em entrevista concedida a GaúchaZH na Casa de Apoio Madre Ana, que abriga famílias de baixa renda em atendimento no complexo da Santa Casa, onde ela e o marido, o borracheiro Marcos Renato dos Santos Cézar, 31 anos, estão hospedados desde sexta-feira.

 

 

O drama da família ganhou notoriedade quando a situação da pequena paciente se agravou de novo. Bianca necessitava de uma operação cardíaca, especialidade de que o Husm não dispõe. Transferida para a Capital, está no período mais delicado da recuperação, depois de uma intervenção que lhe cortou o peito para que os médicos tratassem uma endocardite (infecção no coração) e trocassem drenos que desviam o excesso de liquor da cabeça para o coração.

 

Em 6 de fevereiro de 2017, Tieli passou por uma cesárea de urgência, com 34 semanas de gestação, devido a complicações de sua hipertensão. Com a comunicação do suposto óbito, Cézar deu início à tarefa de noticiar o intolerável aos familiares. Ligou para mãe, sogra, cunhado, primogênito – hoje com 11 anos.

 

— Ela não sobreviveu — informava, chorando.

 

Após nascer, quase morrer e “ressuscitar” – cogita-se que as drogas injetadas no bebê nas tentativas de reanimação tenham surtido efeito só depois –, Bianca passou os primeiros quatro meses no Husm. No que mais se assemelhou à normalidade, Tieli amamentou a filha, com empenho e persistência, até os seis meses. Quase uma dezena de internações vieram após a primeira alta.

 

As temporadas em casa foram atribuladas. Os gastos com medicamentos e leite especial batiam em R$ 1 mil mensais, fora o dinheiro do vaivém de táxi para sessões de fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional, além de viagens à Capital para o tratamento da surdez (a menina usa aparelho auditivo nos dois ouvidos). Cézar nem sempre podia largar o serviço para acompanhar a esposa e a filha, e Tieli não conseguia se deslocar de ônibus com a menina.

 

Bianca enfrentou crises diárias de choro que duravam quatro horas ininterruptas ou até mais. Ela sofre também de ataques de irritação, grita, contorce-se e precisa ter as mãos contidas ou arranha a barriga até sangrar. As convulsões, com remédio, estão sob controle. Nos piores momentos, Tieli a embalava nos braços sem parar, chorando também:

 

— Calma, amor, já vai passar.

 

Desejo de voltar para casa

Tieli quer voltar a Santa Maria. Almeja pequenas singelezas, vividas na primeira experiência com a maternidade, mas muitas, provavelmente, impossíveis agora. Gostaria de ouvir a filha falando “mamãe”, “papai” e “mano”, brincando e caminhando. Esboça um sorriso ao se imaginar levando a menina até a pracinha.

 

— Como você se sente quando vê outras mães fazendo isso? — pergunto.

 

— Fico feliz por elas não estarem no meu lugar.

 

— Mas você queria estar no lugar delas.

 

— Queria. Queria muito.

 

Eram quase 14h da última segunda-feira (24), e Tieli já espiara o relógio mais de uma vez em uma hora de entrevista. Queria voltar para o hospital, onde o marido a substituía para que ela tentasse descansar na Madre Ana. Não aguenta ficar muito tempo longe da filha:

 

— Ela é minha bonequinha, é linda, é tudo. Vou cuidar dela sempre, sempre, sempre. Seja no hospital, onde for, vou estar sempre com ela.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

27/09/2018 - Buraco no meio da pista gera cinco quilômetros de congestionamento na BR-116

Um buraco de mais de 70cm de diâmetro no meio da pista intensifica o trânsito na BR-116, logo após a ponte do Rio do Sinos. O problema ocorre no km 247, sentido Interior-Capital, em São Leopoldo. A faixa da direita foi bloqueada e os carros transitam apenas na da esquerda, o que gera pelo menos cinco quilômetros de congestionamento.

 

Técnicos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e do Serviço de Água e Esgotos de São Leopoldo (SEMAE) trabalham no trecho para verificar se há um aqueduto embaixo do local, e se essa poderia ter sido a causa do problema.

 

Conforme relatos, ele vem expandindo desde a madrugada, quando foi percebido. Antes do bloqueio, pelo menos três carros caíram no buraco. Um deles era uma van que precisou trocar o pneu.

 

A alternativa para o motorista é utilizar as ruas internas de São Leopoldo.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

27/09/2018 - Colisão entre veículo e carroça deixa quatro feridos em SC

Um acidente envolvendo uma carroça e um automóvel deixou quatro pessoas feridas em Canelinha, na região metropolitana de Florianópolis, em Santa Catarina. O caso aconteceu na tarde de terça-feira (25), na rua Professor Tomas Geraldo, bairro Moura. O motorista do veículo está internado no Hospital Regional de São José, em estado grave.

 

Conforme informações do Corpo de Bombeiros Militar, a carroça, com os dois cavalos, e o automóvel Volkswagen Gol, com placas de Brusque,  trafegavam em sentido contrário e um dos cavalos chegou a ficar preso no teto do veículo, mas segundo a PM, não sofreu ferimentos graves.

 

Quatro pessoas que estavam dentro do veículo, entre elas uma criança, ficaram feridas e foram resgatadas por pessoas que passavam pelo local, de acordo com a Polícia Militar.

 

As duas mulheres e a criança, que eram passageiras do veículo, foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Tijucas e sofreram ferimentos leves.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

27/09/2018 - Cotas PIS/Pasep: termina nesta sexta-feira prazo para saques de menores de 60 anos

Trabalhadores com menos de 60 anos têm mais dois dias para sacar o saldo que ainda tiverem nos Fundos PIS/Pasep. Agências da Caixa Econômica Federal abrirão duas horas mais cedo nesta quinta (27) e sexta-feira (28). O prazo termina na sexta e não há previsão de ser prorrogado.  Têm direito ao benefício trabalhadores cadastrados no PIS/Pasep entre 1971 e 4 de outubro de 1988 e que ainda não retiraram o valor total de cotas. A partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018 – para maiores de 60 anos, nos casos de aposentadoria e invalidez do titular.

 

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem dinheiro a receber. Isso porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).   

 

Para saber se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites relativos ao PIS (trabalhadores do setor privado) ou ao Pasep (trabalhadores do setor público). A consulta permite ver o valor que tem a receber, a data do saque e os canais disponíveis para realização do pagamento.

 

Crédito em conta e rede de atendimento

Outros canais para consultar o benefício são o APP Caixa Trabalhador, disponível para download nas plataformas Android e IOS. O APP é gratuito e as informações são encontradas ao se clicar no link "Informações Cotas do PIS", no qual o trabalhador deverá informar o CPF ou NIS, data de nascimento para saber se possui saldo de cotas do PIS.

 

No Banco do Brasil, para o Pasep, para saldo de até R$ 2,5 mil é possível transferir valores via TED para conta em outro banco. Para quem sacar o dinheiro nas agências do BB será preciso apresentar documento de identidade.

 

Com o objetivo de ampliar o recebimento do benefício, o Ministério do Planejamento coordenou um acordo com oito bancos privados para que os beneficiários com conta nesses bancos possam receber automaticamente por meio de crédito em conta. O cronograma pode ser consultado no portal da Febraban.

 

 

 

Fonte: gaúcha/ZH

27/09/2018 - Prazo para solicitar segunda via do título de eleitor termina nesta quinta-feira

Termina nesta quinta-feira (27) o prazo para o eleitor solicitar a segunda via do título no cartório eleitoral da zona onde está cadastrado. O documento não é o único aceito no pleito de outubro. O eleitor pode se apresentar com outros, desde que seja oficial com foto, como a carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista ou passaporte.

Para solicitar a segunda via do título, o eleitor deve estar em dia com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos pendentes, como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais, como o de mesário, ou ainda ter recebido multas em razão de violação de dispositivos do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965), da Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e leis conexas. Multas devem ser pagas por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) emitida pelo cartório eleitoral e podem variar de R$ 1 a R$ 35,14.

Cartórios no RS
Na Capital, o eleitor pode comparecer ao Posto de Atendimento ao Eleitor, localizado no 2º andar do Shopping Praia de Belas (Av. Praia de Belas 1181, das 10h às 19h). A lista com endereços dos cartórios no Estado está no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
Título digital
Eleitores que estiverem com a situação regular também podem optar pela versão digital do título de eleitor que pode ser obtida gratuitamente por meio do aplicativo e-Título, disponível para smartphones gratuitamente nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

O e-Título também serve como documento de identificação do eleitor caso ele já tenha feito o recadastramento biométrico. Isso porque a versão digital será baixada com foto, o que dispensa a apresentação de outro documento de identificação no momento do voto.

Pelo aplicativo é possível saber o local de votação e, por meio de ferramentas de geolocalização, até sua seção eleitoral. Além disso, ele também oferece serviços como a emissão de certidões de quitação eleitoral e negativa de crimes eleitorais.

O local de votação também pode ser conhecido com uma pesquisa simples no portal do TSE, por meio da seção "Serviços ao Eleitor". A consulta pode ser feita pelo nome do eleitor ou número do título, data de nascimento e nome da mãe. Os eleitores que perderam o prazo final do alistamento, no dia 9 de maio, não poderão votar nas Eleições de 2018. Essa foi a data limite para requererem inscrição eleitoral, transferência de domicílio, alteração de título eleitoral ou transferência para seção eleitoral especial (eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida).

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

26/09/2018 - Estudantes venezuelanos começam aulas em escola municipal de Esteio

O primeiro grupo de crianças e jovens venezuelanos a ingressar na escola em Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegrer, após migrar para o Brasil começou as aulas nesta terça-feira (25). Dezessete estudantes do 7º, 8º e 9º ano do Ensino Fundamental tiveram a primeira aula no Centro Municipal de Escola Básica Vitorina Fabre.

 

Até a terça-feira, com a chegada de um novo grupo de imigrantes, Esteio já contabiliza 220 venezuelanos, abrigados em alojamentos custeados pela ONU, dentro do projeto de interiorização do governo federal. Do total, 34 são crianças em idade escolar (5 a 14 anos).

 

Os alunos, acompanhados dos pais, contaram com a ajuda da intérprete voluntária Cyntia Hernandez para realizarem as matrículas e conhecerem os colegas e professores.

 

Segundo a diretora da escola, Mari Lucia Rodrigues, os alunos já matriculados foram informados sobre a vinda dos novos colegas, e se mostraram receptivos e animados. "Presenciamos hoje nossos estudantes vindo até a sala e arriscando o espanhol para falar com eles, convidando para jogar futebol", comentou.

 

A realidade é diferente da vivida na Venezuela que, atingida por uma crise econômica e social, não oferece condições para os estudos, como conta o imigrante Richard Marcano, de 46 anos. Ele trouxe os filhos André Felipe, de 14 anos, e Juan Andres, de 8 anos, para o Brasil e os matriculou na escola de Esteio.

 

"Na Venezuela nós não tínhamos qualidade de vida. As crianças não tinham como estudar, pois não havia mantimentos, materiais, nada. Além disso não recebiam comida nas escolas, onde passavam a maior parte do tempo. Recebemos ameaças devido ao emprego da minha esposa, que era ligado ao partido político opositor ao governo", diz.

"Quando percebemos que não teríamos como continuar assim, viemos para o Brasil, pensando em primeiro lugar na segurança dos nossos filhos", continua o imigrante.

 

As crianças mais novas, que cursarão o pré e o 4º Ano do Ensino Fundamental, foram encaminhadas ao Centro Municipal de Educação Básica João XXIII. As aulas inciarão nesta quarta-feira (26).

 

A Prefeitura de Esteio diz que deu materiais escolares básicos aos novos estudantes, mas que precisa de doações de itens como mochila, lápis de cor, canetinhas, apontador, estojos. Quem puder doar pode levar os materiais na sede da Secretaria de Cidadania, na rua Rua Hener de Sousa Nunes, 150.

 

Para acolher os imigrantes, Esteio vai receber R$ 530,4 mil, que serão investidos em ações para dar melhor acolhida aos refugiados, nas áreas de assistência social, saúde e educação, principalmente, ao longo de seis meses.

 

 

 

 

 

Fonte: G1/RS

26/096/2018 - Nova concessionária da freeway prioriza redução de buracos

Perto de completar três meses sem uma empresa realizando serviços de manutenção e conservação, a freeway (BR 290) enfim começou a receber, na manhã desta terça-feira, o trabalho de uma nova concessionária. A Neovia, de Curitiba, teve seu contrato publicado na segunda-feira passada no Diário Oficial da União (DOU) e, com isso, pôde começar a sua operação.

 

Os primeiros serviços, que vão do quilômetro 0 ao 98,10, se concentraram em tapar os buracos que começaram a ser vistos na rodovia desde a saída da Triunfo Concepa, no início de julho. O valor total do contrato com a Neovia é de aproximadamente R$ 90 milhões e tem uma vigência até 22 de janeiro de 2021.

 

Apesar disso, por enquanto a Superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Rio Grande do Sul (Dnit/RS) conta com a liberação de R$ 8 milhões, que devem ser divididos entre a freeway e outros trechos sob sua administração no Estado.

 

Os recursos correspondem a pouco menos da metade do que foi solicitado para o Departamento em Brasília e a expectativa é de que, caso seja necessário, uma nova articulação seja feita para que mais valores sejam liberados. Um dos trechos sob a responsabilidade do Dnit fica na BR 116, entre os quilômetros 276,50 e 299,40 (Eldorado do Sul/Guaíba).

 

Também sem uma concessionária desde a saída da Concepa, o espaço já tem uma empresa para assumi-lo. A Conpasul, de Eldorado do Sul, foi a vencedora do processo licitatório aberto pelo Dnit e aguarda a assinatura do contrato para poder dar início aos trabalhos.

 

Não estão previstos serviços como guincho e socorro médico nas BRs 290 e 116. Os motoristas, por sua vez, continuarão sem pagar pedágio nas rodovias. A chegada da Neovia vem a suprir uma necessidade do Dnit desde a saída da Concepa e que deve durar, pelo menos, até o ano que vêm.

 

Para o mês de fevereiro, está previsto o início dos trabalhos de uma empresa que será responsável pela Rodovia de Integração do Sul (RIS). O trecho, formado pelas BRs 101, 386, 448 e 290, deve ser leiloado no dia 1º de novembro.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/09/2018 - Desembargador isenta juíza em caso de advogada negra algemada no Rio

O desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, presidente da Comissão Judiciária dos Juizados Especiais (Cojes) do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro, considerou que não houve irregularidade no comportamento da juíza leiga Ethel Tavares de Vasconcelos no caso em que a advogada negra Valéria Lúcia dos Santos foi algemada durante audência. O caso ocorreu no dia 10 de setembro, no Fórum de Duque de Caxias. Vídeos, que circularam pelas redes sociais, mostraram a advogada sentada no chão e algemada por dois policiais militares, o que gerou muitos protestos e motivou uma manifestação, no último dia 17, que contou com a presença do presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia.

 

Em relatório divulgado nesta terça-feira, o desembargador Almeida Neto levou em conta depoimentos de advogados que participaram da sessão, de serventuários que presenciaram a cena e dos dois policiais militares, além das imagens que circularam na internet e das câmeras de segurança do fórum. Ao final do documento, concluiu que não houve desvio funcional da juíza. “Assim, forte nas razões ora expostas, não se vislumbra prática de qualquer desvio funcional dos servidores envolvidos e da advogada juíza leiga Ethel Tavares de Vasconcelos”.

 

De acordo com o desembargador, a prova colhida deixa "patenteado que a advogada Valéria Lúcia dos Santos estava exaltada, e as testemunhas falam que achavam, que a mesma ia agredir a advogada juíza leiga Ethel Tavares de Vasconcelos". No documento, Almeida Neto afirma que a versão da advogada de que teve as mãos colocadas para trás e algemadas está "em colisão com todo restante da prova que afirma que ela se jogou no chão".

 

O presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB/RJ, Luciano Bandeira, em nota, discordou da decisão do desembargador. Bandeira destaca que a OAB só tomou conhecimento da decisão por meio dos meios de comunicação, uma "vez que não integrou o procedimento, nem pôde participar da oitiva da juíza leiga ou das testemunhas arroladas".

 

“Causa-nos espécie e estupefação o fato de o tribunal não ter percebido qualquer tipo de ilicitude na inaceitável e reprovável decisão de algemar uma advogada no exercício de sua profissão. O Procedimento Ético Disciplinar no intuito de apurar, adequadamente, a conduta da juíza leiga está em curso em nosso Tribunal de Ética e Disciplina, que, ao contrário do TJ, ouvirá todas as partes, respeitando o direito à ampla defesa, ao contraditório e a todos os princípios legais pertinentes”, destacou o integrante da OAB.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

26/09/2018 - Agências da Caixa abrirão mais cedo para atender cotistas do PIS

Agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo nesta quinta-feira (27) e sexta-feira (28) para pessoas com menos de 60 anos, cotistas do PIS, que ainda não resgataram seu benefício. O prazo para o saque termina nesta semana. De acordo com a Caixa, exceto nas regiões em que esse horário não for a melhor condição de atendimento aos clientes, o critério será definido pela superintendência local  – a alteração pode ser também, por exemplo, fechar duas horas mais tarde.

 

As pessoas que ainda não fizeram o saque podem consultar a página do banco na internet para saber quanto têm para receber. Caso o dinheiro já tenha sido creditado em conta, o site também informará qual a conta e o banco em que foi creditado o PIS.

 

Segundo a Caixa, a partir de 1º de outubro, os saques voltarão a ser permitidos somente para os cotistas que atendam a um dos critérios previstos: pessoas com 60 anos ou mais, aposentados, herdeiros de cotistas, pessoas em situação de invalidez ou acometidos por doenças específicas. Até a segunda-feira passada (24), foram pagos R$ 9,6 bilhões aos trabalhadores cadastrados no Fundo PIS/Pasep entre 1971 e 4 de outubro de 1988.

 

Mais de 4 milhões de pessoas com menos de 60 anos, que possuem o benefício, ainda não resgataram sua cota do PIS, contabilizando R$ 5,7 bilhões disponíveis para o saque até esta sexta-feira (28).

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

26/09/2018 - Ônibus de excursão é assaltado e 38 vítimas são trancadas no bagageiro

Passageiros de um ônibus de excursão que ia para Foz do Iguaçu, no Paraná, foram assaltados no final da tarde de terça-feira (25) na BR-158, em Panambi. Criminosos armados renderam os passageiros e trancaram todos no bagageiro do veículo. A informação inicial era de que seriam 41 vítimas, mas a Polícia Rodoviária Federal confirmou na manhã desta quarta que são 37 passageiros, além do motorista.

 

O ônibus da empresa Bernatur saiu de Santa Maria com passageiros que fariam compras no Paraguai. Na rodoviária de Cruz Alta três homens subiram. Alguns quilômetros adiante esses homens anunciaram o assalto. Eles estavam armados de pistola e revólver. Dois ficaram junto ao motorista e um ficou no fundo do coletivo ameaçando os passageiros.

 

Na frente do veículo, uma caminhonete preta com outros três integrantes da quadrilha indicava o caminho que o motorista deveria seguir. Próximo do trevo com a BR-285, o ônibus foi levado para uma lavoura onde acabou atolando. Dois bandidos desceram do carro encapuzados e armados de espingarda e também subiram no ônibus. Ao todo, seis criminosos participaram da ação, cinco dentro do ônibus recolhendo pertences e dinheiro das vítimas, e um dirigindo a caminhonete.

 

Após pegarem objetos e dinheiro, os assaltantes trancaram os 40 passageiros e mais o motorista no bagageiro do ônibus. Os bandidos fugiram na caminhonete preta. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, uma pessoa que passava pelo local notou a ação e avisou a polícia. As vítimas foram retiradas sem ferimentos e encaminhadas à delegacia de Panambi, que irá investigar o crime.

 

O ônibus foi desatolado e a empresa de turismo providenciou assistência. Parte do grupo retornou para Santa Maria e parte resolveu seguir viagem.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

26/09/2018 - Gaúchos Mundo Afora: o gaudério mais ao norte do planeta

O chefe de cozinha Eduardo Formentini, 32 anos, se apresenta nas redes sociais como  o "gaudério mais ao norte do planeta, aquerenciado em Svalbard, Noruega". Ele trabalha desde o ano passado em um hotel na ilha que fica perto do Polo Norte. Além do frio, são cinco meses do ano na escuridão completa, sem ver o sol. Em compensação, pode tomar chimarrão vendo a aurora boreal.

 

Natural de Braga, nas Missões, ele é personagem do segundo episódio da série Gaúchos Mundo Afora. Na entrevista, fala sobre o frio, a festa para o retorno do sol e a experiência de cozinhar carne de foca e de rena. Eduardo está fazendo agora uma viagem pela Ásia e voltará para Svalbard para a temporada de inverno, em janeiro.

 

Gaúchos Mundo Afora é uma série de podcasts que conta a jornada de gaúchos que moram fora do Brasil. Em cada episódio, uma história. A primeira temporada tem como foco a Europa. 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

26/09/2018 - Volta do Sol e temperaturas em elevação marcam a quarta no RS

 

Após início de dia com chuva no Rio Grande do Sul em algumas localidades, a quarta-feira (26) registrará o avanço das instabilidades mais intensas para Santa Catarina, de forma que não há mais temporais previstos para o Estado.

 

Com o cessar da chuva, o Sol finalmente volta a aparecer, mesmo que entre nuvens, e eleva um pouco as temperaturas, mas sem calor intenso. De acordo com a Somar Meteorologia, a máxima deve ser de 26°C em Santa Maria, Santa Rosa e Uruguaiana.

 

Chuva ganha força na quinta

 

Na quinta-feira (27), no entanto, novas instabilidades avançam do interior do continente para o RS e provocam chuva no Estado. Pela manhã, já chove na parte oeste, enquanto, a partir da tarde, as pancadas atingem as áreas do centro e leste gaúcho, incluindo Porto Alegre. Há condição para ventos fortes e trovoadas, pois a atmosfera segue quente.

Confira a previsão do tempo para algumas cidades:

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 24°C

Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 24°C

Caxias do Sul: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 22°C

Santa Maria: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 26°C

Santa Rosa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 24°C

Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 24°C

Uruguaiana: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 26°C

Torres: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 19°C e máxima de 25°C

Rio Grande: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

Mostardas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 23°C

Passo Fundo: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 23°C

Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 23°C

Tramandaí: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 23°C

Xangri-Lá: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 24°C

Capão da Canoa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 25°C

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

26/09/2018 - "The Voice Brasil": Léo Pain se classifica para a final do programa

O The Voice Brasil 2018 terá um gaúcho em sua final. Na noite desta terça-feira (25), Léo Pain venceu a semifinal e irá disputar o grande prêmio na quinta (27). O cantor de Alegrete apresentou a canção A Hora é Agora, de Jorge e Mateus, e somou 85,71 pontos, superando a mato-grossense Laís Yasmin.

 

Isa Guerra, no time de Lulu Santos; Kevin Ndjana, do grupo de Ivete Sangalo; e Erica Natuza, de Carlinhos Brown, são os outros finalistas.

 

  Como foi a semifinal

O reality show começou com Tiago Leifert mostrando as regras: o público vota normalmente no site e a porcentagem é convertida em pontos. Os técnicos acrescentam 20 pontos ao número final.

 

Os primeiros a se apresentarem foram os cantores do time de Lulu Santos. Isa Guerra abriu a disputa com É com Ela Que Eu Estou, de Cristiano Araújo. Depois, foi a vez de Priscila Tossan subir ao palco com Bom Senso, sucesso de Tim Maia. O técnico Lulu, sem saber do resultado da votação popular optou por Priscila. No entanto, a finalista eleita foi Isa Guerra, com 63,33 pontos.

 

 Na sequência, o reality musical recebeu os candidatos do time de Ivete Sangalo. Edson Carlos, apelidado de bebê pela baiana, cantou É o Amor, de Zezé Di Camargo e Luciano, que foi ovacionado pela plateia. Kevin Ndjana seguiu a sua veia pop e trouxe o hit Billie Jean, de Michael Jackson. Após os comentários dos técnicos, Ivete anunciou que o seu candidato a ter 20 pontos a mais era Kevin. Após a votação popular, o segundo finalista do The Voice foi o mesmo Kevin Ndjana, com 82,33 pontos.

 

O terceiro técnico a apresentar seus músicos foi Carlinhos Brown. Erica Natuza cantou Nada Por Mim, popular na voz de Paula Toller, enquanto Murilo Bispo performou o hit Segredos, do Frejat.  Brown escolheu entregar 20 pontos a mais para Erica sobre a enquete popular. Erica surpreendeu e ficou com 62,23 pontos na pontuação final, sendo eleita para a etapa decisiva.

 

 Michel Teló foi o último técnico a mostrar suas vozes. A penúltima candidata da semifinal foi Laís Yasmin, que trouxe Let It Be, dos Beatles. Por fim, foi a vez do gaúcho Léo Pain, que cantou A Hora é Agora, de Jorge e Mateus. Teló atribuiu os 20 pontos a mais para Pain - que registrou 85,71 pontos no final.

 

Emocionado, o gaúcho agradeceu o carinho do público:

 

—   Só tenho a agradecer a mãe, os familiares e ao Rio Grande do Sul, que é o meu estado e minha terra amada. Muito grato pelo apoio e pelo reconhecimento. Estou muito feliz e grato! — disse.

 

A trajetória no reality

Com 34 anos, Léo Pain nasceu em Alegrete, mas mora em Santa Maria há 13 anos. Atualmente, se dedica à carreira como cantor sertanejo com shows em todo o país, mas já conquistou mais de 40 prêmios relacionados à música nativista. No The Voice Brasil, o artista tem seu repertório voltado ao estilo favorito — passeou entre hits de Bruno e Marrone, Cristiano Araújo e Gustavo Mioto. Na semana passada, na fase Shows Ao Vivo, apostou em La Barca, popular canção de bolero na voz de Luis Miguel.

 

Um dos pontos fortes do gaúcho é de que ele faturou mais de 50% dos votos em todas as etapas em que encarou enquetes populares.  No Tira-Teima, teve 70,34%, número que saltou para 75,48% na Batalha dos Técnicos. Na fase decisiva dos Shows Ao Vivo, teve 54,05% e 53,39% na primeira e segunda noites, respectivamente. 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

26/09/2018 - Após um mês de queda, valor para cálculo do ICMS da gasolina volta a subir no RS

Na virada do mês de agosto para setembro, o chamado preço de pauta da gasolina foi reduzido de R$ 4,80 para R$ 4,69. É sobre ele que o governo calcula o ICMS a ser recolhido, que tem alíquota de 30% no Rio Grande do Sul. Na ocasião, a Receita Estadual calculou para a coluna Acerto de Contas que haveria espaço para uma redução entre R$ 0,03 e R$ 0,05 na bomba, para o consumidor.

 

O preço não caiu. Ao contrário, subiu. Então, na próxima segunda-feira (01), o valor de pauta voltará a ter elevação. Desta vez, passará de R$ 4,69 para R$ 4,88. O ajuste é feito todos os meses.

 

O levantamento considera as notas fiscais eletrônicas que são emitidas pelos postos sempre na primeira quinzena de cada mês. No período, a Petrobras aumentou o preço da gasolina nas refinarias de R$ 2,17, em 1º de setembro, para R$ 2,25, registrado no dia 15.

 

Antes dos postos, o combustível ainda passa pelas refinarias, onde os preços não são tabelados. Desde maio de 2017, quando a Petrobras mudou a política de preços dos combustíveis tornando os reajustes - para cima e para baixo - mais frequentes, a Receita Estadual apurou em apenas duas ocasições queda no preço médio praticado pelo mercado.

 

Também haverá aumento do preço de pauta para o diesel S 500. Passará de R$ 3,32 para R$ 3,60. O etanol terá elevação de R$ 3,89 para R$ 3,94. E ainda para o GNV (gás natural veicular), que passa de R$ 3,10 para R$ 3,12.

 

Alíquotas

 

Postos de combustível reclamam da alíquota de 30% do ICMS da gasolina, que foi elevada e vale até o fim de 2018. Para continuar, precisa ser renovada. Argumentam que é a terceira maior do país e que, se o Rio Grande do Sul tivesse o ICMS de Santa Catarina, a gasolina custaria R$ 0,50 menos aqui no Estado.

 

A Secretaria Estadual da Fazenda rebate usando o diesel como exemplo. Afirma que o Rio Grande do Sul aplica a menor alíquota sobre o diesel do país: 12%. Estados do Sul e Sudeste têm o mesmo percentual. Diz, no entanto, que o preço médio do diesel aqui custa R$ 3,32 e em Santa Catarina, R$ 3,12 .

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

25/09/2018 - Chuvas sobem nível do Jacuí e suspendem serviço de balsas em Cachoeira do Sul

Por conta das fortes chuvas que atingem o Estado, o Rio Jacuí subiu novamente e o serviço de balsas foi suspenso em Cachoeira do Sul, em paralelo à Ponte do Fandango. Na medição feita na manhã desta terça-feira (25), o rio estava com 20 metros de profundidade, dois acima do nível normal. Ele segue subindo a uma velocidade de cinco centímetros por hora.

 

A expectativa é de que conforme o rio normalize o leito, a travessia volte a ser feita. A restrição começou na noite desta segunda-feira. Com isso, as alternativas aumentam o trajeto em pelo menos 30 quilômetros, se usar estradas de chão batido. 

 

As balsas fazem o trajeto em paralelo à BR-153, na Ponte do Fandango. A estrutura, que liga a BR-290 À RS-287, está fechada desde julho deste ano para obras. 

 

Com a restrição, os cerca de 450 alunos das cinco escolas que ficam no interior de Cachoeira do Sul, do outro lado da ponte, estão sem aula nesta terça-feira. Isso porque, sem as balsas, os 80 professores que trabalham nos colégios - que ficam nas localidades de Piquiri, Mineração, Porteira 7, Cerro dos Peixotos e Vila Vargas - não tem como chegar nas unidades. A previsão é retomar as atividades assim que o serviço for normalizado.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

25/09/2018 - Com trégua da chuva, cai para 39 mil o número de imóveis sem luz no RS

Com a trégua da chuva e do vento, o número de imóveis sem luz no Rio Grande do Sul caiu para 39 mil. No auge do temporal, na manhã de domingo, o Estado chegou a ter cerca de 360 mil economias sem energia elétrica.

 

Na área de concessão da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), há ainda 25 mil pontos sem luz. Na região Metropolitana de Porto Alegre são 6 mil clientes e na Zona Sul, principalmente em Pelotas, são 8 mil. De acordo com a concessionária, as ocorrências concentram-se em zonas rurais.

 

Já a Rio Grande Energia Sul registra ainda 14 mil pontos sem luz. A empresa atua principalmente na região Metropolitana e Vale do Sinos. E na área de concessão da RGE há apenas casos isolados de falta de energia.

 

 

 

Fonte:  Correio do Povo

25/09/2018 - Neovia começa a atuar na conservação da freeway

A partir desta terça-feira, a BR 290 (freeway) pode ter uma nova empresa atuando na sua conservação e manutenção. A Neovia Engenharia, de Curitiba, vencedora do edital, teve seu contrato – assinado no dia 19 – publicado nessa segunda no Diário Oficial da União.

 

O contrato com a Neovia tem valor aproximado de R$ 90 milhões e vigência até 22 de janeiro de 2021. Nele, estão previstos trabalhos do quilômetro zero ao 98,10, entre a Capital e Osório. Por enquanto, o Dnit/RS recebeu R$ 8 milhões para garantir os serviços, o que corresponde a pouco menos da metade do solicitado para o Departamento em Brasília e, além da 290, devem contemplar todos os trechos administrados pelo Dnit no Rio Grande do Sul.

 

Um deles é na BR 116, entre os quilômetros 276,50 e 299,40 (Eldorado do Sul/Guaíba). O trecho também está sem empresa responsável desde a saída da Triunfo Concepa, em julho passado. A Conpasul, de Eldorado do Sul, venceu a licitação para iniciar os trabalhos, porém o contrato ainda não foi assinado. Não estão previstos para os trabalhos da Neovia e da Conpasul serviços como guincho e socorro médico, antes prestados pela Concepa. Os motoristas continuarão sem pagar pedágio, como ocorre nos últimos meses.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

25/09/2018 - Homem confessa que matou cunhada dentro de casa em Cachoeirinha

Ouvido na tarde desta segunda-feira (24) em Cruz Alta, onde está preso, Evandro Ferreira, 42 anos, confessou ter matado a cunhada na casa da família, segundo a Polícia Civil. Elaine Silva da Silva, 52 anos, foi encontrada morta em 13 de setembro, em Gravataí, dois dias após desaparecer da casa onde vivia com os parentes, em Cachoeirinha.

 

Conforme o delegado Leonel Baldasso, da 1ª Delegacia de Cachoeirinha, o homem confessou o crime para três policiais que viajaram até a Região Noroeste para ouvir o suspeito, preso preventivamente pelo crime. Ele disse aos policiais que manteria relacionamento com a mulher. Alegou que o crime ocorreu durante uma briga na qual Elaine teria ameaçado contar à família sobre o relacionamento. Evandro teria dito que sairia de casa e, segundo ele, a cunhada não teria aceitado.

 

— Ele disse que mantinha um caso com a cunhada e que cometeu o crime dentro de casa. Eles se desentenderam porque ele queria ir morar no Interior e ela não queria. Então, segundo ele, ela teria ameaçado contar tudo para a irmã. Ele asfixiou ela na sala — afirmou o delegado.

 

Depois disso, Evandro teria colocado o corpo de Elaine dentro do porta-malas do Siena e seguido até um motel em Gravataí. No local, segundo o depoimento dado aos policiais civis, teria retirado o corpo de dentro do veículo.

 

— Ele disse que se desesperou, não sabia o que fazer. Levou o corpo até lá, tirou do porta-malas, chegou a dar um banho. Voltou e colocou no carro — relatou Baldasso.

 

O autor confesso ainda relatou que decidiu deixar o corpo da cunhada em um matagal na localidade de Morungava, em Gravataí. De lá, teria seguido caminhando pelo mato até chegar a um hotel em Taquara, onde ficou hospedado por algumas horas. Após, entrou em um ônibus para Cruz Alta. O homem se hospedou em um hotel na sexta-feira (14), com nome falso, e foi preso no dia seguinte pela Polícia Civil.

 

— O depoimento dele condiz com as nossas suspeitas. Com aquilo que as imagens das câmeras já indicavam, que ela teria sido morta dentro de casa — afirmou o delegado.

 

A polícia obteve imagens que mostram Evandro circulando sem ninguém no banco do carona. Isso já levava os investigadores a suspeitarem de que o crime poderia ter ocorrido dentro da residência. O homem morava com a mulher, irmã de Elaine, e a filha no andar inferior da casa. Já a vítima residia com os pais e outra irmã no andar superior da mesma moradia.

 

Acompanhado da defesa, Evandro foi ouvido pelos policiais por cerca de uma hora dentro do presídio em Cruz Alta, onde está detido. Ele foi preso em flagrante por falsidade ideológica e por resistência à prisão. Depois disso, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça por suspeita de envolvimento na morte da cunhada.

Polícia cogita pedir reconstituição

A polícia aguarda ainda o recebimento do resultado da perícia realizada na residência. Na casa os peritos encontraram, por meio do exame com luminol, vestígios que podem ser de sangue. 

 

— Vamos aguardar os laudos, as provas técnicas. A confissão não é absoluta, ela é um indicativo e confirma a autoria criminosa. É plausível com a descrição do legista, de que ela foi asfixiada. Mas tem alguns fatos para serem esclarecidos, como as costelas quebradas e a hemorragia interna — disse Baldasso.

 

Devido a alguns pontos que ainda precisam ser esclarecidos no caso, o delegado cogita pedir a reconstituição do crime.

 

— Como é um caso complexo, não descarto pedir a simulação dos fatos para verificar se realmente condiz com a confissão — afirmou.

 

CONTRAPONTO

 

Responsável pela defesa de Ferreira, a advogada Tatiana Assis Machado Bersagui, se manifestou dizendo que, embora ele tenha confessado o crime, "está muito arrependido, e diz que agiu de forma inopina".

 

Em nota, diz que Ferreira "não tem antecedentes criminais, não é uma pessoa violenta, nunca agiu contra seus próprios familiares e/ou terceiros, não sendo aquele típico agressor da lei Maria da Penha que pratica condutas reiteradas de ameças, agressões físicas, entre outras".

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

25/09/2018 - Em cinco anos, 44 crianças foram assassinadas na Grande Porto Alegre

A morte de Alice Beatriz Rodrigues, de um ano, atingida por um tiro no peito na noite de domingo (23), em Porto Alegre, eleva para 44 o número de crianças assassinadas na Região Metropolitana nos últimos cinco anos. Os dados, desde o início de 2013, integram o levantamento realizado pela editoria de Segurança do Diário Gaúcho e de Zero Hora. Os crimes foram registrados em 11 municípios. A maior parte aconteceu na Capital, que teve 20 vítimas com até 12 anos.

 

Em 18 crimes, as crianças foram atingidas por atiradores que tinham como alvo familiares ou outras pessoas próximas de onde elas estavam. Foi o caso de Kauã Machado Tavares Nieto, 10 anos, que jogava futebol perto de casa, no bairro Farrapos, em maio de 2016. Homens armados chegaram atirando com o objetivo de executar um jovem. Um disparo atingiu o menino no peito.

 

Em novembro de 2015, em caso semelhante ao que vitimou Alice, pai e filha foram mortos a tiros quando saíam de casa, em um Vectra, em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Três homens teriam se aproximado a pé e fizeram os disparos contra o pai. A menina de dois anos foi baleada na cabeça.

 

Entre as crianças, pelo menos quatro foram vítimas de bala perdida. Uma delas foi Laura Machado Machado, de apenas sete anos, atingida por um tiro de fuzil 5.56 na madrugada de 17 de abril de 2016, no bairro Vila Nova, na zona sul da Capital. O tiro passou pela janela e acertou a menina na cabeça enquanto ela dormia no beliche. A criança estava ao lado do irmão, de 11 anos.

 

Assim como Alice, outras seis vítimas tinham somente até um ano. O ano de 2013 foi o que teve mais casos, com 13 vítimas. Além da Capital, as cidades que mais tiveram registros foram Alvorada e Novo Hamburgo, com cinco homicídios cada. Em Novo Hamburgo, outro caso envolvendo crianças, que segue um mistério, é o de um menino e uma menina encontrados esquartejados em setembro de 2017. Com parentesco pelo lado materno, as crianças tinham entre 8 e 12 anos. Até hoje não se sabe quem são as vítimas. O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

25/09/2018 - RS tem alerta de temporal e ventos de até 100 km/h nesta terça-feira

O Rio Grande do Sul segue com alerta de tempestade para todas as regiões do Estado nesta terça-feira (25). As nuvens mais carregadas ficam concentradas em áreas ao norte do RS. Há possibilidade de granizo e rajadas de vento de até 100 km/h. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) comunica que pode haver alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

 

De acordo com a Somar Meteorologia, a chuva dos últimos dias elevou o acumulado do mês de setembro em Porto Alegre, que chegou aos 154,8mm e ultrapassou em 9% a média climatológica para o mês, de 141,5mm.

 

 

O tempo fechado faz com que as temperaturas não se elevem. Assim, a sensação será de leve frio ao longo do dia.

 

Chuva perde força na quarta

 

Durante a quarta-feira (26), as instabilidades começam a perder intensidade e há menor risco de temporais, mas a chuva persiste em todo o Rio Grande do Sul.

 

No centro e norte gaúcho, as precipitações ocorrem em forma de pancadas acompanhadas por descargas elétricas. No sul e nas áreas da fronteira oeste, a chuva será isolada e sem grandes acumulados. A sensação de frio começa a diminuir no Estado, mas ainda não faz calor.

Confira a previsão do tempo para algumas cidades:

Capital: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 13°C e máxima de 22°C

Pelotas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 16°C e máxima de 20°C

Caxias do Sul: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 17°C e máxima de 23°C

Santa Maria: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 19°C

Santa Rosa: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 19°C e máxima de 21°C

Erechim: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 18°C e máxima de 27°C

Uruguaiana: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 17°C e máxima de 19°C

Torres: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

Tramandaí: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

Capão da Canoa: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

Xangri-Lá: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

Rio Grande: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 17°C e máxima de 19°C

Mostardas: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 19°C

Passo Fundo: chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 18°C e máxima de 26°C

Bagé: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 16°C

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

25/09/2018 - Jovem gaúcha que estava desaparecida na Itália é encontrada

A gaúcha Amanda Refatti Viezzer, 19 anos, que estava desaparecida desde sábado (22) após viajar para Itália, foi encontrada. A garantia é da mãe dela, Michele Refatti, que descobriu que sua filha havia sido detida na imigração ao desembarcar em Roma.

 

O motivo da detenção ainda é um mistério para a família, que não conseguiu contato com a jovem. Uma tia dela que mora em Ferrara, também na Itália, está viajando para Roma para tentar liberá-la.

 

— Ainda não sabemos se ela vai ser deportada, se vamos conseguir resolver. Mas é um alívio grande saber que ela está bem — desabafou Michele.

 

Segundo a mãe, Amanda viajou para aprender o idioma italiano. O objetivo é se tornar trilíngue para poder ser piloto internacional de avião. Ela já é comissária de bordo.

 

Natural de Porto Alegre, Amanda mora com a mãe e o irmão de 16 anos, em Florianópolis. O pai dela vive em Mato Grosso. Nas redes sociais, familiares e amigos se mobilizam para conseguir ajuda na busca pela jovem.

 

O último contato dela com a família foi pouco antes de o voo pousar, por volta das 7h (horário de Brasília). A estudante enviou mensagem para a mãe dela, informando que estava prestes a pisar em solo italiano para fazer conexão para Veneza. 

 

A reportagem de GaúchaZH entrou em contato com a Polícia Federal (PF) e o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), mas não obteve retorno até as 21h de segunda-feira (24). O adido da PF na Itália deve entrar em contato com a polícia italiana.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

25/09/2018 - Divulgada lista de convocação de 2 mil aprovados em concurso da Brigada Militar

Foi publicada no Diário oficial do Estado desta terça-feira (25) a lista de futuros novos soldados da Brigada Militar. São dois mil nomes, aprovados em concurso no ano passado.

 

Confira a lista clicando aqui (os nomes estão publicados a partir da página 105)

 

Conforme a Secretaria da Segurança Pública (SSP), após a publicação, iniciam-se os prazos para entrega de documentação, exames toxicológicos e análise da vida pregressa dos aprovados. Os candidatos deverão comparecer ao Ginásio da Academia de Polícia Militar, na Avenida Coronel Aparício Borges, no bairro Partenon, em Porto Alegre. Os primeiros devem comparecer em 5 de novembro - a lista de documentos necessários está no Diário Oficial.

 

A previsão do governo gaúcho é de que os policiais iniciem o curso de formação ainda em novembro e estejam aptos a atuar na metade de 2019. O concurso foi realizado em dezembro de 2017.

 

A convocação chegou a ser prometida pelo Comando Geral da BM e pela SSP para junho. Sem cumprir o prazo, o governo homologou o resultado do concurso em julho, prometendo o chamamento para os dias seguintes. Em agosto, o Piratini parou de projetar novas datas.  A legislação eleitoral permite o chamamento de aprovados, desde que o concurso tenha sido homologado até três meses antes do dia do pleito.

 

Uma fonte com acesso à cúpula da Segurança Pública estadual diz que a decisão de adiar o chamamento passou pela Secretaria da Fazenda.

 

Foram aprovados, no total, 4 mil candidatos. Mais de 42 mil pessoas se habilitaram a realizar a disputa.

 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

24/09/2018 - Trânsito no RS mata dez e deixa 169 feridos no feriadão do 20 de Setembro

Mais uma vez, o Rio Grande do Sul teve um feriado violento nas estradas. Ao todo, foram registrados 116 acidentes em rodovias estaduais e federias que mataram dez pessoas e deixaram 169 feridas neste feriadão de 20 de Setembro.

 

Entre quarta-feira e domingo, seis pessoas morreram e 108 ficaram feridas em 62 acidentes em rodovias estaduais. Já nas federais, foram quatro mortes e 61 feridos em 54 acidentes.

 

As policiais rodoviárias aplicaram ainda 14.186 multas, a maioria por excesso de velocidade.

 

Acidentes

 

Domingo

 

Taquara

 

Uma pessoa e três ficaram morreu em um acidente envolvendo dois carros e um motocicleta na ERS 115, em Taquara, no Vale do Paranhana. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), a vítima fatal consuzia um Chevrolet Chevette.

 

São Francisco de Paula

 

Um motorista morreu carbonizado após uma colisão entre um caminhão e um carro na RSC 453, em São Francisco. Com o acidente, o carro pegou fogo. A vítima não teve nome divulgado.

 

Mato Castelhano

 

Um homem, de 30 anos, morreu e um jovem, de 15, ficou gravemente ferido em um acidente na BR 285, em Mato Castelhano, no Norte do Rio Grande do Sul. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a vítima fatal, que não teve nome divulgado, conduzia uma Honda CBX 250 Twister, com placas de Getúlio Vargas.

 

Segundo a PRF, a moto teria colidido contra um caminhão não identificado, já que o motorista fugiu do local. O acidente aconteceu por volta das 2h30min, no km 273 da rodovia, sentido Passo Fundo-Lagoa Vermelha. As circunstâncias da colisão ainda são desconhecidas.

 

Sábado

 

Parobé

 

Homem morreu após ser atropelado por uma moto Honda CG Titan na ERS 239, em Parobé. O veículo transitava sentido Taquara-Sapiranga, quando atropelou o pedestre no km 44 da rodovia.

 

Cachoeira do Sul

 

Uma colisão frontal entre dois veículos provocou a morte de duas pessoas na BR 153, em Cachoeira do Sul, na região Central do Rio Grande do Sul. As vítimas foram identificadas como Luan Borstmann da Conceição, 21 anos, que conduzia um Corsa, e Nilton de Paula Nascente, de 41, motorista de um Fiesta. O acidente ocorreu depois da meia-noite na altura do km 371 da rodovia.

 

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um dos veículos invadiu a pista contrária e provocou o acidente. Outros quatro passageiros também ficaram feridos. Um deles estava no Corsa e outros três no Fiesta.

 

Sexta

 

São Francisco de Assis

 

Uma pessoa morreu em um acidente entre um Volkswagen Gol e um caminhão na RSC 377, em São Francisco de Assis. O motorista do carro, que seguia sentido São Francisco de Assis-Manoel Viana, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Ele era natural de Chapecó, em Santa Catarina.

 

Quinta-feira

 

Um motociclista morreu em uma colisão contra uma carreta agrícola na RSC 480, em Nonoai. O acidente aconteceu no km 23 da rodovia. O nome da vítima não foi divulgado, mas segundo o CRBM, ela conduzia uma Honda CG 150 Titan, com placas de Herval Grande.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/09/2018 - Caixa começa a cobrar juros menores a partir desta segunda

Começam a valer nesta segunda-feira (24) as novas taxas de juros de financiamento imobiliário da Caixa Econômica Federal. No dia 14 de setembro, o banco informou que reduziu em 0,75 ponto percentual as taxas de juros do crédito para compra de imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). A redução vale para imóvel de até R$ 1,5 milhão. As taxas mínimas do SFI passam de 9,5% ao ano para 8,75% ao ano. E a taxa máxima cai de 11% para 10,25% ao ano.

 

A Caixa também informou que, a partir de novembro, oferecerá um novo serviço de avaliações de imóveis, disponibilizando laudo diretamente para pessoas físicas e jurídicas. Segundo o banco, o Caixa Avalia é uma plataforma que vai permitir a venda de avaliações pelo site com contratação 100% digital.

 

Reduções de juros

Em abril, a Caixa reduziu em até 1,25 ponto percentual as taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

 

O limite de cota de financiamento do imóvel usado subiu de 50% para 70%. A Caixa também retomou o financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com cota de até 70%. Em julho, o banco reduziu em média de 1 a 2 pontos percentuais ao ano as taxas do crédito imobiliário para pessoa jurídica.

 

Em agosto, promoveu uma redução de até 0,5 ponto percentual das taxas de juros do crédito imobiliário para operações com recursos do SBPE. O limite de cota de financiamento de imóveis usados para pessoa física subiu de 70% para 80%.

 

A Caixa tem R$ 85 bilhões disponíveis para o crédito habitacional este ano. No primeiro semestre, foram contratados mais de R$ 40 bilhões. O banco tem cerca de 70% das operações para aquisição da casa própria.

 

Operado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o SFH financia imóveis de até R$ 800 mil em todo o país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, onde o teto corresponde a R$ 950 mil.

 

Os imóveis residenciais acima dos limites do SFH são enquadrados no SFI, que financia imóveis com recursos de poupança.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

24/09/2018 - Caminhão cai em valeta na Rota do Sol em Caxias

Um caminhão caiu em uma vala no Km 76 da RS-122, no bairro Nossa Senhora das Graças, em Caxias do Sul, na manhã desta segunda-feira (24). O acidente ocorreu por volta das 6h30min, quando o veículo, que seguia no sentido Farroupilha-Caxias do Sul, tentava retornar para acessar uma empresa e não conseguiu vencer a curva. O motorista não ficou ferido.

 

A parte traseira do caminhão ficou sobre uma das pistas causando congestionamento nos dois sentidos da rodovia. Segundo o Grupo Rodoviário de Farroupilha, por volta das 9h equipes finalizavam a remoção do veículo para que o trânsito fosse normalizado.

 

Dois caminhões também colidiram no trecho urbano da Rota do Sol, nas proximidades da primeira ocorrência. Por volta das 9h, no entanto, os veículos já haviam sido retirados da pista.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

24/09/2018 - Apontado como líder da quadrilha mais procurada por assaltos a bancos e lotéricas no RS é preso em SC

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santa Catarina prendeu no final da noite de domingo (23) em Biguaçu, na região metropolitana de Florianópolis, Rafael de Oliveira Azambuja, o Rafael Seco, 30 anos. Ele – que estava foragido – é investigado há pouco mais de um ano pela Polícia Civil gaúcha, suspeito de ser líder da quadrilha mais procurada por ataques a bancos, carros-forte e lotéricas no Rio Grande do Sul.

 

Segundo a polícia, a investigação teria confirmado a participação dele em pelo menos cinco assaltos – sendo um deles em janeiro deste ano, no bairro Anchieta, em Porto Alegre, quando foram colocadas falsas bombas na cintura de um vigilante de carro-forte.

 

Dois homens, que seriam comparsas de Rafael Seco, já haviam sido presos. De acordo com o delegado João Paulo de Abreu, da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), eles foram identificados como Dieizon Luiz da Silva Correa, 30 anos, preso no mês passado em Gravataí, e Sérgio Deola de Moraes, 37 anos, preso em Florianópolis em maio deste ano.

 

Em relação a Rafael Seco, ele estava foragido desde julho de 2017, quando progrediu para o regime semiaberto e não cumpriu as exigências legais. Além disso, teve o benefício negado logo após ter sido condenado, também em julho de 2017, mas logo após ter ido para o semiaberto, por outro roubo a banco, em 2011.

 

Rafael Seco e Enivaldo Farias, o Cafuringa, foram apontados como autores do roubo ao Banco do Brasil de Içara, em Santa Catarina, ocorrido em 2011. Rafael Seco pegou uma pena de oito anos, quatro meses e 24 dias de prisão. Contudo, quando saiu a sentença, ele não foi mais localizado.

 

O delegado diz que as investigações continuam para prender mais integrantes da organização criminosa e para descobrir mais provas contra o grupo em relação a outros ataques no Estado. Rafael Seco será conduzido ao Rio Grande do Sul nos próximos dias.

 

— A prisão de Rafael Seco é fruto da dedicação e do comprometimento dos agentes da especializada que há muito tempo vêm seguindo os passos do criminoso pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina e outros Estados — diz Abreu.

 

Rafael Seco foi preso pela PRF em uma abordagem quando conduzia um veículo pelo município de Biguaçu.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

24/09/2018 - Recuperação de pista da freeway começa nesta terça-feira

O contrato entre Neovia e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) foi publicado nesta segunda-feira (24) no Diário Oficial da União. A partir de terça-feira (25), a empresa ficará responsável pela recuperação da pista dos 98 quilômetros da freeway, entre a ponte do Guaíba, em Porto Alegre, até a RS-030, em Osório.

 

A adversária agora deverá ser a chuva, que irá alterar o cronograma e os primeiros serviços a serem realizados. A operação Buraco Zero é a primeira ação que será vista na rodovia. Como a previsão do tempo indica chuva durante a semana, o que impediria uma ação mais duradoura, as equipes deverão usar um produto com menos durabilidade, mas que permitirão fechar as maiores deformações.

 

Serão dois anos e quatro meses de contrato, ao custo de R$ 90,88 milhões. A assinatura ocorreu na quarta-feira (19). Segundo o superintendente do Dnit no Rio Grande do Sul, Allan Magalhães Machado, a empresa já está pronta para começar a executar o serviço.

 

Caberá a ela fazer a recuperação de pista, roçada e poda eventual nos acostamentos. Sobre a quantidade de lixo acumulada às margens da freeway, deverá ocorrer duas limpezas para recolher o material deixado de forma irregular na rodovia. Porém, o Dnit alerta que não haverá coleta de resíduos rotineira e que, assim como ocorre em todas as rodovias administradas pela autarquia, é proibido colocar lixo em rodovias federais.

 

Há duas semanas, a União repassou R$ 8,7 milhões para o Dnit usar na manutenção das BRs gaúchas. O montante é metade do valor pedido pela autarquia no Estado e será distribuído entre os contratos em vigor, entre eles, o da freeway.

 

A rodovia está há 82 dias sem conservação rotineira de pista, desde que houve o fim do contrato entre a Triunfo Concepa e a Agência Nacional de Infraestrutura de Transportes (ANTT). A rodovia tem recebido ações emergenciais do Dnit, que tem se utilizado de sobra de material da antiga concessionária para tapar os maiores buracos.

 

Já o contrato com a construtora Conpasul, que ficará responsável por recuperar os outros 23 quilômetros da BR-116 e BR-290, entre Porto Alegre e Guaíba, no antigo trecho administrado pela Concepa, não foi publicado e o serviço ainda não tem data para recomeçar.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

24/09/2018 - Preço maior derruba consumo de gasolina no Rio Grande do Sul

 

As vendas de gasolina engataram marcha a ré entre janeiro e julho no Rio Grande do Sul. Em relação a igual período do ano passado, o volume caiu 4,8%, para 1,97 bilhão de litros, aponta a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). A marca é a menor para o intervalo desde 2016, quando 1,95 bilhão de litros foram comercializados no Estado.

 

O levantamento contempla as vendas realizadas pelas distribuidoras aos postos. A exemplo do Rio Grande do Sul, os negócios no país também ficaram no vermelho. De janeiro a julho, as vendas nacionais chegaram a 22,72 bilhões de litros, queda de 13% em relação a 2017. O volume é o menor para os primeiros setes meses do ano no Brasil desde 2012, quando 22,34 bilhões de litros foram repassados para as bombas.

 

Além da greve dos caminhoneiros, que provocou desabastecimento em maio, os sucessivos reajustes nos preços dos combustíveis pela Petrobras estão relacionados ao recuo no consumo, tanto no Estado quanto no Brasil, conforme analistas. Em julho, o valor médio da gasolina nas bombas gaúchas foi de R$ 4,749. Com isso, a alta acumulada nos sete primeiros meses alcançou 11,1% – em dezembro, o preço estava em R$ 4,273. No país, o avanço médio no período foi de 9,7%.

 

– Com a crise econômica, o consumidor ficou mais seletivo em relação ao gastos. É natural que ele corte o consumo de combustíveis em momentos de alta no preço, passando a usar mais o transporte coletivo ou aplicativos de transporte individual – sublinha o diretor da consultoria ES Petro, Edson Silva.

 

 

O levantamento da ANP ainda mostra que o etanol, cujo valor é inferior ao da gasolina, vem ganhando espaço no mercado. No Brasil, a alta nas vendas do produto alcançou 40,5% entre janeiro e julho, chegando a 9,69 bilhões de litros. Segundo analistas, a maior procura pelo derivado da cana-de-açúcar é outro fator que ajuda a explicar a maior redução na demanda por gasolina no país. No Estado, o crescimento do etanol no período chegou a 36,1%, para 36,20 milhões de litros.

 

Apesar disso, Silva menciona que o avanço não pode ser apontado como responsável pela queda na comercialização de gasolina dentro do Rio Grande do Sul, ao contrário do que ocorre no Brasil. A avaliação está ancorada no fato de o consumo do derivado de cana-de-açúcar entre os gaúchos ainda ser considerado "muito pequeno", pontua o analista.

Preço do etanol no RS não compensa troca

 

Conforme a ANP, as vendas desse combustível no Estado responderam por apenas 0,37% do total comercializado pelas distribuidoras brasileiras entre janeiro e julho. Todo o etanol consumido no Rio Grande do Sul é importado de locais como Paraná e São Paulo. Os maiores custos logísticos respingam no valor cobrado nas bombas, que fica mais caro.

 

– O Estado consome pouco, e o preço não compensa a troca – frisa Roberto Tonietto, presidente do Sindisul, que representa as distribuidoras gaúchas.

 

Especialistas afirmam que, para o consumidor, vale a pena optar pelo etanol quando custa até 70% do valor da gasolina. A análise leva em conta que o rendimento do derivado da cana é inferior ao do combustível fóssil. Ou seja, para percorrer a mesma distância, a quantidade de litros necessária será maior do que a de gasolina.

 

Em julho, o preço médio do etanol nas bombas gaúchas chegou a R$ 4,034, o mais alto do país. A marca representava 84,9% do valor da gasolina à época (R$ 4,749). No Brasil, no mesmo período, o etanol custava, em média, R$ 2,785. O preço correspondia a 62% do cobrado pela gasolina (R$ 4,492) no mês.

Cenário no Exterior deve manter pressão nas bombas

 

Os constantes reajustes nos preços dos combustíveis foram aditivados no país a partir de julho de 2017, quando a atual política de preços da Petrobras entrou em vigor. Com a medida, a estatal afirma alinhar os valores àqueles cobrados no mercado internacional, levando em consideração a variação no barril de petróleo, calculada em dólares.

 

Diante da polêmica provocada pelas correções quase diárias, a petrolífera anunciou no começo deste mês a criação do mecanismo de hedge (proteção). A ação tenta diminuir a volatilidade dos preços.

 

"A companhia entende ser importante conciliar seus interesses empresariais com as demandas de seus clientes e agentes de mercado em geral. Sem abrir mão da paridade dos preços internacionais, o mecanismo de hedge, a ser aplicado por não mais do que 15 dias, permitirá à empresa obter um resultado financeiro equivalente ao que alcança com a prática de reajustes diários", declarou a Petrobras, em nota, após o anúncio.

 

Apesar da busca da estatal por maior estabilidade, a pesquisadora Fernanda Delgado, da FGV Energia, frisa que o cenário internacional ainda seguirá com peso sobre os valores cobrados no país:

 

– O hedge pode espaçar os reajustes. Mas sensibilidades no mercado externo ainda terão peso nas bombas daqui. A tendência no cenário internacional é de elevação nos preços. Isso significa que as notícias não são boas para o consumidor no país.

 

Vice-presidente do Sulpetro, que representa os postos no Estado, Gilson Becker projeta que as vendas de gasolina devem fechar 2018 em baixa. Para Becker, o dólar e o preço de petróleo em alta no mercado internacional tendem a represar o consumo.

 

– A queda nos primeiros meses do ano já era prevista e deve seguir até o final do ano. A retomada das vendas dependerá, além dos preços, de a economia voltar a girar. Isso dará novo ânimo, mas levará tempo – comenta o vice-presidente.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

24/09/2018 - RS tem alerta de chuva forte, granizo e ventos de até 100 km/h nesta segunda-feira

O tempo continua instável, com previsão de chuva e  temporais, em todo o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira (24). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta para a possibilidade de tempestade nas regiões sul e oeste do Estado. De acordo com o aviso, que vale até as 16h, pode haver ventos de até 100 km/h e queda de granizo. Há ainda risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

 

O Inmet recomenda que, em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas, e não se estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

 

As temperaturas seguem um pouco elevadas entre o noroeste e norte do Estado hoje. Já no restante do RS, os termômetros não aumentam muito por conta do tempo fechado.

 

Chuva segue na terça

A terça-feira (25) deve apresentar cenário semelhante ao de hoje. De acordo com a Somar Meteorologia, o tempo permanece instável, novamente com previsão de chuva em todo o Estado. Não se descarta temporais com queda de granizo, raios e rajadas de vento que podem superar os 60 km/h.

 

As temperaturas devem ficar um pouco mais baixas pela metade sul e ainda um pouco mais amenas no norte e noroeste do RS.

Veja a previsão para esta segunda-feira:

Capital: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 22°C

Bagé: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 16°C e máxima de 20°C

Capão da Canoa: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 23°C

Caxias do Sul: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 22°C

Erechim: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 18°C e máxima de 27°C

Mostardas: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 17°C e máxima de 24°C

Passo Fundo: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 19°C e máxima de 22°C

Pelotas: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 14°C e máxima de 20°C

Rio Grande: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 18°C e máxima de 21°C

Santa Maria: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 19°C e máxima de 24°C

Santa Rosa: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 20°C e máxima de 24°C

Torres: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 20°C e máxima de 26°C

Tramandaí: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 22°C

Uruguaiana: chuvas a qualquer hora do dia. Mínima de 21°C e máxima de 24°C

Xangri-Lá: pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 19°C e máxima de 23°C

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

24/09/2018 - Temporais deixam 184 mil sem luz no RS

Com o temporal da madrugada desta segunda-feira, aumentou o número de imóveis sem energia elétrica no Rio Grande do Sul. Ao todo são 184 mil clientes sem luz, a maioria na região Metropolitana e Vale do Sinos, sendo que na noite de domingo a falta de luz afetava 131 mil pontos.

 

Na área de concessão da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), são 84 mil clientes. Do total, 45 mil estão concentrados na região Metropolitana e 17 mil, na região Sul. A concessionária destaca que o número inclui casos remanescentes do temporal da madrugada de domingo e também novos casos provocados pela chuva desta segunda-feira.

 

• Acompanhe: chuva provoca queda de árvores e bloqueios em Porto Alegre

 

Já na área da RGE Sul, o novo temporal fez aumentar o número de clientes sem luz para 80 mil. Ontem à noite, eram 18 mil sem energia elétrica. Já a Rio Grande Energia (RGE) registra 20 mil pontos sem energia elétrica, sendo que ontem eram 5 mil pontos.

 

Além da falta de luz, o temporal provocou diversos bloqueios em ruas devido à queda de árvores. Além disso, diversas regiões de Porto Alegre registram acúmulo de água.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/09/2018 - Vento e chuva causam estragos em oito cidades do RS

A chuva - em alguns casos com granizo - e o vento que atingiram o Rio Grande do Sul na madrugada deste domingo causaram estragos em pelo menos oito municípios, de acordo com boletim da Defesa Divil. Os ventos ultrapassaram os 100 km/h, causando quedas de árvores e destelhando residências.

 

Segundo a Defesa Civil, danos foram registrados em Porto Alegre, Alvorada, Canoas e Gravataí, na região Metropolitana, em Pelotas, Charqueadas e São Lourenço do Sul, na região Sul, e em São Grabriel, no Centro do Estado.

 

Uma família ficou desalojada em São Lourenço do Sul, após os ventos destelharem a resdidência. Os moradores foram para casas de amigos e familiares. Em Alvorada, uma casa foi atingida por uma árvore, mas não houve feridos. Em todo o Estado, foram cinco residências atingidas.

 

Na zona Sul de Porto Alegre, um telhado de zinco com uma armação de ferro, que servia de cobertura para um campo de futebol, na rua Angelo Passuelo, no bairro Vila Nova, soltou-se e voou para cima de uma casa ao lado na rua. Os moradores da residência, que não se feriram, chamaram a Defesa Civil durante a madrugada. Não houve grandes estragos no imóvel, segundo a equipe que atendeu à ocorrência. A retirada do telhado que se desprendeu deverá ser realizada ao longo do dia.

 

Além disso, diversos municípios fcaram sem luz durante a madrugada. Na área de concessão da CEEE, 300 mil economias foram atingidas. Por volta das 11h, o número havia caído para 160 mil.

 

Confira os estragos nos municípios:

 

Alvorada: uma residência foi atingida por uma árvore.

 

Canoas: queda de árvores.

 

Charqueadas: vento forte com queda de granizo.

 

Gravataí: duas residências atingidas, sendo que os moradores já receberam lonas para proteger suas casas.

 

Pelotas: danos em residências ainda estão sendo contabilizados. A cidade também registro quedas de árvores.

 

Porto Alegre: uma residência atingida e diversas árvores e postes caídos.

 

São Gabriel: ginásio municipal foi atingido. Houve ainda queda de árvores e postes.

 

São Lourenço do Sul: uma família desalojada, queda de galpão, casas destelhadas e queda de árvores

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/09/2018 - Alemão Caio é encontrado morto na penitenciária de Osório

Condenado pela morte do namorado da ex-mulher, Carlos Flores Chaves Barcellos, conhecido como Alemão Caio, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (21) em sua cela, na Penitenciária Modulada de Osório, no Litoral Norte. A suspeita é de que o ex-empresário, de 62 anos, tenha cometido suicídio.

 

Na cela, havia mais um apenado. Segundo o advogado de Alemão Caio, Mateus Marques, ele deixou cartas para outra ex-companheira e para o filho.

 

Segundo o boletim de ocorrência, a morte teria ocorrido por volta das 2h desta sexta. O corpo foi encaminhado para perícia no Departamento Médico Legal (DML).

 

De uma das mais tradicionais famílias gaúchas, Alemão Caio havia sido condenado no último dia 13 de setembro a 41 anos de prisão pelo assassinato de José Augusto Bezerra de Medeiros Neto e também por tentar matar a ex-mulher Ivanise Menezes Chaves Barcellos, em 2011.

 

O réu foi condenado pelo homicídio triplamente qualificado de José – motivo torpe (sentimento de posse), meio cruel (forma como ocorreu o crime) e mediante surpresa –, tentativa de homicídio duplamente qualificado de Ivanise – motivo torpe (sentimento de posse) e mediante surpresa – e porte ilegal de arma. Alemão Caio não teria aceitado o relacionamento do então amigo com a ex-mulher, o que teria motivado o crime.

 

Por decisão própria e alegando motivos de saúde, o réu não participou do julgamento. Ele estava preso desde agosto, após ter sido encontrado pela Polícia Civil em um motel em Porto Alegre.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

21/09/2018 - Em busca da reinvenção: os exemplos de municípios que se reergueram após a saída de suas maiores empregadoras

A produção diminuía. Os rumores cresciam. Até que, certo dia, vem a confirmação: a empresa vai fechar a unidade. Todos estão demitidos. A sequência vivida em agosto pelos funcionários da calçadista Di Cristalli, em São Francisco de Paula, na Serra, não é novidade para trabalhadores de fábricas que pareciam ser o esteio econômico de municípios gaúchos nos últimos anos. Recessão, crise setorial, reestruturação, companhias em apuros se misturam nas razões que levaram cidades a, de repente, perder o seu maior empregador, como no caso de São Chico, onde 360 pessoas — quase 10% dos celetistas do município — juntaram-se aos 12,9 milhões de desempregados do país.

 

Mas o choque também abre caminho para a reinvenção. Em abril de 2011, a Calçados Andreza anunciava o fim da produção na pequena Santa Clara do Sul, no Vale do Taquari, onde havia nascido 40 anos antes. Mais de 500 pessoas perderam o ganha pão. Era um contingente equivalente a 10% da população do município.

 

— Foi um impacto muito forte. Não só pelos empregos, mas pela relação da comunidade com a empresa. Um baque. Mas, sem saber que a fábrica fecharia, acabamos nos preparando para isso. Já pensávamos em diversificação da economia. Era uma situação perigosa ser muito dependente da indústria de calçados e ficar refém de uma empresa apenas — conta o prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Cezar Kohlrausch, que à época do fechamento da companhia também estava à frente do Executivo municipal.

 

Poucos anos depois do susto, há o que celebrar. De 2010 a 2015, último ano em que a Fundação de Economia e Estatística (FEE) calculou o PIB dos dos municípios gaúchos, a economia de Santa Clara do Sul cresceu em um ritmo de fazer inveja às taxas chinesas. Em valores nominais —a FEE não desenvolveu um índice para correção —, o avanço foi 141%, o mais robusto do Vale do Taquari no período.

 

O reerguimento passou pela consolidação de iniciativas que já eram gestadas, inclusive na produção de sapatos. A calçados Beira-Rio se instalou no município e hoje emprega 900 pessoas. Com a agricultura familiar forte, partiu-se para uma parceria com a Cosuel, de Encantado, para a produção de suínos. De 2004 a 2007, o número de criatórios saltou de 24 para 52. Com a ajuda da Emater, a produção de leite foi qualificada e transformou-se de um caráter mais de subsistência para uma atividade profissional. No mesmo período, passou de 3,7 milhões de litros por ano para 6 milhões.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

21/09/2018 - Obras de ampliação do Salgado Filho decolam com participação de fornecedores gaúchos

As obras no aeroporto Salgado Filho já ganharam altitude. Embora nem todas as partes estejam 100% dentro do prazo, o cronograma, considerado desafiador pela própria  Fraport, concessionária do terminal, não tem atraso relevante na média. O terminal de passageiros (foto), por exemplo, está 100% pontual, garante Pedro Tedesco Silber, presidente da Tedesco, uma das empresas do consórcio que executa o projeto, o HTBM, formado por HTB, Tedesco e Barbosa Mello.

 

Como mostra a imagem, há muitos fornecedores gaúchos. Era uma das promessas, tanto da Fraport quanto do consórcio. Além da Medabil, que fornece estruturas metálicas, a maior parte do serviço tem conteúdo local. A obra mais adiantada é a do novo edifício-garagem, que atingiu a altura definitiva, com cinco andares erguidos, em ao menos parte da estrutura. Como está sendo edificado em concreto pré-moldado, é uma obra que não "sobe" toda de maneira igual. Algumas áreas atingem a cota final antes, outras mais tarde.

 

A maior dificuldade enfrentada na ampliação física foi a necessidade de derrubar parte da estrutura que havia sido iniciada no processo de licitação ainda comandado pela Infraero, por problemas de resistência. A entrega do conjunto de melhorias físicas – novo terminal e edifício-garagem está prevista para outubro de 2019. Na ampliação da pista, foram feitas poucas intervenções, a maioria de drenagem, mas o prazo é 2021. Falta só a Fraport cuidar da estrutura atual tão bem quanto. 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

21/09/2018 - Brasil e Chile assinam acordo para comércio de orgânicos

Os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Blairo Maggi, e do Chile, Antonio Walker Prieto, assinaram um acordo com o objetivo de promover ações para facilitar o comércio de produtos orgânicos entre os dois países. Ambos participaram da reunião do Conselho Agropecuário do Sul (CAS), em Buenos Aires, na Argentina.

 

O texto assinado prevê colaboração mútua na fiscalização e controle dos produtos e políticas voltadas para o desenvolvimento da produção orgânica, além da melhoria das bases de dados e de normas e regulamentos que regem a atividade. É o primeiro reconhecimento mútuo de semelhanças nos normativas de produção orgânica negociado entre países da América do Sul, demonstrando compromisso com o desenvolvimento de economias sustentáveis, de acordo com o secretário de Relações Intermacionais do Agronegócio do ministério, Odilson Ribeiro e Silva.

 

• Produção orgânica está em expansão no Brasil

 

"Atualmente, apenas grandes produtores orgânicos alcançam mercados no exterior, pelo alto custo envolvido na certificação internacional. Com o sistema de reconhecimento mútuo, ambas legislações [aceitam] a certificação de sistemas participativos de garantia, estimulando a inclusão de pequenos e médios produtores no mercado de exportação", disse o secretário.

 

A reunião do CAs acaba nesta sexta-feira, com a presença também dos demais ministros integrantes do conselho, da Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai. No encontro deve ser discutido levantamento solicitado pelo ministro Maggi da lista de produtos químicos (moléculas autorizadas em cada país e condições de uso), com o objetivo de harmonizar a regulamentação desse tema em toda a região.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/09/2018 - Criminosos invadem agência bancária e levam dois malotes com dinheiro em Nova Pádua

O ataque com maçarico a um caixa eletrônico do Banrisul mobilizou a Brigada Militar na noite de quinta-feira na avenida dos Imigrantes, na área central da cidade de Nova Pádua. Para impedir que o clarão da chama do equipamento fosse visto do lado de fora da agência bancária, os ladrões cobriram os vidros com lona plástica de cor prata. A perícia deve confirmar ou não se alguma quantia foi furtada. Uma câmera de monitoramento registrou a imagem de um veículo sedan, cuja suspeita é de que seja um Chevrolet Corsa, chegando e estacionando no local.

 

Pelos menos três criminosos são vistos no arrombamento, sendo que dois entraram no prédio e o terceiro permaneceu no carro. Depois os mesmos aparecem correndo e fugindo no automóvel. Toda a ação durou cerca de dez minutos. No entanto a possibilidade de um quarto envolvido também não é descartada.

 

Acionada, a BM compareceu no banco e isolou a área, além de realizar buscas em toda a região. Barreiras foram montadas nas estradas. A Polícia Civil investiga o caso.

 

Esse é o segundo ataque na agência em um mês. Na madrugada de 14 de agosto, criminosos tentaram arrombar um caixa eletrônico. Na ocasião, eles ainda invadiram o Banco do Brasil. Nos ataques, o grupo usou explosivos. Nenhum valor foi levados dos bancos.

 

Sapucaia do Sul

 

Já em Sapucaia do Sul, a BM e o Corpo de Bombeiros Militar foram acionados na noite de quinta-feira para atender um incêndio no saguão de autoatendimento dos caixas eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal situada na rua João Pereira de Vargas, no bairro Camboim. O local ficou isolado. A perícia da Polícia Federal deve esclarecer o que houve e se foi um incêndio criminoso ou não.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/09/2018 - Eleições devem mobilizar 2 milhões de mesários em todo o país

As eleições deste ano devem mobilizar cerca de 2 milhões de mesários em todo país. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a metade dos mesários se ofereceu para o trabalho de maneira voluntária. Para atuar como mesário, o escolhido recebe treinamentos específicos e orientações de técnicos da Justiça Eleitoral, que o prepara para atuar no dia das eleições. A cada eleição, a Justiça Eleitoral convoca eleitores maiores de 18 anos e em situação regular para atuar no dia da votação.

 

A convocação exclui candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau, e seu cônjuge; membros de diretórios de partidos políticos, desde que exerçam função executiva; autoridades, agentes policiais e funcionários no desempenho de funções de confiança do Executivo; e funcionários do serviço eleitoral.

 

Tarefas

 

O mesário é o representante da Justiça Eleitoral na seção de votação. Cabe a ele receber e identificar os eleitores – seja pela verificação de documentos e coleta de assinaturas, seja pela verificação biométrica –, compor as mesas de votos e justificativas, fiscalizar e desempenhar tarefas logísticas e de organização da seção para a qual foi designado.

 

O eleitor que atua como mesário tem direito à dispensa do serviço pelo dobro de dias e ao desempate em concursos da Justiça Eleitoral, quando prevista essa possibilidade no edital. O treinamento de mesários ocorre nas modalidades presencial e à distância. Neste ano, a Justiça Eleitoral preparou cerca de 180 mil mesários por meio de curso à distância.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/09/2018 - Motociclista sem habilitação morre em acidente no norte do RS

 

Um motociclista morreu em um acidente na noite desta quinta-feira (20) na RS-480, em Nonoai, no norte do Estado. A moto, uma Honda Titan, bateu de frente em uma carreta agrícola.

 

A colisão ocorreu por volta das 19h, na altura do quilômetro 23 da rodovia. A moto fazia o sentido de São Valentim para Herval Grande e, segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar do município, invadiu a pista contrária.

 

O condutor, identificado como Juliano Carlos Carvalho, 31 anos, chegou a ser levado pelo Samu ao hospital de Herval Grande, mas não resistiu. Conforme a polícia, ele não possuía habilitação.

 

Na pequena carreta agrícola, conhecida na região como girico, estava somente o condutor, que não se feriu. O trânsito já está liberado na região.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

21/09/2018 - Noroeste do RS pode ter temporais nesta sexta; veja a previsão

As instabilidades começam a perder intensidade e o tempo firme volta a predominar sobre a maior parte do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (21). No entanto, vale ressaltar que, mesmo sem condição para pancadas de chuva, o céu continua bastante nublado ao longo do dia. Há previsão de chuva somente em áreas do norte e noroeste gaúcho.

 

No Norte, a chuva ocorre de forma bastante isolada e sem grandes acumulados. No noroeste do Estado, a chuva ganha intensidade sob a influência de uma área de baixa pressão atmosférica que atua no Paraguai. Não se descarta o risco para novos temporais a partir da tarde.

 

Sábado será de calor

 

Ao longo do sábado (22), o Sol volta a predominar entre poucas nuvens na maior parte do Estado devido à atuação de uma massa de ar seco que inibe a formação de nuvens carregadas. Por outro lado, a chuva retorna em forma de pancadas no fim do dia.

 

De acordo com a Somar Meteorologia, as temperaturas seguem em elevação e a sensação será de calor, especialmente no período da tarde.

 

 

 

Confira a previsão do tempo para algumas cidades nesta sexta

 Capital: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 17°C e máxima de 28°C

 

Pelotas: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 12°C e máxima de 22°C

 

Caxias do Sul: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 25°C

 

Santa Maria: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 15°C e máxima de 25°C

 

Santa Rosa: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 17°C e máxima de 27°C

 

Erechim: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 26°C

 

Uruguaiana: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 17°C e máxima de 29°C

 

Torres: Tempo instável, com chuvas isoladas. Mínima de 18°C e máxima de 22°C

 

Tramandaí: Tempo instável, com chuvas isoladas. Mínima de 18°C e máxima de 22°C

 

Capão da Canoa: Tempo instável, com chuvas isoladas. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

 

Xangri-Lá: Tempo instável, com chuvas isoladas. Mínima de 18°C e máxima de 23°C

 

Rio Grande: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 20°C

 

Mostardas: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

 

Passo Fundo: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 26°C

 

Bagé: Tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 24°C

 

 

 

 

Fonte: GAúcha/ZH

19/09/2018 - Agência dos Correios de Vale Verde é assaltada

Quatro homens assaltaram, no início da tarde desta terça-feira (18), a agência dos Correios de Vale Verde, no Vale do Rio Pardo. Dois foram presos. Os criminosos chegaram ao local por volta das 12h15min, invadiram o prédio localizado no centro da cidade e renderam os funcionários.

 

A Brigada Militar foi acionada e houve troca de tiros. Um dos assaltantes – Anderson Josué Soares (25) – foi preso no local e outros dois conseguiram fugir em um veículo Duster em direção à localidade de Buraco Fundo. Eles jogaram “miguelitos” na estrada e uma das viaturas da Brigada teve os pneus furados. Outro criminoso conseguiu escapar com o gerente da agência dos Correios de refém a bordo de um automóvel Celta. O gerente foi liberado na localidade de Lomba Alta, em Vale Verde, por volta das 16h.

 

No local o criminoso rendeu a família de um policial da reserva, obrigou a filha do militar a realizar um curativo em sua perna e, em seguida, seguiu com o policial até a localidade de Mariante, em Venâncio Aires, onde o brigadiano foi liberado. Na sequência o criminoso apanhou um táxi, o qual foi abordado nas imediações da Peva.

 

Alan Marcos de Oliveira Belo (30), foi preso e encaminhado para atendimento hospitalar. Os outros homens que fugiram na Duster não foram encontrados. Já o carro foi localizado na localidade de Dourados, também em Vale Verde, por volta das 15h30. A Brigada Militar e a Polícia Federal fizeram buscas. Um helicóptero da BM auxiliou.

 

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

19/09/2018 - Cavalo solto causa acidente na BR-386, em Soledade

Um cavalo solto causou um acidente de trânsito por volta das 5h30 desta quarta-feira (19), na BR-386 em Soledade.

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o fato ocorreu no km 244 da rodovia, no perímetro urbano do município e envolveu o Ford Cargo, emplacado em Nova Boa Vista-RS.

 

O condutor saiu ileso, restando danos materiais no veículo. O cavalo morreu. O proprietário não foi localizado.

 

 

 

Fonte: Gurpo Independente

19/09/2018 - Criança de três anos morre em incêndio no interior de Fontoura Xavier

Um menino de três anos, identificado como Gustavo José da Costa do Nascimento morreu no incêndio de uma residência no início da madrugada desta quarta-feira (19), na localidade de Picada Casagrande, em Fontoura Xavier.

 

A morte da criança foi confirmada por familiares. No momento do sinistro, também estavam na casa a mãe e mais duas irmãs, de nove e um ano e meio. De acordo com vizinhos, ao perceber o fogo, a mãe começou a tirar os filhos da casa, mas não conseguiu retirar o menino.

 

No seu depoimento, a mãe das crianças, Jaqueline da Costa, explicou que teria tirado as duas meninas da casa e quando foi resgatar o menino, o telhado caiu. Mãe e as duas filhas foram encaminhadas ao Hospital de Fontoura Xavier, com ferimentos leves.

 

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar as chamas e realizar o rescaldo. O corpo de Gustavo foi localizado por volta das 2h, após o resfriamento do local. As causas do incêndio ainda são desconhecidas. 

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

 

19/09/2018 - Ciclista sofre ferimentos em acidente na BR-386, em Lajeado

Uma pessoa sofreu ferimentos em acidente de trânsito por volta das 19h desta terça-feira (18) na BR-386, em Lajeado.

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um utilitário Fiat Fiorino, placa de Marques de Souza, seguia no sentido capital – interior, quando no km 344,3 o condutor não conseguiu evitar o choque com um ciclista, que estaria cruzando a rodovia, nas imediações do fim da pista dupla.

 

O ciclista, de 52 anos, que usava capacete, sofreu ferimentos, recebeu o primeiro atendimento do Corpo de Bombeiros e posteriormente foi levado por uma equipe do Samu para atendimento hospitalar.

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

19/09/2018 - Calor de 30°C e retorno da chuva, veja como será o tempo no RS nesta quarta

Apesar de amanhecer ensolarado, a quarta-feira (19) no Rio Grande do Sul deve ter o retorno da chuva durante o dia. A formação de instabilidades no alto da atmosfera organiza nuvens carregadas e as pancadas ocorrem de forma generalizada no Estado.

 

De acordo com a Somar Meteorologia, uma frente fria avança, mesmo que de forma costeira, deixando o tempo instável em todo o litoral, além de favorecer o aumento das temperaturas. Na região metropolitana de Porto Alegre, a sensação será de calor no período da tarde, com a máxima podendo alcançar os 27°C. Em Erechim, no norte do RS, os termômetros chegam aos 28°C. No noroeste, Santa Rosa deve ter 30°C.

 

Chuva segue no feriado

 

Durante a quinta-feira (20) ainda chove em praticamente todo o Rio Grande do Sul sob a influência de áreas de instabilidades que se formam em níveis mais altos da atmosfera. As precipitações persistem em forma de pancadas isoladas e sem grande intensidade.

 

O tempo, aliás, começa a abrir em áreas do sul gaúcho devido ao avanço de mais uma massa de ar seco, que acaba inibindo a formação de nuvens carregadas. As temperaturas voltam a cair um pouco no Estado devido a mudança na direção dos ventos.

 

 

 

Confira a previsão do tempo em algumas cidades:

Capital: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 27°C

Pelotas: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 27°C

Caxias do Sul: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 26°C

Santa Maria: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 15°C e máxima de 26°C

Santa Rosa: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 14°C e máxima de 30°C

Erechim: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 14°C e máxima de 28°C

Uruguaiana: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 26°C

Torres: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 19°C e máxima de 25°C

Rio Grande: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 17°C e máxima de 24°C

Mostardas: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 18°C e máxima de 23°C

Passo Fundo: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 14°C e máxima de 27°C

Bagé: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 13°C e máxima de 23°C

Tramandaí: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 18°C e máxima de 24°C

Xangri-Lá: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 18°C e máxima de 25°C

Capão da Canoa: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 18°C e máxima de 25°C

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

19/09/2018 - Assaltantes rendem funcionários de lancheria em Porto Alegre e levam dinheiro dos caixas

Três assaltantes invadiram, na noite de terça-feira, o McDonald's, da rua 24 de Outubro, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. O grupo rendeu os funcionários da lancheria e roubou R$ 200 que estavam nos caixas e um celular.

 

De acordo com a Brigada Militar, o roubo na rede de fast food ocorreu no momento em que havia a descarga de material da lanchonete de um caminhão. Os empregados ficaram rendidos na cozinha do estabelecimento. Na tentativa de violação do cofre, o alarme foi acionado e os criminosos fugiram em um Renault Sandero, de cor prata.

 

Policiais militares foram mobilizados e realizaram buscas na região. A Polícia Civil vai investigar o caso. Os agentes pretendem colher os depoimentos das vítimas e encontrar eventuais imagens dos ladrões em câmeras de monitoramento.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/09/2018 - RS gasta por mês R$ 229.386,20 para pagar as pensões de sete ex-governadores

Dezoito Estados brasileiros incluem em suas folhas de pagamento pensões vitalícias a ex-governadores. O gasto com esse tipo de benefício chega a quase R$ 25 milhões por ano. Só o Rio Grande do Sul gasta, por mês, R$ 229.386,20 para pagar as pensões de sete ex-governadores. O levantamento foi feito pelo R7 em 25 unidades da federação — Distrito Federal e Amapá não tinham dados disponíveis e também não responderam aos pedidos da reportagem — e identificou que 74 ex-governadores recebem cifras muito acima da média salarial do funcionalismo público dos respectivos Estados.

 

O valor mensal médio da pensão vitalícia é de R$ 24.844,04. A reportagem também fez um cruzamento de dados com órgãos da administração pública (Câmara dos Deputados, Senado Federal, Assembleias Legislativas, prefeituras, ministérios, etc.) e identificou que 38 ex-governadores têm outras fontes de renda pagas pelo poder público. Há situações em que o político possui três pagamentos.

 

Com aposentadoria vitalícia e salário de parlamentar, alguns desses políticos chegam a ganhar até R$ 64 mil por mês. Foram considerados os últimos dados disponíveis no Portal da Transparência de cada Estado ou município, da Câmara dos Deputados, do Senado Federal, da União ou relatórios enviados pelas administrações estaduais.

 

Rio Grande do Sul

 

Dos cofres gaúchos saem R$ 229.386,20 todos os meses para pagar as pensões de sete ex-governadores. Eles recebem em torno de R$ 32,6 mil. Os ex-governadores Alceu Collares (PDT) e Germano Rigotto (MDB) ainda recebem aposentadoria como ex-deputados: R$ 20.884,83 e R$ 11.672,35, respectivamente.

 

Já o ex-governador Pedro Simon (MDB) é aposentado pelo Senado, com vencimentos de R$ 17.556,76. Ao R7, Simon, de 88 anos, afirmou que abriu mão da pensão do governo do Estado enquanto esteve no Senado (1991-2015), optando apenas pelo salário de parlamentar. "De três anos para cá que eu voltei a receber [a pensão]", disse. Também são beneficiados os ex-governadores Antônio Britto Filho, Jair de Oliveira Soares (PP), Olívio Dutra (PT), e Tarso Genro (PT).

 

Antônio Britto Filho exerceu até maio deste ano o cargo de presidente do conselho consultivo de uma associação da indústria farmacêutica. Segundo a entidade, ele se mudou para os Estados Unidos. O governo do Rio Grande do Sul informa que os benefícios antigos continuam a ser pagos. Uma mudança na legislação limita o recebimento nos quatro anos subsequentes ao fim do mandato.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

19/09/2018 - Operação investiga irregularidades em benefícios sociais de obra da Copa

Uma operação da Polícia Civil investiga, nesta quarta-feira, supostos crimes envolvendo a concessão de Bônus Moradia e Aluguel Social a moradores da Vila Tronco, na zona Sul de Porto Alegre, incluídos no plano de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014. Segundo a investigação, o benefício foi concedido pelo Departamento Municipal de Habitação (Demhab) a pessoas que não cumpriam os requisitos necessários.

 

A ação, da Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública e Ordem Tributária, cumpre sete mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Gravataí, na região Metropolitana, e Capão da Canoa, no Litoral Norte. A operação conta com a participação de 40 policiais civis em 12 viaturas policiais.

 

Com as ordens judiciais, a Polícia Civil busca verificar a procedência de denúncias que apontam que uma única pessoa teria sido contemplada com nove bônus moradia, totalizando R$ 706.500. A beneficiada, no entanto, não recebeu este valor. A operação ocorre antes da liberação de novos recursos para a conclusão das obras da Copa, que culminaram com a concessão dos referidos benefícios.

 

A investigação iniciou em março deste ano, após denúncias de inúmeras irregularidades que foram apontadas durante a operação Casa Nostra. Os depoimentos colhidos, na ocasião, apontaram irregularidades no Demhab no setor de crédito imobiliário.

19/09/2018 - Às vésperas de mais um feriado, freeway tem buracos, sujeira e improviso; veja pontos a cuidar

Na antevéspera do 20 de Setembro, GaúchaZH percorreu a freeway (BR-290) de Porto Alegre a Osório para antecipar o que os gaúchos encontrarão na rodovia a caminho do Litoral Norte neste feriadão. Desde o final do contrato com a concessionária Triunfo Concepa, há dois meses e meio, esta é a terceira vez que a reportagem faz o trajeto. Carente de serviços de manutenção da pista, a rodovia que já foi considerada a melhor do país apresenta diferentes estágios de abandono.

 

Pouco antes do último feriadão, de 7 de setembro, sem pedágios e serviços de guincho, resgate, ambulância e socorro mecânico pelo fim do contrato, o descaso já se mostrava evidente. Nesta terça-feira (18), o cenário era mais uma vez ruim: foram contabilizados 143 deformações na pista, entre buracos e desnivelamentos.

 

Os pontos mais críticos, em que desviar o carro é recomendável, são aproximadamente 30. Eles são mais frequentes no início da viagem, nos trechos próximos à Capital. Também chama a atenção a sujeira, como pedaços de borracha de pneu na pista e nos acostamentos e o acúmulo de lixo nos pontos de SOS.

 

As praças de pedágio não estão operando, mas seguem com a iluminação e outros serviços de conservações sendo realizados por uma empresa terceirizada. Porém, as vias de acesso para caminhões nas praças são as mais comprometidas. No primeiro posto, por exemplo, uma cratera pode capturar um motorista distraído. Perto da praça de Santo Antônio da Patrulha, o antigo ponto de resgate está de portas abertas, abandonado.

 

Um ponto de atenção diz respeito aos atendimentos, em que o tom das autoridades é de improviso. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) promete agentes de prontidão para o conserto de pontos da rodovia que possam se deteriorar com o fluxo e apresentar risco de acidente aos motoristas, mas não divulga nenhum detalhe sobre essas equipes. Em caso de acidentes com feridos ou impossibilidade de remoção do veículo, o telefone para atendimento é o 191, da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Porém, em casos de choques sem gravidade, a orientação da PRF é que os motoristas sigam viagem e registrem a ocorrência posteriormente por este site.

 

Sobre os atendimentos médicos, a PRF irá recorrer às prefeituras caso tenham ocorrido em municípios que contem com Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Caso não tenham, os agentes recorrerão a corpos de bombeiros voluntários. No feriadão de Independência, segundo a PRF, ocorreu somente um caso com gravidade, o atropelamento de um ciclista.

 

Para garantir a segurança dos motoristas, a PRF ressalta a importância do respeito à velocidade e alerta que, desde o final do contrato com a Concepa, circular pelo acostamento da freeway está expressamente proibido. No último feriadão, mais de 300 condutores foram autuados por transitarem no acostamento. No domingo de retorno do feriado de Independência, o radar móvel da PRF flagrou mais de cem veículos acima da velocidade permitida na rodovia.

 

Os paradouros Boulevard Freeway permanecem funcionando normalmente. Eles são terceirizados e não têm relação com o término do contrato com a Triunfo Concepa.

 

 

 

Gaúcha / ZH

18/09/2018 - Suspeito de matar companheira em Canela é indiciado por feminicídio e tentativa de homicídio

O suspeito de matar a facadas Stéfane dos Santos Gomes, de 22 anos, foi indiciado pela Polícia Civil de Canela por feminicídio e tentativa de homicídio. De acordo com o delegado Vladimir Medeiros, além de esfaquear a companheira, ele agrediu o primo dela, que sobreviveu.

 

Jéferson Leandro da Silva, de 29 anos, está preso na cidade da Serra do Rio Grande do Sul desde o dia 3 de setembro.

 

O inquérito foi concluído nesta segunda-feira (17). O indiciamento tem qualificadoras por motivo fútil e impossibilidade de defesa da companheira do suspeito e do primo dela, que foram surpreendidos com golpes de faca na madrugada do dia 1º de setembro.

 

O delegado Vladimir acrescenta que o crime foi premeditado. A investigação concluiu que se tratava de violência doméstica, tendo em vista que o autor não aceitava a separação.

 

Na delegacia, quando foi preso, Jéferson permaneceu em silêncio durante o interrogatório, sem dar explicações.

 

 

Fonte: G1/RS

18/09/2018 - Jovem é deixada em hospital com sinais de estupro e homens armados invadem unidade à procura dela em Cuiabá

Uma jovem de 18 anos foi deixada nesse domingo (16) no Hospital Geral, no Centro de Cuiabá, com suspeita de ter sido vítima de estupro durante uma festa, na capital.

 

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, dois homens levaram a vítima até o local e fugiram em seguida. Horas depois homens armados invadiram o hospital à procura da vítima e das roupas que ela usava.

 

A Polícia Civil informou que o caso será investigado pela Delegacia da Mulher, em Cuiabá.

 

Segundo a PM, a jovem foi deixada na unidade às 11h. Os funcionários do hospital ligaram para a polícia e informaram que a vítima teria sido vítima de um estupro. A mãe da jovem estava na unidade quando os policiais chegaram ao local.

 

O médico que atendeu a jovem disse aos policiais que a paciente estava com um intenso sangramento e lesões nas partes íntimas.

 

Enquanto era atendida, a paciente contou aos médicos que estava em uma festa, onde teria usado droga e tomado bebida alcoólica. Ela afirma que se lembra de ter tido uma relação sexual.

 

No entanto, por conta da lesão, os médicos acreditam que ela foi vítima de estupro. A jovem foi sedada e encaminhada ao centro cirúrgico.

 

Invasão

Enquanto registraram um boletim de ocorrência na Polícia Civil, os policiais militares foram chamados novamente pelos funcionários do hospital.

 

Os servidores relataram que três horas depois da entrada da jovem na unidade, homens armados tentaram retirar as roupas que a vítima usava quando deu entrada no atendimento. As vestimentas estavam sujas de sangue.

 

Os funcionários liberaram a entrada dos suspeitos, que diziam estar armados. Os suspeitos ameaçaram os funcionários e procuraram pela vítima e pelas roupas que ela estava quando foi socorrida.

 

Eles não conseguiram encontrar a jovem e fugiram do local em um carro. Os funcionários conseguiram anotar a placa do automóvel e entregaram à PM. O dono do carro seria um morador do Bairro Jardim Leblon. Os suspeitos não foram localizados até a manhã desta segunda-feira (17).

 

 

 

Fonte: G1/RS

18/09/2018 - Jovem é presa suspeita de matar amante do marido na frente dos filhos da vítima, em Aragarças

Uma jovem de 25 anos foi presa, nesta segunda-feira (17), suspeita de matar Larissa Ramos Moura, de 21, na frente dos filhos da vítima, em Aragarças, na região oeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, Danielle Carvalho de Araújo cometeu o crime junto com duas adolescentes, de 14 e 16 anos.

 

“A vítima estaria tendo um caso com o esposo da autora. Dias antes, ele tinha batido na autora e foi preso por violência doméstica. A vítima teria ligado para a autora para caçoar, dizendo que, além de traída, foi agredida. Depois disso, a vítima foi tirar satisfação e ocorreu o crime”, disse ao G1 o delegado Ricardo Galvão.

 

A reportagem tentou contato com a defesa de Danielle, mas as ligações não foram atendidas. Em depoimento, a jovem alegou que foi à casa de Larissa apenas para conversar, mas elas começaram a brigar e, durante a confusão, a adolescente de 14 anos atirou contra a vítima.

 

As estudantes respondem ao processo em liberdade. De acordo com o delegado, ambas afirmaram que foi a estudante mais nova quem levou a arma e atirou. Entretanto, o delegado não acredita na versão do trio.

 

“Acreditamos que Danielle foi lá com a intenção de matar e, no momento da discussão, pegou a arma e efetuou os disparos”, disse Galvão.

 

Morta na frente dos filhos

O crime aconteceu por volta das 20 horas do dia 17 de julho de 2018, na casa da vítima. Três tiros atingiram Larissa. Em seguida, as autoras fugiram.

 

Galvão contou que os dois filhos de Larissa, uma menina de 2 anos e um menino de 4 anos, presenciaram a morte da mãe.

 

“Os disparos foram na frente das crianças. Inclusive, o menino de 4 anos correu para a rua gritando que a mãe tinha sido baleada. Ele dizia: ‘Mataram minha mãe’”, contou o delegado.

 

De acordo com o investigador, as pessoas que estavam nas proximidades correram para a casa da vítima e a encontraram morta. Em seguida, chamaram a Polícia Militar.

 

A Polícia Civil tem 30 dias para concluir o inquérito. O delegado afirmou que deve indiciar Danielle por homicídio e as adolescentes por ato infracional análogo ao crime.

 

 

 

 

Fonte: G1/RS

18/09/2018 - Funcionário é condenado a indenizar familiares após fazer selfie ao lado de cadáver em Venâncio Aires

Familiares vão receber R$ 48 mil de indenização por foto tirada ao lado de cadáver, no momento da preparação do corpo para o velório, por um funcionário de funerária de Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo. A funerária e o autor da selfie terão que pagar R$ 12 mil por danos morais a cada um dos quatro filhos da mulher que faleceu, totalizando R$ 48 mil.

 

A imagem, que mostrava o corpo da mulher nu sobre uma mesa, foi compartilhada em um grupo de aplicativo de mensagens acompanhada da seguinte frase: "Se o trabalho de vocês está ruim, imagina o meu aqui".

 

Enquanto participavam dos atos fúnebres, os filhos foram avisados por pessoas próximas sobre a circulação da foto. Revoltados com a situação, eles decidiram entrar com uma ação judicial, alegando que o funcionário em nenhum momento preocupou-se em manter sigilo de sua profissão. Além disso, a funerária não teria assegurado a vigilância e fiscalização devidas. Os autores ressaltaram ainda que a publicação teve forte repercussão na comunidade de Venâncio Aires.

 

 

 

Fonte: G1/RS

18/09/2018 - Maioria do RS terá sol entre nuvens nesta terça-feira

O sol aparece com nuvens na maioria das regiões gaúchas no decorrer desta terça-feira, mas ocorrem períodos de maior nebulosidade em que o céu fica nublado ou encoberto, de acordo com a MetSul Meteorologia. Há possibilidade de garoa ou chuva leve em diferentes pontos, especialmente do Centro para o Leste do Estado. Algumas áreas devem ter neblina ou nevoeiro no começo da manhã na Metade Oeste.

 

A temperatura não muda muito e se eleva um pouco em relação a segunda, mas segue em patamares agradáveis para a época do ano. Nos próximos dias se espera o ingresso de ar mais quente no Estado com muito calor no fim de semana. Porto Alegre terá uma jornada de sol e chuva, com as marcas variando entre 16°C e 23°C.

 

Mínimas e máximas pelo RS

 

Porto Alegre 16°C|23°C

 

Caxias do Sul 11°C | 22°C

 

Santa Rosa 12°C | 26°C

 

Passo Fundo 13°C| 23°C

 

Santa Cruz do Sul 16°C | 23°C

 

Santa Maria 15°C | 23°C

 

Santiago 13°C | 23°C

 

Uruguaiana 13°C | 25°C

 

Santana do Livramento 14°C | 24°C

 

Rio Grande 15°C | 22°C

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

18/09/2018 - Megaoperação busca recuperar R$ 284 milhões de ICMS no RS

A Receita Estadual desencadeou, nesta terça-feira, uma megaoperação para tentar recuperar R$ 284 milhões de ICMS no Rio Grande do Sul. A ação ocorre simultaneamente em Porto Alegre e outras 35 cidades do Estado e tem como alvo 78 empresas que não pagam o imposto de maneira reiterada.

 

Denominada de Operação Concorrência Leal, esta é a terceira ofensiva de cobrança sobre devedores realizada pela Receita Estadual nos últimos anos. São empresas que declaram o ICMS mas não pagam. A megaoperação abrange diversos setores econômicos, entre eles o ramo atacadista de cereais, de defensivos agrícolas, de instrumentos hospitalares e de produtos siderúrgicos.

 

Também são alvos fábricas de bebidas e de estruturas metálicas, bem como indústria de alimentos, de bebidas, de carnes, de embalagens, de equipamentos, de erva mate, de ferramentas, de luminárias, de máquinas, de equipamentos, de massas, de metalúrgica, de panificação, de plásticos e de produtos químicos. A ação mobiliza uma equipe de 70 auditores-fiscais, oito técnicos tributários e conta com o apoio da Brigada Militar.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

18/09/2018 - Marca de chocolate de Gramado abrirá 13 franquias pelo país e projeta 400 novos empregos

Fabricante de chocolate de Gramado, a Lugano definiu os próximos locais onde serão abertas franquias. São treze lojas em doze municípios do país, conforme a empresa antecipa abaixo para a coluna Acerto de Contas. A expectativa é gerar 250 empregos diretos e mais 150 de forma indireta.

 

Municípios onde serão abertas as próximas franquias:

- Porto Alegre (RS)

- Osório (RS)

- Holambra (SP)

- Curitiba (PR)

- Guarapuava (PR)

- Goiânia (GO)

- Brasília (DF)

- Campo Grande (MS)

- Sorriso (MT)

- Cuiabá (MT) - Duas lojas.

- Salvador (BA)

- Campos dos Goytacazes (RJ).

 

No início de março, a coluna entrevistou o sócio da Lugano Anderson Suriz sobre o pontapé na expansão da empresa por franquias. A previsão para 2018 era atingir 72 unidades. Este número de pontos de venda não deve ser alcançado ainda neste ano, mas o executivo salienta que a meta de vendas de chocolate está mantida.

 

- Este ano, possivelmente não alcancemos o número de franquias projetado inicialmente em função dos pontos comerciais. Também alguns franqueados já compraram mais do que uma franquia e pretendem abrir a primeira neste ano e a outra, no próximo. Mas a quantidade de vendas, possivelmente vamos alcançar pelo ritmo que estamos vendo - acrescenta Suriz.

 

A nova previsão é vender mais 50 unidades e inaugurar 30 lojas ainda este ano. Em seis meses, os investidores aplicariam R$ 12,5 milhões.

 

O investimento inicial para abrir uma franquia da Lugano é estimado em R$ 250 mil. Segundo a marca, a rentabilidade é superior a 20% ao mês. O alvo são cidades com mais de 30 mil habitantes e polos turísticos.

 

Mais cacau, mais saúde

Acompanhando a mudança de comportamento no consumidor, a Lugano também aposta na linha saudável. São produtos com maior quantidade de cacau na composição do chocolate, também conhecido por alimento dos deuses.

 

— Vemos por aí chocolates que são quase uma bola de açúcar. Sem cacau praticamente. Nosso cacau vem do Pará — conta o sócio Anderson Suriz.

 

A gordura usada pela Lugano é manteiga de cacau. Ou seja, sem gorduras chamadas de vegetal ou hidrogenada, consideradas por nutricionistas como as vilãs do chocolate. A empresa é uma das cinco fábricas de chocolate de Gramado que já estão aptas a usar o selo de qualidade.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

18/09/2018 - "Vai Malandra": operação prende duas mulheres líderes do tráfico na Região Metropolitana

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (18) a Operação Vai Malandra para combater o tráfico de drogas em Sapucaia do Sul. A ação recebeu este nome porque uma das seis pessoas presas é uma mulher que liderava a venda de entorpecentes na região e o toque de celular da investigada era justamente a música da cantora Anitta. Foram cumpridos hoje dez mandados de busca e de prisão no município, em Porto Alegre, e na Penitenciária Estadual do Jacuí, em Charqueadas.

 

Dos seis presos, duas são mulheres. Também foram apreendidos celulares, porções de maconha, cocaína, balanças de precisão e anotações de contabilidade feitas por traficantes. O delegado Fernando Siqueira, responsável pela investigação, diz que a apuração iniciou após denúncias anônimas sobre duas mulheres responsáveis diretamente pela venda de drogas em Sapucaia do Sul.

 

- Após as denúncias e a instauração de um inquérito, foi verificado que as duas mulheres estariam comercializando entorpecentes na cidade, bem como foram identificados outros indivíduos suspeitos de serem fornecedores e comerciantes das drogas - diz Serqueira.

 

Segundo a polícia, a Justiça autorizou seis mandados de prisão e quatro de busca. Todas as ordens judiciais foram cumpridas. Além das prisões preventivas, cinco dos seis presos também foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Um dos investigados, suspeito de ser o principal fornecedor de drogas para o grupo, foi preso no bairro Cascata, em Porto Alegre. Por enquanto, a Polícia Civil informou que não vai divulgar os nomes dos presos, pelo menos até a conclusão do inquérito. A previsão é de que os suspeitos sejam indiciados em até dez dias.

 

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (18) a Operação Vai Malandra para combater o tráfico de drogas em Sapucaia do Sul. A ação recebeu este nome porque uma das seis pessoas presas é uma mulher que liderava a venda de entorpecentes na região e o toque de celular da investigada era justamente a música da cantora Anitta. Foram cumpridos hoje dez mandados de busca e de prisão no município, em Porto Alegre, e na Penitenciária Estadual do Jacuí, em Charqueadas.

 

Dos seis presos, duas são mulheres. Também foram apreendidos celulares, porções de maconha, cocaína, balanças de precisão e anotações de contabilidade feitas por traficantes. O delegado Fernando Siqueira, responsável pela investigação, diz que a apuração iniciou após denúncias anônimas sobre duas mulheres responsáveis diretamente pela venda de drogas em Sapucaia do Sul.

 

- Após as denúncias e a instauração de um inquérito, foi verificado que as duas mulheres estariam comercializando entorpecentes na cidade, bem como foram identificados outros indivíduos suspeitos de serem fornecedores e comerciantes das drogas - diz Serqueira.

 

Segundo a polícia, a Justiça autorizou seis mandados de prisão e quatro de busca. Todas as ordens judiciais foram cumpridas. Além das prisões preventivas, cinco dos seis presos também foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Um dos investigados, suspeito de ser o principal fornecedor de drogas para o grupo, foi preso no bairro Cascata, em Porto Alegre. Por enquanto, a Polícia Civil informou que não vai divulgar os nomes dos presos, pelo menos até a conclusão do inquérito. A previsão é de que os suspeitos sejam indiciados em até dez dias.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/09/2018 - Operação policial combate crimes cibernéticos em seis estados

A Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpre hoje (17) 45 mandados de prisão contra acusados de integrar uma quadrilha nacional especializada em crimes cibernéticos e lavagem de dinheiro. Os mandados estão sendo cumpridos em seis estados: São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina e Bahia, além do Rio de Janeiro.

 

Os investigados foram denunciados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Rio de Janeiro, pela prática de crimes patrimoniais, com subtração de valores das contas bancárias por meio de transações fraudulentas, além de lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 

Ao todo, 237 pessoas estão envolvidas no esquema fraudulento. Esta é a segunda etapa da Operação Open Doors, cuja primeira fase foi desencadeada em agosto de 2017.

 

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

 

 

17/09/2018 - Menores pegos com drogas em Arroio do Meio são liberados após o registro policial

Dois menores foram pegos com drogas por volta das 17h50 deste domingo (16), em Arroio do Meio.

 

Na esquina do Fórum, indo para área de lazer, a Brigada Militar abordou dois jovens em atitude suspeita. Após abordados, revistados e identificados, foram encontradas com eles 16 buchas de cocaína e dez pedras de crack.

 

Os adolescentes infratores foram apresentados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado para o registro e na sequência foram liberados aos seus responsáveis

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

17/09/2018 - Identificado cadáver encontrado no final de agosto no arroio Estrela

A Polícia Civil recebeu na sexta-feira (14) a identificação do corpo que foi encontrado no arroio Estrela, no Centro de Estrela, no início da noite do dia 28 de agosto. Trata-se de Getúlio Brust (72).

 

Na ocasião da localização, o Corpo de Bombeiros foi acionado sobre o cadáver encontrado boiando, nos fundos do Jeep Clube. O corpo, em estado avançado de decomposição, estava com um peso de academia enrolado nas pernas, sendo que o rosto estava coberto por um saco plástico.

 

De acordo com o delegado José Romaci Reis, a principal linha de investigação é para um caso de homicídio. O cadáver foi removido e levado para necropsia no DML de Lajeado. Material genético foi colhido para ser analisado, tendo apontado a identificação.

 

Brust era morador do bairro Americano, em Lajeado. O registro do seu desaparecimento foi feito na última quinta-feira (13), na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), por familiares, que moram em outra cidade e não conseguiam mais contato com o idoso. Ao chegar na casa da vítima, em Lajeado, os parentes depararam com a residência aberta. A mobília estava toda em ordem. Haviam correspondências na caixa de correio e vários folders, já desbotados pela ação do sol, na grade da residência, demonstrando que o homem já estava ausente há vários dias. O desaparecido possuía cinco carros, sendo que quatro estavam na garagem da casa e outro na garagem de um apartamento que o idoso possuia, vazio, no bairro Florestal.

 

Conforme Reis, o homem não possui nenhum registro policial e ainda não há qualquer indício sobre a provável execução. O delegado informa que serão ouvidos familiares, amigos e demais pessoas que conheciam a vítima.

 

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

17/09/2018 - Operação mira grupo especializado em roubo de veículos na região Metropolitana

A Polícia Civil desencadeou, nesta segunda-feira, a Operação Milhão em combate a uma organização criminosa especializada no roubo de veículos. O grupo, instalado em Canoas, atua em toda a região Metropolitana de Porto Alegre, efetuando furtos, clonagem e revenda dos carros. Até o momento, 14 pessoas foram presas.

 

Estão sendo cumpridos 15 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão em residências de Canoas, Porto Alegre, Osório, no Litoral Norte, e em Pelotas, na zona Sul. Além disso, agentes estão vistoriando a Penitenciária Estadual do Jacuí, em Charqueadas, a Penitenciária Modulada Estadual de Osório e a Cadeia Pública de Porto Alegre.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/09/2018 - Brasileiro morre ao ser atacado por tubarão nos Estados Unidos

O brasileiro Arthur Medici, de 26 anos, morreu depois de ser atacado, no sábado, por um tubarão na baía de Cape Cod, no parque nacional Newcomb Hollow Beaching, em Massachusetts, nos Estados Unidos. A praia onde estava Medici foi interditada e proibida a banhistas. O ataque é investigado pela polícia local.

 

A informação foi veiculada pela imprensa norte-americana. Medici, que era de Vila Velha, no Espírito Santo, morava nos Estados Unidos e  trabalhava no restaurante The Capital Grille. No Facebook, vários parentes e amigos lamentam a morte do jovem. No perfil do brasileiro está escrito "em memória".

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/09/2018 - Atividade econômica cresce 0,57% em julho

 

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve alta de 0,57% em julho ante junho, na série com ajuste sazonal, informou nesta segunda-feira a instituição. A elevação ocorre depois de avanço de 3,42% em junho (dado já revisado), em movimento de recuperação após a greve dos caminhoneiros. O índice de atividade calculado pelo BC passou de 138,17 pontos para 138,96 pontos na série dessazonalizada de junho para julho. Este é o maior patamar para o IBC-Br com ajuste desde outubro de 2015 (139,05 pontos).

 

A atividade em maio havia sido prejudicada pela paralisação dos caminhoneiros em todo o Brasil, verificada nas últimas semanas do mês. Em junho, o movimento arrefeceu e a atividade voltou a acelerar. Agora, em julho, mais uma vez, o indicador apresentou alta, embora em ritmo menor que o do mês anterior. O aumento do IBC-Br ficou acima do intervalo projetado pelos analistas do mercado financeiro consultados pelo Broadcast Projeções, que esperavam resultado entre queda de 0,67% e avanço de 0,50% (mediana positiva de 0,10%).

 

Na comparação entre os meses de julho de 2018 e julho de 2017, houve alta de 2,56% na série sem ajustes sazonais. Esta série encerrou com o IBC-Br em 142,19 pontos em julho, ante 138,64 pontos de julho do ano passado. O indicador de julho de 2018 ante o mesmo mês de 2017 veio dentro do intervalo das projeções, mas mostrou desempenho acima do apontado pela mediana (1,75%) de analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Broadcast Projeções (0,80% a 2,90% de intervalo). O patamar de 142,19 pontos é o melhor para meses de julho desde 2015 (143,63 pontos). Conhecido como uma espécie de "prévia do BC para o PIB", o IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. A previsão atual do BC para a atividade doméstica em 2018 é de avanço de 1,6%.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

17/09/2018 - Semana inicia com tempo instável e temperaturas amenas no RS

A semana começa com tempo instável no Rio Grande do Sul devido à influência de sistemas de baixa pressão. Com isso, o dia fica fechado, com chuvas e trovoadas no norte e centro-oeste do Estado. No Sul e no Litoral, a chuva é mais fraca, porém deve ocorrer a qualquer hora do dia, alternando com períodos de tempo nublado.

                                                      

As temperaturas ficam baixas pela manhã e não devem subir muito à tarde por causa da grande cobertura de nuvens. As máximas no RS devem ficar em torno dos 20°C.

 

Na terça-feira (18), o tempo abre e o Sol predomina em grande parte do Estado, exceto no leste — área que inclui Litoral, Serra, Capital e Região Metropolitana —, onde há condição de chuva fraca e isolada. De acordo com a Somar Meteorologia, nessas regiões as temperaturas não sobem muito. No restante do RS, os termômetros alcançam valores mais elevados, principalmente no Oeste.

 

Previsão do tempo para segunda-feira (17):

Porto Alegre: Nebulosidade durante a manhã e chuva com ventos moderados durante a tarde. Mínima de 16ºC e máxima de 18ºC

São Borja: chuvas no início da manhã, sem grandes acumulados. Mínima de 12ºC e máxima de 23ºC

Santa Rosa: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 11ºC e máxima de 22ºC

Passo Fundo: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 12°C e máxima de 20ºC

Erechim: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 12°C e máxima de 20ºC

Santa Maria: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 12°C e máxima de 20ºC

Caxias do Sul: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 12°C e máxima de 15ºC

São José dos Ausentes: Chuva a qualquer hora do dia. Mínima de 7°C e máxima de 12ºC

Uruguaiana: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 12°C e máxima de 21ºC

Bagé: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 12°C e máxima de 19ºC

Pelotas: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 19ºC

Rio Grande: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 18ºC

Tramandaí: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 18ºC

Xangri-Lá: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 15°C e máxima de 18ºC

Torres: Tempo instável, com chuvas isoladas. Mínima de 16°C e máxima de 19ºC

Capão da Canoa: Pancadas de chuva e trovoadas. Mínima de 14°C e máxima de 18ºC

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/09/2018 - Receita paga nesta segunda quarto lote de restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal libera nesta segunda-feira (17) o crédito bancário relativo ao quarto lote de restituição do Imposto Renda Pessoa Física 2018. Serão pagas também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. O crédito bancário para 199.461 contribuintes do Rio Grande do Sul totaliza R$ 206,09 milhões.  

 

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na internet ou ligar para o Receitafone, número 146.

 

A Receita oferece ainda aplicativos para tablets e smartphones para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com ele, é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

 

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

 

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contactar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/09/2018 - Metade dos municípios do RS não consegue se manter com recursos próprios

A incapacidade de gerar receitas suficientes para custear a estrutura da máquina pública atinge mais da metade dos 497 municípios gaúchos. São pelo menos 56,7% das administrações que não conseguem levantar recursos próprios sequer para bancar os gastos de manutenção das prefeituras, que incluem pagamento de salários de funções administrativas e legislativas, como prefeitos, secretários e vereadores.

 

O dado faz parte de estudo da Federação das Indústrias do Rio (Firjan), que realizou a pesquisa na esteira da polêmica envolvendo um projeto de lei que autoriza a criação de municípios no país. A proposta estabelece critério populacional, adaptado por região, para novos municípios: 6 mil habitantes nas regiões Norte e Centro-Oeste, 12 mil na região Nordeste e 20 mil nas regiões Sul e Sudeste.

 

Com base nesse modelo e usando relatórios das prefeituras entregues à Secretaria do Tesouro Nacional, a Firjan analisou todas as localidades que não se encaixam no piso populacional de sua região.

 

Pelo estudo, 3.056 municípios existentes hoje não teriam a população mínima estabelecida no projeto de lei. Desse grupo, 1.872 não geram receita suficiente para cobrir as despesas de manutenção da máquina pública. Essa fatia representa um terço do total de municípios brasileiros (5.570).

 

Todos os 282 municípios do Rio Grande do Sul avaliados pelo levantamento têm população inferior aos 20 mil habitantes exigidos para criação de um município na Região Sul, e dependem, sobretudo, de transferências do Estado e da União para custear suas despesas.

 

– Como o estudo avalia as cidades que não se encaixam ao piso populacional, o número de municípios sem capacidade de geração própria poderia ser ainda maior – afirma Nayara Freire, analista de estudos econômicos da Firjan.

 

Dirigente da Famurs vê mais desenvolvimento

Nayara diz que a arrecadação própria dos municípios é formada por tributos como o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o Imposto Sobre Serviços (ISS). Como os locais citados no levantamento são pequenos e, em geral, têm economia com menor capacidade de atrair negócios, a receita proveniente dos tributos locais é reduzida em relação a localidades maiores. Assim, as prefeituras tornam-se mais dependentes de transferências como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), repassado pela União.

 

– Os municípios existem, mas não conseguem sustentar, com receita própria, a estrutura das prefeituras. Necessitam de transferências para funcionar – ressalta a analista.

 

Dos 282 municípios gaúchos citados no estudo, 164 (58,2%) têm até 30 anos de fundação. O dado reflete a busca pela criação de novas cidades no Estado a partir da Constituição de 1988, que alterou regras dos processos de emancipação. Desses 164 municípios, 123 nasceram no intervalo entre 1992 e 1998.

 

Novo projeto tramita no Congresso para a criação de municípios. O texto não é o primeiro sobre o assunto. Outros dois (de 2008 e de 2014) já foram vetados. A Firjan tem posicionamento contrário à proposta.

 

– A solução de dificuldades que existem não passa pela criação de mais municípios. As prefeituras ficarão muito engessadas para suprir suas estruturas. Serão dependentes de transferências para contemplar ações sociais – diz Nayara.

 

Antonio Cettolin, presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), avalia que as pequenas cidades cumprem “função social importante”, apesar da menor capacidade de arrecadação:

 

– Muitos distritos aqui no Estado não conseguiam atender a população de maneira adequada. Quando viraram municípios, houve maior desenvolvimento.

 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

17/09/2018 - Motoristas sofrem tentativa de assalto durante congestionamento na freeway

Motoristas que estavam parados em congestionamento na freeway, no acesso à região do aeroporto Salgado Filho, na zona norte de Porto Alegre, foram alvos de tentativas de assalto na manhã desta segunda-feira (17). Os casos ocorreram no trecho antes da alça da BR-116, no km 92 da rodovia.

 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dois indivíduos armados abordavam veículos que tentavam acessar à Capital. Marialva Garcia, 49 anos, quase foi uma das vítimas.

 

A condutora conta que os dois carros que estavam na sua frente foram abordados pelos criminosos. Quando percebeu a ação, resolveu voltar de ré, para sair do local.

 

— Dois caras pularam a mureta armados e pegaram o primeiro e o segundo carro que estavam na minha frente. Aí eu comecei a dar ré e “empurrar” os outros carros que estavam atrás de mim. Comecei a gritar “assalto, assalto, assalto”. Teve gente que até entrou na contramão, em um retorno que tem ali, para fugir do local — disse.

 

Ao perceber a movimentação dos motoristas e a chegada de uma viatura da PRF, os homens pularam o guard rail da freeway e entraram em uma comunidade que fica às margens da rodovia e da Avenida Ernesto Neugebauer.

 

Buscas foram feitas na região, mas, até o momento, ninguém foi preso. Não há informações de possíveis pertences que tenham sido roubados pela dupla.

 

Motoristas que foram vítimas e possuem informações sobre os criminosos podem entrar em contato com a PRF pelo telefone 191.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

13/09/2018 - Sobe para 11 o número de mortos em atropelamento na China

Uma caminhonete atropelou deliberadamente na quarta-feira à noite uma multidão na cidade de Hengdong, no centro da China, deixando onze mortos e 44 feridos, segundo novo balanço fornecido pelas autoridades locais. O incidente ocorreu às 19h35min local (08h35min Brasília), na praça central da cidade da província de Hunan. A polícia deteve o motorista da caminhonete, que segundo o jornal Pequim News foi identificado como Yang Zanyun, nascido em Hengdong em 1964 e detido em várias ocasiões por roubo, uso de drogas e agressões.

 

Trata-se de um reincidente, indicou a polícia local em um comunicado nesta quinta-feira. "Ele lançou o veículo contra a multidão na noite passada. Carregava pás e facas para atacar as pessoas, com a intenção de causar sérios danos". Em algumas imagens que circulavam nesta quinta-feira nas redes sociais podia se ver a caminhonete com o pára-choque destruído. Os vídeos do crime foram rapidamente censurados.

 

Dois turistas morreram em 2013 em um atentado com carro-bomba em Pequim, sob o famoso retrato de Mao na Praça Tiananmen. A ação foi atribuída pelas autoridades aos separatistas uigures, um grupo étnico muçulmano da região de Xinjiang (noroeste). As três pessoas que estavam no veículo perderam a vida.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/09/2018 - Furacão Florence é rebaixado para categoria 2, mas ainda pode provocar inundações

Autoridades dos Estados Unidos advertiram nesta quarta-feira sobre as graves chuvas, ventos e inundações que podem ser provocados pelo furacão Florence, que ameaça atingir a costa atlântica nas próximas 48 horas. Florence foi rebaixado para categoria 2 na escala de Saffir-Simpson, que vai de 1 a 5, mais ainda está previsto que será "muito perigoso" quando se aproximar da costa na quinta e na sexta-feira. Segundo o último boletim do Centro Nacional de Furacões (NHC), às 03h00min GMT (00h00min de Brasília) "Florence é agora um furacão de categoria 2", com ventos firmes de 175 km/h.

 

Florence avança sobre o oceano Atlântico e seguindo sua trajetória tocará a terra nos estados de Carolina do Sul, Carolina do Norte e Virgínia. O furacão está a 455 km de Wilmington e se desloca a 28 km/h em direção ao continente. As ordens de evacuação atingem 1,7 milhão de pessoas nesses três estados, que já declararam o estado de emergência, assim como Maryland e o distrito federal, Washington DC, mais ao norte.

 

• Brasileiros nos EUA se preparam para chegada do furacão Florence

 

"É imperativo que todos sigam as ordens locais de evacuação", disse o presidente Donald Trump, que publicou mais cedo no Twitter um vídeo em que pede para as pessoas "não brincarem" com este furacão. "Esta tempestade é extremamente perigosa. Cuidem-se!" - acrescentou, após assegurar que o governo federal está "pronto" para atender a emergência, rejeitando as críticas por sua resposta no ano passado ao furacão Maria, que deixou 3 mil mortos. "Proteger a vida é a prioridade absoluta", acrescentou Trump da Casa Branca.

 

"Flo, você não é bem-vinda"

 

Em Wilmington, um balneário da Carolina do Norte de 300 mil habitantes, Alondra Espinoza se preparava para partir. "Vamos embora nas próximas horas, está tudo pronto", disse à AFP. "Tenho dois filhos e quero levá-los o mais longe possível daqui e dos perigos do furacão". Óscar Pérez, um jardineiro que origem mexicana que mora nos Estados Unidos há 12 anos, coincidiu: "Não há outra alternativa além de ir embora". "Vamos pegar um pouco de comida para sobreviver alguns dias com as crianças e não sabemos o que esperar, temos que acreditar na sorte, o mais importante é se manter vivo. O material é secundário", disse.

 

As ruas estavam desertas nesta cidade de pouco mais de 100 mil habitantes, com lojas e casas seladas com tábuas de madeira, supermercados vazios e postos de gasolina desabastecidos. "Muita gente já foi embora. Os meios de comunicação às vezes tendem a tornar as coisas maiores do que realmente são", disse Mary Glover, ao estacionar seu 4x4 para tirar uma foto das mensagens penduradas ao seu redor. "Wilmington está blindado", "Flo, você não é bem-vinda aqui", se lia em frente ao bar Tavern Law.

 

"Um direto de Mike Tyson"

 

Jeff Byard, da Agência Federal para o Manejo de Emergências (Fema), advertiu sobre cortes de energia, fechamentos de estradas, danos à infraestrutura e possíveis perdas de vidas, enfatizando a necessidade de abandonar a região.

 

Florence vai ser "como um direto de Mike Tyson na costa das Carolinas", disse. Mas nem todos estão dispostos a ir embora. Sentado em um banco, Ken Price desfrutava a calmaria antes da tempestade.

 

"Durante o último furacão, uma árvore caiu sobre a casa de nossos vizinhos, de modo que decidimos descer os colchões para o térreo como medida de precaução, estocamos água e separamos os jogos de tabuleiro para entreter as crianças, agora só temos que esperar", disse. Segundo os prognósticos, Florence provocará graves inundações repentinas, descarregando até quase um metro de chuvas em algumas áreas. Também estão previstas ondas de até 3,9 metros em alguns lugares.

 

Florence está acompanhada de duas tempestades: o furacão Helene e a tempestade tropical Isaac. O NHC (National Hurricane Center) disse que Helene estava perdendo força e que não representava nenhum perigo para a população. Já Isaac poderia levar fortes chuvas a Martinica, Dominica e Guadalupe.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/09/2018 - Organização que comanda tráfico de drogas de dentro de presídios do RS é alvo de operação

Uma operação da Polícia Civil foi desencadeada nessa quinta-feira, na Fronteira Noroeste do Estado, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que comanda o tráfico de drogas na região. A quadrilha é liderada por detentos de, pelo menos, quatro presídios.

 

Com apoio da Brigada Militar e da Superintendência dos Serviços Penitenciários, estão sendo cumpridos 40 mandados de prisão e de busca e apreensão em Bom Progresso, Campo Novo, Montenegro, Santa Maria, Sede Nova e Três Passos. Até as 8h, 14 pessoas foram presas.

 

Entre os presídios alvos de mandado de busca e prisão da Operação Cabresto estão os de Três Passos, Montenegro, Santa Maria e Sobradinho. A operação ainda está em andamento.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/09/2018 - Trabalhadores nascidos em setembro já podem sacar abono salarial 2017

Trabalhadores da iniciativa privada nascidos em setembro e funcionários públicos com inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) final 2 já podem sacar o abono salarial referente a 2017. O recurso do Programa de Integração Social (PIS) e do Pasep está disponível a partir desta quinta-feira até o dia 28 de junho do próximo ano.

 

• Quase 12 milhões de brasileiros ainda não sacaram cotas do PIS

 

O pagamento do abono do PIS/Pasep ano-base 2017 começou no dia 26 de julho e a liberação do dinheiro para os trabalhadores é feita de acordo com o mês de nascimento ou o número final da inscrição, a depender do programa.

 

Conforme o calendário de pagamento, inscritos no Programa de Integração Social (PIS) e nascidos de julho a dezembro, recebem o benefício ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho, terão o recurso disponível para saque no ano que vem. No caso do Pasep, servidores com inscrição final 0 a 4 recebem os recursos este ano; de 5 a 9 apenas ano que vem.

 

A partir da liberação, o dinheiro ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento.

 

Telefones úteis ao trabalhador

 

Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao PIS, sacam o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal. Para saber se tem algo a receber, a consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou no telefone 0800-726-0207. Para os funcionários públicos vinculados ao Pasep, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet e pelo telefone 0800-729-0001.

 

O valor que cada trabalhador tem para sacar é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2017. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 80.

 

Além do tempo de serviço, para ter direito ao abono, o trabalhador já deveria estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 

O abono salarial do PIS/Pasep é um benefício pago anualmente com recursos provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), abastecido por depósito feitos pelos empregadores.

 

Além do abono salarial, o FAT custeia o programa Seguro-Desemprego e financia programas de desenvolvimento econômico. Os recursos do abono que não são sacados pelos trabalhadores no calendário estabelecido todos os anos retornam para o FAT, para serem usados nos demais programas.

 

• Governo autoriza outros bancos a fazer depósitos do PIS/Pasep

 

Abono ano base 2016

 

Também está aberto, desde 26 de julho, o novo período para o pagamento do abono salarial ano-base 2016. Quase 2 milhões de trabalhadores não retiraram os recursos no prazo, até 29 de junho deste ano, por isso foi aberto um novo período. O valor chega a R$ 1,4 bilhão e ficará disponível para os trabalhadores que ainda não realizaram o saque até 28 de dezembro.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

13/09/2018 - Bolsonaro se recupera bem de nova cirurgia, mas permanece na UTI

Um novo boletim médico divulgado na manhã desta quinta-feira (13) pelo Hospital Albert Einstein informou que o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi readmitido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) durante a madrugada, após passar por um novo procedimento cirúrgico. Na quarta-feira (12), Bolsonaro apresentou uma distensão abdominal progressiva, sugerindo que ele estava com uma obstrução intestinal.

 

Este diagnóstico foi confirmado por tomografia computadorizada realizada durante à tarde e levou a equipe médica a optar por realizar uma cirurgia de urgência onde foram desfeitas as aderências do intestino e liberado o ponto de obstrução.

 

"Além disso, constatou-se um extravasamento de secreção entérica (secreção intestinal) a montante do ponto de obstrução em uma das suturas realizadas anteriormente para correção dos ferimentos intestinais.Em grandes traumas abdominais esta complicação é mais frequente do que em cirurgias programadas", diz o boletim.

 

Ainda de acordo com o hospital, o candidato pelo PSL evoluiu bem após a cirurgia, sem intercorrências e encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva. Jair Bolsonaro levou uma facada na quinta-feira da semana passada (6) durante evento de campanha em Juiz de Fora (MG). O político está internado hospital Albert Einstein desde a última sexta-feira (7).

 

Veja o boletim na íntegra:

 

São Paulo, 13 de setembro de 2018 - 09:30

 

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi readmitido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na madrugada de hoje. Durante o dia de ontem o paciente apresentou distensão abdominal progressiva sugerindo o diagnóstico de obstrução intestinal. Este diagnóstico foi confirmado por tomografia computadorizada realizada durante à tarde. Com este diagnóstico, o paciente foi levado para a cirurgia de urgência onde foram desfeitas as aderências do intestino e liberado o ponto de obstrução. Além disso, constatou-se um extravasamento de secreção entérica (secreção intestinal) a montante do ponto de obstrução em uma das suturas realizadas anteriormente para correção dos ferimentos intestinais. Em grandes traumas abdominais esta complicação é mais frequente do que em cirurgias programadas.  A limpeza abdominal foi realizada como feito rotineiramente. O procedimento teve duração de duas horas. O paciente evoluiu bem após a cirurgia, sem intercorrências e encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

13/09/2018 - Duas pessoas ficam feridas após carro derrubar muro da Trensurb na BR-116, em Canoas

A batida de um carro destruiu parte da mureta que separa a BR-116 dos trilhos da Trensurb, no trecho de Canoas, na Região Metropolitana. O acidente ocorreu por volta das 4h desta quinta-feira (13), na altura do bairro Mathias Velho, logo após o entroncamento com a BR-386, no sentido Interior-Capital.

 

Duas pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para atendimento no HPS de Canoas. Não há informações sobre o estado de saúde delas.

 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro bateu no muro e duas placas de concreto foram derrubadas. Parte da mureta acabou invadindo os trilhos do trem e provocou pequenos atrasos nas composições no início da manhã.

 

O choque contra o muro fez com que o motor do carro fosse arremessado para o outro lado da pista da BR-116. A bateria e outras peças do carro também se soltaram e ficaram às margens da rodovia.

 

Fitas foram colocadas provisoriamente no local onde a mureta foi derrubada. Equipe da Trensurb trabalham para instalar uma tela provisória para impedir o acesso aos trilhos.

 

A BR-116 chegou a ficar totalmente bloqueada no final da madrugada para a limpeza da pista, mas foi liberada por volta das 5h30min. A circulação dos trens no trecho de Canoas também é normal após o acidente.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

13/09/2018 - Três pessoas são assassinadas e três corpos são encontrados nesta quinta-feira em Porto Alegre

Três pessoas foram assassinadas e três corpos foram encontrados entre a madrugada e a manhã desta quinta-feira (13) em Porto Alegre. A primeira ocorrência foi registrada no bairro Farrapos, na Zona Norte, por volta da 0h40min, com a execução de Cláudio Augusto de Azevedo.

 

Segundo a Brigada Militar (BM), ele foi morto na Rua Monsenhor Severino Brun com pelo menos três tiros, enquanto caminhava pela via. Conforme a polícia, três pessoas teriam passado no local em um veículo escuro, efetuando vários disparos contra a vítima.

 

Vinte minutos depois, duas pessoas foram assassinadas e uma ficou ferida em um casebre no bairro Rubem Berta, também na Zona Norte. O crime ocorreu na Avenida Elvio Antônio Filipetto e vitimou um homem e um adolescente de 16 anos – que ainda não foram identificados.

 

Uma jovem de 19 anos, que também estava na residência e seria prima do adolescente, foi baleada no ataque. Ela levou cerca de 10 tiros que, conforme o delegado plantonista João César Nazário, atingiram as pernas, os ombros e, um deles, atravessou a bochecha da vítima. Ela foi socorrida por moradores e encaminhada ao hospital

 

— Tudo indica que as mortes são resultado da disputa envolvendo o tráfico de drogas — afirma o delegado Nazário.

 

Já nesta manhã, no bairro Agronomia, na Zona Leste, dois corpos foram encontrados pela BM após uma denúncia recebida pelo 190. As vítimas estavam na Rua Santa Fé, junto a um matagal onde as pessoas costumam deixar o lixo.

 

Um deles estava enrolado em um cobertor e queimado. Do outro, foram encontradas duas pernas e braços espalhados, além de um saco plástico com outras partes.

 

O caso mais recente foi no bairro Belém Velho, na Zona Sul. Um corpo foi encontrado carbonizado na Estrada do Rincão, por volta das 8h30min. A identidade e o sexo da vítima ainda não foram divulgados.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

13/09/2018 - Brasil tem 1,6 mil casos de sarampo confirmados, a maioria no Amazonas

Foram confirmados, na última segunda-feira, 1.673 casos de sarampo em todo o Brasil e 7.812 estão sendo investigados segundo atualização feita nesta quarta-feira pelo Ministério da Saúde com base nas informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde.

 

Atualmente, o País enfrenta dois surtos de sarampo: no Amazonas são 1.326 casos e 7.738 em investigação; e em Roraima, o estado trabalha com o registro de 301 casos da doença, sendo que 74 continuam em investigação. "Os surtos estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus (D8) que está circulando é o mesmo que circula na Venezuela, país que enfrenta um surto da doença desde 2017.

 

Alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (2), Rio de Janeiro (18); Rio Grande do Sul (18); Rondônia (2), Pernambuco (4) e Pará (2)", diz nota divulgada pela pasta. Até o momento, no Brasil, foram confirmados oito óbitos por sarampo, sendo quatro óbitos em Roraima (três estrangeiros e um brasileiro) e quatro no Amazonas (todos brasileiros, sendo dois do município de Manaus e dois do município de Autazes).

 

Campanha

 

Dados preliminares do sistema de informação do Programa Nacional de Imunização, alimentado pelos estados, indicam que a média nacional de vacinação para sarampo está em 94,7%. Foram aplicadas em todo país mais de 11,2 milhões de doses da vacina.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

12/09/2018 - Motorista de aplicativo é preso por estupro e cárcere privado de adolescente na Região Metropolitana

A 1ª Delegacia da Polícia Civil de Cachoeirinha prendeu no final da noite de terça-feira (11) um motorista de Uber suspeito de estupro e cárcere privado de uma adolescente de 17 anos. O mandado de prisão preventiva foi cumprido no Morro da Cruz, na zona leste de Porto Alegre. Conforme a 1ª DP, o fato ocorreu em julho deste ano, quando Antônio Carlos de Oliveira Rodrigues, 36 anos, foi acionado para uma corrida em Gravataí, em uma boate às margens da RS-020. O delegado Leonel Baldasso diz que confirmou o envolvimento do condutor devido a um rastreador veicular.

 

Segundo a investigação, no dia 8 de julho, amigas da jovem acionaram a Uber para que fossem para casa em Cachoeirinha devido ao estado em que se encontrava por ter ingerido bebida alcoólica em excesso. Por volta das 2h, o motorista chegou ao local indicado e ajudou a colocar a passageira no veículo. Um trajeto que não demoraria mais de 30 minutos, segundo a polícia, levou quase três horas, e a jovem chegou em casa às 5h50min.

 

Ao acordar na manhã daquele dia, a adolescente comunicou à mãe sobre dores no corpo e foi feita ocorrência policial e exames periciais confirmaram a violência sexual. Baldasso passou a investigar o caso e obteve na Justiça a prisão preventiva do motorista.

 

A polícia, por meio de GPS no Sandero, confirmou que Rodrigues não parou na frente da casa da passageira, passando pelo local a 6 km/h e indo para Alvorada. Lá, ficou por duas horas e depois retornou ao endereço da vítima.

 

— Ele é considerado suspeito, mas tem muitos detalhes contra ele e um deles é o fato de a jovem dizer que se lembrava vagamente da cor de um colchão e de que na casa onde esteve tinham dois cachorros. Quando fomos tentar prendê-lo ontem (terça-feira), em um local onde ele vive em Alvorada, confirmamos a cor do colchão e os dois cães, inclusive o tamanho e a cor do pelo deles, conforme a descrição dela — diz Baldasso.

 

Antecedentes criminais

 

O delegado diz que o suspeito tem antecedentes criminais e estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) cassada. Segundo Baldasso, Rodrigues teria falsificado documentos de antecedentes policiais para locar um carro de uma terceira pessoa e para apresentar à empresa de transporte de aplicativo.

 

A polícia aguarda novos exames periciais para ter mais provas sobre o abuso sexual e ainda espera comunicado oficial da Uber. Baldasso disse que Rodrigues responde pelos crimes de estupro, cárcere privado, furto de celular e falsificação de documentos. Ele é apontado também por ter levado o celular da adolescente. Questionado pelos policiais civis, disse que não se lembrava dos fatos e só se manifestará em juízo. Ele foi encaminhado a uma casa prisional da Região Metropolitana.

 

Contraponto

A Uber se manifestou por meio de nota. Confira a íntegra:

 

A Uber lamenta o crime terrível que está sendo investigado. Nenhum comportamento criminoso é tolerado e o motorista foi banido da plataforma assim que a denúncia foi feita. A Uber repudia qualquer tipo de comportamento abusivo contra mulheres e acredita na importância de combater, coibir e denunciar casos de assédio e violência. A empresa vem colaborando e segue à disposição das autoridades no curso da investigação ou de processos judiciais, nos termos da lei. Nenhuma viagem com a plataforma é anônima e todas são registradas por GPS. Isso permite que, em caso de necessidade, nossa equipe especializada possa dar suporte às autoridades, sabendo quem foi o motorista parceiro e o usuário, seus históricos e qual o trajeto realizado.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

12/09/2018 - RS pode ter temporais e vento de até 70 km/h nesta quarta

Após dias de tempo firme, o Rio Grande do Sul deve registrar o retorno da chuva nesta quarta-feira (12). De acordo com a Somar Meteorologia, o dia inicia com Sol na maioria dos municípios, cenário que persiste durante a tarde no Estado.

 

À noite, o tempo muda no Oeste com o avanço de novas áreas de instabilidade que provocam pancadas de chuva. Há potencial para temporais no interior do Estado, com previsão de precipitações fortes acompanhadas por trovoadas e ventos em forma de rajadas de mais de 50 km/h. No litoral, os fortes ventos de até 70 km/h deixam o mar bastante agitado.

 

Chuva se espalha na quinta-feira

 

Na quinta-feira (13), as chuvas se espalham já pela manhã do oeste ao norte do Rio Grande do Sul. Ao longo da tarde, a chuva atinge todo o Estado. Os núcleos mais intensos e volumosos atingem o norte do gaúcho, onde não se descarta a ocorrência de granizo e ventos fortes, com elevado volume de água. Mesmo com a previsão de chuva, as temperaturas seguem elevadas, colaborando para a sensação de abafamento.

Confira a previsão do tempo para algumas cidades:

Capital: tempo firme e ensolarado. Mínima de 14°C e máxima de 24°C

Pelotas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 21°C

Caxias do Sul: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 24°C

Santa Maria: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 13°C e máxima de 28°C

Santa Rosa: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 28°C

Erechim: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 26°C

Uruguaiana: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 12°C e máxima de 28°C

Torres: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 20°C

Tramandaí: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

Capão da Canoa: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

Xangri-Lá: tempo instável, com chuva isolada. Mínima de 16°C e máxima de 21°C

Rio Grande: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 15°C e máxima de 20°C

Mostardas: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 16°C e máxima de 22°C

Passo Fundo: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 14°C e máxima de 26°C

Bagé: tempo aberto e com poucas nuvens. Mínima de 10°C e máxima de 22°C

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

12/09/2018 - Tempo fica mais quente no Rio Grande do Sul nesta quarta

O tempo deve ficar mais quente no Rio Grande do Sul devido a presença do sol nesta quarta-feira. Segundo a MetSul Meteorologia, o aquecimento ocorre durante a tarde em todo Estado e a temperatura aproxima-se dos 30°C no Noroeste. Em Porto Alegre, a previsão é de um dia de sol e nuvens com marcas entre 12°C e 24°C. 

 

O território gaúcho terá mais um dia ventoso, especialmente nas Regiões Leste e Nordeste. Nestes pontos podem ocorrer rajadas moderadas a fortes em alguns momentos.

 

Conforme a MetSul, nesta quarta começa um período de umidade que pode atuar nos próximos dias no Estado. A previsão são de muitas nuvens e pancadas de chuvas seguidas de temporais.

 

Mínima e Máxima

 

Rio Grande 13°C | 20°C

 

Pelotas 12°C | 21°C

 

Bagé 8°C | 23°C

 

Santana do Livramento 9°C | 24°C

 

Passo Fundo 8°C | 25°C

 

Cruz Alta 12°C | 26°C

 

Santa Cruz 11°C | 28°C

 

Santa Rosa 14°C | 30°C

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

12/09/2018 - Cerca de 200 venezuelanos chegam a Canoas nesta quarta-feira

Cerca de 200 venezuelanos devem ser transferidos nesta quarta-feira de Boa Vista (RR) para Canoas, na região Metropolitana. Mais de 1,5 mil imigrantes foram levados a outros Estados desde abril. O Boeing 767 da Força Aérea Brasileira (FAB) deve partir da capital de Roraima por volta das 8h, com previsão de chegada ao aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, às 12h40min. Por se tratar de um processo em que os imigrantes aderem de forma voluntária, os números podem variar até a hora do embarque.

 

Todos os solicitantes de refúgio e de residência que aceitaram participar da interiorização foram vacinados, submetidos a exame de saúde e regularizados no Brasil – inclusive com CPF e carteira de trabalho. A interiorização é uma iniciativa criada para ajudar venezuelanos em situação de extrema vulnerabilidade a encontrar melhores condições de vida.

 

Em setembro, o objetivo do governo é transportar cerca de 400 pessoas por semana. Nos dias 4 e 5, foram levados 408 para Manaus, Cuiabá, São Paulo, Esteio e Brasília (DF). No total, o governo projeta transferir 425 venezuelanos a Canoas e 221 a Esteio – que já recebeu os primeiros 125, na quarta-feira passada. Havia a previsão de chegada de mais 96 imigrantes na próxima quinta, mas um impasse burocrático vai atrasar esse processo.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

12/09/2018 - RS e União devem assinar acordo prévio de adesão ao regime de recuperação fiscal, diz governo

Em mais uma rodada de negociações em Brasília, o governo do Estado e a União decidiram assinar um acordo prévio de adesão do Rio Grande do Sul ao regime de recuperação fiscal. Os detalhes sobre o documento e a data de assinatura ainda não foram divulgados pelo governo.

 

"O Ministério fará o documento, do qual participaremos da elaboração e que será o acordo prévio que estávamos buscando há alguns meses", explicou o vice-governador José Paulo Cairoli, que esteve reunido na terça-feira com o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. "Teremos o tempo necessário, até a assinatura do acordo final, para cumprir todas as exigências previstas", destacou Cairoli.

 

De acordo com o vice, o acordo final, no entanto, deve ser acertado entre os próximos presidente da República e governador do RS – que serão eleitos em outubro. Ele ressaltou que apesar disso “a equipe técnica montada para acompanhar todo o processo em níveis federal e estadual deve ser a mesma no próximo ano”.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

12/09/2018 - Polícia resgata filha de empresário sequestrada em São Leopoldo

Uma mulher foi resgatada pela Brigada Militar após ter sido sequestrada no início da noite desta terça-feira (11) em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Dois suspeitos foram presos.

 

De acordo com a Brigada Militar, a dupla bateu propositalmente no carro da mulher, que segundo a polícia é filha de um empresário da região, simulando um acidente. Quando a moça saiu do carro, os suspeitos anunciaram o sequestro e a obrigaram a entrar no banco de trás do outro veículo em que eles estavam – um carro clonado.

 

Um deles assumiu a direção, e o outro foi no banco de trás apontando uma arma para a mulher. Ambos estavam armados. Uma pessoa que estava passando pelo local testemunhou a cena e acionou a polícia.

 

Viaturas começaram a perseguição, que durou poucos minutos. Três motos e um carro do Pelotão de Operações Especiais (POE) conseguiram bloquear a passagem do veículo em fuga e resgatar a mulher na Vila dos Tocos, ainda em São Leopoldo.

 

"Por analogia, se pressupõe que a vítima ficaria em cativeiro. Uma coisa que chamou atenção é que ela falou que eles pediram o Iphone dela e o relógio que ela tinha. Então, isso causa estranheza. Eles tinham informações privilegiadas", afirma o tenente Everton Avancini, coordenador do Cartório de Ocorrências da Brigada Militar em São Leopoldo.

 

Um tiro chegou a ser disparado contra o veículo policial, mas ninguém ficou ferido. Conforme a Brigada Militar, embora muito nervosa, a mulher saiu ilesa. O nome e idade dela não foram divulgados. Os dois suspeitos foram encaminhados para a Delgacia de Pronto Atendimento de São Leopoldo.

 

 

 

 

Fonte: G1/RS

12/09/2018 - Homem morre a tiros dentro de apartamento em Bento Gonçalves

Um homem morreu a tiros dentro de um apartamento no residencial Novo Futuro, localizado na Rua Bramante Mion, no bairro Ouro Verde, em Bento Gonçalves, por volta das 21h de terça-feira (11).

 

Segundo a Brigada Militar (BM), dois criminosos entraram na residência e atiraram na vítima, que estaria sozinha no local. O homem, identificado como Ivomar Alexandre Alves, de 35 anos, tinha diversas passagens pela polícia.

 

Com a morte, o município chega a 34 assassinatos neste ano. O número é o mesmo registrado em todo o ano passado.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

12/09/2018 - Polícia Civil faz operação na Fronteira Oeste para combater guerra entre facções criminosas

A Polícia Civil realiza, na manhã desta quarta-feira (12), uma nova operação contra a guerra entre facções criminosas responsáveis pelo tráfico de drogas e por homicídios na Fronteira Oeste. Depois de uma ação semelhante na terça-feira (11) na zona sul de Porto Alegre, agentes cumpriram 13 mandados de prisão e 32 de busca em Itaqui, Uruguaiana e São Borja, além de um mandado na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) pela suspeita de envolvimento do líder de uma das facções, detido no local.

 

Participaram da operação 163 policiais, com quase 50 viaturas e com o apoio de um helicóptero.  Segundo a delegada Elisandra Batista, de Itaqui, a investigação começou em maio deste ano após um duplo homicídio na cidade. Até às 8h, oito suspeitos haviam sido presos.

 

Dionata Patta Gomes e Izac Sales foram mortos, em princípio, por que atuavam em um ponto de venda de drogas. Como a disputa por território se acirrou em janeiro deste ano, após a chegada no município de uma organização criminosa da Região Metropolitana. Como outra facção já estava instalada na localidade, a guerra entre as duas resultou nos dois homicídios e em outras cinco tentativas.

 

Primeira Fase

Em junho, a Polícia Civil desencadeou a primeira fase da operação, com foco no combate ao tráfico, e 10 criminosos foram presos. Nesta segunda etapa, 10 mandados de prisão temporária são contra traficantes e três de prisão preventiva são contra um mandante e dois executores do duplo assassinato. Os três são de Itaqui e o mandante tem ligação direta com o líder da facção que está na Pasc.

 

Os demais presos também são de Itaqui, São Borja e Uruguaiana. A polícia também investiga o crime de lavagem de dinheiro na região envolvendo uma das facções criminosas.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

10/09/2018 - Motorista fura duas barreiras policiais, é preso e multado em mais de R$ 15 mil

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, em Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul, na tarde deste domingo (9), um motorista por direção perigosa. De acordo com a PRF, o homem, de 39 anos, furou dois bloqueios policiais em tentativa de fuga. O motorista foi multado em mais de R$ 15 mil pelas infrações cometidas nos mais de 60 quilômetros de fuga.

 

Às 16h15, uma equipe da PRF realizava fiscalização no km 203 da BR-116, em Picada Café, quando deu ordem para que o motorista, que dirigia uma motocicleta esportiva, parasse. Segundo os policiais, ele ignorou a ordem e fugiu em alta velocidade pela rodovia.

 

Uma equipe da polícia perseguiu o motorista, que realizou manobras e ultrapassagens proibidas tentando fugir.

 

Uma segunda barreira foi montada no km 155 da BR-116, já em Caxias do Sul. O homem novamente fugiu.

 

Por volta das 17h, ele foi preso quando chegava em casa, no bairro Medianeira, em Caxias do Sul. O homem tentou se esconder dos policiais, mas foi detido.

 

De acordo com a polícia, o motorista já respondeu outras duas vezes pelo mesmo crime, dirigir de forma negligente e imprudente no trânsito.

 

Ele assinou um Termo Circunstanciado e responderá judicialmente. A moto, que estava com placa adulterada, foi guinchada.

 

 

Fonte: G1/RS

10/09/2018 - Confira detalhes do difícil resgate de ciclistas perdidos em cânion de São Francisco de Paula

Planejamento e persistência do Corpo de Bombeiros, informações precisas de GPS e a experiência de dois moradores que conhecem os perigos da mata fechada no entorno do Cânion Josafaz são algumas das razões do bem-sucedido resgate de 11 ciclistas que haviam se perdido numa trilha entre Terra de Areia e São Francisco de Paula. Os atletas de Bento Gonçalves e Garibaldi passaram cerca de 14 horas isolados num ponto de difícil acesso, entre a noite de sexta-feira e a manhã de sábado. Todos passam bem.

 

O grupo havia saído de Bento Gonçalves ainda na madrugada de sexta-feira (7). Eles foram de carro até São Francisco de Paula, onde pararam num mirante nas proximidades do Josafaz, considerado um dos maiores cânions dos Aparados da Serra e também local inóspito e pouco explorado.

 

Segundo o comandante dos bombeiros de Canela, 1º sargento Miguel Oliveira de Souza, os ciclistas têm boa experiência em trilhas selvagens e iniciaram a aventura às margens da Rota do Sol, na região de Aratinga, em São Francisco de Paula. O grupo ingressou numa estradinha à esquerda da rodovia, no sentido Serra-Litoral Norte. A intenção era seguir por um trajeto que encurtaria o caminho até o município de Três Forquilhas. Em algum trecho da mata, os ciclistas entraram numa trilha errada e não conseguiram mais achar um caminho de volta ou seguir para Três Forquilhas.

 

Os ciclistas foram dados como perdidos por volta das 18h de sexta-feira (7), horas depois de terem ingressado pelo Josafaz. Naquele horário, eles deveriam ter encontrado esposas e namoradas num ponto demarcado, o que não aconteceu. Como carregavam telefones, os ciclistas avisaram os familiares que não sabiam onde estavam e pediram ajuda. Iniciava ali a operação de resgate.

 

Apesar de a região não ter uma boa cobertura de telefonia celular, os ciclistas conseguiram enviar as coordenadas via GPS de onde estavam. As informações foram essenciais para os bombeiros, que começaram o trabalho a partir de São Francisco de Paula.

 

— O telefone deles pegava em alguns momentos e conseguimos orientá-los a fazer uma fogueira e permanecer agrupados. Ainda na noite de sexta-feira (7), por volta das 22h30min, avançamos mata adentro para tentar achá-los, mas tivemos que interromper a operação por causa da visibilidade. Pelo o que eles relataram, havíamos chegado bem perto deles naquela noite — conta o sargento Miguel.

 

"A volta foi ainda pior"

Após troca de informações com a Patrulha Ambiental (Patram) da Brigada Militar e servidores da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), os bombeiros decidiram retomar as buscas por volta das 5h30min de sábado (8). Contudo, a opção foi inverter o trajeto e iniciar o resgate de baixo para cima, o que exigiu o deslocamento da equipe para o interior de Terra de Areia, ao pé da Serra. Com o auxílio de Claudio da Silva Model e Roberto Guimarães Ramos, dois nativos da região, seis bombeiros e um PM da Patram iniciaram a difícil subida. Pelo caminho, os moradores guiaram o grupo entre mato, árvores, córregos, chão escorregadio e outros perigos.

 

— O mais complicado era ter que levar equipamentos como maca, de rapel e outros por um caminho íngreme, muito íngreme — recorda o sargento.

 

Após quase duas horas de caminhada, às 8h30min de sábado (8), os socorristas encontraram os ciclistas em boas condições de saúde - um deles havia machucado o ombro.

 

— Tínhamos o mapa do georreferenciamento e usamos apitos para eles nos ouvirem e ter retorno — conta o comandante.

 

Segundo relataram aos bombeiros, os esportistas passaram a noite em volta de uma fogueira. Eles também não tinham muita comida. Antes da descida, receberam orientações de como se deslocar pela mata até a base em Terra de Areia.

 

— A volta foi ainda pior, já que tínhamos que levar as bicicletas e a descida era complicada. Mas os ciclistas aguentaram firme, afinal, são atletas — descreve o sargento.

 

Após o salvamento, cinco ciclistas foram transportados nos veículos dos bombeiros até um paradouro na Rota do Sol e os demais seguiram o comboio pedalando. A partir dali, os homens reencontraram os familiares e retornaram para suas casas. A reportagem tentou contatar os ciclistas e seus familiares, mas não obteve retorno. Além dos bombeiros de Canela e da Patram, participaram da operação dois integrantes dos bombeiros de Terra de Areia.

 

Região isolada

Conforme estimativa dos bombeiros, os ciclistas estavam num local conhecido como Morro do Capitão, numa distância aproximada de quatro quilômetros da base montada na casa de um dos nativos que ajudaram no resgate, em Terra de Areia. No local onde eles passaram a noite, havia uma fonte de água. A região é muito isolada e a habitação mais próxima era justamente a casa que serviu de base para os socorristas.

 

O Cânion Josafaz tem 16 quilômetros de extensão e fica na área de São Francisco de Paula e delimita parte da divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

10/09/2018 - Acidente entre caminhonete e ônibus deixa mortos na ERS-404 em Rondinha

Duas pessoas morreram em um acidente envolvendo uma caminhonete e um ônibus no final da madrugada deste domingo (9) na ERS-404 na altura de Rondinha, no Norte do Rio Grande do Sul, segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar. Os dois veículos bateram de frente no km 11 da rodovia.

 

O acidente aconteceu por volta das 5h30. As vítimas eram os condutores dos veículos. Cristiano Caus, de 32 anos, conduzia a caminhonete, e morreu na hora. O motorista do ônibus, Gilmar Alves da Silva, de 36 anos, foi hospitalizado em estado grave, e não resistiu.

 

Por meio do Twitter, a Vice-Presidência de Relacionamento Social do Internacional informou que o ônibus levava torcedores colorados a Porto Alegre, para assistirem ao clássico contra o Grêmio, na tarde deste domingo (9), no Estádio Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro. Os passageiros seguiram viagem em outro ônibus.

 

 

 

 

Fonte: G1/RS

10/09/2018 - Três pessoas morrem em colisão entre ônibus e carro no Noroeste do RS

Três pessoas morreram em um acidente envolvendo um ônibus e um carro na madrugada desta segunda-feira (10), na ERS-223, entre as cidades de Ibirubá e Cruz Alta, no Noroeste do Rio Grande do Sul.

 

Conforme informações do Grupamento Rodoviário de Tapera, as vítimas estavam no carro que colidiu contra o ônibus, na altura do km 73, que fica no município de Fortaleza dos Valos. Uma pessoa morreu no local. As outras duas morreram durante atendimento no Hospital de Cruz Alta.

 

O quarto passageiro recebe atendimento médico. Os 26 ocupantes do ônibus intermunicipal que fazia o trajeto de Porto Alegre a Cruz Alta não ficaram feridos.

 

 

Fonte: G1/RS

10/09/2018 - Receita libera nesta segunda consulta ao 4º lote de restituição do IR

Crédito bancário para 2.646.626 contribuintes será feito dia 17, somando R$ 3,3 bilhões

 

A consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018 será liberada a partir das 9h desta segunda-feira. Esse lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. O crédito bancário para 2.646.626 contribuintes será feito dia 17, somando R$ 3,3 bilhões. Desse total, R$ 219,3 milhões são destinados a contribuintes com prioridade: 4.863 idosos acima de 80 anos, 36.308 entre 60 e 79 anos, 5.490 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 18.409 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério. A correção variará de 3,15% - para as declarações entregues em maio deste ano - até 105,27% para os contribuintes que estavam na malha fina desde 2008.

 

O índice equivale à taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada desde o mês de entrega da declaração até setembro deste ano. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, número 146.

 

Inconsistências de dados

 

Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

 

A Receita oferece ainda aplicativos para tablets e smartphones para consulta à declaração e situação cadastral no CPF - Cadastro de Pessoas Físicas. Com ele, é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

 

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento - por meio da internet - mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

 

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá entrar em contato pessoalmente com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

 

 

Fonte: Correio do Povo

10/09/2018 - Feriadão de Independência é o mais violento nas estradas em 2018

Chega a 27 o número de mortes em rodovias gaúchas entre o meio-dia de quinta-feira (6) e às 2h desta segunda-feira (10), o que faz deste feriadão o mais violento em 2018. Dezenove destas mortes foram em rodovias estaduais, seis em rodovias federais e duas em vias municipais. O mais recente aconteceu em Ibirubá, no noroeste do Estado, às 2h desta segunda-feira (10).

 

Segundo o Grupo Rodoviário da BM, as vítimas estavam em um Vectra com placas de São Luiz Gonzaga. O carro teria invadido a pista contrária e colidido em um ônibus que estava no sentido oposto, deslocando-se em direção à Porto Alegre. A suspeita é de que o motorista do carro tenha dormido ao volante.    

 

O fim de semana com mais mortes no ano foi registrado entre 6 e 9 de abril, quando 24 pessoas perderam a vida, oito delas em dois acidentes. Recentemente, entre 10 e 13 de agosto, 20 pessoas morreram.

 

O levantamento é feito pelo Grupo RBS e leva em conta as mortes entre meio-dia de quinta-feira e meio-dia de segunda-feira. Neste feriadão, o levantamento começou ao meio-dia de quinta (6) e será encerrado ao meio-dia de segunda-feira (10). As mortes foram registradas em Encruzilhada do Sul, Porto Alegre, Sapucaia do Sul, Ernestina, Caxias do Sul, Porto Xavier, Ipê, Sertão, Muitos Capões, Erechim, Ibirubá, Arvorezinha, Veranópolis, Rondinha, Tapera, Nova Tramandaí, Independência e Cruz Alta.

 

O superintendente da PRF no RS, João Francisco de Oliveira, disse que entre quinta e domingo houve reforçou do efetivo nas rodovias federais do RS, direcionando a fiscalização para os trechos e horários críticos para acidentalidade e ocorrências criminais.

 

— Ao longo de 2018, a tendência tem sido de redução da violência trânsito nas rodovias federais do Estado, com redução no número de pessoas mortas e feridas — avaliou.

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

10/09/2018 - Aos 49 anos, Mr. Catra morre em São Paulo

Referência para o funk, o músico carioca Mr. Catra morreu no fim de tarde deste domingo (9), aos 49 anos. Catra estava internado no Hospital do Coração, em São Paulo, lutando contra um câncer no estômago, que foi diagnosticado no início de 2017. Wagner Domingues da Costa deixou três esposas e 32 filhos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do funkeiro.

 

"É com enorme pesar que comunicamos o falecimento do amigo e cliente, Wagner Domingues Costa o Mr Catra, que nos deixou na tarde deste domingo, 09, em decorrência de um câncer gástrico. O cantor e compositor estava internado no hospital do Coração (HCor), em São Paulo, e já vinha lutando contra a doença. A informação foi dada a família pelo cirurgião oncológico, Dr. Ricardo Motta, por volta das 15h20 da tarde. Catra deixou três esposas e 32 filhos. Neste momento de sofrimento, agradecemos o carinho, cuidado e compreensão dos amigos da imprensa, e pedimos, gentilmente, para que respeitem o momento de tristeza da família", diz o comunicado enviado pela assessoria de imprensa do funkeiro.

 

Em abril deste ano, o funkeiro publicou uma foto em seu Instagram se manifestando sobre a doença. Na ocasião, ele afirmou que o tratamento estava indo muito bem e que sua saúde estava melhorando: "Só para deixar claro, meu tratamento está indo de vento em popa e se tudo continuar indo assim, em breve estarei curado. Tudo graças a Deus, aos médicos e às orações que estou recebendo. Espero poder viver o suficiente para fazer o que mais amo nesse mundo, que é cantar e deixar todos os meus filhos muito bem encaminhados", escreveu.

 

Catra se tornou ícone do funk em meados dos anos 2000, quando lançou Adultério, paródia do hit dos anos 1980 Tédio, da banda Biquini Cavadão.

 

O Brasil órfão do papai

 

Pai de 32 filhos com idades entre 26 e dois anos - frutos de 14 relacionamentos diferentes -, Mr. Catra mantinha um casamento com três mulheres e também era avô de quatro netos. Em várias entrevistas, costumava brincar que saía para trabalhar todos os dias por necessidade financeira e também por questões de "saúde psicológica". Mas tudo não passava de cena, pois o artista também mantinha um discurso de igualdade nas redes.

 

Em entrevista a GauchaZH, quando perguntado como a música era, cada vez mais, plataforma para empoderamento de minorias, respondeu:

 

— Acho que sou um dos caras mais feministas que conheço. Acho que, se a pessoa está feliz, ela tem direito de ser o que é! Se cada um buscasse ser feliz, não atrapalharia a felicidade de ninguém.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

08/09/2018 - Acidente entre ônibus e caminhão deixa dois mortos e 14 feridos em Sertão

Um acidente de trânsito deixou dois mortos e 14 feridos no final da noite de sexta-feira no km 38 da ERS 135, no município de Sertão, na região do Norte do Estado. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), um ônibus de excursão Mercedes-Benz, com placas de Marau, colidiu na traseira de uma carreta bitrem Scania, com placas de Erechim, no trecho da rodovia. As duas vítimas fatais, identificadas como Lourdes Teresinha Pissolatto, 61 anos, e Moacir Morás, 63 anos, estavam no coletivo.

 

O socorro às vítimas mobilizou também equipes do Samu e Corpo de Bombeiros Militar, além da EGR e Unimed. Os feridos foram encaminhados aos hospitais da região. O tráfego no local permaneceu interrompido durante o atendimento da ocorrência que contou com uma grande movimentação de ambulâncias. Parte da carga de milho do caminhão ficou espalhada na pista devido ao impacto da colisão. As primeiras informações indicam que o ônibus vinha de uma excursão ao Paraguai.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

06/09/2018- Hospital Mãe de Deus terceiriza serviços de limpeza e nutrição e demite 350 funcionários

O Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, anunciou nesta quarta-feira (5) a decisão de terceirizar os serviços de nutrição e limpeza. Com a decisão, 350 funcionários foram demitidos. Duas empresas foram contratadas para assumir os serviços e já assumiram as atividades, segundo a assessoria do hospital.

 

Em nota, a instituição explicou as mudanças na instituição. "A adoção do novo modelo de gestão tem por princípio a busca constante pela melhoria dos serviços prestados pelo Hospital Mãe de Deus, (...). Os serviços de nutrição e limpeza serão confiados a duas das maiores empresas prestadoras desses serviços no Brasil, Sodexo e Manserv, respectivamente, com expertise em auxiliar importantes instituições de saúde a oferecer a melhor experiência aos pacientes".

 

Mantenedora do Mãe de Deus, a Associação Educadora São Carlos (AESC) "prevê implantação de uma agenda estratégica e de fortalecimento da cultura institucional voltada à qualidade, segurança e eficiência no cuidado do paciente, reforçando seu compromisso com a saúde de forma integral", segundo a nota.

 

O Sindisaúde-RS também divulgou nota à imprensa, onde critica as demissões e informa que terá uma reunião de mediação na quinta-feira (6) com o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, para pedir a readmissão das pessoas demitidas. O número de demissões informado pelo sindicato diverge do repassado pelo hospital: 326.

 

Uma das empresas, a Sodexo, confirmou via nota que não absorverá os profissionais demitidos devido à nova lei da terceirização, que não permite a contratação de colaboradores desligados em prazo inferior a 18 meses. Mas mencionou que fará "todos os esforços" para tentar recolocar esses colaboradores em outras operações da empresa em Porto Alegre. Leia a nota na íntegra abaixo.

 

O G1 fez contato também com a outra empresa, Manserv, para saber sobre a possibilidade de absorção dos funcionários demitidos, e aguarda retorno.

 

A nova lei da terceirização não permite a contratação de colaboradores desligados em prazo inferior a 18 meses. Em função dessa determinação, infelizmente não será possível aproveitar os atuais profissionais do Hospital Mãe de Deus nessa operação. A Sodexo, que tem como foco as pessoas, se compromete a fazer todos os esforços no sentido de tentar a recolocação desses colaboradores em outras operações da empresa em Porto Alegre.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

06/09/2018 - Operação da PRF nas estradas federais para feriado de 7 de setembro começa nesta quinta-feira

A Operação Independência, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), começa à meia-noite de quinta-feira (6), em todo o país, para fiscalizar as estradas durante o feriado de 7 de setembro. A operação vai até 23h59 de domingo (9).

 

No RS, as rodovias que deverão ter o maior fluxo serão a freeway (BR 290) em direção ao centro do estado, a BR 116, tanto para o norte quanto para o sul, e a BR 386, conforme a PRF. Confira abaixo os horários de reforço das operações.

 

Ainda de acordo com a PRF, os melhores horários para viajar serão até 17h de quinta e após 11h de sexta. No domingo, para o retorno, a recomendação até às 16h.

 

Com a operação, a PRF pretende diminuir o número e a letalidade dos acidentes, além de garantir segurança e fluidez do trânsito. Haverá reforço no efetivo inclusive da área administrativa.

 

Devido ao aumento de fluxo de veículos no feriado, a PRF restringirá, em rodovias federais de pista simples, o trânsito de veículos com excesso de carga e dimensões durante a Operação Independência.

 

Horários de reforço das operações nas estradas federais

 

  • Dia 06 – quinta: 16h às 22h
  • Dia 07 – Sexta: 06h às 12h
  • Dia 09 – domingo: 16h às 22h
 
 
 
 
 
 
Fonte: G1 RS

06/09/2018 - Primeiro grupo de venezuelanos encaminhado pelo governo federal chega ao RS

O primeiro grupo de imigrantes venezuelanos encaminhado pelo governo federal ao Rio Grande do Sul chegou na noite desta quarta-feira (5), em Porto Alegre. Vindos de Roraima em um voo da Força Aérea Brasileira (Fab), os 125 imigrantes desembarcaram no Aeroporto Salgado Filho, na capital, às 20h21, e depois foram levados para Esteio, Região Metropolitana, onde serão abrigados.

 

Vizinho a Porto Alegre, o município de Canoas também deve receber os imigrantes. O governo federal prevê encaminhar mais de 640 venezuelanos a essas duas cidades.

 

O grupo é o primeiro que será recebido nos 47 apartamentos do abrigo de Esteio alugados e pagos pela Organização das Nações Unidas (ONU). O município recebeu do R$ 530 mil do Governo Federal para prestar assistência aos imigrantes por seis meses.

 

O voo da Fab decolou às 8h17 (9h17 no horário de Brasília), em Boa Vista, Roraima. No total, 204 venezuelanos foram levados para São Paulo e Brasília, além de Esteio.

 

Perseguido político

 

O grupo que chegou ao RS é formado apenas por homens. Entre eles está Marco Carrasquel, que relata ter sido vítima de perseguição política na Venezuela, por ter trabalhado em órgãos do governo. Marco é advogado se separou de sua família para vir sozinho para o Brasil, para tentar novas oportunidades.

 

Crise migratória

 

A vinda dos imigrantes integra o esforço de interiorização, realizado pelo governo federal mediante a crise migratória de Roraima. Com 330 mil habitantes, o estado recebeu 40 mil venezuelanos. Autoridades iniciaram o processo de interiorização dos imigrantes pelo país, que já encaminhou 408 venezuelanos para diversas cidades brasileiras.

 

Os processos de interiorização visam à emissão de carteira de trabalho e o deslocamento para um abrigo, que poderá ser da rede municipal, estadual ou de alguma ONG.

 

Um grupo de venezuelanos veio por conta própria e já está morando na Serra gaúcha. E no Norte do RS, o município de Chapada se prepara para receber cerca de 50 imigrantes que serão levados para lá, após pedida da prefeitura.

 

 

 

Fonte: G1 RS

06/09/2018 - Receita libera segunda-feira consulta ao 4º lote de restituição do IR

A consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018 será liberada a partir das 9h de segunda-feira. Esse lote também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017.

 

A correção variará de 3,15%, para as declarações entregues em maio deste ano, até 105,27%, para os contribuintes que estavam na malha fina desde 2008. O índice equivale à taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada desde o mês de entrega da declaração até setembro deste ano.

 

O crédito bancário para 2.646.626 contribuintes será feito em 17 de setembro, totalizando o valor de R$ 3,3 bilhões. Desse total, R$ 219,3 milhões são destinados a contribuintes com prioridade: 4.863 idosos acima de 80 anos, 36.308 entre 60 e 79 anos, 5.490 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 18.409 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

 

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, número 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

 

A Receita oferece ainda aplicativos para tablets e smartphones para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com ele é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

 

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

 

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contactar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

06/09/2018 - RS terá sol e aumento da temperatura nesta quinta-feira

Nevoeiros reduzem a visibilidade no começo da manhã desta quinta-feira, sobretudo entre o Centro e o Norte do Estado. O ar seco garante mais um dia ensolarado em todas as regiões com aquecimento maior a tarde.

 

O vento predomina fraco do quadrante Norte e ajuda a escoar a água dos rios em situação de cheia. O feriado da Independência do Brasil terá tempo proveitoso, mas não se afasta a presença de neblina. Esquenta rápido à tarde e faz calor em algumas regiões.

 

As mínimas rondam 2ºC em São José dos Ausentes e 7°C em Bagé. As máximas, por sua vez, podem chegar a 27°C em Santa Rosa e 28°C em Santiago. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 8°C e 26°C.

 

A pergunta recorrente depois de três meses de temperatura perto ou abaixo da média neste inverno é sobre quando acaba o frio. O mês de setembro começa a marcar a transição para o período mais quente do ano, logo dias de temperatura mais alta começam a se tornar mais frequentes.

 

Levantamento histórico, com base nos registros do Instituto Nacional de Meteorologia, revela que na estação do Jardim Botânico em Porto Alegre houve nove dias com mais de 30ºC em setembro em 2017, um em 2016, nenhum em 2015, dois em 2014, cinco em 2013, um em 2012, dois em 2011 e nenhum em 2010. O ano passado, em especial, foi muito quente.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo 

06/09/2018 - Bolsonaro tem 22% das intenções de voto; Ciro e Marina, 12%, diz Ibope

O Ibope decidiu liberar e a TV Globo divulgou na noite desta quarta-feira os números da pesquisa registrada na Justiça Eleitoral em 29 de agosto, alvo de dúvidas depois que o Tribunal Superior eleitoral (TSE) decidiu negar o registro da candidatura do ex-presidente Lula à Presidência. O motivo do impasse foi o fato de não ter sido testado cenário com Lula. Os números mostraram o candidato Jair Bolsonaro na liderança (22%), com Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) empatados no segundo lugar, com 12%. No segundo turno, Bolsonaro derrotaria apenas Fernando Haddad (PT).

 

Em nota, o Ibope afirma estar “convicto de que agiu de boa-fé e dentro da lei” e declarou que divulgaria com o intuito de “não privar o eleitor de informações relevantes sobre a situação atual das intenções de voto na eleição presidencial”, decisão que teve o apoio dos contratantes.

 

A divulgação foi feita após o ministro Luis Felipe Salomão, do TSE, ter decidido, à tarde, não responder à consulta feita pelo instituto, que pedia autorização para divulgar a pesquisa. Salomão afirmou em sua decisão que a Justiça Eleitoral não poderia responder essa questão porque correria o risco de antecipar o posicionamento em futuros julgamentos no tribunal.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

06/09/2018 - Criminosos explodem caixa eletrônico em empresa de Bento Gonçalves

Uma quadrilha explodiu um caixa eletrônico por volta da 1h30min desta quinta-feira, em uma empresa de Bento Gonçalves, na Serra gaúcha. Quando a Brigada Militar chegou ao local, no bairro Licorsul, houve confronto e troca de tiros. Ninguém ficou ferido.

 

Os criminosos deixaram a empresa Rinaldi em um Toyota Corolla, que havia sido roubado em Pinto Bandeira na terça-feira. Durante a fuga, eles espalharam miguelitos nas ruas para dificultar a aproximação dos policiais.

 

Segundo a BM, o grupo fugiu pela VRS-855, rodovia que liga Bento a Pinto Bandeira, quando envolveram-se em uma colisão. Após, fugiram a pé em meio ao matagal. No veículo foram encontrados dinheiro, rádios comunicadores, carregador municiado de pistola. A rodovia conta com barreiras da Brigada Militar e vistorias em veículos que acessam o trecho.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

06/09/2018 - Um dos principais assaltantes de cargas do RS é preso e tenta subornar policiais

Um dos principais alvos da Polícia Civil no combate ao roubo de cargas do Estado foi capturado nesta quinta-feira, no bairro Rubem Berta, em Porto Alegre.  Durante a abordagem, o suspeito tentou fugir pulando telhados de residências, mas foi preso ao se esconder no banheiro da casa de um primo. Mesmo após a captura, ele ofereceu dinheiro aos policiais civis, motivo pelo qual também foi dada voz de prisão por corrupção ativa.

 

Segundo o delegado Alexandre Luiz Fleck, o suspeito atuava em todo o Rio Grande do Sul, com foco na Região Metropolitana. E foi identificado como autor de diversos assaltos apenas em junho deste ano. No mesmo dia, roubou cargas de cigarro, em Cachoeirinha, e uma loja de telefonia móvel, em Porto Alegre. Os dois crimes ocorreram com menos de três horas de diferença. Ele também é suspeito de participar de um roubo a uma transportadora, em abril.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/09/2018 - Vestibular EAD Univates com inscrições abertas

O Vestibular agendado de Educação a Distância (EAD) da Univates está com inscrições abertas. A prova deve ser agendada pelo candidato, havendo oferta de diferentes dias e horários. O novo formato de processo seletivo está disponível tanto para a modalidade EAD quanto para os cursos presenciais.

 

O teste escrito será aplicado em todos os polos da Univates: matriz de Lajeado, Arroio do Meio, Arvorezinha, Bom Retiro do Sul, Carlos Barbosa, Guaporé, Encantado, Estrela, Serafina Corrêa, Soledade, Taquari, Teutônia,Veranópolis, Triunfo e Venâncio Aires.

 

Os interessados podem agendar sua prova de redação ou solicitar ingresso via nota da redação do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) dos anos de 2009 a 2017.

 

Também é possível concorrer como portador de diploma de curso superior, reingresso de cursos presenciais da Univates ou transferência de outra instituição. O procedimento deve ser feito pelo univates.br/vestibular.

 

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

05/09/2018 - Motorista aposentado é preso após tentar fugir pela contramão na BR-290

Um motorista profissional aposentado, de 64 anos, foi preso na BR-290 conduzindo um veículo em ziguezague e na contramão em Eldorado do Sul, na noite de terça-feira (4), conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

 

De acordo com a polícia, foram feitas diversas denúncias sobre o veículo Renault Clio por conta de manobras perigosas que realizava.

 

O policiais então resolveram fazer uma barreira para interceptar o veículo. Quando o motorista avistou os agentes, deu meia volta e passou a fugir pela contramão na rodovia, que é uma via considerada de fluxo intenso.

 

Segundo a PRF, ao perceber que não conseguiria escapar, ele abandonou o carro e tentou fugir a pé, mas foi alcançado pelos policiais. Ele apresentava sinais de embriaguez e se recusou a realizar o teste do bafômetro.

 

Ele foi autuado e conduzido para a Polícia Civil onde foi lavrado o flagrante por embriaguez ao volante, crime pelo qual já havia sido preso outras três vezes, além de desobediência e direção perigosa.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

05/09/2018 - Presos no RS suspeitos de fraudes em compras realizadas pela internet

Polícia Civil prendeu três homens, na noite de terça-feira (4), em Antônio Prado, na Serra do Rio Grande do Sul, suspeitos de participarem de uma quadrilha que praticava fraudes pela internet.

 

De acordo com as investigações, eles usavam cartões de crédito clonados e documentos falsos para comprar materiais de construção, ferros, veículos e peças de diversas empresas.

 

Segundo o delegado Adriano Nonnenmacher, que coordenou a ação, um quarto indivíduo foi identificado, mas que já estava preso em Vacaria. Ele é suspeito de ser o chefe da quadrilha, responsável pela articulação das fraudes e compras.

 

Foram recuperadas 15 toneladas de telhas compradas pela internet de uma empresa de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A polícia fez buscas em Caxias do Sul e no interior de Antônio Prado.

 

Os três suspeitos, de 40, 47 e 24 anos, foram presos no local onde foi encontrada a carga. Com eles, a polícia apreendeu um rifle, munições, dinheiro, celulares e documentos.

 

De acordo com a investigação, outras empresas foram afetadas pela fraude no Rio Grande do Sul, que pode chegar R$ 1 milhão, só no último mês.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

05/09/2018 - Aeroporto Salgado Filho interrompe pousos e decolagens em Porto Alegre

O Aeroporto Internacional Salgado Filho está fechado na manhã desta quarta-feira (5) para pousos e decolagens. Conforme a Fraport, que administra o local, não há previsão de normalização do serviço. O problema ocorre por causa da forte neblina nesta manhã em Porto Alegre.

                                          

Desde as 6h30min, o aeroporto funcionava por instrumentos. O serviço de pousos e decolagens foi interrompido às 7h30min.

 

Até o momento, 19 voos que deveriam sair do aeroporto estão atrasados. Outros sete, que deveriam chegar no local, também estão atrasados. Um voo foi cancelado.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

05/09/2018 - Jovem morre em acidente envolvendo caminhão na BR-285, em Entre-Ijuís

Uma colisão frontal entre uma carreta e um veículo Corsa resultou na morte do jovem Grégori Griesang Barbosa, de 20 anos, na noite de terça-feira (4) na BR-285, em Entre-Ijuís, nas Missões. Ele era o motorista do carro e morava no município de Coronel Barros.

 

O acidente foi registrado no km 493 da rodovia, por volta das 19h. O condutor do caminhão, com placas de Santa Rosa, não ficou ferido.  Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Ijuí, que atendeu a ocorrência, o Corsa teria invadido a pista contrária e colidido frontalmente no caminhão.

 

A rodovia ficou bloqueada por cerca de oito horas em função do acidente. Durante sete horas, a interrupção foi total, mas na última hora dos trabalhos meia pista foi liberada de forma intercalada para os dois sentidos. O desvio foi realizado por Catuípe, no km 464, no sentido a Santo Ângelo.

 

A carga de carne congelada que estava no caminhão precisou ser descarregada até que a carreta, que estava tombada, pudesse ser erguida e retirada da via.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/09/2018 - Crise na Argentina afeta exportações do RS

A crise que chacoalha a Argentina cruza a fronteira com o Brasil e traz na bagagem impactos para o Rio Grande do Sul. Um dos efeitos da turbulência na economia do país vizinho, que assiste ao derretimento da moeda local frente ao dólar, atinge as exportações gaúchas.

 

O cenário representa obstáculo extra para a retomada de setores como a indústria do Estado, já que o mercado argentino está entre os principais destinos das mercadorias enviadas ao Exterior. Em julho, mês com os dados mais recentes, as exportações gaúchas ao país vizinho somaram US$ 128 milhões, recuo de 22,9% em relação a igual período do ano passado, aponta a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs).

 

Mesmo com o resultado negativo, a Argentina foi o segundo maior destino das mercadorias gaúchas, ao receber 9,5% do total embarcado. Os principais itens direcionados ao mercado vizinho foram veículos automotores, que tiveram baixa de 29%, e produtos químicos, com redução de 22,2%.

 

– A crise por lá tem reflexos aqui no Rio Grande do Sul. Essa situação já está batendo nas exportações, principalmente nas registradas pela indústria. O quadro de dificuldades vindo da Argentina deve se prolongar nos próximos meses – projeta o economista Marcos Tadeu Caputi Lélis, professor da Unisinos.

 

O ramo calçadista é um dos setores no Estado que demonstram preocupação com o cenário do mercado vizinho. A apreensão cresceu nos últimos meses porque a Argentina assumiu recentemente o posto de principal destino das exportações gaúchas em volume no segmento, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), com sede em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. De janeiro a julho, as exportações do Rio Grande do Sul ao país vizinho alcançaram US$ 34,4 milhões, alta de 33,3% frente a igual período de 2017.

 

– A crise na Argentina preocupa muito. O país é o nosso principal cliente. Provavelmente, haverá queda acentuada nas vendas para lá nos próximos meses – avalia o  presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein.

 

"Retenciones" podem afetar preço do pão

 

Antônio da Luz, economista-chefe do Sistema Farsul, que representa o agronegócio no Estado, lembra que o governo argentino, pressionado pela turbulência interna, anunciou nesta semana a volta das retenciones – cobrança de taxa sobre exportações, inclusive de produtos básicos. Conforme o especialista, a medida tende a diminuir a competitividade do país e pode beneficiar concorrentes, como o Rio Grande do Sul, no comércio exterior.

 

Por outro lado, Luz frisa que o Estado também importa da Argentina mercadorias como trigo, cujo preço pode subir com as retenciones. Logo, a estimativa é de que haja impacto no bolso dos consumidores gaúchos que buscam produtos que dependem dessa matéria-prima, como pães e biscoitos.

 

Mesmo com a queda em julho, as exportações do Estado para a Argentina avançaram 4,3% nos sete primeiros meses do ano. Os embarques somaram US$ 1,04 bilhão, segundo a Fiergs. De janeiro a julho, o total das vendas externas gaúchas cresceu  20,7% em relação a igual intervalo de 2017, alcançando US$ 11,93 bilhões. 

 

– A atual crise na Argentina estourou em maio. Como o Rio Grande do Sul é parceiro comercial do país, é natural que sinta os efeitos em setores como a indústria – sublinha o economista-chefe do Sistema Fiergs, André Nunes de Nunes.

 

Desvalorização do peso em quase 50% no ano

 

A turbulência da economia argentina é medida pela situação do mercado de câmbio local. Neste ano, a desvalorização do peso frente ao dólar é de quase 50%. Conforme analistas, as dificuldades cresceram com a piora do cenário externo para países emergentes. A situação decorre, em parte, da projeção de alta no juro dos Estados Unidos em ritmo mais rápido do que o esperado. Com a elevação nas taxas, o mercado americano torna-se ainda mais atrativo para investidores. Consequentemente, afasta recursos de países como a Argentina e o Brasil, onde os riscos são maiores.

 

– Quando os EUA sobem o juro, chamam os investidores. Países como a Argentina e a Turquia, que também passa por turbulência, dependem de recursos externos para fazer a economia funcionar. Por isso, a conta não está fechando – diz Pedro Ramos, gerente de análise econômica do Sicredi.

 

Ontem, representantes do governo argentino estiveram em Washington, nos Estados Unidos, para negociar com o Fundo Monetário Internacional (FMI) adiantamento de recursos estabelecidos em acerto anterior. Na véspera, o presidente Mauricio Macri anunciou a volta do imposto sobre exportações e a redução do número de ministérios.

 

– O país tem elevado déficit fiscal. Grande parte dessa dívida é calculada em dólares. Com a desvalorização cambial, o problema se agrava. O momento da Argentina é marcado por incertezas. Isso também retrai o consumo da população – salienta Nunes.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

05/09/2018 - Para 27% dos brasileiros, desmatamento é maior ameaça ao meio ambiente

Pesquisa feita pelo Instituto Ibope Inteligência para o WWF-Brasil (Fundo Mundial para a Natureza) revela que o desmatamento, a poluição das águas, a caça e a pesca ilegais e as mudanças climáticas são, na opinião dos brasileiros, as principais ameaças ao meio ambiente. A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 26 de junho com 2.002 pessoas de 16 anos ou mais, de diferentes classes sociais, em todas as regiões do país e divulgada nesta terça-feira na véspera do Dia da Amazônia, comemorado dia 5 de setembro.

 

Os dados indicam que a principal preocupação dos brasileiros em relação ao tema é com o desmatamento, citado por 27% dos entrevistados. Em seguida, está a poluição das águas (26%) e, empatados em terceiro lugar, a caça e pesca ilegais, além de mudanças climáticas (16%). As obras de infraestrutura, como hidrelétricas, rodovias e portos, foram citadas como uma ameaça ao meio ambiente por 15% dos entrevistados.

 

Ao comparar os dados deste levantamento com outro realizado em 2014, a diretora de Engajamento do WWF-Brasil, Gabriela Yamaguchi, disse à Agência Brasil que o desmatamento das florestas se manteve com 27% das citações. "Esse indicador mostra como as pessoas percebem o desmatamento como principal fator de ameaça no país. O mesmo aconteceu com a poluição das águas". Para Gabriela, o fato de a poupulação estar mais bem informada, elevou a percepção em relação à ameaça das mudanças climáticas, cujas menções subiram de 13% para 16%. "São as pessoas começando a perceber mais a conexão das mudanças climáticas para ameaça não só à natureza, mas também no contexto urbano".

 

Orgulho nacional

 

Gabriela destacou a ligação entre as ameaças apontadas pelos brasileiros com outra parte da pesquisa que é a questão do orgulho em relação ao país. Todos os indicadores mensurados tiveram queda, refletindo o momento de crise iniciado em 2014. "A ordem dos temas de que eles mais se orgulham se manteve. Meio ambiente permanece em primeiro lugar como principal motivo de orgulho nacional". Apesar disso, o percentual apurado em 2014, que era 58%, caiu este ano para 39%.

 

Todos os demais indicadores caíram nesta última pesquisa em comparação a 2014: esporte, de 30% para 23%; característica pacífica do país, de 19% para 9%. "Mostra muito que se está vivendo uma realidade de insegurança. A gente não tem a guerra por si só, mas tem toda a questão da violência urbana acontecendo", explicou Gabriela. O percentual das pessoas que não responderam sobre esse último tema subiu de 8% para 13%.

 

Responsabilidade

 

Esse dado é confirmado por outro tópico da pesquisa que revela que nove entre dez entrevistados querem ter maior proximidade da natureza. De acordo com o levantamento, cresceu o percentual de brasileiros que gostariam de ter mais contato com o meio ambiente (de 84%, em 2014, para 91%). Houve incremento também em relação aos brasileiros que valorizam lugares com paisagens naturais quando vão viajar (de 62% para 82%).

 

Embora a população continue apontando o governo como principal responsável por cuidar das unidades de conservação, com 72% de menções (contra 74% em 2014), aumentou de forma significativa o percentual de brasileiros que atribuem também aos cidadãos a responsabilidade pela defesa dos recursos naturais. O número evoluiu 20 pontos percentuais, passando de 46% das citações, em 2014, para 66%, na sondagem atual.

 

As organizações não governamentais (ONGs) ocupam a terceira posição, com 23%. Em 2014, receberam 20% das menções. "Por meio dessa pesquisa, tem um recado muito claro: os brasileiros querem ver mais responsabilidade de todos os atores da sociedade, governo principalmente, cuidando dos nossos recursos naturais, cuidando da natureza como um todo, em uma conexão clara da qualidade de vida, qualidade das águas, com o seu bem-estar", afirmou a diretora do WWF-Brasil.

 

Agendas

 

"A gente quer do governo essa agenda das áreas protegidas, da natureza e dos recursos naturais preservados. Isso é muito relevante para a população brasileira". Gabriela acredita que, por meio da educação, pode haver um maior engajamento da população com esses temas relacionados à natureza, uma vez que existe o interesse das pessoas e conscientização de que elas devem fazer parte das soluções.

 

"Há uma conexão entre as agendas que são do entretenimento, do lazer em família, com a agenda também da consciência. Eu escolho áreas que estão sendo melhor preservadas, que precisam ser defendidas, como uma maneira de valorizá-las e de ter maior contato com a natureza", disse a diretora. Segundo ela, isso vem ocorrendo no comportamento de famílias do Brasil, em todos os extratos sociais.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/09/2018 - RS terá quarta-feira de tempo bom, com manhã fria

Ar seco e frio toma conta do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. As menores marcas de temperatura devem ocorrer entre o Centro e Norte do Estado, sobretudo no Planalto, Serra e Alto Jacuí. Pode ocorrer geada em alguns pontos, assim como nevoeiros, sobretudo em áreas próximas aos rios devido ao excesso de umidade.

 

O solo segue encharcado em trechos de Serra, com risco de novas quedas de barreiras. Durante a tarde a temperatura sobe. O nível dos rios ainda exige atenção, sobretudo nas bacias do Jacuí, Caí, Sinos, Guaíba e Lagoa dos Patos.

 

As mínimas rondam 1°C em São José dos Ausentes e os 3°C em Passo Fundo. As máximas, por sua vez, podem chegar a 23°C em Santa Cruz do Sul e 24°C em Uruguaiana. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 7°C e 21°C.

 

Depois da sequência de dias úmidos, alguns com muita chuva, o RS terá uma série de dias com predomínio de sol. As temperaturas aumentam até sexta-feira, quando devem superar os 25°C em diversos pontos, ficando mais amenas no fim de semana.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/09/2018 - Operação tapa-buraco emergencial na Freeway deve terminar na próxima quinta

Uma operação tapa-buraco emergencial teve início nesta terça-feira na Freeway, entre Porto Alegre e Osório, em ambos sentidos. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o serviço deve ser realizado até quinta-feira, véspera do feriado de 7 de setembro. A data comemorativa motivou os trabalhos que têm como objetivo garantir a segurança dos usuários da rodovia, por conta do movimento esperado.

 

Até o final da próxima semana, duas novas empresas devem começar a fazer a manutenção e a conservação permanente das BRs 116 e 290 (Freeway). Este é o prazo estipulado pelo Dnit para que a Conpasul e a Neovia assumam as rodovias, que estão, desde a saída da Triunfo Concepa, há pouco mais de dois meses, sem uma concessionária responsável. Sob a administração do Dnit, as rodovias, que haviam passado 21 anos com a mesma empresa e recebiam manutenção frequente, começaram a apresentar diversos problemas. Buracos e falta de limpeza foram os principais vistos ao longo dos dois meses.

 

Nesta manhã, por exemplo, a Freeway, logo na saída para o Porto Alegre Airport - Aeroporto Internacional Salgado Filho, tinha um buraco considerável na pista da direita. O tamanho chamava a atenção e era sinalizado com um cone para evitar acidentes.

 

Sobre a entrada das empresas, o Dnit disse que os trabalhos nos trechos licitados devem iniciar na segunda quinzena deste mês. A Conpasul - Construção e Serviços Ltda, de Eldorado do Sul, se classificou para garantir a manutenção do trecho que vai do quilômetro 276,50 até o 299,40 da BR 116 (Eldorado do Sul/Guaíba). Já a Neovia Engenharia, de Curitiba, assume do quilômetro 0 ao 98,10 da BR 290, que corresponde à freeway, entre Porto Alegre e Osório. No início de agosto, a LCM Construção e Comércio SA, de Minas Gerais, havia vencido o pregão eletrônico, mas, conforme o Departamento, foi desclassificada por não apresentar a documentação necessária.

 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) explicou que sempre que um contrato de uma empresa com uma estrada federal termina a responsabilidade volta a ser do Dnit. Informou ainda que por enquanto apenas aguarda pelo início do mês de novembro, quando está marcado o leilão da Rodovia de Integração do Sul (RIS). Ela engloba quatro estradas federais no Estado – BR 101, 286, 448 e 290 - e deve ter os trabalhos iniciados por uma nova concessionária em fevereiro do próximo ano.

 

Paralelo a isso, a possibilidade de a Concepa voltar à administração continua na Justiça. Após a liminar que determinava o retorno da antiga concessionária ser suspensa no Agravo de Instrumento emitido Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o departamento jurídico da empresa respondeu sustentando o interesse em restabelecer o contrato . "Ainda não são conhecidas quais serão as novas reações desse impasse e a disputa jurídica entre a ANTT e a Triunfo Concepa", informou a concessionária.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

05/09/2018 - Defesa de Lula entra com recursos no TSE e no STF por candidatura

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na arena eleitoral entrou com um recurso extraordinário no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite da terça-feira, contra a decisão da Corte da semana passada que negou o registro do petista. Caberá agora à presidente do TSE, ministra Rosa Weber, analisar o recurso e decidir se o encaminha ao Supremo Tribunal Federal (STF). Caso Rosa decida encaminhar o recurso ao STF, o relator do caso deverá ser definido em sorteio a ser realizado entre 7 dos 11 integrantes da Suprema Corte, ficando de fora a atual presidente do STF, ministra Cármen Lúcia (que por questões regimentais não recebe esse tipo de processo), e os três ministros do STF que também integram o TSE (Rosa, Edson Fachin e Luís Roberto Barroso).

 

Em uma ofensiva jurídica paralela, a defesa do ex-presidente na esfera criminal informou na noite de terça-feira que protocolou no STF um pedido para afastar qualquer impedimento à candidatura do petista à Presidência da República. Esse outro pedido - que quer afastar os efeitos da condenação no caso do triplex do Guarujá - deverá ser analisado pelo ministro Edson Fachin (relator da Operação Lava Jato no STF), que costuma respeitar as decisões de colegiado e remeter questões mais delicadas para análise do plenário.

 

Para os advogados eleitorais do ex-presidente, "a palavra final" sobre a candidatura de Lula deve ser dada pelo STF. Os defensores de Lula também argumentam que, na condição de candidato sub judice, Lula deveria ter garantido o direito de participar da campanha. "É inegável que o Caso Lula provocou o abandono de duas posições consolidadas pelo TSE. Não valem mais as garantias do art. 16 -A (direito de fazer campanha sub judice); a inelegibilidade não pode mais ser afastada supervenientemente. Pode ter sido mera coincidência, mas houve um julgamento na medida para Lula no TSE. A jurisprudência foi deixada de lado. Houve radical mudança de orientação. É péssimo para a segurança jurídica", criticam os advogados eleitorais de Lula.

 

ONU

 

Na madrugada do sábado, prevaleceu no TSE o entendimento do ministro Luís Roberto Barroso, que vetou a prática de atos de campanha presidencial por Lula e deu 10 dias para a sua coligação efetuar sua substituição. O PT quer, no mérito, que a Justiça brasileira seja obrigada a atender à decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU, que no dia 17 de agosto emitiu um comunicado "solicitando ao Brasil que tome todas as medidas necessárias para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva possa desfrutar e exercer seus direitos políticos, enquanto esteja na prisão, como candidato para as eleições presidenciais".

 

Dos sete ministros do TSE que julgaram o registro de Lula, apenas Fachin entendeu que a decisão do comitê era capaz de afastar a inelegibilidade do petista, enquadrado na Lei da Ficha Limpa depois de ser condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. "Diminuir o Comitê é diminuir o Pacto Internacional que o previu como parte inerente. Diminuir o Pacto é diminuir o Sistema Internacional de Proteção dos Direitos Humanos", sustentam os advogados de Lula.

 

Em pedido subsidiário, o PT solicita que, ao menos, seja permitida a plena participação de Lula em atos de campanha, enquanto não se esgotarem todos os recursos no caso do registro.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2018 - Homem é executado com pelo menos quatro tiros em Porto Alegre

Um homem foi executado com pelo menos quatro disparos de arma de fogo no final da tarde deste domingo, debaixo do Viaduto Tiradentes, na avenida Protásio Alves, em Porto Alegre. Por volta das 17h30min, um carro, com pelo menos dois indivíduos, aproximou-se da vítima, que aguardava para atravessar a avenida em direção à rua Mariante. Em seguida, os criminosos disparam e executaram o rapaz.

 

De acordo com o delegado Amilcar Souza Neto, da DPPA, outra pessoa acabou ferida com um disparo na panturrilha durante o tiroteio. O veículo utilizado pelos criminosos foi abandonado na rua Coronel Corte Real, no bairro Petrópolis. Um suspeito acabou preso. A violência do crime chamou a atenção dos policiais. "Numa primeira contagem, contamos 18 cápsulas de pistola 9mm no local. É uma execução, mas a motivação só a investigação vai poder nos apontar com segurança", comentou.

 

Durante o trabalho da perícia, curiosos cercaram o local para acompanhar a retirada do corpo. O trânsito debaixo do viaduto, na direção Centro-bairro, na avenida Protásio Alves, foi desviado para a rua Silva Só. O local ficou bloqueado por pelo menos por uma hora e meia, causando congestionamento na região.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2018 - Decretada prisão de suspeito de matar companheira em Canela

A Justiça decretou a prisão preventiva do suspeito de matar a companheira em Canela, na Serra gaúcha. Stéfane dos Santos Gomes, de 22 anos, foi morta a facadas na madrugada de sábado (1°). Conforme a Polícia Civil, o companheiro da vítima, Jéferson Leandro da Silva, de 29 anos, está foragido.

 

O delegado Vladimir Medeiros, responsável pelas investigações e pelo pedido de prisão, pede auxílio da comunidade para que o suspeito seja encontrado e preso.

 

Segundo a equipe da Samu que fez o atendimento, Stéfane teria recebido 17 facadas no tronco, pescoço e braços e morreu no local. O primo dela, Gustavo Alex Kullmann dos Santos, de 42 anos, que estava junto com os dois, também foi atingido. Ele foi levado para o Hospital de Caridade de Canela.

 

Jéferson, suspeito de ser o autor das facadas, fugiu em um Celta branco logo após o ataque. Segundo a polícia, ele já esteve preso e tem antecedentes criminais, inclusive por crimes da Lei Maria da Penha, denunciados por ex-companheiras. Não há registro de ocorrências de Stéfane contra o companheiro.

 

O caso foi registrado como feminicídio e tentativa de homicídio.

 

 

 

Fonte: G1 RS

03/09/2018 - Expointer movimenta R$ 2,3 bilhões em negócios, alta de 13% em comparação com o ano anterior

A 41ª Expointer, que terminou neste domingo (2), teve um volume de vendas superior ao ano passado. O total de negócios foi de R$ 2,3 bilhões, alta de 13% em comparação com 2017. O balanço foi apresentado no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

 

Em nove dias de feira, circularam pelo parque 370.581 pessoas. A próxima edição da Expointer, em 2019, está prevista para acontecer de 24 de agosto a 1º de setembro.

 

Veja os números da 41ª Expointer

 

Máquinas e implementos agrícolas

 

  • Comercialização atingiu R$ 2,28 bilhões
  • Aumento de 18,8% em comparação com 2017
 

Pavilhão da Agricultura Familiar

 

  • Venda de produtos chegou a R$ 4 milhões
  • Alta de 40,3% em comparação com 2017
 

Artesanato

 

  • Contabilizou R$ 1.277.968,48 com a venda de 30.930 peças
  • Aumento de 16,18% em comparação com 2017
 

Comercialização de animais

 

  • Valor de vendas foi de R$ 10.269.226
  • Recuo de 3,6% comparado com 2017
 

Exposição de animais contou com 4.247 exemplares de 145 raças, o que representou elevação de 32%, já que teve o retorno da mostra de aves, que havia sido suspensa em 2017 em razão da gripe aviária

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

03/09/2018 - Partido Novo entra com ação no TSE contra propagandas eleitorais do PT com Lula

O Partido Novo, do candidato à Presidência da República João Amoêdo nas eleições 2018, entrou neste domingo, com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra propagandas eleitorais da chapa do PT para o Planalto. O partido acusa a coligação "O Povo Feliz de Novo" de descumprir ordem judicial e a acusa de fazer propaganda irregular.

 

O partido cita a decisão do TSE de impugnar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, definida na madrugada de sábado, e as propagandas veiculadas pelos petistas na televisão e no rádio deste mesmo dia. Para o Novo, a chapa do PT "deixa claro que não está disposta a seguir o caminho da legalidade". "A Corte deliberou que a coligação poderia prosseguir com a propaganda eleitoral desde que Lula não praticasse atos de campanha, em especial no rádio e na televisão, até que se proceda à substituição", justifica o partido.

 

O Novo questiona as inserções em que Fernando Haddad diz ser candidato a vice-presidente e critica o que chama de "fraude" em relação ao fato de o ex-prefeito ser chamado de "representante de Lula". "Trata-se de um descarado ato de campanha do candidato cujo registro foi impugnado, o que não apenas descumpre a decisão desta Corte, mas também viola a legislação eleitoral em inúmeros pontos", defende o partido. "Se houve uma tentativa de ser sutil, com todo o respeito, os representados falharam na sua tarefa", acrescenta.

 

São citados trechos de propagandas que, na avaliação do Novo, transmitem o protagonismo das peças a Lula - e não a um candidato habilitado pela Justiça Eleitoral. O partido afirma que, no programa veiculado em bloco, à tarde e à noite de sábado, Haddad "reforça a intenção de descumprir a decisão que indeferiu o registro de candidatura" de Lula ao dizer, no vídeo, que "a decisão tá tomada, nós vamos com o Lula até o fim".

 

A ação pede a concessão de medida cautelar para determinar a retirada de 11 publicações da página de Lula no Facebook, além da suspensão da veiculação da propaganda em bloco e em inserções, no rádio e TV, das propagandas exibidas pela coligação no sábado.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2018 - Sem manutenção e com negociação patinando, número de buracos dobra na freeway

Passados dois meses que as cancelas dos pedágios da freeway foram erguidas, a rodovia escancara o abandono. Sem nenhum tipo de reparo nos 98 quilômetros entre Porto Alegre e Osório desde que o contrato com a Triunfo Concepa foi rescindido, o número de buracos que, há pouco mais de um mês, era de 288, mais que dobrou, chegando a 644. Também há lixeiras transbordando e partes de pneus no meio e nas margens da pista.

 

No último levantamento visual de buracos feito por ZH, em 26 de julho, a superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) garantiu que a manutenção iria começar em até um mês. Agora, a promessa ficou para a primeira quinzena de setembro.

 

A empresa que fará o serviço na freeway está licitada: a paranaense Neovia receberá R$ 90 milhões pelo período de dois anos ou até que a nova concessionária assuma a rodovia. O edital que inclui a estrada e outras três rodovias federais – as BRs 448 (Rodovia do Parque), 386 e 101 – está em andamento e a previsão é de que a vencedora assuma em fevereiro de 2019.

 

Enquanto a burocracia não é resolvida, quem sofre é o usuário. Pelo levantamento de ZH, a média é superior a três buracos por quilômetro. Mas o cálculo diz pouco sobre a real situação dos 196 quilômetros, somando os dois sentidos da estrada, já que há trechos curtos que concentram muito buracos, e longos com poucas imperfeições.

 

O trecho na saída de Porto Alegre em direção ao Litoral, de apenas quatro quilômetros, apresenta 78 buracos – o equivalente a 12% do total da rodovia. Por outro lado, 12 quilômetros do trajeto final de quem está chegando a Osório possuem apenas duas cavidades.

 

Morador do Litoral Norte e habituado a fazer o trajeto para a Capital semanalmente, Marcos Lewis, 47 anos, lamenta a deterioração da pista.

 

– É impressionante o número de "panelas" que se formaram. Não caí em nenhuma ainda, porque já sei onde estão e aí desvio – comenta Lewis, referindo-se às cavidades redondas e fundas.

 

Às vésperas de um feriadão (de 7 de Setembro) e com a proximidade do verão, a preocupação maior é com quem não conhece ou não tem frequentado a freeway, já que as três pistas em cada sentido e a velocidade máxima de 110 km/h são as mesmas de quando havia manutenção da rodovia.

 

– Mesmo conhecendo a estrada, dirijo devagar para dar tempo de ver os buracos e desviar, mas, quando o movimento aumentar e os veículos em velocidade alta também, não sei como vai ser – observa Lewis.

 

A falta de manutenção não é a única culpada pelo aumento de buracos na rodovia. Os intensos períodos de chuva, conjugados com o tráfego intenso de caminhões, contribuíram para que as cavidades crescessem de tamanho. Há trechos, como no km 23 no sentido Capital-Litoral, em que o asfalto está descascado por mais de 10 metros, expondo as camadas inferiores da pavimentação. Em outros, como no km 21, a profundidade das fendas chega a cinco centímetros.

 

EGR ficaria responsável apenas pelo socorro

 

Os problemas da freeway vão além dos buracos: a necessidade de guincho segue a cargo dos motoristas, e o socorro médico cabe às prefeituras. Na tarde de quarta-feira, o motorista de aplicativo Fabrício Freitas da Silva, 32 anos, transportava passageiros quando a correia do seu carro arrebentou. Além de perder a corrida e de desembolsar R$ 100 para pagar um guincho particular, o que mais lhe incomodou foi o tempo de espera.

 

– Fiquei mais de meia hora tentando contatar guincho. Dei sorte quando um passou e parou aqui. Antigamente, a Concepa chegava em 15 minutos. Agora, a gente não paga pedágio, mas tem de contar com a sorte – pontua o morador de Alvorada.

 

Se os planos do governo federal derem certo, a rodovia será delegada à Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), que cobraria a cobrar pedágio. Com a arrecadação, bancaria os serviços de guincho e socorro médico. A manutenção da pista seria de responsabilidade da empresa já licitada pelo Dnit.

 

A informação é do chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que é pressionado por prefeitos das oito cidades cortadas pela rodovia. Eles não querem permanecer com o serviço de ambulâncias:

 

– A negociação depende muito mais da EGR e do governo do Estado do que do Ministérios dos Transportes. Aqui, no governo federal, está tudo pronto.

 

Presidente da EGR, Nelson Lídio Nunes diz que a proposta foi cogitada, mas que a decisão cabe à Secretaria Estadual de Transportes. A pasta informa que "o governo está realizando a análise jurídica da proposta". Por outro lado, a antiga concessionária segue tentando reassumir a via. Depois de liminar ter concedido à Concepa permissão para voltar a operar a freeway e a BR-116, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região derrubou a decisão. A concessionária se manifestou à Justiça, voltando a alegar necessidade de prorrogação do contrato para obter "reequilíbrio contratual" por investimentos feitos.

 

 A Concepa, porém, está no centro de suspeitas levantadas por órgãos de fiscalização. Um parecer da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) indicou que a empresa teria maquiado trechos da freeway antes de fiscalização para mascarar problemas. Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) indicou que a companhia teria tido lucro irregular de R$ 72,4 milhões durante um ano, no período de renovação do contrato após o fim da concessão. Isso porque as tarifas ficaram acima do valor de que deveria ser cobrado dos usuários.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

03/09/2018 - Número de presos no Rio Grande do Sul ultrapassa 40 mil

O número de presos no Estado ultrapassou a barreira dos 40 mil pela primeira vez, fazendo com que, somada, a atual população carcerária do Rio Grande do Sul supere o número de habitantes de de 444 dos 497 municípios gaúchos. Ou seja: 90% das cidades do Estado estariam abaixo das prisões somadas em um ranking de moradores.

 

O crescimento da massa carcerária acentuou-se nos últimos anos. Da mesma forma, elevou-se significativamente o déficit de vagas no sistema, que já chega a pelo menos 12 mil.

 

A equação de difícil solução entre o aumento constante do número de presos e a falta de vagas é motivo de apreensão das autoridades do Poder Judiciário e do Ministério Público.

 

— A gente se preocupa com o avanço no número de presos ao mesmo tempo em que não são disponibilizadas novas vagas no sistema. O aumento do déficit pode fazer com que sejam escolhidos presos para a concessão de prisão domiciliar, por exemplo. O Estado não tem condições econômicas para a construção constante de presídios e penitenciárias, então, é preciso buscar alternativas penais, como o uso de tornozeleiras eletrônicas — argumenta o o juiz substituto da Vara de Execuções Criminais (VEC) de Porto Alegre, Alexandre Pacheco.

 

Para o magistrado, ainda não é possível vislumbrar soluções a curto e médio prazos.

 

— Outra opção seria investir em prisões no método Apac (a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, que opera como entidade auxiliar dos poderes Judiciário e Executivo e na administração do cumprimento das penas privativas de liberdade nos regimes fechado, semiaberto e aberto). São prisões com custo bem mais baixo — afirma. Pelo Ministério Público, o coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal e de Segurança Pública do MP, Luciano Vaccaro, concorda que a superlotação das prisões é um problema grave que afeta o sistema penitenciário. Para ele, a solução não passa pelo desencarceramento.

 

— Quem conhece a realidade sabe que há uma superlotação das prisões. Mas há também uma mudança de visão nas instituições. O Ministério Público vem combatendo a lavagem de dinheiro e o crime organizado, visando a prisão de seus líderes, justamente buscando a redução dos índices de criminalidade — afirma o promotor.

 

Vaccaro defende ainda o aumento no número de vagas no sistema e uma mudança na gestão de presídios e penitenciárias.

 

— Do jeito que está, o Estado não exerce o controle das prisões, só mantém o preso segregado — diz.   

 

Susepe exalta novas vagas e contratações

 

Por meio de nota, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) elencou medidas que vêm sendo adotadas no enfrentamento da falta de vagas no sistema. Segundo a instituição, tem-se feito esforço “no sentido de recolher, da melhor forma possível, os detentos”.

 

O Complexo Prisional de Canoas, considerado modelo, e os dois Centros de Triagem da Cadeia Pública de Porto Alegre são citados pela Susepe. A contratação de novos servidores também é elencada pela instituição.

 

“Teremos o acréscimo de mais 230 servidores, atualmente em curso de formação, com previsão de formatura em 28 de setembro.”

 

Para abrigar os detentos, há a previsão da abertura de 416 novas vagas, até outubro, no Presídio Estadual de Porto Alegre (junto à Cadeia Pública de Porto Alegre), além de 56 novas vagas com as ampliações do Presídio Estadual de Camaquã e 73 vagas, sendo 10 femininas, no Presídio Estadual de Santiago, com previsão de conclusão em dezembro.

 

“Ainda neste ano, teremos o incremento de cerca de 550 vagas, e, até fevereiro de 2019, mais 420 vagas no Presídio Estadual de Bento Gonçalves”.

 

“É importante ressaltar que o aumento do número de presos é consequência de um quadro social complexo, que foge ao controle desta superintendência, embora estejamos sempre atentos no sentido de poder resolver a questão”, finaliza a nota.

 

A população carcerária

 

Homens: 37.655

Mulheres: 2.402

Total: 40.057 

Fonte: Susepe

 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

03/09/2018 - Instabilidade persiste no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira

Depois de um final de semana de muita chuva, a segunda-feira será mais um dia de nuvens e instabilidade no Rio Grande do Sul. Ao longo do dia, pode chover e garoar na maioria das regiões do Estado. Os acumulados de precipitação devem ser baixos, com maiores volumes registrados na Serra e no Litoral Norte.

 

Em algumas localidades, especialmente do Oeste e do Sul, o sol pode aparecer ao menos em parte o dia. Já na Serra, o início da semana será marcado pela jornada de altíssima umidade com denso nevoeiro.

 

A temperatura varia pouco na maior parte dos municípios gaúchos. Em Porto Alegre, os termômetros ficarão entre 14°C e 17°C.

 

Chuvas

 

Entre a quarta-feira e este domingo, os volumes de chuva no Estado foram extremamente altos. Em um intervalo de 96 horas, várias estações do Instituto Nacional de Meteorologia registraram mais de 100 mm no período, como Caçapava do Sul (137 mm), Campo Bom (132) e Encruzilhada do Sul (136).

 

Dezenas de outras cidades também tiveram mais de 100 mm, medidos por estações automáticas particulares ou outros órgãos meteorológicos. A Capital anotou 100 mm a 150 mm em quase todos os bairros. Na estação da Tristeza foram 162 mm em quatro dias: 13,2 mm na quinta, 54,8 mm sexta, 92,6 mm no sábado e 1,6 mm até as 19h deste domingo.

 

Os altos volumes de chuva elevaram rios e arroios com inundações e alagamentos. Em alguns municípios do Sul, muitas áreas ficaram de zona rural ficaram debaixo d'água. Conforme boletim da Defesa Civil, pelo menos 17 municípios tiveram prejuízos com a chuva e 15 famílias tiveram que deixar suas casas.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2018 - Após boatos sobre greve, postos de combustíveis têm filas em Porto Alegre

O temor de um novo período de desabastecimento provocou filas em postos de gasolina em algumas regiões de Porto Alegre. Na noite de domingo, filas se formaram a partir das 20h na maioria dos postos de combustível. Preocupados com a possibilidade de enfrentar novo racionamento, clientes encararam a garoa fina que atingiu a cidade na noite de domingo para abastecer os veículos.

 

Na avenida Ipiranga, onde há grande número de postos, as filas chegavam a se estender por cerca de 50 metros. Na avenida João Pessoa, a cena se repetiu, com dezenas de carros se avolumando no lado direito da pista para abastecer os veículos.

 

Após ouvir boatos em redes sociais, o agente funerário Clodoaldo de Souza decidiu correr em busca de um posto de combustível para encher o tanque do carro. E lembra que na greve dos caminhoneiros chegou a ficar uma semana sem trabalhar. “Tenho medo de ficar sem combustível e parar minha vida em função disso, pois utilizo o carro para ir trabalhar. Por isso completei o tanque”, observa. “Já aconteceu na outra vez de ficar sem poder trabalhar em função da falta de combustível. Tive prejuízo da outra vez, agora não vou ter prejuízo de novo”, acrescenta. Mesmo com o aumento inesperado da demanda, os postos de combustíveis mantêm as reservas em níveis normais.

 

Áudios em circulação no WhatsApp anunciando nova paralisação geral dos caminhoneiros após o feriado do Dia da Independência, devido ao não cumprimento pelo presidente Temer das medidas anunciadas na greve geral de maio passado, criaram instabilidade e apreensão no fim de semana.

 

Boato ou não, notas oficiais, entre as quais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), e da União dos Caminhoneiros do Brasil (UDC), e Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) trouxeram informação mas não eliminaram desconfianças sobre a possibilidade de a greve acontecer.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

03/09/2018 - Incêndio de grandes proporções consome Museu Nacional, no Rio

Um incêndio de grandes proporções atinge o Museu Nacional, na zona norte do Rio, na noite deste domingo, 2. Especializado em história natural e mais antigo centro de ciência do País, o Museu Nacional completou 200 anos em junho em meio a uma situação de abandono.

 

O Corpo de Bombeiros foi acionado às 19h30min e rapidamente chegou ao local, mas até as 21h o fogo permanecia fora de controle. Era um incêndio de grandes proporções que tinha tomado todos os andares do edifício. Dezenas de curiosos entravam na Quinta da Boa Vista para ver o incêndio. Funcionários choravam. Não havia registro de feridos. Grandes labaredas atingiam os dois andares, e estrondos eram ouvidos de tempos em tempos.

 

“Começou por volta das 19h30. Eu moro pertinho e, assim que soube, vim pra cá. É uma pena, acho que não vai sobrar nada”, afirmou o advogado Marcos Antônio Pereira, de 39 anos, enquanto acompanhava o combate ao fogo. Entre os funcionários do museu, o clima era de desespero. “Queimou tudo, perdemos tudo”, repetia uma mulher, aos prantos. Ela não quis se identificar.

 

O museu foi fundado por D. João VI e tinha como um dos atrativos o quarto onde dormia o imperador D. Pedro II, no Palácio de São Cristóvão.

 

Apesar do ambiente ainda majestoso, reportagem feita pelo Estado em abril observou vários sinais de abandono, como um lustre parcialmente quebrado, alguns móveis sem conservação e manchas de umidade na parede. Com um dos mais importantes acervos de história natural da América Latina, o museu chegou ao bicentenário com goteiras, infiltrações, salas vazias e público de menos de 200 mil pessoas por ano - muito abaixo de sua capacidade.

 

Museu abriga esqueleto mais antigo das Américas

 

O museu, ligado à Universidade Federal do Rio de Janeiro, reunia algumas das mais importantes peças da história natural do País, como Luzia, o esqueleto mais antigo já encontrado nas Américas. Com cerca de 12 mil anos de idade, foi achado em Lagoa Santa, em Minas Gerais, em 1974. Trata-se de uma mulher que morreu entre os 20 e os 25 anos e foi uma das primeiras habitantes do Brasil. A descoberta de Luzia mudou as teorias sobre o povoamento das Américas.

 

Outra peça marcante do museu é o meteorito Bendegó, o maior já encontrado no Brasil e que tinha destaque no saguão do prédio. Com 5,36 toneladas, a rocha é oriunda de uma região do Sistema Solar entre os planetas Marte e Júpiter e tem cerca de 4,56 bilhões de anos. O meteorito foi achado em 1784, em Monte Santo, no sertão da Bahia. Está na coleção desde 1888.

 

Vaquinha

 

Em janeiro deste ano, professores dos cursos de pós-graduação que trabalham no museu se uniram para pagar a passagem de ônibus da equipe de limpeza. Eles temiam que a sujeira afetasse o acervo, composto de muito material orgânico, sensível a micro-organismos.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

31/08/2018 - Suspeito de planejar chacina com cinco mortos em Florianópolis tinha instalado fechaduras em hotel

Um suspeito que conhecia o apart-hotel como poucos, uma sobrevivente conhecida de um dos supostos autores, dinheiro e objetos roubados da família Gaspar Lemos, as fechaduras do cenário da chacina de Canasvieiras instaladas justamente pelo homem que teria planejado o crime que matou cinco pessoas - quatro delas da mesma família - em 5 de julho deste ano, em Florianópolis. Esses são alguns dos detalhes apresentados pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (30), em coletiva de imprensa convocada para anunciar o caso como solucionado na esfera policial.

 

Quase dois meses após as vítimas serem mortas por asfixia dentro de um apart-hotel em Canasvieiras, a Polícia Civil informou que concluirá o inquérito na próxima segunda-feira (3) e o encaminhará para análise do Ministério Público (MP). Com a prisão do terceiro suspeito de participar do crime, na manhã desta quinta-feira, a Delegacia de Homicídios de Florianópolis pedirá a conversão das prisões temporárias (que têm prazo de 30 dias) em preventivas (sem prazo). A tipificação do inquérito será feita pelo crime de homicídio, mas, como além de três carros foram roubados R$ 10 mil e oito aparelhos de TV, caberá ao MP tipificar juridicamente a conduta de cada um dos suspeitos.

 

Nem todos os detalhes do inquérito – distribuído em três volumes com cerca de 200 páginas – foram divulgados pelos delegados Ênio Matos e Salete Mariano, da Delegacia de Homicídios. O nome dos suspeitos, por exemplo, não foram informados. Todos moravam no norte da Ilha e têm entre 20 e 22 anos. Apenas um, preso na fronteira com o Uruguai em 10 de agosto, já tinha passagem pela polícia (dois termos circunstanciados por porte de maconha nos quais ele foi inocentando).

 

Salete garantiu que os três admitiram participação na chacina sem tiros de Canasvieiras. O mentor intelectual do crime teria sido o segundo suspeito preso, em 11 de agosto, em Potecas, São José. Ele e o suspeito preso na manhã desta quinta são naturais de Belém, no Pará. O homem preso em Santana do Livramento é natural de Florianópolis e foi o primeiro a ser identificado pela equipe da Homicídios através de laudos periciais do Instituto Geral de Perícias (IGP). A partir dele, a polícia chegou aos outros dois suspeitos. Toda a motivação do crime, disse Matos, tem origem na Ilha de SC.

 

— E vem de dívidas de atividades laborais (R$ 47 mil), junto com ameaças, do devedor, que era o filho (Leandro Gaspar Lemos, o Magal, 44 anos), mas a família estava toda envolvida. Mais que a dívida, na minha leitura, pesa a ameaça que um deles (o preso em Potecas) estava recebendo do devedor. Ele (preso em Potecas) juntou os outros dois, foram no hotel cobrar a dívida, acharam que tinha muito dinheiro, mas encontraram só R$ 10 mil, que eles levaram embora — explicou o delegado Matos, citando provas técnicas e testemunhais para embasar o inquérito.

 

 Suspeito de planejar o crime tinha instalado fechaduras do hotel

 

O suspeito de planejar a chacina depois de olhar séries na TV trabalhava para os Gaspar Lemos no hotel e na boate Arena Spazzio, cujos sócios eram Leandro Gaspar Lemos, o Magal, e Ricardo Lora, 39 anos, também morto na chacina. Segundo Matos, o rapaz trabalhava como autônomo, fazia de tudo um pouco e tinha instalado as fechaduras do hotel. Sabia, segundo Matos, até a força de energia do prédio. Naquela tarde, foi ele quem abriu a porta e entrou com os outros dois suspeitos.

 

Sobre há quanto tempo ele planejava o crime, Matos não soube responder. As inscrições na parede, aponta a polícia, foram apenas para despistar os investigadores, tirar o foco dos policiais baseado no conhecimento do histórico das vítimas.

 

— Tentaram demonstrar que o crime tinha sido praticado por profissionais, porque eles sabiam que a família devia para bastante gente, que eram procurados com frequência por devedores. Então, fizeram um crime assim, com pessoas amarradas, inscrições de que a família tinha sido vingada, tudo para despistar a polícia.

 

Camareira que foi poupada da morte conhecia um dos suspeitos

 

Seis pessoas ficaram na mira dos três suspeitos dentro do apart-hotel Venice Beach na tarde de 5 de julho deste ano. Apenas uma delas, camareira no estabelecimento, sobreviveu. Na ocasião, a mulher, moradora do norte da Ilha, chegou ao local junto com Kátia Gaspar Lemos, filha do patriarca. Ao descerem do carro diretamente na garagem do hotel, foram rendidas e separadas. O nó dado na camareira foi diferente de todos os demais, estava frouxo e possivelmente fácil de desamarrar.

 

Na entrevista coletiva concedida pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira, a reportagem perguntou se a sobrevivente conhecia algum dos criminosos. A reposta de Ênio foi sim.

 

— Conhecia o que planejou o crime.

 

Questionado se ela não é suspeita de qualquer participação no caso, Matos foi taxativo:

 

— Não.

 

O delegado afirma que, embora conhecesse o homem preso em Potecas, ela não viu o rosto dele, que estava coberto com máscara. Apenas um dos suspeitos, preso nesta quinta, estava com o rosto descoberto. Era ele também o único dos suspeitos armado. O homem que amarrou a camareira disse que ela foi poupada da morte. A camareira, em depoimento, segundo a delegada Salete, colaborou com detalhes do crime. Ela teria informado que eram três suspeitos na ocasião e relatado detalhes que corroborariam com a fala dos suspeitos.

 

Sobre como os criminosos se associaram para cometer o crime, Matos disse que eles se conheciam do norte da Ilha. O delegado garante que nenhum deles era faccionado ou simpatizante de alguma facção criminosa.

 

— Os outros dois receberam promessa de que no hotel teria dinheiro ou algo de valor. Eles foram lá para receber alguma coisa, mas não era o que esperavam.

 

 Suspeitos podem responder por latrocínio

 

Os três suspeitos de autoria na chacina sem tiros de Canasvieiras chegaram ao local a pé naquela tarde nublada de quinta-feira, 5 de julho. Depois de permanecerem quase oito horas no hotel, fugiram levando três carros dos Gaspar Lemos, oito aparelhos de TV e R$ 10 mil em valores. Mesmo com os roubos, Matos e Salete encaminharão o inquérito ao MP como homicídio, já que estariam com a intenção de matar as pessoas. Durante os depoimentos, todos se mantiveram calmos, disse Matos.

 

— Eles foram para matar. Roubaram algumas coisas, mas foram para matar. Não foram lá para roubar. O cara que planejou disse que tinha visto em filmes. Todos morreram asfixiados. Um em seguida do outro — narra Matos.

 

A tipificação da Polícia Civil não vai se ater à doutrina jurídica, o que será responsabilidade do promotor Andrey Cunha Amorim, integrante do MP que receberá o inquérito para oferecer ou não denúncia. Entre os delegados da Polícia Civil, há o entendimento de que algum ou até dois suspeitos podem ser denunciados por homicídio e outro(s) por latrocínio.

 

Cenário da chacina está alienado a banco e em vias de ser leiloado

 

O prédio do apart-hotel Venice Beach, com 18 unidades e cobertura, está em nome da empresa KGL Administração de Bens e Participações Ltda, cujos sócios eram Kátia Gaspar Lemos – que empresta as iniciais do nome à empresa – e seu irmão Leandro Gaspar Lemos. A empresa, com cadastro ativo, foi fundada em 2006 e suas atividades são holdings de instituições não-financeiras e gestão e administração de propriedade imobiliária.

 

O imóvel, como todos os outros bens da família Gaspar Lemos, está penhorado devido a dívidas que ultrapassam R$ 300 milhões, de acordo com os tribunais de Justiça de São Paulo e Santa Catarina, bem como cadastros de dívida ativa na União e em São Paulo. Somente para a Fiat, empresa que emprestava a bandeira para as sete revendas autorizadas da marca italiana que os Gaspar Lemos chegaram a ter em SP até 2010, a família tinha penhoras que beiravam os R$ 50 milhões. A Fiat não respondeu perguntas da reportagem.

 

Em outubro do ano passado, um edital foi colocado na praça para leiloar o prédio do Venice Beach devido a dívidas trabalhistas com trâmite na 7ª Vara do Trabalho de Florianópolis. Alienado fiduciariamente ao Banco BVA, e avaliado em R$ 5,4 milhões, ninguém arrematou o imóvel naquele leilão. Não há ainda data definida para o prédio ir novamente a leilão.

 

 Entenda o caso

 

Cinco pessoas foram assassinadas dentro do apart-hotel Venice Beach, na Rua Doutor José Bahia Bittencourt, a 100 metros do mar de Canasvieiras, quase à meia-noite de 5 de julho. O caso veio à tona nas primeiras horas do dia seguinte. Foram mortos por asfixia Paulo Gaspar Lemos, 77 anos, Paulo Gaspar Lemos Junior, 51, Kátia Gaspar Lemos, 50, Leandro Gaspar Lemos, 44, e Ricardo Lora, 39.

 

Uma camareira do hotel, que também foi amarrada pelos criminosos, conseguiu fugir, já que aparentemente foi poupada pelos bandidos. Segundo a polícia, os assassinos são três homens que entraram no hotel por volta de 16h e que lá permaneceram até perto da meia-noite, depois de submeterem as vítimas a intensa tortura psicológica.

 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

31/08/2018 - Lamborghini acidentada em Gramado não tinha seguro, informa empresa

Lamborghini envolvida em um acidente em Gramado, serra gaúcha, na quarta-feira (29), tinha sido comprada recentemente e ainda não estava com a apólice de seguro pronta, segundo a empresa Super Carros. Uma turista, que dirigia o veículo dentro de um programa de experiência oferecido para os clientes, colidiu contra o muro do pátio de uma loja.

 

A motorista, que não teve a identidade revelada, foi hospitalizada, e transferida nesta quinta-feira (30), para um hospital em Caxias do Sul. Um funcionário da Super Carros também estava no veículo, e recebeu atendimento médico, mas não chegou a ser internado. Leia a nota da empresa na íntegra abaixo.

 

O acidente ocorreu na Avenida das Hortênsias, no trecho em que inicia a RS-235, e foi registrado pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar. Segundo a corporação, não é comum a ocorrência de acidentes no local.

 

Segundo a Super Carros, foi o primeiro acidente registrado na empresa em nove anos de atividades, em Gramado e em outras duas filiais (em Foz do Iguaçu e em Santa Catarina). A nota ainda aponta que a causa do acidente está sendo investigada.

 

Os condutores assinam termo de responsabilidade homologado, e assumem custos eventuais, esclarece a empresa. Porém, por ser o primeiro caso de acidente, a questão financeira ainda está sendo ajustada. A Super Carros ainda informa que presta apoio à família da vítima.

 

A Drive Experience, serviço de experiência de direção em carros de luxo que a motorista utilizava, custa R$ 790, segundo a empresa. O carro tem custo estimado entre R$ 700 mil e R$ 750 mil. O custo do conserto ainda não foi calculado. A fabricante do veículo já contatou a empresa e informou que auxiliará no conserto.

 

Nota da Super Carros

 

A Super Carros vem esclarecer e lamenta profundamente o ocorrido na tarde de ontem com um de seus veículos, uma das Lamborghini, primeiro acidente em 9 (nove) anos de atividades em Gramado e outras filiais pelo Brasil. No momento, a empresa está empenhada em prestar todo o suporte e atendimento à motorista e ao colaborador envolvidos, felizmente sem consequências mais graves. A empresa está apurando as causas do acidente, porém, reitera seu compromisso com a segurança. Esse foi o primeiro evento desse tipo muito em virtude do nível de exigência e segurança que sempre fizeram parte dos nossos valores, a fim de preservar a integridade dos nossos clientes e usuários das vias públicas.

 

Esclarece ainda que todos os seus veículos são mantidos em excelente estado de conservação e, que orienta seus clientes a respeitarem as normas de educação no trânsito, exigindo o uso do cinto de segurança, o respeito aos limites de velocidades, e as melhores práticas no trânsito.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

31/08/2018 - 298 cidades gaúchas ainda não atingiram meta de vacinação contra pólio e sarampo

Faltando um dia para o fim da campanha no país, 298 dos 497 municípios gaúchos ainda não atingiram a meta de vacinação contra poliomielite e sarampo no Rio Grande do Sul. O município com o pior índice de cobertura é Chuí, na fronteira do Brasil com o Uruguai. Das 331 pessoas que deveriam receber as doses, apenas 121 procuraram os postos de saúde. Cerro Grande do Sul, Dom Feliciano e Capão do Leão não chegaram na metade do previsto.

 

Já a cidade que mais vacinou é Bom Progresso, no Noroeste, que atingiu 151% de cobertura tanto para sarampo quanto para poliomielite.

 

Em Porto Alegre, a campanha de vacinação foi prorrogada por 15 dias na Capital. A confirmação foi feita pelo secretário Municipal da Saúde, Erno Harzhein, após reunião no Ministério da Saúde, em Brasília. A Capital não vai realizar o Dia D neste sábado, mas foi marcada para o dia 15 de setembro.

 

Os dados da Secretaria Estadual da Saúde indicam que nenhuma das maiores cidades do RS - Porto Alegre, Caxias, Pelotas, Canoas e Santa Maria - chegou próximo da meta do Ministério da Saúde, que é vacinar 95% do público-alvo.

 

Conforme o governo gaúcho, ao menos 150 mil crianças ainda precisam ser vacinadas. Atualmente, na contabilização de todos os municípios, o Estado atingiu 71% da meta prevista.

 

Para tentar melhorar os números, a Secretaria da Saúde está orientando as 357 prefeituras para abrirem os postos no próximo sábado.

 

A campanha de vacinação contra sarampo e pólio começou em 6 de agosto.

 

A vacina da pólio está disponível durante o ano todo nos postos e é indicada para crianças menores de um ano de idade em três doses: a primeira aos dois meses, seguidas de outras duas, aos quatro e aos seis meses, todas elas injetáveis. A proteção é completada com dois reforços da vacina oral, aos 15 meses e aos quatro anos.

 

Em relação ao sarampo, a proteção ocorre por meio da vacina tríplice viral, indicada no calendário básico quando a criança completa um ano. Aos 15 meses, ela é complementada com a vacina tetraviral, que protege contra as mesmas três da tríplice viral, acrescida da catapora. O sarampo não era registrado no país desde 2015. Contudo, somente neste ano, são 23 casos confirmados no Rio Grande do Sul.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

31/08/2018 - Alta do dólar deve elevar preços de combustíveis e alimentos no RS

O bolso dos gaúchos não deve ficar imune à alta do dólar. Com a recente disparada na cotação, que ganhou fôlego em agosto, os consumidores tendem a sentir impactos sobre preços de produtos como combustíveis e alimentos fabricados a partir de commodities. Isso acontece porque os valores das matérias-primas estão sujeitos a oscilações da moeda americana no mercado internacional.

 

Nesta quinta-feira (30), o dólar fechou em alta de 0,78%, cotado a R$ 4,1463. À tarde, chegou a alcançar R$ 4,2085, mas perdeu gás em seguida, após intervenção do Banco Central (BC), e ficou abaixo do maior nível histórico na era do real, de R$ 4,163. A moeda americana acumula avanço de 10,4% em agosto e de 25,1% no ano.

 

Segundo analistas, o tempo para os efeitos da recente disparada serem sentidos depende de fatores como estoques disponíveis em empresas. No grupo das commodities influenciadas pela escalada do dólar está o trigo, que serve de base para pães. Pesquisa da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) indica que o valor médio de cem gramas do cacetinho passou de R$ 0,79 para R$ 0,86 entre as últimas semanas de dezembro de 2017 e de agosto — no ano, 8,9%.

 

— O dólar mais alto tem impacto em diversos produtos, mas o setor está segurando parte dos reajustes porque a demanda continua fraca. A situação preocupa porque os custos vêm aumentando no setor — explica o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo.

 

Vice-presidente do Sindipan-RS, que representa as indústrias de panificação no Estado, Arildo Bennech Oliveira avalia que, a partir da disparada da moeda americana em agosto, a tendência é de novas altas em itens à base de trigo:

 

— Estamos apavorados. Esperamos que o dólar não se mantenha nesse patamar por muito tempo. Cerca de 80% do trigo é importado.

 

Outra pressão ocorre sobre os combustíveis. A Petrobras comunicou que elevará a partir de hoje o preço do litro da gasolina nas refinarias para R$ 2,1375.

 

É o mais alto desde o início da série de reajustes quase diários, iniciada em julho de 2017, com o objetivo de acompanhar a variação do dólar e do barril de petróleo no mercado internacional. Apesar de ter chegado a 8,6% nas refinarias neste mês, a alta não teve efeitos nas bombas nas últimas semanas, aponta a Agência Nacional do Petróleo (ANP). De 29 de julho a 25 de agosto, o preço médio da gasolina nos postos do Estado passou de R$ 4,717 para R$ 4,620, redução de 2,1%.

 

Presidente do Sulpetro (que reúne os postos no Rio Grande do Sul), João Carlos Dal’Aqua afirma que as recentes altas nas refinarias ainda não respingaram no bolso dos consumidores devido à “competição própria do mercado”. Frisa, porém, que os reajustes da Petrobras tendem a pressionar os valores nas bombas.

 

— Um empresário pode segurar por um momento os preços, e outros acompanharem sua decisão, por exemplo. O mercado é competitivo — defende.

 

A alta no dólar também tem reflexos no turismo. A previsão de aumento nos gastos no Exterior pode levar consumidores a repensar suas viagens.

 

— As pessoas compram pacotes com cada vez maior antecedência. Não há grandes mudanças no curto prazo. Mas pode haver impacto nas viagens no final de ano e no início de 2019 — projeta a vice-presidente de relações institucionais da Associação Brasileira de Agências de Viagens no Estado, Rita Vasconcelos.

 

Na Argentina, moeda dispara

Além das incertezas eleitorais que vêm causando turbulência no mercado financeiro, a crise na Argentina contribuiu nesta quinta para a desvalorização do real frente ao dólar. No país vizinho, a moeda americana voltou a disparar, fechando a quase 40 pesos, com desvalorização de cerca de 16% de um dia para o outro. Em algumas casas de câmbio de Buenos Aires, anunciava-se cotação a 41,75 pesos para a venda.

 

A mensagem do presidente Mauricio Macri na manhã de quarta-feira não acalmou os mercados. Ele anunciou do que o governo havia pedido adiantamento de empréstimo ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para conter a nova “tormenta” que abalava a economia. Não foi bem sucedido, e pela primeira vez na história o peso argentino agora está valendo menos que o peso uruguaio, tradicionalmente uma moeda mais frágil e dependente das variações do peso argentino.

 

Nesta quinta, o presidente do Banco Central da Argentina, Luis Caputo, anunciou nova alta dos juros, que já eram os mais altos do mundo, chegando agora a 60% ao ano.

 

Economista-chefe da corretora Spinelli, André Perfeito afirma que o horizonte para o câmbio no Brasil no curto prazo dependerá do nível de intervenção do Banco Central (BC). Nesta quinta, a instituição anunciou o leilão de US$ 1,5 bilhão em contratos de swap cambial. A medida, que equivale à venda de dólares no mercado futuro, tenta conter a alta da moeda americana.

 

Perfeito acrescenta que a subida no câmbio deverá ter impacto sobre a inflação, mas sem estouro da meta a ser perseguida pelo BC — de 4,5%, em 2018, e de 4,25%, em 2019. No acumulado de 12 meses encerrado em julho, a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 4,48%.

 

— Os efeitos do avanço do dólar nos preços ao consumidor demoram um pouco para aparecer com maior força, mas certamente virão. A inflação não ficará fora de controle, mas sofrerá efeitos. Só não há maiores impactos do dólar mais alto porque a demanda segue fraca no país — resume Perfeito.

 

Divulgado nesta quinta, o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), usado como referência para corrigir valores de contratos de aluguel, acelerou 0,7% em agosto. Em julho, a alta havia ficado em 0,51%.

 

O crescimento foi impactado pelo resultado do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que compõe o IGP-M e mede os preços no atacado. Pressionado pela disparada do dólar, o IPA pulou de 0,50% em julho para 1% em agosto.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

31/08/2018 - Homem armado com facão agride ex-mulher e motorista de ônibus escolar

Um homem armado com um facão invadiu um ônibus escolar que levava 30 estudantes e atingiu a ex-mulher com vários golpes, na frente das crianças, na manhã desta quinta-feira, em Boituva, interior de São Paulo. O motorista do ônibus tentou intervir e também recebeu golpes de facão. Os dois ficaram gravemente feridos. Em pânico, as crianças de 7 a 13 anos acionaram a porta de e emergência e fugiram pela rua.

 

Após as agressões, o suspeito rendeu o motorista de um carro que passava pelo local e, sob ameaça, obrigou a levá-lo para fora da cidade. O refém foi obrigado a dirigir dois quilômetros na contramão pela Rodovia Gladys Bernardes Minhoto (SP 129), até ser parado pela polícia. O agressor, de 30 anos, foi preso com a roupa suja de sangue das vítimas.

 

De acordo com a Polícia Civil, a ex-mulher é monitora de transporte escolar e, quando o ônibus parou num ponto de embarque de alunos, o ex-marido invadiu o veículo. Após as agressões, ela e o motorista foram levados a São Luiz, em Boituva. Devido à gravidade dos ferimentos, os dois foram transferidos para o Hospital Regional de Sorocaba. A mulher teve os dedos das duas mãos decepados, além de cortes profundos na cabeça, ombro e pernas. Conforme o hospital, o estado dela era gravíssimo. O condutor sofreu lesões no ombro, cabeça e braços. O facão e uma faca menor que estavam com o agressor foram deixados no ônibus.

 

Na delegacia da Polícia Civil, o homem alegou que procurou a ex-mulher para matá-la, após descobrir uma suposta traição. Ele disse que não estava arrependido do que fez, mas lamentava apenas ter ferido o motorista do ônibus que não "tinha culpa de nada".

 

Conforme a polícia, a justiça já havia expedido medida protetiva em favor da mulher por conta das ameaças feitas pelo ex-marido. Ele vai responder pelos crimes de homicídios tentados, ameaça, sequestro e roubo de veículo.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

31/08/2018 - Piratini paga para os que recebem até R$ 1,3 mil nesta sexta-feira

A Secretaria Estadual da Fazenda volta a parcelar a folha do funcionalismo, a partir desta sexta-feira e pela 33ª vez, dentro da atual gestão. De acordo com o calendário apresentado, serão depositados valores líquidos de R$ 1,3 mil, ainda pela manhã, o que integraliza os pagamentos para 23% dos servidores.

 

O governo também deposita a oitava parcela já corrigida do 13º salário de 2017 para todos os servidores, assim como a indenização pelos dias de atraso dos vencimentos de julho. Em agosto, a folha vai custar R$ 1,2 bilhão, sem considerar as consignações.

 

A pasta não descarta novos pagamentos a conta-gotas, ainda nesta sexta. Porém, valores mais elevados só serão depositados a partir do dia 9, com a entrada de recursos do ICMS da energia elétrica, combustíveis e telecomunicações.

 

A Secretaria da Fazenda programa quitar dia 13 os salários líquidos de até R$ 7 mil. Com esse valor, 90% dos vínculos terão a folha integralizada. Já o pagamento aos servidores que recebem acima desse patamar depende do ingresso de novas receitas em caixa.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

31/08/2018 - Reajuste de servidores e ministros do STF vai custar R$ 7,2 bilhões em 2019

O impacto nas contas públicas do governo federal com o reajuste nos salários dos servidores e dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vai ultrapassar os R$ 7,2 bilhões no próximo ano. Os dados são do Ministério do Planejamento. A previsão desses valores já deve constar no Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) 2019, que será apresentado nesta sexta-feira. Durante visita ao Rio de Janeiro, na manhã de quinta-feira, o presidente Michel Temer confirmou que não pretende mais adiar o reajuste nos salários dos servidores civis do Executivo para 2020.

 

A suspensão do reajuste para 2020 havia sido sugerida pela equipe econômica e geraria uma economia extra de R$ 6,9 bilhões, segundo o governo. O aumento salarial escalonado foi aprovado em lei há mais de dois anos, ainda na gestão de Dilma Rousseff. Mais R$ 243,1 milhões virão do impacto que o reajuste nos vencimentos dos ministros do STF terá apenas sobre a folha do Poder Executivo.

 

O impacto na despesa de pessoal vai ocorrer porque o salário de ministro do Supremo, que está atualmente em R$ 33,7 mil, corresponde ao teto do funcionalismo público, o que faz com que nenhum servidor receba mais do que esse valor. Quando a remuneração do servidor ultrapassa, o governo aplica o chamado "abate teto", que é o desconto em folha de pagamento sobre benefícios e gratificações que ultrapassam o limite máximo permitido para o salário.

 

Como o teto poderá aumentar, já que os magistrados do STF aprovaram um aumento de 16% nos próprios salários, há cerca de duas semanas, ocorrerá um efeito cascata beneficiando milhares de servidores que já ganham acima do teto, e que terão um desconto menor sobre a folha. Apenas no Poder Executivo, mais de 5,7 mil servidores estão nessa situação.

 

Se considerado o "efeito cascata" nos demais poderes e também nas unidades da Federação, as despesas totais com salários de servidores públicos de todo o país podem aumentar em até R$ 4 bilhões, segundo projeções de técnicos da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. No Poder Judiciário, o impacto do reajuste dos ministros poderá ser de R$ 717 milhões ao ano, segundo estimativas.

 

Teto dos gastos

 

Como a Emenda Constitucional 95 impede o aumento de gastos públicos acima da inflação, o impacto dos reajustes salariais terá que ser absorvido por meio de cortes em outras áreas, como nos recursos de custeio, que servem para manter os serviços em funcionamento, como pagamento de água e luz, compra de insumos, viagens e manutenção dos órgãos públicos.

 

"O ajuste será feito de qualquer forma, porque o teto de gastos baliza as metas fiscais a longo prazo. Dentro desses espectros, as escolhas (de alocação de recursos) são feitas em um processo do regime democrático, em que existem vários atores fazendo suas escolhas", disse ontem a secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi.A secretária disse ainda que o governo terá mesmo de cortar verbas para bancar os reajustes e reiterou que a discussão se aplica apenas à destinação de recursos, sem alterar o volume total de gastos.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

31/08/2018 - Sexta-feira será marcada por chuva em todo o Rio Grande do Sul

Muitas nuvens cobrem o Rio Grande do Sul com a presença de frente semi-estacionária, nesta sexta-feira. Chove em grande parte do território gaúcho. Apenas em áreas junto à divisa com Santa Catarina a instabilidade é menor e a chuva tende a ser mais irregular. Em pontos do Centro pro Sul gaúcho, a chuva será por vezes moderada e forte com trovoadas. Porto Alegre está na área de alerta de chuva forte.

 

Haverá intervalos de melhoria passageiros e isolados. Pouco varia a temperatura, mas esfria no Sul e no Oeste. O vento pode soprar com força em parte do Estado, sobretudo na segunda metade do dia.

 

As mínimas rondam os 11°C em Bagé e os 12°C em São José dos Ausentes. As máximas, por sua vez, podem chegar a 21°C em Capão da Canoa e os 22°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 16°C e 19°C.

 

A MetSul adverte que elevados volumes de chuva são esperados em diversas regiões do Rio Grande do Sul até domingo. A instabilidade começou a avançar e a chuva que vinha ocorrendo desde a quarta no Sul e no Oeste alcançou áreas do Centro gaúcho e da Capital. No Norte e no Noroeste, o tempo seco e quente ainda predominou. Santa Rosa registrou máxima de 32,3ºC. Até 19h, a chuva somava 76 mm em Jaguarão, 74 mm em Bagé, 50 mm em Livramento e 40 mm em Quaraí.

 

Apesar de um aumento da chuva em todo o RS, será na Metade Sul que os acumulados de precipitação devem seguir mais elevados. Municípios como Camaquã, Cristal, Tapes e outras localidades próximas podem ter de acordo com o modelo WRF, volumes muito expressivos de precipitação com chance de alagamentos.

 

No fim de semana, o tempo segue instável no Rio Grande do Sul e desta vez a chuva aumentará na Metade Norte. Até domingo o tempo não firma e, por essa sequência de dias chuvosos, o Estado terá volumes elevados em diversas regiões, incluindo a área de Porto Alegre.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

30/08/2018 - Frente quente traz nuvens, chuva e raios ao RS nesta quinta

Uma frente quente traz muitas nuvens, chuva e raios nesta quinta-feira para o Oeste e o Sul do Rio Grande do Sul. A previsão é de chuva localmente forte a torrencial com raios e risco de granizo isolado e vento forte. Do Centro pro Norte do Estado o sol vai aparecer com nuvens, mas ocorrem períodos de maior nebulosidade e pode ocorrer chuva localizada.

 

Nas áreas com maior instabilidade do Oeste e do Sul, a temperatura pouco varia. Já na Metade Norte, em áreas acima do paralelo 30ºS, segue quente com máximas elevadas à tarde.

 

As mínimas rondam 10°C em São José dos Ausentes e os 16°C em Pelotas. As máximas, por sua vez, podem chegar a 31°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 17°C e 29°C.

 

Temperatura varia quase 40°C em dois dias

 

A alternância de temperaturas foi extrema na primeira metade da semana. Santa Rosa teve -4ºC no domingo, -3,5ºC negativos na segunda-feira e foi a 34,9ºC na tarde de quarta. Em dois dias, a temperatura variou quase 40ºC. Ar muito quente avançou de Norte e formou uma frente quente na fronteira com o Uruguai e no Sul, com chuva e trovoadas.

 

Já nas demais regiões, o sol apareceu e fez calor. Na Grande Porto Alegre fez 30ºC. Essa incursão de ar muito quente elevou a temperatura a 37,4ºC em Las Lomitas, na Argentina. Em Assunção, Paraguai, a máxima foi de 36ºC.

 

O fluxo de ar quente trazido por correntes de vento de Norte alimenta a instabilidade frontal até sexta-feira com muita chuva na Metade Sul e em parte do Oeste gaúcho. São esperados raios e há risco de granizo. Na Metade Norte segue quente.

 

Em Porto Alegre e região, pode chover muito durante parte da sexta e do fim de semana. Os volumes somados até domingo em várias regiões gaúchas devem ser muito altos, com marcas de 100 mm a 150 mm em algumas localidades. Os acumulados devem ser altos principalmente em parte do Centro gaúcho e na Metade Sul.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

30/08/2018 - Tribunal de Justiça do RS determina que chefes de facções permaneçam em presídios federais

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, em decisão desta terça-feira (28), determinou que 17 presos ligados a facções criminosas no estado permaneçam cumprindo pena em penitenciárias federais de alta segurança, até que sejam julgados os recursos do Ministério Público que pedem a renovação de um ano das transferências.

 

Em um dos processos, foi determinado que um chefe de facção seja mantido na Penitenciária Federal de Porto Velho, em Rondônia. Na decisão, o TJ/RS ainda definiu que sejam expedidos ofícios à Justiça do Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte e Rondônia informando a tramitação no tribunal gaúcho dos recursos do MP.

 

O subprocurador-geral Institucional do MP, Marcelo Dornelles, disse que o eventual retorno dos presos ao sistema penitenciário gaúcho dificultaria o combate a grupos criminosos do estado. O secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer, já fez diversas críticas a essa hipótese.

 

Em julho de 2017, a Operação Pulso Firme retirou do Rio Grande do Sul 27 detentos, que foram levados para presídios em Porto Velho, Mossoró, e Campo Grande.

 

"Os efeitos positivos da Operação Pulso Firme se refletem nos indicadores de criminalidade e na desarticulação de diversas organizações criminosas. A manutenção destes indivíduos nas unidades federais é fundamental para a continuidade do nosso planejamento", disse recentemente o secretário Cezar Schirmer.

 

Outras tramitações na Justiça

 

O MP tenta, desde o início do mês, reverter a decisão da Justiça do Rio Grande do Norte, que determinou o retorno ao estado gaúcho de três presos que estavam no presídio federal desde o ano passado. Os três foram encaminhados de volta para o RS durante operação da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) na terça-feira (28). No mesmo dia, outros três detentos foram levados para fora do estado.

 

Até o momento, cinco presos que foram encaminhados para fora do RS já retornaram ao estado, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública. Dois ainda em 2017, e os outros três na terça-feira.

 

Outros sete presos que estão no Mato Grosso do Sul, também enviados na operação do ano passado, podem voltar. O retorno deles já foi determinado pela Justiça Federal daquele estado.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

30/08/2018 - Bloqueios na freeway para obras da ponte do Guaíba vão até o dia 14 de setembro

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) prorrogou por mais 10 dias o prazo para conclusão do lançamento das vigas da nova ponte do Guaíba nas margens da freeway, entre os quilômetros 94 e 95, no trecho de Porto Alegre.

 

As estruturas começaram a ser instaladas no dia 20 de agosto e esta etapa da obra estava prevista para ser concluída no dia 4 de setembro. No entanto, o Dnit alega que a chuva e o mau tempo dos últimos dias dificultaram os trabalhos. A nova previsão de término agora é para o dia 14 de setembro.

 

A colocação das vigas provoca bloqueios na freeway. Eles são parciais ao longo do dia e totais no período noturno, das 22h às 6h. No caso de interrupção total no trânsito, um desvio foi instalado no local, e o fluxo é redirecionado para a pista oposta. A mureta central da freeway foi removida em dois locais no ponto das obras para possibilitar as trocas de pistas para os veículos. Placas sinalizam aos motoristas as mudanças de trânsito na região.

 

Atualmente, as equipes estão trabalhando na colocação das vigas da nova ponte no sentido Capital-Litoral da freeway, na saída de Porto Alegre, ao lado da Avenida Voluntários da Pátria. Essa primeira etapa vai até o dia 6 de setembro.

 

A partir do dia 8 de setembro, os trabalhos serão feitos no sentido Litoral-Capital da freeway, e irão provocar as mesmas interrupções no trânsito, mas na chegada à Capital, ao lado da Rua João Moreira Maciel.

 

Por conta da movimentação de operários e máquinas, a Rua João Moreira Maciel está totalmente bloqueada na altura do canteiro de obras da nova ponte. Apenas acesso local é permitido até o dia 25 de setembro.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

30/08/2018 - Presos integrantes de organização criminosa suspeita de morte de motorista de aplicativo em Mostardas

A polícia prendeu três pessoas suspeitas de envolvimento com uma organização criminosa que seria responsável pela morte de uma motorista de aplicativo de 29 anos em Mostardas, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, durante operação realizada na quarta-feira (29).

 

Duas mulheres e um homem foram presos, e dois adolescentes foram apreendidos. Foram encontradas ainda drogas, munições, armas e dinheiro, que foram apreendidos.

 

Isabel Cristine Lazzarin Gonsalves trabalhava como motorista de aplicativo. Ela foi encontrada morta no assoalho do banco traseiro do veículo, um Gol, no dia 3 de julho. Ela tinha uma corda envolta no pescoço, e marcas de ferimentos no rosto. Logo após o crime a polícia acreditava que o homicídio pudesse ter relação com o tráfico de drogas, mas a motivação não foi detalhada.

 

Conforme o delegado André Lorbiecki Roese a operação denominada Pararabellum teve o objetivo de desarticular uma organização criminosa que, além da morte de Isabel, seria responsável ainda por outros crimes.

 

“Durante as buscas, um adolescente, que estava na casa, foi flagrado arremessando um dos revólveres pela janela do banheiro”, disse o delegado, ao explicar que a suspeita é de que um dos adolescentes atuava como segurança de uma das mulheres presas.

 

Um revólver calibre 38, munições, apetrechos para o tráfico, maconha já fracionada, dinheiro e cocaína foram encontrados.

 

Em outra casa foram encontradas mais munições, uma pistola, dinheiro e material para o tráfico. Quando a polícia chegou ao local uma adolescente, filha de uma das mulheres presas, gritou para alertar sobre a chegada da polícia. Contra a mulher havia um mandado de prisão preventiva.

 

Os dois adolescentes, conforme a polícia, foram apreendidos por ato infracional análogo aos crimes de posse de arma de fogo, tráfico e associação para o tráfico.

 

A mulher suspeita do homicídio foi presa preventivamente e autuada em flagrante, junto com o homem, por porte de munição e associação criminosas.

 

A segunda mulher foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse de arma de fogo e corrupção de menores.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

30/08/2018 - Avaliada em mais de R$ 700 mil, Lamborghini alugada se envolve em acidente em Gramado

Uma Lamborghini Gallardo Spyder alugada, avaliada em R$ 738 mil, se envolveu em um acidente no final da tarde desta quarta-feira (29), em Gramado, na Serra. O veículo foi locado da empresa Super Carros, especializada em passeios com carros de luxo. A cliente, que conduzia o veículo, e o instrutor ficaram feridos e foram levados ao Hospital Arcanjo São Miguel, mas não correm risco de vida.

 

O acidente ocorreu por volta das 18h30min, na Avenida das Hortênsias. O carro se chocou contra o muro da loja LaKhazza e ficou com a parte frontal destruída.

 

A Lamborghini Gallardo Spyder é modelo 2009. A avaliação de R$ 738 mil está na tabela Fipe, usada como referência para os preços médios dos veículos no mercado do país.

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

30/08/2018 - Brasil reduz em 44,6% número de fumantes passivos no trabalho

Dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quarta-feira apontam queda em 44,6% no percentual de fumantes passivos no local de trabalho nos últimos nove anos. O percentual, segundo a pasta, passou de 12,1% em 2009, para 6,7% em 2017. Os números são do último levantamento do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2017). O estudo ouviu, ao todo, 53.034 pessoas nas 26 capitais e no Distrito Federal.

 

A série histórica apontou redução de fumantes passivos no ambiente de trabalho de 45,6% entre mulheres e 43,5% entre homens. Em 2009, as mulheres representavam 7,9% deles, passando para 4,3% em 2017. Já entre os homens, o percentual era de 17% e reduziu para 9,6% no ano passado. Os dados destacam que a frequência de fumantes passivos no local de trabalho é maior entre homens de 45 a 54 anos e mulheres de 35 a 44 anos. O menor percentual foi entre mulheres e homens com 65 anos ou mais. O estudo mostra ainda que a frequência de fumantes passivos nesse ambiente diminuiu com o aumento da escolaridade para ambos sexos.

 

Nas capitais, a frequência de fumantes passivos no local de trabalho variou entre 3,7%, em Porto Alegre e 9,7%, em Porto Velho. Entre os homens, as maiores frequências foram observadas em Porto Velho (14,5%), no Recife (13,0%) e em Campo Grande (12,9%) e, entre as mulheres, no Distrito Federal (6,4%), em João Pessoa (6,0%) e Rio Branco (5,9%). Já as menores frequências entre os homens foram observadas em Porto Alegre (5,2%), Curitiba (5,9%) e no Distrito Federal (6,7%). Para o sexo feminino, as menores frequências ocorreram em São Luís (2,1%), Porto Alegre (2,4%) e Vitória (2,6%).

 

Fumantes passivos no domicílio

 

Ainda de acordo com o Ministério, dados da Vigitel também apontam queda de 37,8% no número de fumantes passivos no local de domicílio, saindo de 12,7% em 2009 para 7,9% em 2017. Entre as mulheres, a redução foi de 43,3% e entre os homens, de 37,8%. Em 2009, as mulheres representavam 13,4% dos fumantes passivos no local de domicílio, passando para 8,4% em 2017. Já entre os homens, o percentual era de 11,9% em 2009 e 7,4% no ano passado. Os números que também mostram que a frequência de fumantes passivos no domicílio é maior entre homens de 25 a 34 anos e entre mulheres de 18 a 24 anos. O menor percentual foi entre mulheres e homens na faixa etária de 65 anos ou mais.

 

A prevalência de fumantes passivos no domicílio variou entre 5,2%, em Palmas, e 10,4%, em Macapá. Entre os homens, as maiores frequências foram observadas nas capitais Aracaju (9,8%), Belo Horizonte (9,5%) e Fortaleza (9,4%) e, entre as mulheres, em Macapá (12,7%), no Recife (11,4%) e em Natal (10,4%). Já as menores frequências entre os homens foram observadas em Salvador e São Luís (ambas com 4,6%) e Manaus (4,8%); e as menores, entre as mulheres, em Palmas e Vitória (ambas com 4,7%) e Florianópolis (5,5%).

 

Consumo

 

Por fim, dados do ministério revelam que a frequência do consumo do tabaco entre fumantes nas capitais brasileiras caiu 36% no período de 2006 a 2017. Nos últimos anos, a prevalência de fumantes passou de 15,7%, em 2006, para 10,1% em 2017. A frequência do hábito de fumar foi maior entre adultos com menor escolaridade (13,2%) e caiu para 7,4% entre aqueles com 12 anos ou mais de estudo. O inquérito também mostrou que, entre as capitais com maior prevalência de fumantes estão Curitiba (15,6%), São Paulo (14,2%) e Porto Alegre (12,5%). Salvador foi a capital com menor prevalência de fumantes (4,1%).

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

30/08/2018 - Operação combate tráfico de drogas em Pelotas

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira, uma operação para combater o tráfico de drogas em Pelotas, cidade da Zona Sul do Rio Grande do Sul.

 

A ofensiva, chamada de Mirante, tem o objetivo de reprimir o comércio de entorpecentes em uma região conhecida como Loteamento Anglo, na área central do município.

 

Cento e vinte policiais civis foram designados para a ação e devem cumprir 34 ordens judiciais no dia de hoje. Nove são mandados de prisão e outros 25 representam mandados de busca e apreensão.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

30/08/2018 - Propaganda eleitoral no rádio e na TV começa nesta sexta-feira

A propaganda eleitoral gratuita começa a ser divulgada no rádio e televisão para todo o país nesta sexta-feira. Durante o primeiro turno, o conteúdo político será veiculado até 4 de outubro, três dias antes dos eleitores comparecerem às urnas. No total, serão 35 dias de propaganda – dez a menos que antes da aprovação da Reforma Eleitoral de 2015 (Lei 13.165/2015).

 

Em casos em que haja segundo turno, a veiculação será retomada no dia 12 de outubro, ou seja, na primeira sexta-feira após o primeiro turno. Serão mais 15 dias de campanha até 26 de outubro – dois dias antes dos eleitores voltarem às urnas.

 

A definição quanto aos dias de exibição das campanhas leva em conta o cargo em disputa. Os programas dos presidenciáveis irão ao ar às terças-feiras, quintas e aos sábados. No rádio, das 7h às 7h12min e das 12h às 12h12min. Na televisão, das 13h às 13h12min e das 20h30 às 20h42min. Nestes mesmos dias, serão transmitidas as propagandas dos candidatos a deputado federal.

 

Já a publicidade dos que concorrem aos governos estaduais e do Distrito Federal, bem como ao Senado e a deputado estadual e distrital será exibida às segundas, quartas e sextas-feiras. Nos domingos, não haverá propaganda eleitoral.

 

Juntos, os programas dos candidatos à Presidência da República ocuparão dois blocos de 12 minutos e 30 segundos cada, totalizando 25 minutos a cada dia de exibição, mesmo tempo destinado à propaganda do conjunto de candidatos a deputado federal. Os que concorrem aos cargos de governadores dividirão 18 minutos de campanha no rádio e na TV, tempo igual ao destinado aos candidatos a deputados estaduais e distritais. Já os que concorrem ao Senado aparecerão em dois blocos de sete minutos cada.

 

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 28.306 pessoas registraram suas candidaturas. São 13 candidatos presidenciais; 199 concorrentes ao cargo de governador; 353 aspirantes ao Senado; 8.346 candidatos ao cargo de deputado federal; 17.512 a deputado estadual; 963 a deputado distrital e 353 ao Senado – que, este ano, renovará dois terços dos atuais senadores. Ou seja, 54 candidatos serão eleitos.

 

No último dia 23, o TSE apresentou o tempo que caberá a cada candidato ao Palácio do Planalto na campanha de TV e rádio. A divisão do tempo de TV e rádio é feita conforme o tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados dos partidos que compõem a coligação de cada candidato. Por este critério, oito das 13 candidaturas homologadas terão direito a menos de 30 segundos por bloco do horário eleitoral.

 

Além da aparição em bloco, os candidatos também fazem jus a divulgar propagandas de 30 segundos ao longo da programação das emissoras de rádio e TV. A quantidade de inserções das peças publicitárias eleitorais obedece ao mesmo critério de divisão do horário eleitoral, ou seja, a representatividade da coligação na Câmara.

 

Veja a ordem de aparição dos candidatos no primeiro dia de veiculação do horário eleitoral, o tempo em cada bloco e o total de inserções ao longo dos 35 dias de campanha em rádio e TV:

 

1- Marina Silva, coligação Unidos para Transformar o Brasil (Rede e PV): 21 segundos no horário eleitoral e 29 inserções;

 

2- Cabo Daciolo (Patriota): oito segundos no horário eleitoral e 11 inserções;

 

3- Eymael (Democracia Cristã): oito segundos no horário eleitoral e 12 inserções;

 

4- Henrique Meirelles, coligação Essa é a Solução (MDB e PHS): um minuto e 55 segundos no horário eleitoral e 151 inserções;

 

5- Ciro Gomes, coligação Brasil Soberano (PDT e Avante): 38 segundos no horário eleitoral e 51 inserções;

 

6- Guilherme Boulos, coligação Vamos sem Medo de Mudar o Brasil (PSOL e PCB): 13 segundos e 17 inserções;

 

7- Geraldo Alckmin, coligação Para Unir o Brasil (PRB, PP, PTB, PR, PPS, DEM, PSDB, PSD e Solidariedade): cinco minutos e 32 segundos no horário eleitoral e 434 inserções;

 

8- Vera Lúcia (PSTU): cinco segundos no horário eleitoral e sete inserções;

 

9- Lula, coligação O Povo Feliz De Novo (PT, PCdoB e Pros): dois minutos e 23 segundos no horário eleitoral e 189 inserções;

 

10- João Amoêdo (Partido Novo): cinco segundos e oito inserções diárias;

 

11- Alvaro Dias, coligação Mudança de Verdade (Pode, PSC, PTC e PRP): 40 segundos no horário eleitoral e 53 inserções;

 

12- Jair Bolsonaro, coligação Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos (PSL e PRTB): oito segundos no horário eleitoral e 11 inserções e

 

13- João Goulart Filho (PPL): cinco segundos no horário eleitoral e sete inserções.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

29/08/2018 - Polícia Civil prende grupo que pedia dinheiro em nome da ONU no Rio Grande do Sul

Três integrantes de um grupo criminoso que aplicava golpes em empresários foram presos em flagrante durante operação da Polícia Civil. As prisões ocorreram em Gramado, na Serra gaúcha, e em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos.

 

A estimativa da polícia é que, em dois anos, o grupo tenha lesado as vítimas em R$ 5 milhões. Os presos foram identificados pela polícia como Marcelo Reginaldo, Alex Sandro Arruda Ferreira e de Jardel Francisco da Silva.

 

O estilo de vida ostensivo de Reginaldo, apontado como chefe do grupo, chamou atenção da polícia. Ele mora em um condomínio em Gramado, na Serra, tem uma casa na praia de Jurerê, em Santa Catarina, uma empresa de ônibus em Igrejinha e se apresentava como presidente de um sindicato de transportes.

 

"Percebemos que essa pessoa, por ostentar demais, passou a vender imóveis com documentos falsos. Ele registrava algum documento, vinha o selo original e removia esse selo e colocava em um outro documento, que era fraudulento", descreve o delegado Tarcisio Lobato Kalbatch.

 

Além da venda falsa de imóveis, a polícia identificou outra prática do grupo: a arrecadação de valores fraudulenta. Os suspeitos se apresentavam como representantes da Organização das Nações Unidas (ONU), para pedir doações de dinheiro em espécie para ajudar países da África.

 

 

Como o golpe foi aplicado na época da Copa do Mundo no Brasil, os membros do grupo, segundo uma das vítimas, usaram indevidamente o nome de jogadores de futebol e técnicos pra conseguir o dinheiro.

 

Além das prisões, a polícia apreendeu papéis, cartões de crédito falsos, dinheiro e uma arma durante a operação.

 

O advogado de Marcelo Reginaldo diz que vai aguardar o fechamento do inquérito para definir a estratégia da defesa. Já advogada de Alex Sandro Arruda Ferreira e de Jardel Francisco da Silva afirmou que vai se manifestar apenas na Justiça.

 

 

 

Fonte: G1 RS

29/08/2018 - Quarta terá sol entre nuvens, antes de sequência chuvosa no RS

Sol aparece com nuvens na maioria das regiões e a tarde será quente nesta quarta-feira. No Oeste e no Sul, a nebulosidade aumenta e o tempo se instabiliza com chuva em diferentes locais já de manhã. Nestas regiões é alto o risco de chuva localmente forte com raios e queda de granizo localizada.

 

A instabilidade alcançará parte do Centro gaúcho. A MetSul alerta que se inicia um evento de chuva no Estado que vai trazer volumes elevados até domingo, especialmente no Centro, no Oeste e no Sul. Em Porto Alegre, a chuva vai chegar na quinta e os volumes podem ser muito altos até domingo.

 

As mínimas rondam 1°C em São José dos Ausentes e 8°C em Santana do Livramento. As máximas, por sua vez, podem alcançar 28°C em Cruz Alta e 30°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 9°C e 26°.

 

O RS teve nesta terça o 36º dia no ano com mínima abaixo de zero. Somente neste mês são 12 dias com marcas negativas. Em todo o ano passado foram 27 dias com mínimas negativas, sendo cinco em agosto. Em 2016, ano de inverno muito rigoroso, 51 dias de temperatura abaixo de zero e 7 em agosto. Esse mês, assim, está muito mais frio que em anos anteriores e contribui com um terço das mínimas negativas de 2018.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

29/08/2018 - Carga de arroz soterra dois trabalhadores em Candelária

Um acidente de trabalho no interior de Candelária, registrado às 11h desta terça-feira, causou a morte de Clodomiro Silva Corrêa, de 53 anos, e Wilson do Nascimento Aires, de 54, naturais de Cachoeira do Sul. A Polícia Civil informou que eles estavam dentro de um galpão na localidade de Capão do Valo no carregamento de uma carreta de arroz, quando uma das caixas contendo o produto se rompeu, despejando a carga sobre os trabalhadores.

 

O Corpo de Bombeiros Voluntários do município estima que o conteúdo pesa cerca de 6 toneladas. Além dos bombeiros e da Polícia Civil, a Brigada Militar auxiliou no atendimentos. Os corpos dos trabalhadores foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Cachoeira do Sul para a necropsia.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

29/08/2018 - RS tem sete novos casos de sarampo confirmados; total em 2018 chega a 23

Foram confirmados mais sete casos de sarampo no Rio Grande do Sul nesta terça-feira (28). Todos registrados em Porto Alegre, conforme a Secretaria Estadual de Saúde. Com os novos registros, passou para 23 o número de pessoas que tiveram a doença no estado neste ano.

 

Na capital, foram contabilizados 16 casos. Os demais ocorreram em Alvorada, São Luiz Gonzaga, Vacaria e Viamão.

 

De acordo com a Secretaria de Saúde, em nenhum dos casos confirmados até o momento a pessoa havia sido vacinada. Do total, 69% não tinham histórico de vacina contra o sarampo, e as demais eram pessoas que chegaram a ser vacinadas, mas não reforçaram as doses.

 

Antes de ocorrer o processo de eliminação do sarampo, o último caso confirmado no estado havia sido em 1999. Em 2010, houve oito casos importados e em 2011, foram sete. Desde então, o Rio Grande do Sul não havia registro da circulação do vírus.

 

Sintomas

 

Pessoas que apresentarem febre, manchas no corpo, acompanhadas de tosse, coriza ou conjuntivite devem procurar os serviços de saúde, principalmente se estiveram recentemente em locais com circulação do vírus.

 

Vacinação recomendada

 

Até sexta-feira (31), ocorre nos postos de saúde a campanha nacional de vacinação contra o sarampo e a poliomielite. As vacinas são destinadas para as crianças de um ano até menores de cinco anos. Quem estiver neste grupo deve receber uma dose extra da vacina tríplice viral, independente da situação vacinal.

 

Para ser considerada vacinada, a pessoa precisa ter o registro em caderneta de vacinação conforme esquema vacinal. A rede pública de saúde tem disponíveis gratuitamente a vacina para a população de 12 meses a 49 anos de idade, para profissionais de saúde e demais pessoas envolvidas na assistência à saúde hospitalar.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

29/08/2018 - Mega-Sena deve pagar hoje prêmio de R$ 40 milhões

A Mega-Sena pode pagar nesta quarta-feira um prêmio de R$ 40 milhões para quem acertar sozinho as seis dezenas do concurso 2.073. O sorteio está marcado para as 20h, no Caminhão da Sorte, que está na cidade de São José do Cedro, em Santa Catarina.

 

Segundo a Caixa Econômica Federal, aplicado na poupança, o prêmio renderia cerca de R$ 149 mil por mês. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) desta quarta-feira, em qualquer casa lotérica credenciada em todo o país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

 

Lotofácil da Independência

 

Desde ontem, todas as apostas feitas na Lotofácil estão voltadas para o concurso especial da Independência, que promete pagar um prêmio de R$ 85 milhões. Segundo a Caixa, o dinheiro do prêmio aplicado na poupança poderá render mensalmente aproximadamente R$ 315 mil. O sorteio está marcado para o dia 8 de setembro, às 20h (horário de Brasília), e será realizado no Caminhão da Sorte, que estará na cidade catarinense de São Bento do Sul. O preço da aposta simples, com 15 números, é de R$ 2.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

29/08/2018 - Número de empresas gaúchas exportadoras sobe 9,1% nos últimos cinco anos

O número de empresas gaúchas que apostaram nas vendas para o Exterior subiu 9,1% nos últimos cinco anos. De 2013 a 2017, o grupo formado por companhias exportadoras avançou de 2,5 mil para 2,8 mil, aponta o Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado (Fiergs). Conforme analistas, a alta nos acordos com clientes internacionais está relacionada, em parte, à recessão econômica, que derrubou negócios dentro do Brasil.

 

— Com a crise interna, que diminuiu a demanda por produtos no país, as empresas passaram a buscar novos mercados lá fora. Mas as exportações não acontecem do dia para a noite. Envolvem processos de preparação. Como a maior parte das empresas nasce pensando em vender no mercado interno e existem altos custos de logística, o número de exportadoras ainda é baixo — pondera o economista Marcos Tadeu Caputi Lélis, professor da Unisinos.

 

No Brasil, o número de companhias que negociam mercadorias para outros países avançou de 21,8 mil para 25,4 mil entre 2013 e 2017, conforme a Rede de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN), coordenada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O desempenho representa alta de 16,6% nos últimos cinco anos, elevação maior do que a registrada pelas companhias gaúchas em igual período. 

 

— O Rio Grande do Sul tem tradição exportadora. Então, a capacidade de crescer percentualmente é menor do que em Estados que não estavam tão habituados a isso no passado — explica Lélis.

 

Nos próximos meses, analistas salientam que os negócios no Exterior devem continuar sentindo os efeitos da turbulência do mercado de câmbio, elevada neste mês com as incertezas eleitorais. Nesta terça-feira (28), o dólar subiu 1,48%, cotado a R$ 4,141, o maior valor desde janeiro de 2016.

 

— Se houvesse previsibilidade para o câmbio, as empresas poderiam arriscar mais no cenário externo. A questão é que não há horizonte definido. A tendência é de que o dólar siga em nível alto, mas isso pode mudar a qualquer momento — afirma o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro.

 

Para o dirigente, o avanço das exportações brasileiras depende de mudanças no ambiente de negócios do país. Castro defende a realização de reformas, como a tributária, e de investimentos em infraestrutura que reduzam o “custo Brasil” — expressão que se refere a um conjunto de obstáculos que dificulta o desenvolvimento da economia nacional.

 

— O número de empresas que exportam no país ainda é baixo. Sem reformas e aportes em infraestrutura, os custos para vender ao Exterior seguirão altos — argumenta Castro.

 

Nos primeiros sete meses de 2018, as exportações gaúchas somaram US$ 11,9 bilhões. O valor corresponde a avanço de 20,7% frente a igual intervalo de 2017, mostra a Fiergs. Em julho, China, Argentina e Estados Unidos seguiram como os principais destinos das vendas gaúchas.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

29/08/2018 - Temer decreta uso das Forças Armadas para segurança em Roraima

O presidente Michel Temer anunciou nesta terça-feira que serão enviados militares das Forças Armadas para controlar a crise imigratória no Estado de Roraima. A medida será tomada por meio de um decreto de GLO (Garantia da Lei e da Ordem). "Decretei hoje o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem no Estado de RR para oferecer segurança aos brasileiros e aos migrantes venezuelanos que fogem do seu país em busca de refúgio no Brasil", afirmou Temer. O decreto deve ser publicado no Diário Oficial da União nesta quarta.

 

De acordo com o presidente, a decisão vai "complementar as ações humanitárias que o governo federal promove há vários meses em Pacaraima e em Boa Vista". Temer ainda aproveitou o anuncio para criticar o governo venezuelano de Nicolás Maduro. “A onda migratória em Roraima é resultado das péssimas condições de vida a que está submetido o povo venezuelano”, afirmou ele, que completou dizendo que é preciso “encontrar urgentemente um caminho para mudar essa situação”.

 

Segundo o presidente, o Brasil vai realizar “todos esforços” e atuar, inclusive, em foros internacionais para “alterar esse quadro dramático”, que “ameaça a harmonia de vários países do continente”. Informações da OIM (Organização Internacional das Migrações) apontam que 2,3 milhões de pessoas deixaram a Venezuela desde 2013. Destes, 50 mil migraram para o Brasil.

 

Segundo o ministro da Defesa, general Silva e Luna, não houve pedido da governadora do estado, Suely Campos, para edição desse decreto. A GLO, período em que os militares têm poder de polícia, terá validade de 29 de agosto até 12 de setembro. Ao final do período, será avaliada a continuidade ou não da medida. O efetivo utilizado será aquele que já atua na região. O emprego militar se dará em um perímetro que engloba as cidades de Pacaraima, que faz fronteira com a Venezuela, e Boa Vista, que têm acolhido os migrantes que vão além de Pacaraima.

 

Críticas ao governo de Maduro

 

Em seu pronunciamento, o presidente criticou o governo do presidente Nicolás Maduro por não "cuidar do seu povo" e, com isso, criar uma situação "trágica" em todo o continente. "A onda migratória em Roraima é resultado das péssimas condições de vida a que está submetido o povo venezuelano. É isso que cria essa trágica situação que afeta quase toda a América do Sul. O Brasil respeita a soberania dos estados, mas temos de lembrar que só é soberano um país que respeita e cuida do seu povo". Temer afirmou ainda que buscará a solução para a crise na Venezuela em "todos os foros internacionais": "Por isso é preciso encontrar urgentemente um caminho para mudar essa situação. A crise avançou pela fronteira de vários países e ameaça a harmonia de todo o continente".

 

Venezuelanos no Brasil

 

Em Boa Vista, ainda vivem nas ruas cerca de dois mil venezuelanos e outros seis mil estão em abrigos no estado. A Polícia Federal estima que entraram no país quase 130 mil venezuelanos, de 2017 até junho deste ano. Desses, cerca de 60% já deixaram o território brasileiro. Os dados atualizados de ingresso de venezuelanos no país devem sair nos próximos dias. Na semana passada, moradores de Pacaraima expulsaram venezuelanos de barracas e abrigos e atearam fogo a seus pertences, em um protesto contra a presença deles na cidade. O motivo do conflito foi o assalto e espacamento de um comerciante local, supostamente cometido por quatro venezuelanos, que provocou a revolta dos moradores da cidade.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

29/08/2018 - TSE recebe 20 pedidos de candidaturas irregulares à Presidência

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu 20 pedidos de registro de candidaturas avulsas à Presidência da República. Desses postulantes, 18 não têm filiação partidária, o que contraria a previsão constitucional. No artigo 14, parágrafo 3º, inciso V, a Constituição impõe como uma das condições de elegibilidade a filiação partidária. Dois dos que pleiteiam candidatura a presidente possuem o pré-requisito: João Antônio Ferreira Santos (PSC) e Valéria Meirelles Monteiro (PMN).

 

Casos

 

O PSC chegou a aprovar a candidatura de Paulo Rabello de Castro a presidente, mas depois decidiu se unir ao Podemos e apoiar Álvaro Dias. Rabello ficou como vice-presidente na chapa da coligação Pode/PRP/PSC/PTC.

 

O advogado Rodrigo Sobrosa Mezzomo encabeça uma das chapas avulsas. Em 2016, ele tentou disputar a prefeitura do Rio de Janeiro e recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a rejeição de sua candidatura. O relator da ação no STF, ministro Luís Roberto Barroso, decidiu não liberar o voto para apreciação no plenário antes de outubro.

 

Números

 

Segundo dados do TSE, 28.348 candidatos pediram registro na Justiça Eleitoral para os cargos em disputa neste ano: além de presidente, governador dos 26 estados e do Distrito Federal, duas vagas de senador por unidade da federação, deputado federal, estadual e distrital.

 

São 13 candidatos a presidente, 199 a governador, 355 a senador, 8.368 a deputado federal, 17.526 a deputado estadual e 963 a deputado distrital.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

28/08/2018 - Identificado corpo encontrado às margens do Rio Taquari, em Lajeado

Familiares identificaram como sendo Vitor Tiago Cardoso (27), morador de Estrela, o corpo encontrado por volta das 10h30 desta segunda-feira (27), no bairro Carneiros, em Lajeado. De acordo com a Polícia Civil, um popular se deparou com o cadáver enrolado em uma lona preta, amarrado com cordas, na barranca do Rio Taquari, nos fundos da rua Pedro Ruschel Sobrinho, em local ermo.

 

A pessoa que localizou o corpo acionou a Brigada Militar, que isolou o local até as chegadas da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias (IGP), que veio de Porto Alegre.

 

De acordo com o delegado de Lajeado, Juliano Stobbe, responsável pela investigação, pelo menos dois disparos de arma de fogo foram verificados no cadáver. A perícia aponta que o provável homicídio tenha ocorrido durante a última noite.

 

O corpo de Cardoso foi encaminhado para a necropsia no DML de Lajeado. As causas da morte e autoria do possível crime estão sendo investigados. Os familiares da vítima foram ouvidos ao longo da tarde de hoje.

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

28/08/2018 - Frei gaúcho inicia caminhada pelo mundo como forma de trazer conscientização contra o HIV

O frei capuchinho gaúcho Marcelo Monti começa, nesta terça-feira (28), uma peregrinação a pé pelo mundo como forma de buscar conscientização para o tratamento contra o HIV. O projeto, chamado "Caminho de Aline", é uma homenagem à irmã que morreu em decorrência da doença há 10 anos.

 

Foram diversas peregrinações ao longo da vida, mas esta é o seu considerada sua mais audaciosa, com duração de 10 anos. Com isso, o religioso quer chamar atenção para a doença, pregando contra o preconceito que sofrem as pessoas com o HIV.

 

A inspiração do frei veio de dentro de casa. Monti perdeu a irmã, Aline, para a doença em 2008, quando ela tinha 28 anos de idade. Segundo ele, ela não aderiu ao tratamento por vergonha e medo de preconceito.

 

“Minha irmã, Aline, não aderiu ao tratamento contra o HIV por sentir vergonha. De certa forma, o que a matou não foi a doença, mas o medo de ser julgada pelo preconceito”, conta.

 

Para financiar o projeto, Monti lançou uma vaquinha virtual com o objetivo de conseguir os recursos necessários para a viagem e conseguiu reunir cerca de um terço dos R$ 16 mil estimados para a viagem.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

28/08/2018 - Ministério da Saúde recomenda que Corsan faça teste de diagnóstico de toxoplasmose em Santa Maria

Ministério da Saúde recomendou que a Corsan faça testes de diagnóstico na água de Santa Maria, Região Central do Rio Grande do Sul, para presença do toxoplasma gondii, protozoário que transmite a toxoplasmose.

 

É primeira vez que o teste será feito regularmente pela companhia de abastecimento. O motivo é o surto de toxoplasmose na cidade. Já foram confirmados 703 casos, de acordo com o último relatório. Segundo a Vigilância em Saúde do município, o surto estabilizou, mas novos casos continuam chegando às unidades básicas.

 

"Até então isso não era uma exigência legal, e não é ainda, isso vai ser um trabalho pioneiro no município e que certamente vai servir para uma futura revisão da portaria. Então, por um período de 12 meses, a gente fez um convênio com a Universidade Estadual de Londrina, que vai ajudar nesse acompanhamento junto às barragens", diz o superintendente regional da Corsan, José Epstein.

 

A coleta da Corsan deve ser feita a cada 15 dias na água da Barragem do DNOS, a cada 30 dias na barragem Saturnino de Brito e a cada 15 dias na Estação de Tratamento de Água. Tudo isso durante um ano.

 

Cerca de 30% da população de Santa Maria bebe a água da Barragem do DNOS, mas no local são descartados, de forma inadequada, resíduos sólidos e esgoto sanitário.

 

O Ministério da Saúde apontou ainda a poluição da água com agrotóxicos usados na agricultura e a proximidade de diversas casas às margens das barragens e exigiu da Corsan e da Vigilância em Saúde de Santa Maria mais atenção no tratameto.

 

"Esse drama que a toxoplasmose nos apresentou implica que a gente faça o monitoramento além do que a legislação prevê. Hoje estão na rua dois técnicos nossos que estão ampliando os pontos de coleta de água de monitoramento", completou o superintendente.

 

Essas recomendações foram feitas por técnicos do ministério que estiveram na cidade em julho. Eles fiscalizaram toda a rede de abastecimento de água e cobraram medidas mais rigorosas para prevenir doenças transmitidas pela água.

 

A doença

 

A toxoplasmose, cujo nome popular é doença do gato, é uma doença infecciosa causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii. Este protozoário é facilmente encontrado na natureza e pode causar infecção em grande número de mamíferos e pássaros no mundo todo.

 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Infectologia, a doença pode ocorrer pela ingestão de oocistos [onde o parasita se desenvolve] provenientes do solo, areia, latas de lixo contaminadas com fezes de gatos infectados; ingestão de carne crua e mal cozida infectada com cistos, especialmente carne de porco e carneiro; ou por intermédio de infecção transplancentária, ocorrendo em 40% dos fetos de mães que adquiriam a infecção durante a gravidez.

 

Sintomas

 

Em alguns casos os sintomas não se manifestam, mas podem ser:

 

  • Febre
  • Cansaço
  • Mal-estar
  • Gânglios inflamados
 

O período de incubação da toxoplasmose vai de 10 a 23 dias quando a causa é a ingestão de carne, e de 5 a 20 dias quando o motivo é o contato com cistos de fezes de gatos.

 

Prevenção

 

A Sociedade Brasileira de Infectologia lista algumas medidas de prevenção:

 

  • Não ingerir carnes cruas ou malcozidas;
  • Comer apenas vegetais e frutas bem lavados em água corrente;
  • Evitar contato com fezes de gato. As gestantes, além de evitar o contato com gatos, devem submeter-se a adequado acompanhamento médico (pré-natal). Alguns países obtiveram sucesso na prevenção da contaminação intrauterina fazendo testes laboratoriais em todas as gestantes;
  • Em pessoas com deficiência imunológica a prevenção pode ser necessária com o uso de medicação dependendo de uma análise individual de cada caso.
 
 
 
Fonte: G1 RS

28/08/2018 - Idoso de 92 anos é suspeito de matar a companheira em São Marcos

Uma mulher de 68 anos foi morta a facadas na manhã desta segunda-feira (27) em São Marcos, na Serra do Rio Grande do Sul. De acordo com a polícia, o suspeito é o companheiro da vítima, um idoso de 92 anos.

 

Nailde Maschio Lopes estava em casa quando foi atingida abaixo da axila. A residência fica em uma localidade chamada Fazenda Ilhéus, próximo à divisa com Caxias do Sul.

 

Segundo o delegado Edinei Márcio Albarello, por volta das 7h, o filho do idoso, que também mora na residência, ouviu um barulho vindo do quarto e teria encontrado o pai com uma faca na mão e a mulher já ferida.

 

Os vizinhos acionaram o Samu, mas a mulher morreu a caminho do hospital.

 

Em depoimento à polícia, o idoso afirmou não se lembrar do ocorrido. O casal estaria junto há cerca de seis anos. De acordo com o delegado, o homem apresentava confusão mental e foi liberado. "Nós o interrogamos, mas ele tinha dificuldade para ouvir e falar", disse.

 

O idoso responderá a um inquérito e a polícia ainda deverá ouvir o filho e vizinhos para seguir as investigações. A faca que teria sido utilizada não foi encontrada.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

28/08/2018 - Procon de Porto Alegre recebeu 32 novas denúncias contra construtora que não entregou moradias

Dez dias após a operação conjunta da Polícia Civil com o Procon de Porto Alegre que resultou nas prisões de sócios e gerentes da empresa que vendia casas pré-fabricadas e de alvenaria e não as entregava, o órgão de defesa do consumidor continua recebendo denúncias de pessoas lesadas.

 

Só no Procon de Porto Alegre, de acordo com a diretora executiva, Sophia Vial, são 32 novos registros — 26 contra a Construtora Martins e seis contra a Muralha, ambas com sede em Viamão. As duas pertencem à mesma família, mas possuem Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) diferentes.

 

Entre os queixosos está o casal Renilda Alves Lopes e Carlos Veltamim da Costa Lopes, ambos com 75 anos. No início de 2017, eles adquiriram uma casa pré-fabricada da Construtora Martins, com a promessa de entrega em até 90 dias.

 

Antes disso, haviam adquirido um terreno na Vila João Pessoa, zona leste de Porto Alegre, por R$ 25 mil, mediante um financiamento junto à Caixa Econômica Federal. Para a compra da casa, Carlos fez um empréstimo de R$ 18 mil.

 

— Eles (os vendedores da construtora) queriam que a gente pagasse à vista. Mas, felizmente, meu marido não aceitou e pagou somente a metade (R$ 9 mil) — conta Renilda.

 

De acordo com ela, quatro meses depois de efetuada a compra, a construtora fez a entrega de tijolos e tentou cobrar a outra metade do pagamento, mas Carlos resistiu.

 

— Temos uma filha e um neto com problemas de saúde. Precisávamos muito da casa — lamenta Renilda.

 

Carro, dinheiro e pontos na carteira

 

Para o autônomo Diogo Levorse, 42 anos, de Nova Santa Rita, o não cumprimento do contrato por parte da Construtora Martins já lhe custou o carro — um Santana, ano 1995 —, R$ 1,5 mil em espécie e pode ainda provocar a perda da carteira de habilitação.

 

Nos primeiros meses do ano passado, ele fez negócio com a empresa, dando o veículo e o dinheiro em troca de uma casa. Apesar de ter entregue duas procurações para que o Santana fosse retirado de seu nome, isso não foi feito.

 

— Estão enchendo de multa e já apareceram 14 pontos na minha carteira. Isso que num acordo na Justiça, eles se comprometeram a transferir. No mês passado, era pra ter uma terceira audiência no JEC (Juizado Especial Cível), mas eles não compareceram — diz.

 

O Grupo de Investigação (GDI) da RBS TV publicou uma série de reportagens sobre as reclamações dos clientes, que alegam ter sido lesados pela construtora. No dia 17, foram presos preventivamente Jaime Bibiano da Silva, 55 anos, o filho dele, Sidnei Nunes da Silva, 35, e David José Nunes Heberle, 25. O inquérito foi concluído no dia 24, quando Luciano Agnes Besestil, 41 anos, e Anderson Dias de Quadros, 33 anos, também foram detidos. Seis pessoas foram indiciadas.

 

 Para busca ressarcimento

 

Na Capital

 

— Reúna todos os documentos que podem servir de prova, como contrato e recibos. 

 

— Registre ocorrência na Delegacia do Consumidor (Av. Pres. Franklin Roosevelt, 981, bairro São Geraldo)

 

— Faça denúncia também no Procon de Porto Alegre:

 

Presencial: na Rua dos Andradas 685 das 9h às 17h, sem fechar ao meio-dia, ou na sala do órgão, no  térreo do Terminal 1 do aeroporto Salgado Filho, das 12h às 18h.

 

Pelo site na internet: proconpoa.rs.gov.br

 

Por mensagem no Facebook: www.facebook.com/proconpoa/

 

Pelo twitter: @proconpoa

 

— Ingresse com ação judicial no Fórum de sua cidade ou região.

 

Outras cidades

 

— Procure o Procon do município.

 

— Caso a cidade não tenha o órgão municipal, procure o Procon RS: Rua Sete de Setembro, 723, Centro Histórico, Porto Alegre, das 10h às 16h.

 

— Ingresse com ação judicial no Fórum de sua cidade ou região.

 

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

28/08/2018 - Documentos de veículos também terão versão eletrônica

A exemplo do que já ocorre com o título de eleitor e com a carteira nacional de habilitação (CNH), o registro e o licenciamento de veículos automotores terão também uma versão digital. O documento poderá ser baixado a partir desta segunda-feira, por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CNH Digital), já disponível tanto para o sistema Android como para o IOS.

 

A primeira unidade federativa a fazer uso deste documento é o Distrito Federal. “Não há ainda um prazo definido para que os demais estados aderirem porque a adesão é voluntária e depende dos órgãos de trânsito”, disse o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, durante a cerimônia de lançamento do aplicativo para a capital federal.

 

O aplicativo reunirá, na mesma plataforma, CNH, seguro obrigatório e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Segundo o ministro, a ideia do aplicativo é facilitar a vida do cidadão e diminuir as filas dos departamentos de trânsito.

 

“Mais de 97 milhões de brasileiros possuem CRLV; mais de 60 milhões possuem carteira de habilitação; e mais de 23 milhões de pessoas possuem a habilitação com o QR Code (espécie de código de barras que pode ser verificada pelos agentes de trânsito durante as abordagens). Esse aplicativo tornará a ida ao Detran desnecessária (para boa parte dessas pessoas)”, explicou Baldy.

 

Prazos

 

Apesar de não haver, até o momento, um prazo definido para que os departamentos de trânsito das demais unidades federativas passem a adotar a versão eletrônica do documento, a expectativa do diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Maurício Alves, é de que até o final do ano todos estados já estejam operando com o aplicativo.

 

No DF, há 1,75 milhão de pessoas habilitadas para dirigir. Segundo o diretor-geral do Detran-DF, Silvain Barbosa, esse grande número de motoristas habilitados faz com que as áreas de atendimento ao público tenham de atender diariamente entre 5 e 10 mil pessoas. “Com esse aplicativo, nós retiraremos as pessoas de dentro do órgão”, disse Barbosa.

 

Download

 

Para ter o documento em seu celular, é necessário que o proprietário do veículo esteja em dia com o licenciamento. Quem já tem a CNH Digital não precisa fazer o download da Carteira Digital de Trânsito, basta apenas atualizar o aplicativo da CNH Digital. Em seguida, basta adicionar o CRLV Digital e informar o número do Renavam e o código de segurança impresso no Certificado de Registro de Veículo (CRV), que é o antigo DUT.

 

A fim de esclarecer eventuais dúvidas sobre o uso desse aplicativo, o Denatran disponibilizou um tutorial em seu site.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

28/08/2018 - Alckmin e Bolsonaro fazem maratona de eventos no RS

Convictos de que podem crescer de forma significativa entre o eleitorado do Rio Grande do Sul e aproveitando o mote da realização da Expointer, os candidatos à presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL), fazem, entre segunda e quinta-feira, maratonas de eventos em solo gaúcho. Alckmin chega nesta segunda e, além de Esteio, percorre Pelotas, Porto Alegre, Caxias do Sul e Canoas, os quatro maiores colégios eleitorais do Estado (juntos, somam quase dois milhões de votos). Ele estará em todas as agendas acompanhado pela vice na chapa, a senadora Ana Amélia Lemos (PP), e pelo candidato tucano ao governo, Eduardo Leite.

 

No final da tarde desta segunda-feira, Alckmin começa o roteiro por Pelotas, onde Leite foi prefeito. Na cidade da metade Sul, visita o Centro de Atendimento ao Autismo Danilo de Moura, faz a tradicional agenda de percorrer o Mercado Público e concede coletiva. Deslocando-se de avião, à noite, em Porto Alegre, é o convidado de evento da revista Voto no Sheraton Hotel. Na terça cedo, viaja a Caxias do Sul e, a partir das 8h, se reúne com empresários na Câmara de Indústria e Comércio (CIC) da cidade. Ainda no final da manhã, volta para Porto Alegre para palestrar, na Santa Casa da Capital, em evento promovido pela Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do RS, e receber o pleito nacional das entidades. No início da tarde ruma para Esteio e cumpre uma série de agendas na Expointer, sendo a primeira delas na Casa da Farsul. E, à noite, segue para a vizinha Canoas para um encontro de mobilização com prefeitos.

 

Tão logo Alckmin parte, o deputado federal Jair Bolsonaro desembarca em Porto Alegre, no final da manhã de quarta-feira. O candidato do PSL, cujo vice também é um gaúcho, o general da reserva Antônio Hamilton Mourão (PRTB), se dirige para o Sheraton Hotel, onde palestra em almoço da Revista Voto. No início da tarde, assim como o tucano, dá início a uma série de agendas na Expointer, e que também começam pela Casa da Farsul. À noite Bolsonaro volta para Porto Alegre e será o convidado de honra do lançamento da candidatura ao Senado pelo PSL da empresária Carmen Flores, na Casa do Gaúcho.

 

O deputado permanece na Capital na quinta-feira até o início da tarde. Pela manhã, também na Casa do Gaúcho, será o convidado de um evento planejado sob medida para tentar melhorar sua imagem junto ao eleitorado feminino: um encontro exclusivo com mulheres, marcado para as 10h30. Depois, participa de um almoço com aliados, no mesmo local. O candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes, também estará no RS, com chegada prevista para a sexta-feira e visita confirmada à Expointer, mas ainda não há detalhamento da agenda.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

28/08/2018 - Frio perde intensidade no Rio Grande do Sul

Uma massa de ar seco mantém o tempo firme e ensolarado desde cedo no Rio Grande do Sul nesta terça-feira. Não se afasta a ocorrência de nevoeiros e baixa visibilidade em trechos da Metade Norte do Estado pela manhã. Há risco de formação de geada em pontos de baixada.

 

Durante a tarde a umidade relativa do ar fica reduzida com índices que podem baixar de 30%. A temperatura sobe mais com máxima ao redor de 27°C no Noroeste do Estado. na quarta esquenta ainda mais, com marcas perto de 30°C inclusive na Grande Porto Alegre. Os temporais podem retornar a partir de quinta.

 

Frio

 

Praticamente as únicas cores que contrastavam com a paisagem congelada era a do gado pastando no campo. Assim foi o amanhecer gélido e com espessa geada nesta segunda em São José dos Ausentes visto a partir de um drone. O município, juntamente com São Francisco de Paula, registrou a mínima do Estado com -4,2°C. Foi o segundo dia seguido com mínimas na casa de -4°C no Rio Grande do Sul.

 

Caíram abaixo de zero também Soledade (-4,1°C), Santa Rosa (-3,5°C), Bom Jesus e Chapada (-3,4°C), Vacaria (-3,2°C), e vários outros municípios da Metade Norte gaúcha. Mais uma vez a geada foi generalizada no interior e forte em muitos municípios.

 

Na Grande Porto Alegre, que também teve geada, a madrugada da segunda-feira foi uma das mais frias deste ano com apenas 0,1°C na Lomba Grande, em Novo Hamburgo, e 1°C na base aérea de Canoas.

 

Porto Alegre teve uma das menores mínimas para agosto neste século na estação de referência histórica do Instituto Nacional de Meteorologia no Jardim Botânico. Fez 3,5°C, marca idêntica à de 27/8/2003 e somente maior no período 2001-2018 em agosto que os 2,7°C de 22/8/2006, 4/8/2010 e 5/8/2011, os 3,1°C de 1/8/2006 e 14/8/2014, e o registro de 3,2°C em 2/8/2006. Geou em pontos do Sul, Leste e Norte da Capital.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/08/2018 - Homem embriagado, sem CNH e pilotando motocicleta com placa falsa é preso em Cristal

Um homem de 24 anos que estava embriagado, não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e pilotava uma motocicleta com placa falsificada foi preso neste domingo (26) em Cristal, na Região Sul do Rio Grande do Sul. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), agentes realizavam o policiamento na BR-116, quando abordaram uma motocicleta que era conduzida de maneira perigosa.

 

Ao vistoriar a placa, os policiais verificaram que ela havia sido substituída por um adesivo, simulando a placa de uma outra motocicleta. A numeração do chassi também estava alterada. Os agentes realizaram o teste do etilômetro, que comprovou a embriaguez do condutor.

 

O homem possuía antecedentes por furto de veículo. Ele foi conduzido para a Polícia Civil local e preso em flagrante por dirigir embriagado e por adulteração de sinal identificador da moto, que foi recolhida para o depósito.

 

 

 

Fonte: G1 RS

27/08/2018 - Após ser expulso de festa, homem derruba parede do clube com o carro em Santo Antônio da Patrulha

Um homem derrubou dois portões de ferro e uma parede de um clube em Santo Antônio da Patrulha, no Litoral Norte, na noite de sábado (25), após ser expulso de uma festa. De acordo com a Brigada Militar (BM), duas mulheres que estavam próximas da parede ficaram feridas.

 

Conforme a Brigada, após se envolver em uma briga na festa, os seguranças colocaram o homem para fora. Foi quando ele entrou no carro, acelerou e invadiu o local com o veículo.

 

As duas mulheres foram levadas ao hospital, mas a BM acredita que os ferimentos não tenham sido graves. Além dos danos na estrutura do clube, alguns instrumentos musicais da banda que se apresentava na festa foram danificados.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

27/08/2018 - Dez assassinatos foram registrados desde 2010 no Parque da Redenção

Não foi a primeira vez que uma briga com tiros provocou pânico em dia de muito movimento no Parque da Redenção, na região central de Porto Alegre. Neste sábado (25) à tarde, um homem foi morto com um tiro, e outro, espancado. Desde 2010, de acordo com levantamento da editoria de Segurança de Zero Hora, Diário Gaúcho e Rádio Gaúcha, foram outros nove assassinatos no parque e proximidades.

 

No caso mais recente, neste sábado de baixa temperatura, mas ensolarado, com a Redenção recebendo muitos visitantes, uma briga envolvendo duas gangues deixou um homem morto e outro ferido em plena tarde. O conflito, com paus e tiros, de acordo com testemunhas, ocorreu após discussão nos fundos do Auditório Araújo Vianna.

 

Tudo começou quando um grupo cercou um homem, entre o auditório e o chafariz do lago central da Redenção. Um dos homens, ao telefone, teria chamado os parceiros, avisando:

 

— Ele tá aqui, vocês vão demorar para chegar?

 

Em seguida outros três homens apareceram e, junto ao que telefonara antes, começaram a espancar o desafeto. Conforme testemunhas entrevistadas pela reportagem, que assistiram a tudo, o homem do telefone  — com moletom branco e mochila nas costas — avisou aos gritos:

 

— Não é para matar, não é para matar!

 

A vítima estava quase desmaiando quando outro homem apareceu para socorrê-la, com uma pistola na mão. Ele apontou para o quarteto que batia e tentou disparar, mas a arma falhou.

 

Foi então que um dos quatro agressores sacou um revólver e disparou contra o homem armado de pistola. Baleado no peito, ele correu e caiu poucos metros adiante, onde recebeu atendimento do Samu. Depois, foi levado ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), a poucos metros dali, mas não resistiu ao ferimento. Sua identidade ainda é desconhecida.

 

Os quatro que começaram o conflito fugiram. O espancado ficou caído na via que corta o parque ao meio, observado pela multidão.

 

O confronto foi assistido por famílias e crianças e apavorou usuários do parque mais frequentado de Porto Alegre.

 

— Em pleno dia, uma vergonha! — disse uma jovem, que assistiu ao tiroteio e disse ter escapado por pouco de ser atingida.

 

O atirador não foi localizado, mas equipes da Rondas Ostensivas com o Apoio de Motocicletas (Rocam) prenderam um suspeito, um homem de roupas azuis, que fugia do local. Testemunhas o identificaram como um dos agressores do homem espancado, mas ele negou envolvimento na briga.

 

Outros nove casos

 

28/2/2010: Gabriel Medina Marques, 15 anos, morreu com um tiro no cabeça. A morte resultou de um encontro de "bondes" (grupo formado por jovens com o intuito de brigar), agendado por redes sociais.

 

23/2/2011: Miguel Gérson Fernandes Santana, 53 anos, foi vítima de um latrocínio (roubo com morte) ao ter seus pertences roubados e, depois, ser espancado e esfaqueado próximo ao espelho d'água, por volta de 1h.

 

4/7/2011: Matheus Maciel dos Santos, 16 anos, foi assassinado às 19h, no parquinho infantil, com facadas nos braços, pescoço e em uma axila.

 

31/8/2012: Dagoberto Belmonte Barbosa, 46 anos, foi esfaqueado próximo ao túnel da Conceição, por volta de 5h45min.

 

12/5/2013: Jorge Luciano Soares de Oliveira, 38 anos, foi encontrado morto na Rua José Bonifácio com afundamento na face, às 1h20min.

 

13/2/2015: Um homem não identificado foi encontrado nas proximidades da Avenida João Pessoa, por volta de 6h,  de bruços e enforcado com um cinto.

 

2/5/2015: Um homem também não identificado, esfaqueado na cabeça, foi encontrado morto junto ao lago do parque, por volta de 6h.

 

13/11/2016: Luiz Fernando Schilling da Silva, 29 anos, foi morto com uma facada no peito após uma tentativa de assalto. O morador de Novo Hamburgo estava com um casal de amigos e a irmã quando foi atacado na Avenida Osvaldo Aranha, às 23h20min.

 

10/12/2017: um homem morreu a facadas na margem do parque da avenida João Pessoa, por volta das 21h30min.  O autor do crime fugiu a pé. Pessoas que estavam na região relataram à Brigada Militar que houve uma briga antes do ataque.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

27/08/2018 - RS receberá 20 viaturas da PRF

 

A Polícia Rodoviária Federal vai distribuir 254 viaturas novas entre suas unidades no país. O Rio Grande do Sul já recebeu 20 veículos e mais 20 serão entregues. Os modelos são os mais variados, como Mitsubishi L200, Chevrolet Trailblazer, Ford Ranger e Mitsubishi Pajero, entre outros.

 

A adaptação das viaturas para a PRF, incluindo ainda o transporte em caminhões cegonhas para os estados, está sendo realizado pela empresa REV Brazil, especializada na transformação de veículos para o setor de segurança pública e com sede em Sorocaba, São Paulo.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/08/2018 - Desmanche de caminhões é descoberto em Viamão

Um desmanche exclusivamente de caminhões foi descoberto pela Brigada Militar nesse sábado em Viamão. O local fica em um sítio no Beco do Soldado, no bairro Universal. A informação só foi divulgada neste domingo.

 

Os policiais militares do 18º BPM encontraram por exemplo um caminhão Volkswagen que foi furtado. Havia inúmeras peças e carcaças, como tanques de combustível, portas, pneus, radiadores, entre outras.

 

O efetivo do 18º BPM também deparou-se ainda com três cabines, seis carrocerias de madeira, uma carroceria baú e uma plataforma de guincho. Um caminhão Ford, em situação normal, também foi apreendido. O caso será agora investigado pela Polícia Civil.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/08/2018 - Mais de duas toneladas de lixo são recolhidas na Orla do Guaíba

Mais de duas toneladas de lixo foram recolhidos na Orla do Guaíba na manhã deste domingo. Segundo a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), atuaram mais de 20 profissionais e foram utilizados dois caminhões e 300 sacos.

 

A limpeza durou quase horas. Pelos registros realizados nas primeiras horas da manhã, era possível ver diversas garrafas, sacos e copos plásticos espalhados pelo espaço, como nas calçadas e nas escadarias.

 

De acordo com a prefeitura, o evento não foi autorizado e teria ocorrido na noite de sábado na região da nova Orla do Guaíba. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) esclareceu que nenhum pedido foi encaminhado para o Escritório de Eventos pelos organizadores da festa intitulada Funk Solidário do Gasômetro, com intuito de utilização deste espaço público na orla do Guaíba. Caso os organizadores não licenciem o evento, serão autuados.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/08/2018 - Segunda-feira começa seca e fria, mas terá tarde agradável no RS

Massa de ar seco e frio define as condições do tempo nesta segunda-feira. O sol brilha em todo o Rio Grande do Sul com amplos períodos de céu claro. Ao amanhecer algumas áreas terão nevoeiro e neblina, mas que rapidamente se dissipa. A madrugada e o começo da manhã serão gélidos com temperatura perto de 0ºC ou negativa em grande parte do Estado.

 

Vai gear em todas as regiões, inclusive em alguns bairros de Porto Alegre e em pontos do Litoral Norte junto à Serra. A tarde será agradável com máximas até 5ºC mais altas que as de domingo pelo enfraquecimento da massa de ar frio no decorrer do dia.

 

As mínimas rondam -5°C em São José dos Ausentes e -1°C em Santa Rosa. As máximas, por sua vez, podem atingir 22°C em Cruz Alta e 24°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 3°C e 21°C.

 

Dezenas de municípios tiveram mínimas negativas no domingo. Apenas cidades que contam com estações meteorológicas foram quase 30. Em muitas da Metade Norte, foi a madrugada mais fria ou a segunda mais fria do ano.

 

Os -4,5°C em Soledade igualam com a terceira menor mínima no Estado no ano, de -4,5°C em São José dos Ausentes em 24/5. Bom Jesus, na estação do Instituto Nacional de Meteorologia, teve mínima de -2,8ºC. Para se ter ideia da força do frio, mínimas menores, em agosto neste século (2001-2017), só em 14/08/2014 com -4,2ºC e 4/8/2010 com -3,0ºC. Porto Alegre anotou 3°C na zona Leste.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

27/08/2018 - Aposentados começam a receber 1ª parcela do décimo terceiro

Aposentados e pensionistas começam a receber nesta segunda-feira a antecipação da primeira parcela do décimo terceiro. De acordo com a Secretaria de Previdência, o depósito será feito junto com a folha mensal de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de Benefícios 2018.

 

A estimativa é de que essa antecipação injete na economia do país R$ 20,7 bilhões em agosto e setembro. Segundo o INSS, 29,7 milhões de beneficiários terão direito a receber a primeira parcela do abono anual, que corresponde à metade do valor do benefício.

 

A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente. Não haverá desconto de Imposto de Renda nesta primeira parcela. O tributo será cobrado apenas em novembro e dezembro, quando for paga a segunda parcela.

 

Tem direito ao décimo terceiro quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

 

Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia, não têm direito ao abono anual. Desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do décimo terceiro dos aposentados e pensionistas na folha de agosto.

 

Somente em 2015, o pagamento foi adiado para setembro, por causa do ritmo fraco da economia e da queda da arrecadação.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/08/2018 - Presos mais suspeitos de integrarem organização criminosa que vendia casas e não entregava no RS

A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (24) mais dois suspeitos de integrarem uma organização criminosa de Viamão, investigada por vender e não entregar casas no Rio Grande do Sul. As prisões aconteceram nos bairros Jardim Carvalho e Rubem Berta, em Porto Alegre.

 

Os homens, de 41 e de 33 anos, já tinham mandado de prisão preventiva expedido por estelionato e organização criminosa.

 

Segundo o delegado Sander Cajal, o homem de 41 anos era vendedor e responsável por atrair as vítimas do golpe. Ele também representava a empresa nas audiências. O outro, de 33 anos, administrava a sede da construtora no Litoral Norte, em Nova Tramandaí. Outros três indivíduos já haviam sido presos pela Polícia Civil na última sexta-feira (17), em Viamão.

 

O grupo é suspeito de utilizar a empresa para cometer crimes de estelionato e organização criminosa em Porto Alegre, Guaíba, Gravataí, Alvorada, Canoas, Osório e Imbé. A empresa prometia a construção de imóveis mais baratos do que os preços de mercado, mas após o recebimento dos valores correspondentes à entrada do contrato, não entregava as casas.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

24/08/2018 - RS enfrenta temporais com vento forte e chuva torrencial nesta sexta-feira

Avanço de uma frente fria traz chuva nesta sexta-feira para todas as regiões do Rio Grande do Sul. Em muitos municípios, a precipitação será de forte a torrencial em alguns momentos, com acumulados altos de precipitação. São esperados raios e fortes trovoadas na maioria das regiões e é elevado o risco de temporais localizados com possibilidade de granizo e vendavais.

 

As áreas da Metade Norte gaúcha são as de maior risco de tempestades, mas outras regiões podem ter tempo severo isolado. A Defesa Civil emitiu alerta para as condições, com ventos acima de 90 km/h a partir da 1h e inclusive chance de tornados. Ar polar começa a ingressar pelo Oeste e o Sul no fim do dia, trazendo acentuado declínio da temperatura e baixa sensação térmica pelo vento.

 

As mínimas rondam os 10°C em São José dos Ausentes e as condições são similares na Fronteira, com 10°C em Uruguaiana. As máximas, por sua vez, alcançam os 20°C em Santa Maria e os 21°C em Torres. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 11°C e 20°C.

 

Frente fria induzirá as condições adversas do tempo que podem trazer transtornos em algumas cidades. Fortes áreas de instabilidade se formam já na madrugada, trazendo pancadas de chuva que vão ser localmente fortes a torrenciais e acompanhadas de raios. Há chance de granizo.

 

Durante o dia a instabilidade toma conta e alcança áreas também de Santa Catarina, do Paraná, e até de partes do Mato Grosso do Sul e São Paulo. Os volumes de chuva devem ser altos em grande número de municípios gaúchos nesta sexta. Diversas localidades devem ter acumulados perto ou acima de 50 mm. Em alguns pontos podem ser esperados volumes até de 75 mm a 100 mm, conforme a projeção do modelo WRF da MetSul.

 

Porto Alegre terá chuva em alguns momentos moderada a forte e devem ser esperados pontos com acúmulo de água e alagamentos. Ar mais quente trazido por uma corrente de jato em baixos níveis originada na Bolívia alimentará a instabilidade.

 

Destaca-se o risco de vento forte a intenso isolado, especialmente na Metade Norte, em áreas como o Planalto e a Serra. Assim, o risco de vendavais existe e, pela presença da corrente de jato em baixos níveis, mesmo uma possibilidade marginal de formação de tornados não é afastada, sendo impossível prever com antecedência os locais afetados, caso se confirme o fenômeno.

 

O tempo melhora no fim de semana com o ingresso de uma forte massa de ar polar. No sábado haverá variação de nebulosidade com sol e períodos de tempo fechado que podem trazer precipitação. Fará muito frio e o vento será responsável por sensação térmica muito baixa. No domingo se espera tempo aberto com muito frio cedo e geada.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/08/2018 - Jovem de 22 anos está desaparecida há seis dias em Porto Alegre

Familiares e amigos estão mobilizados para encontrar a jovem Thamara Cristina de Andrade Barbosa, 22 anos, desaparecida há seis dias em Porto Alegre. O último contato com a família foi na sexta-feira (17), quando conversou por telefone com a avó.

 

A jovem morava com a família do companheiro, na Vila dos Herdeiros, no bairro Agronomia, na zona leste de Porto Alegre. De acordo com o irmão de Thamara, Fagner Barbosa, 25 anos, a jovem nunca saía de casa sem dizer para onde iria.

 

— Sempre que saía avisava, estava sempre com o celular e nos atendia. Agora só da na caixa — lamenta o irmão.

 

Sem notícias de Thamara de sexta-feira até domingo, o irmão decidiu registrar ocorrência do sumiço na Polícia Civil. A investigação está com a 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, especializada em casos de desaparecimento.

 

Enquanto não recebe resposta, a família espalha cartazes com a foto da jovem em pontos do centro de Porto Alegre e do bairro Cidade Baixa, que ela costumava frequentar para visitar as amigas.

 

Thamara tem cerca de 1m60cm, cabelo comprido e várias tatuagens pelo corpo. Informações sobre o paradeiro da jovem podem ser repassados pelo telefone 197, da Polícia Civil.

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

24/08/2018 - RS receberá 646 venezuelanos a partir de setembro, diz governo federal

O governo federal confirmou, no fim da tarde desta quinta-feira (23), que o Rio Grande do Sul irá receber 646 imigrantes venezuelanos que estão no Estado de Roraima, a partir do mês de setembro. A cidade de Canoas irá receber 425 deles, no bairro São José, e outros 221 vão ser hospedados em Esteio, no bairro Tamandaré.

 

Nesta sexta-feira (24), chegam ao Rio Grande do Sul o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e a representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Isabel Marques. Eles vão se reunir com os prefeitos de Canoas, Luiz Carlos Busato (PTB) e de Esteio, Leonardo Pascoal (PP), e vão visitar os locais onde os venezuelanos ficarão.

 

De acordo com Beltrame, a ONU alugou cinco prédios particulares nas duas cidades, totalizando 160 apartamentos para receber os imigrantes.

 

— Estaremos visitando os locais, tanto em Canoas, quanto em Esteio. Também vamos assinar os atos de repasses do BNDES para as prefeituras e as autorizações para os contratos de aluguéis dos imóveis — afirmou Beltrame.

 

De acordo com Beltrame, os custos com o aluguel são de responsabilidade da ONU. As Forças Armadas cuidarão da alimentação dos imigrantes e as prefeituras prestarão o suporte de assistência social, saúde e demais serviços. 

 

O primeiro grupo chegará no dia 6 de setembro, em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), com 125 venezuelanos. O avião com o último grupo de imigrantes deve chegar no dia 18 do próximo mês. 

 

Na última terça-feira (21), o governo anunciou que passou a intensificar o processo de interiorização dos venezuelanos, ou seja, distribuir os imigrantes que entram por Roraima para outros estados. O país, governado por Nicolás Maduro, passa por uma crise econômica e humanitária que fez milhares de nativos deixarem suas casas.

 

Até agora, 820 imigrantes já foram transportados em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) em cinco etapas para sete cidades: Cuiabá (MT), Manaus (AM), São Paulo (SP), Conde (PB), Igarassu (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF).

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

24/08/2018 - Assassinato de detento gera alerta para avanço de facções criminosas na Penitenciária de Canoas

Poucos dias após o Judiciário admitir que presos vinculados a facções criminosas estão ocupando vagas no Complexo Penitenciário de Canoas, frustrando expectativa inicial de que isso não aconteceria, um detento foi morto na cela dentro do módulo 3. Os dois fatos não necessariamente estão interligados, mas acendem sinal de alerta sobre as condições das quatro penitenciárias, construídas ao custo total de R$ 117 milhões – na média, R$ 42 mil por vaga –, para servirem de modelo em meio ao caótico sistema prisional gaúcho.

 

Vencedora do Prêmio Inovare, o mais importante da Justiça brasileira, em 2017, por trabalho desenvolvido na Penitenciária de Canoas 1 (Pecan 1), a procuradora do Estado Roberta Arabiane Siqueira demonstra, mais do que preocupação, certa irritação quando analisa a situação das Pecan 2, 3 e 4. As críticas atingem a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e a prefeitura de Canoas.

 

— A Pecan 1 representou a quebra de paradigma para todos os setores. Agora, em vez de expandir para os demais módulos o que está dando certo, estão fazendo mais do mesmo — afirma Roberta, que até maio do ano passado atuou como agente setorial na Susepe.

 

De acordo com a procuradora, diferentemente do que ocorreu na Pecan 1, nos módulos 2, 3 e 4 não há a triagem necessária para a ocupação das prisões.

 

— É necessário fazer pesquisa, incluindo entrevistas, para verificar o perfil dos presos. Familiares já disseram que há até prefeitos (líderes) em galerias, indicando a presença de facções. E facções estão acostumadas a mandar — afirma.

 

Outra questão relatada por Roberta diz respeito ao acesso à saúde. Ao contrário do que ocorreu na Pecan 1, nos módulos 2, 3 e 4, a ocupação foi feita sem a parceria com a prefeitura de Canoas. Nas unidades, não há equipes com médicos, enfermeiros, dentistas e outros profissionais da área, obrigando os agentes a realizarem escoltas de presos até um posto de saúde no bairro Guajuviras.

 

Além disso, a atual gestão municipal já teria comunicado à 10ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre o encerramento dos trabalhos também no módulo 1. Por conta disso, a promotora substituta da Promotoria de Justiça de Execução Criminal de Porto Alegre, Gislaine Rossi Luckmann, ingressou com ação judicial para reverter a decisão.

 

— A questão principal é que, sem líderes de galerias, que geralmente são de facções, cada preso encaminha suas próprias demandas. Então, há trabalho para os agentes penitenciários o tempo inteiro. Isso demanda equipes maiores, com mais servidores e mais investimentos do Estado, o que não está ocorrendo — afirma Roberta.

 

O que deu certo

 

Na Pecan 1, a situação ainda é diferenciada em relação aos demais módulos. Com capacidade para 393 presos, a unidade começou a ser ocupada em março de 2016. O funcionamento foi tema de diversas reuniões e deliberações intersetoriais entre a Susepe, o Poder Judiciário, o Ministério Público e a Procuradoria do Estado.

 

—Houve ênfase na seleção dos presos, para evitar que integrantes de facções tomassem conta, na alimentação e na higiene, com o Estado suprindo satisfatoriamente essa necessidade, no uso de uniforme, no acesso aos atendimentos de saúde e jurídico e em preparação para a forma diferente de trabalhar dos servidores (na comparação com outras casas prisionais) — diz a procuradora.

 

Roberta ainda destaca como ponto positivo o fato de quase totalidade dos presos estar envolvida com atividades laborais e educacionais.

 

— Os detentos ficam ocupados quase que o dia inteiro e os resultados são muito claros. No levantamento que fizemos, o índice de retorno (dos presos, após deixarem a prisão) na Pecan 1 foi de 19%, enquanto que no Presídio Central, é de 70%. Meses depois, na Pecan 1 caiu para 17% e no Central continuava em 70%. Isso, por si só, já justifica o investimento —afirma.

 

Executivo e Judiciário garantem controle

 

O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, admite a possibilidade de presos ligados a facções estarem ocupando celas nos módulos 2, 3 e 4 do Complexo Penitenciário de Canoas.

 

— Essa informações tem que ser esclarecida. O Presídio Central tem galerias de uma facção, outra galeria de outra, mas lá na Pecan pode eventualmente ter presos faccionados, porque nós não sabemos a orientação de cada preso. O que está ocorrendo é que lá temos absoluto controle da prisão, com os presos inclusive sendo enquadrados a usar uniformes. Diga-se de passagem, temos uma ótima parceria com a juíza Patrícia.

 

Responsável pela fiscalização do Complexo Penitenciário de Canoas, a magistrada citada por Schirmer, Patrícia Fraga Martins, da Vara de Execuções Criminais de Porto Alegre, confirma a presença de presos ligados a grupos criminosos nos módulos 3 e 4, principalmente. Mas também não observa que isso esteja ocorrendo de forma acintosa ou que o Estado tenha perdido o controle da prisão.

 

—O homicídio desta semana é típico de um lugar onde não há facção, porque onde há os líderes não costumam deixar isso ocorrer. Não sei ainda as circunstâncias da morte, se houve alguma desavença, mas acho que foi um fato isolado — avalia a juíza.

 

Segundo Patrícia, o homicídio não alterou a rotina da prisão.

 

— A penitenciária está calma. Inclusive, teve visitação normal ontem (quarta-feira).

 

Por volta das 6h30min de quarta-feira, um preso foi encontrado morto dentro de uma das celas do módulo 3. O corpo de Cláudio Luiz Oliveira dos Santos, 48 anos, estava pendurado em uma das grades por um fio enrolado no pescoço. Foi a primeira morte dentro do complexo penitenciário desde sua inauguração, em março de 2016.

 

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios. O titular, Luís Antônio Firmino, começou a ouvir os outros seis presos que estavam na mesma cela.

 

Município alega dificuldades financeiras

 

A secretária municipal de Saúde de Canoas, Rosa Maria Groenwald, nega que o município não esteja prestando atendimento aos presos do Complexo Penitenciário e fala em dificuldades.

 

— É uma questão que nos preocupa muito devido às grandes proporções da penitenciária. Atualmente, são 1.750 presos, a capacidade é para 2,8 mil, e enfrentamos problemas financeiros na área da saúde, com R$ 21 mil em atrasos de repasses do Estado.

 

De acordo com a secretária, para esse fim, o município recebe R$ 10 mil do Estado e R$ 35 mil da União, enquanto  cada uma das duas equipes  que atuam no complexo custam R$ 66 mil por mês.

 

— Para a medicação, recebemos R$ 1,2 mil por ano. Muitos presos apresentam situação de precariedade em relação à saúde, com doenças crônicas, como tuberculose, HIV, hepatite. Com isso, gastamos em medicação e insumos cerca de R$ 15 mil a cada mês. A gente entende toda a situação nas prisões, mas o município não tem como arcar com tudo isso.

 

Segundo a secretária, atualmente uma equipe de saúde do município atende as Pecan 1 e 2, e outra, as 3 e 4.

 

O QUE DIZ A SUSEPE

 

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), por meio de sua assessoria de imprensa, comunicou que não se manifestaria em relação ao assunto.

 

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

24/08/2018 - Governo autoriza outros bancos a fazer depósitos do PIS/Pasep

 

Um acordo entre o Ministério do Planejamento e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) vai permitir que outras instituições financeiras, além da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, possam fazer os depósitos automáticos do saldo do Fundo PIS/Pasep na conta dos clientes que têm direito ao benefício. Até então, quem não tinha conta na Caixa ou no BB, necessariamente teria que comparecer pessoalmente às agências de um desses bancos públicos para fazer o resgate. A medida, que deverá ser assinada na semana que vem, tem potencial para injetar mais R$ 8 bilhões, beneficiando diretamente 9 milhões de pessoas, segundo estimativas do governo.

 

Desde que o governo federal deu início ao processo de flexibilização dos saques do Fundo PIS/Pasep, em outubro de 2017, até a última atualização do balanço de pagamentos, no último dia 19 de agosto, foram pagos R$ 13,8 bilhões, atendendo 13 milhões de pessoas. Esse número representa 45,5% do total de cotistas do Fundo PIS/Pasep.

 

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, havia dito, em junho, numa entrevista à TV NBR, que parte dos cotistas do PIS/Pasep que não tinham contas na Caixa ou no Banco do Brasil - onde o crédito é automático - poderiam deixar de fazer o saque, reduzindo pela metade a estimativa de resgate dos mais de R$ 34 bilhões parados nas contas inativas do fundo. Com o acordo entre o governo e a Febraban, a expectativa é que o volume resgatado seja bem superior ao previsto, já que mais bancos poderão efetuar o crédito automático.

 

Por questões de segurança, segundo o Planejamento, apenas as contas correntes identificadas que estiverem com saldo positivo e sendo movimentadas nos últimos seis meses estarão aptas a receber o depósito automático. Até o dia 28 de setembro de 2018, cotistas de todas as idades têm direito a fazerem os seus saques. Ao todo, são 15,6 milhões de pessoas aptas a resgatar o benefício, com recursos que totalizam R$ 28,4 bilhões.

 

Ainda segundo o governo, os beneficiários que não receberem o crédito automático, por não possuírem conta corrente ou se estiverem com o cadastro desatualizado no Fundo PIS/Pasep, devem se dirigir às agências bancárias da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil para realizar os saques.

 

A estratégia do governo com a flexibilização dos recursos do fundo é impulsionar a economia, seguindo o modelo adotado na liberação de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que representaram cerca de R$ 43 bilhões em movimentação no ano passado. O Ministério do Planejamento calcula que o impacto da liberação desses recursos poderia reforçar o Produto Interno Bruto (PIB) do país em 0,55 ponto percentual em 2018, um valor expressivo tendo em vista a expectativa de crescimento esse ano está em 1,6%

 

Quem tem direito

 

Têm direito ao saque servidores públicos e empregados que trabalharam com carteira assinada entre 1971, quando o PIS/Pasep foi criado, até 1988. Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/08/2018 - Acréscimo de 25% em aposentadorias terá impacto de R$ 3,5 bilhões por ano, diz governo

A ampliação do acréscimo de 25% para todos os aposentados que necessitem de auxílio permanente de terceiros terá um custo extra de R$ 3,5 bilhões por ano no Regime Geral de Previdência Social (RGPS), informou hoje o Ministério da Fazenda. A estimativa é da Secretaria da Previdência, vinculada à pasta, e foi feita a partir de cálculos preliminares.

 

A decisão que estende o benefício foi tomada ontem pela Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por 5 votos a 4. Ainda cabe recurso. "A estimativa preliminar de ônus financeiro referente à decisão do STJ tomou por base as aposentadorias por invalidez que já concedem o adicional de 25%, extrapolando esse número para as demais aposentadorias.

 

A estimativa de ônus de R$ 3,5 bilhões (...) é válida para o primeiro ano de vigência da decisão do STJ, a partir do momento da sua implementação", informou o ministério, em nota.  A decisão do STJ deve servir de base para outros processos que estão em tramitação na Justiça Federal em todo o país. Na tarde de hoje, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informou que aguarda a publicação da decisão para análise do julgamento e, principalmente, para interposição dos recursos cabíveis.

 

Antes da decisão do colegiado, o acréscimo de 25% na aposentadoria era garantido somente para aposentados por invalidez que precisavam pagar um cuidador, por exemplo, conforme está previsto na Lei de Benefícios Previdenciários, norma que específica os benefícios aos quais os segurados têm direito. Conforme o entendimento do STJ, o adicional será pago mesmo nos casos em que o aposentado recebe o teto do INSS, definido em R$ 5.645,80 para 2018.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

24/08/2018 - Temporal provoca queda de árvore e alagamentos em Porto Alegre

O temporal com chuva forte, raios e granizo, que atingiu Porto Alegre por volta das 5h30min desta sexta-feira, causa transtornos, principalmente no trânsito. Há pelo menos sete pontos de alagamento na Capital e semáforos fora de operação.

 

De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), uma árvore caiu na rua Castro Alves entre as ruas Schiller e Vítor Meireles, no bairro Rio Branco. A via está totalmente bloqueada. Agentes da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e o Corpo de Bombeiros estão se deslocando para retirar a árvore e restabelecer a energia na região.

 

Pontos de alagamento

 

- A. J. Renner x Lauro Müller

 

- Ceará x 25 de Fev

 

- Farrapos x Sarmento Barata

 

- Sertório x Sérgio Dietrich

 

- Sertório x Nicolau Ely

 

- 18 de Nov x Sarmento Barata

 

- Edu Chaves x 25 de Fev

 

Semáforos fora de operação

 

- Carlos Gomes x Plinio

 

- Bento x Luiz de Camões

 

- Bento x Teixeira Mendes

 

- Ipiranga x Santana

 

- Otto x Cavalhada

 

- Edvaldo x Ipiranga

 

- João Pessoa x Venâncio

 

No início da manhã, um ônibus estragou na avenida Juca Batista, na zona Sul, sentido bairro-Centro, causando transtornos no trânsito. Além disso, o cruzamento da avenida Loureiro da Silva com a João Pessoal, no bairro Cidade Baixa, está bloqueado. O trânsito está sendo desviado para a rua Luís Englert.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

23/08/2018 - Ladrão usa furadeira para abrir porta e invadir apartamento em Lajeado

Um apartamento foi invadido com uso de uma furadeira na segunda-feira (20), em Lajeado. O crime ocorreu entre 9h e 18h, em um imóvel do sétimo andar de um edifício da rua Pinheiro Machado, no Centro.

 

Conforme registro policial feito pelo morador nesta quarta-feira (22), foi utilizada uma furadeira para arrombar o miolo da fechadura da porta e se ter acesso ao apartamento. Foram furtados R$ 650 em dinheiro, um carregador de celular e produtos de higiene.

 

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

23/08/2018 - Dois são detidos por tráfico em pouco mais de uma hora em Venâncio Aires

Um intervalo de pouco mais de uma hora, a Brigada Militar (BM) deteve dois indivíduos por tráfico de drogas, no fim da tarde desta quarta-feira (22). Às 17h, um jovem de 18 anos foi abordado após tentar fugir da guarnição da Patrulha Tático Móvel (Patamo), que estava de patrulhamento pela rua Rotary Centenário, no bairro Battisti.

 

Ele escapou para dentro de uma residência. Apreendidos 38 invólucros de maconha, totalizando 58 gramas, além de R$ 15 em dinheiro. Foi confeccionado registro de tráfico na delegacia de polícia e o indivíduo acabou liberado.

 

Às 18h10, um homem de 26 anos foi detido na rua Gustavo Bullow, no bairro Coronel Brito. A Patamo recebeu denúncias anônimas sobre um indivíduo que estaria traficando em sua residência, em frente à comunidade Nossa Senhora Rainha. Os policiais foram até o endereço e encontraram o suspeito. Segundo a BM, ele foi questionado se estaria traficando no local e, primeiramente, negou.

 

Na sequência, ele afirmou ter uma quantia de maconha em sua residência, entregando 92,5 g do entorpecente aos PMs. O homem foi encaminhado à Polícia Civil. O delegado realizou o registro por tráfico de drogas mediante portaria e o acusado responderá pelo crime em liberdade.

 

 

 

 

Fonte: Grupo Independente

23/08/2018 - Apenado é encontrado morto dentro da Penitenciária de Canoas

Um apenado foi encontrado morto dentro do módulo 3 da Penitenciária de Canoas (Pecan 3), no município da Região Metropolitana de Porto Alegre, segundo informou a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). O corpo de Cláudio Luiz Oliveira dos Santos, 49 anos, foi achado no início da manhã por agentes penitenciários, enforcado com um fio de luz em volta do pescoço.

 

O corpo foi encontrado por volta das 6h30. Após o detento ser encontrado, foi constatado o óbito, e o local foi isolado à espera do Instituto-Geral de Perícias (IGP). O caso é investigado pela Polícia Civil, e por um procedimento instaurado pela Susepe.

 

Santos respondia por vários crimes, entre eles furto, arrombamento e estupro. Ele já tinha condenações chegando a sete anos e oito meses de prisão, e havia chegado na última quarta-feira (15) à Pecan 3, após ter chegado do módulo 4 da penitenciária.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

23/08/2018 - Suspeito é morto e dois são presos durante assalto a policiais na Zona Norte de Porto Alegre

Um suspeito morreu e dois ficaram feridos ao tentarem roubar um carro de dois policiais militares, na noite de quarta-feira (22), no bairro Leopoldina, na Zona Norte de Porto Alegre.

 

Os dois policiais estavam à paisana, quando foram abordados por cinco criminosos que estavam e um veículo.

 

Teve início uma troca de tiros e um dos criminosos acabou sendo morto. Dois foram presos, e os demais conseguiram fugir sem levar nada. Os policiais não ficaram feridos.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

23/08/2018 - Sol volta a aparecer com tarde agradável nesta quinta-feira no RS

O afastamento do centro de baixa pressão faz a nebulosidade diminuir nesta quinta-feira e o sol aparece com nuvens no Rio Grande do Sul. Haverá períodos de nublado e encoberto, especialmente entre a madrugada e de manhã, em diversas regiões. O tempo fica mais aberto à tarde e faz frio cedo.

 

A tarde será agradável. Fortes áreas de instabilidade começam a se formar sobre o Rio Grande do Sul na madrugada desta sexta e vão tomar conta do Estado ao longo do dia, com chuva generalizada e que será localmente forte e volumosa. Como a atmosfera estará aquecida são esperados raios e granizo localizados.

 

As mínimas rondam os 3°C em Santana do Livramento e os 6°C em São José dos Ausentes. As máximas, por sua vez, podem chegar a 23°C em Passo Fundo e 25°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 9°C e 21°C.

 

Um dos motivos para a conta de luz estar mais cara é a chuva mais escassa neste ano no Brasil. Em pleno inverno algumas regiões de Santa Catarina enfrentam um quadro de estiagem. O mercado de energia atenta para um indicador chamado Energia Natural Afluente (ENA). Na terça-feira, a ENA para o Sul do Brasil era de tão-somente 2510 MWmed contra uma média histórica (1931-2016) para agosto de 10312 MWmed.

 

Na quarta-feira, esse índice subiu para 4506 MWmed após chuva mais expressiva em parte do Paraná e em Santa Catarina. Muitas localidades catarinenses registraram acumulados de 50 mm a 75 mm e rios que estavam na cota de emergência pela seca na terça passaram ao estado de normalidade. No Sudoeste do Paraná, na área de Itaipu, choveu mais de 50 mm.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

23/08/2018 - Brasil abre 47.319 vagas de emprego com carteira assinada em julho

O Brasil encerrou o mês de julho com a abertura de 47.319 vagas de emprego com carteira assinada, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os números ainda não foram divulgados pelo Ministério do Trabalho, mas já constam do banco de dados do Caged. Esse foi o melhor resultado para o mês de julho desde 2013. O resultado mensal de julho veio acima do esperado pelos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast.

 

Entre as 20 estimativas coletadas, a mediana apontava para a criação de 24.250 vagas, sem ajuste sazonal. Essas projeções variavam do corte de 8.872 postos formais até a criação de 65.000 empregos. Com a criação de vagas no mês passado, o mercado de trabalho volta a registrar saldo positivo após o fechamento de 661 empregos formais no mês de junho.

 

No acumulado dos sete primeiros meses do ano de 2018, o cadastro de emprego registra a abertura de 448.263 vagas com carteira assinada. Em 12 meses até julho, foram criados 286.121 empregos formais. O resultado mensal positivo foi puxado pelo agronegócio, que registrou a abertura de 17.455 empregos com carteira assinada no mês. Em seguida, aparecem os serviços, que geraram saldo líquido de 14.548 postos de trabalho, e a construção civil, que ganhou 10.063 empregos.

 

Entre os demais segmentos da economia, a indústria de transformação gerou 4.993 vagas, os serviços de utilidade pública ganharam 1.335 empregos e o segmento de extração mineral, 702 postos. Por outro lado, a administração pública perdeu 1.528 empregos e o comércio registrou fechamento de 249 postos de trabalho.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

23/08/2018 - Operação combate fraudes e suposta associação criminosa na prefeitura de Ivoti

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira, uma operação para combater suspeitas de fraudes licitatórias, dispensa indevida de licitação e uma suposta associação criminosa na prefeitura de Ivoti, no Vale do Rio do Sinos.

 

A ofensiva, chamada de Monet, deve cumprir 15 mandados de busca e apreensão na sede do executivo municipal, na Autarquia Água de Ivoti, em outras empresas e na casa de investigados.

 

Além de Ivoti, os policiais foram designados para atuar em Bom Princípio, Canoas, Novo Hamburgo, Presidente Lucena, São Leopoldo e Tupandi.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

23/08/2018 - Colisão entre ônibus e caminhão deixa 35 feridos em Gravataí

Ao menos 35 pessoas ficaram feridas em acidente entre ônibus e caminhão na ERS 030, em Gravataí. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), o acidente, que aconteceu por volta das 5h30min de hoje, envolveu um coletivo da empresa Sogil que transportava funcionários da General Motors.

 

Após a colisão, no km 4 da rodovia, o ônibus tombou e foi arrastado por alguns metros, parando próximo à fábrica da Pirelli. Havia cerca de 40 pessoas no coletivo. Dos feridos, um está em estado grave, segundo o CRBM.

 

De acordo com a TV Record, motorista e passageiros do ônibus precisaram deixar o veículo pelo parabrisa e pela saída de emergência localizada no teto.

 

O guincho para a retirada do ônibus já chegou ao local do acidente. A pista deve ser liberada por volta das 9h30min.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/08/2018 - Sobe para 67 o número de mortes por gripe no Rio Grande do Sul

Rio Grande do Sul registra 67 mortes por gripe neste ano, segundo dados levantados pela Secretaria Estadual da Saúde até 18 de agosto. Destas, 47 são por H1N1 e 10 são por H3N2. Cinco casos não foram subtipados, e outros cinco óbitos ocorreram por Influenza B.

 

Em cerca de um mês, o número de mortes por gripe no estado dobrou. Até 21 de julho, eram 32 óbitos. Em todo o ano passado, foram 440 casos e 48 mortes.

 

O total de casos registrados neste ano é de 506, sendo que a maioria está dividido entre H1N1 (266) e H3N2 (157). Porto Alegre é a cidade com mais registros, com 134 casos e oito mortes.

 

Os casos de gripe ocorreram em todas as faixas etárias, com predomínio nos menores de 10 anos e maiores de 50 anos, somando 73%.

 

A previsão para 2018, segundo a Secretaria Estadual da Saúde, era que se repetisse o predomínio do vírus H3N2, seguido do vírus influenza B, como ocorreu na América do Norte. No entanto, no Brasil a predominância atual é do vírus H1N1 e, atualmente, no Rio Grande do Sul, a frequência de H1N1 ultrapassou a da H3N2, assim como ocorre no país.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

22/08/2018 - Pescador está desaparecido após cair do Morro das Furnas, em Torres

O Corpo de Bombeiros segue as buscas por Evanildo dos Santos Silveira, 32 anos, desaparecido desde a manhã de segunda-feira (20), quando pescava na região do Morro das Furnas, em Torres, no Litoral Norte. Segundo os bombeiros, Silveira escorregou e caiu no mar quando tentava lançar um rede de pesca. Ele estava acompanhando de um amigo, que teria jogado uma corda na tentativa de salvá-lo.

 

Nesta terça-feira (21), as buscas foram encerradas por volta das 17h. O sargento Rafael de Souza, que participa das buscas, disse que o trabalho pode durar até cinco dias.

 

 

 

Fonte: Gaúcha ZH

22/08/2018 - RS terá quarta-feira gelada e chuva na maioria das regiões

Muitas nuvens cobrem o Rio Grande do Sul nesta quarta-feira devido a um centro de baixa pressão. Esse sistema deixa o tempo mais fechado e instável em diversas regiões com instabilidade maior no Norte, Nordeste e no Leste do Estado. Chove mais na Serra, Litoral Norte, área da Lagoa dos Patos e entorno, Capital e na Grande Porto Alegre.

 

Nestas áreas com tempo mais fechado a temperatura pouco varia e o dia inteiro será frio com máximas baixas, em especial na Serra. No Oeste e no Noroeste, onde o sol pode aparecer com nuvens, a tarde é amena. O vento aumentará a sensação de frio.

 

As mínimas rondam os 4°C em São José dos Ausentes e os 5°C em Uruguaiana. As máximas, por sua vez, podem chegar a 19°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 9°C e 13°C.

 

Outra vez os gaúchos suportaram uma jornada fria em agosto, com temperatura muito abaixo da média histórica. Dois municípios tiveram mínimas abaixo de zero. Quaraí com -0,5ºC e Pinheiro Machado com -0,2ºC. Durante o dia a temperatura pouco se elevou na Serra e as máximas voltaram a ser muito baixas.

 

Até às 19h desta terça, a temperatura não tinha superado 7,6ºC no Parque do Caracol, em Canela. Em vários municípios do Alto Jacuí, Planalto Médio e do Noroeste a temperatura não conseguiu romper a marca dos 10ºC. Em Porto Alegre, a máxima no aeroporto foi de 13ºC.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/08/2018 - Massoterapeuta admite uso de silicone industrial

A massoterapeuta Patrícia Silva dos Santos, 47 anos, conhecida como Paty Bumbum, prestou novo depoimento nesta terça-feira à polícia na delegacia do Recreio dos Bandeirantes. Ela admitiu que exercia a medicina de forma ilegal, que usava silicone industrial, por ser mais barato, nos procedimentos estéticos e que conhece Valéria dos Santos Reis, que está foragida da Justiça. Paty Bumbum negou, no entanto, envolvimento na morte da modelo Mayara dos Santos, 24 anos, que veio da Dinamarca em julho último para fazer um preenchimento nos glúteos e acabou morrendo horas depois.

 

A massoterapeuta foi presa no início deste mês em casa, no bairro da Curicica, zona oeste do Rio. Ela foi indiciada pelos crimes de organização criminosa, exercício ilegal da medicina, lesão corporal e estelionato e está com a prisão temporária decretada pela Justiça por 30 dias.

 

Além da massoterapeuta, está presa no mesmo presídio Ohana Hindara de Lima Diniz. Ela e Paty são suspeitas de envolvimento na morte da modelo Mayara dos Santos, no dia 20 de julho último, após aplicação de silicone industrial nos glúteos.

 

Paty Bumbum foi detida no último dia 25 por exercício ilegal da profissão, uma vez que se apresenta como médica mesmo sem formação em medicina, e respondia em liberdade. Ela é acusada de realizar procedimentos estéticos irregulares em sua própria casa.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/08/2018 - Colisão entre caminhonete e carreta mata mulher em São Sepé

Uma colisão entre uma caminhonete e uma carreta provocou, na tarde dessa terça-feira, a morte de uma mulher em São Sepé, no Centro do Rio Grande do Sul. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima, que tinha 38 anos, era passageira de um Jeep Renegade, que trafegava de Santa Maria para São Sepé pela BR 392.

 

Os policiais rodoviários relataram que o acidente aconteceu nas proximidades da localidade de Sanga Funda. O motorista do Jeep teria perdido o controle do veículo, invadido a pista contrária e colidido frontalmente contra a carreta, emplacada na cidade de Santiago.

 

Condutor, que tem 29 anos, sofreu lesões graves e foi encaminhado ao hospital de Caridade, localizado em Santa Maria. O motorista do caminhão saiu ileso do acidente. A pista só foi liberada para tráfego três horas após a colisão.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/08/2018 - Homem é morto a tiros dentro de carro em São Leopoldo

Cinco disparos de arma de fogo tiraram a vida de um homem de 51 anos, na tarde de terça-feira, no bairro Chácara dos Leões, em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Carlos Roberto Assmann foi baleado dentro de um veículo Nissan Livina, na esquina com a avenida dos Municípios.

 

De acordo com a perícia criminal, a vítima foi atingida por cinco disparos de arma de fogo, sendo quatro na cabeça e um tangencial. Todos os pertences estavam com a vítima: dinheiro, cartões de crédito e documentos.

 

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de que o autor poderia estar dentro do automóvel. Ele teria consumado o crime e fugido a pé, uma vez que a Brigada Militar chegou ao local e o veículo ainda estava ligado. A região não possui câmeras de segurança.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/08/2018 - Denúncias de feminicídio e tentativas de assassinato chegam a 10 mil

Quase dez mil mulheres foram vítimas de feminicídio ou tentativas de homicídio por motivos de gênero nos últimos nove anos, segundo levantamento da Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180. Desde 2009, a central registrou denúncias de morte de pelo menos 3,1 mil mulheres e outras 6,4 mil foram alvo de tentativa de assassinato. Na última década, o pico de registros ocorreu em 2015, ano em que o feminicídio foi incluído no Código Penal brasileiro como qualificador de homicídio e no rol de crimes hediondos. Naquele ano, a central recebeu 956 registros de assassinatos de mulheres, contra 69 mortes apontadas no ano anterior.

 

O número de denúncias, entretanto, está muito aquém das ocorrências de feminicídio. Segundo o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, só em 2016, cerca de 4.635 mulheres foram mortas por agressões, uma média de 12,6 mortes por dia. A secretária nacional de Mulheres, Andreza Colatto, explica que ainda há subnotificação de denúncias e alerta que muitos casos de assassinato de mulheres poderiam ser evitados. "Quando nós interrompemos um ciclo de violência contra uma mulher por meio de uma denúncia simples salvamos muitas vidas", destaca Andressa.

 

Ela lembra que o Ligue 180 pode ser acionado em todo território nacional e em mais 16 países. "A denúncia pode ser feita anonimamente. Ninguém se compromete ao denunciar, apenas apoia e auxilia mulheres que ficam desprovidas de coragem para fazer essas denúncias. É necessário que a sociedade se empenhe na ajuda contra esse problema tão grave que, todos os dias, tem registrado aumento de casos no Brasil", reforça.

 

Ponta do iceberg

 

O assassinato de mulheres devido à condição feminina é a expressão mais grave dos vários tipos de violência de gênero. Segundo a Central, desde 2009 foram relatados quase 737 mil casos de violência doméstica - mais de 80% do total de denúncias recebidas no canal. Das agressões denunciadas em ambiente familiar nos últimos anos, quase 60% são físicas e cerca de 30% psicológicas, tipos de violência que geralmente precedem o crime do feminicídio.

 

De acordo com a chefe do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) do Distrito Federal, Graciele Reis, a violência doméstica é o crime mais identificado nos relatos de mulheres. "Violência doméstica é o carro-chefe. Normalmente, quando a mulher busca ajuda já chegou na violência física. Para que ela entenda que está passando por uma violência psicológica, realmente ela está no ápice da humilhação, do isolamento", alerta a assistente social.

 

Segundo a OMS, um terço das mulheres do mundo já sofreram alguma vez na vida violência física e/ou sexual. A organização estima que mulheres expostas a violência doméstica têm duas vezes mais chance de desenvolver depressão e uso abusivo de álcool.

 

Violência psicológica

 

Graciele destaca que a melhor forma de prevenir o feminicídio é identificar os casos de violência psicológica. Mas, em geral, as mulheres não conseguem compreender que vivem uma situação de abuso e são submetidas, por muitos anos, aos excessos de maridos e companheiros. "O (abuso) psicológico precisa estar quase na violência física para ela compreender que está numa relação violenta, ela tem que estar sofrendo muito já", explica.

 

Casos de violência sexual e patrimonial dentro do casamento também são menosprezados, segundo a assistente social. "Fica naquela cultura, 'eu trabalho, mas ele administra meu dinheiro porque sabe usar melhor' e isso tudo vai podando a mulher de ter a liberdade, de ter autonomia, de fazer o que ela quiser com o dinheiro do próprio trabalho", analisa. "Todo mundo entende violência sexual como aquele estupro que puxa, rasga roupa. Mas aquela fala do homem 'você é fria, você não quer nunca', 'você é minha esposa e tem que cumprir também esse papel'; ele fica mal-humorado, ela cede para ele não ficar grosseiro, as mulheres não compreendem isso como violência sexual", ressalta.

 

Para a vice-presidente do Instituto Maria da Penha (IMP), Regina Célia Almeida Silva Barbosa, é importante ficar atento a agressões verbais e importunações que, muitas vezes, são vistas com naturalidade. "Feminicídio não começa com feminicídio. Ele começa nas sutilezas daquilo que muitas vezes o autor da violência entende como uma permissão (da mulher)", afirma Regina Célia.

 

Brasil

 

O Ceam atende mulheres de diferentes perfis sociais - desde pessoas em situação de rua até mulheres ricas. Em comum, elas têm o medo de retaliação do companheiro e de serem julgadas pela sociedade, a falta de informação sobre os tipos de violência e as dificuldades de expor o problema, principalmente na esfera policial e criminal. "Já atendemos mulheres que passaram por violências físicas graves, dente arrebentado, facada, tiro, paulada. Não é fácil se deslocar de casa (para denunciar), não é fácil criar coragem, mas há vários casos de superação", disse Graciele.

 

Acolhimento e prevenção

 

Márcia*, 44 anos, é um das mulheres atendidas pelo Ceam que tem superado o medo e o trauma da violência doméstica. Durante os anos de casada, ela foi impedida de estudar e trabalhar por ciúmes desmedidos do marido. O desejo de encerrar o relacionamento de oito anos tornou o companheiro mais agressivo. Ele se recusou a deixar a casa e passou a humilhar e maltratar a mulher. "Eu estava triste, porque não estava mais dando certo e eu vi que já estava começando a ficar doente, não estava mais aguentando. Eu estava tão abalada que não sabia o que fazer, a gente fica sem chão, sem rumo, sem forças", relata.

 

Márcia passou a perceber que ele estava a ponto de agredi-la. Prevendo o pior, ela decidiu buscar ajuda. "Liguei no 180, conversei, desabafei um pouco, porque eu estava vendo que eu tinha que me movimentar, porque se eu não me mexesse, eu já estava enxergando o que ia acontecer", completou.

 

Ela também recorreu ao Ceam onde recebeu atendimento psicológico e assistência social. "Elas perceberam que eu estava precisando e começaram a me atender. Ali é um meio de ajudar as mulheres que passam por problemas de violência, não só física, mas psicológica. Realmente fortalece, porque quando a gente se sente esmagada, triturada por alguém é como se não tivesse ninguém para te acolher, te amparar", conta.

 

Quando Márcia buscou apoio, o ex-companheiro saiu de casa, intimidado pela iniciativa da mulher de denunciar a situação. Hoje, ela cursa faculdade e já está aconselhando amigas da vizinhança que passam por situações de violência a buscarem ajuda. "Se todas as mulheres que passam por isso pudessem evitar a partir desse momento da agressão psicológica, antes de chegar à agressão física, eu acho que já seria um grande fato para evitar esse número de mortes", afirma.

 

Dificuldade

 

Na experiência diária de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica, a chefe do Ceam do Distrito Federal diz que há uma dificuldade dos policiais e dos operadores da Justiça de enquadrar o abuso psicológico - como o caso de Márcia - se não estiver acompanhado de uma evidência como xingamento ou lesão corporal. "Precisa trazer a violência psicológica à luz, porque isso tem destruído as mulheres que acabam desenvolvendo transtornos mentais seríssimos. E, infelizmente, o Estado ainda não está preparado para ouvir essas vítimas de forma qualificada", critica Graciele.

 

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/08/2018 - Datafolha mostra Lula com 39% e Bolsonaro lidera cenário sem ex-presidente

Divulgada nesta quarta-feira, a pesquisa Datafolha considerou para análise dois cenários políticos com nomes distintos do PT. Em uma situação, o candidato é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, e na outra é o ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad. É a primeira pesquisa Datafolha após o registro das candidaturas à Presidência da República no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Simulação 1

 

Com Lula como candidato do PT, ele aparece com 39% das intenções de voto, Jair Bolsonaro (PSL) com 19%, Marina Silva (Rede) tem 8%, Geraldo Alckmin (PSDB) obteve 6%, Ciro Gomes (PDT) tem 5%, Alvaro Dias (Podemos): 3% e João Amoêdo (Novo), 2% Os candidatos Henrique Meirelles (MDB),  Guilherme Boulos (PSOL), Cabo Daciolo (Patriota) e Vera (PSTU) aparecem com 1% das intenções de voto.  João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) obtiveram 0%. Os entrevistados que declararam que vão votar branco, nulo ou em nenhum dos nomes foram 11%. Outros 3% disseram não saber em quem votar.

 

Cenário 2

 

Condenado a 12 anos e um mês e cumprindo pena em Curitiba, Lula tem a candidatura questionada. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidirá se o registro do petista deve ser mantido. Em caso de impugnação da candidatura, o nome considerado pelo PT é o de Haddad. A pesquisa Datafolha considerou este cenário. Com o ex-prefeito como candidato, Jair Bolsonaro (PSL) tem 22% das intenções de voto, Marina Silva (Rede), 16%, Ciro Gomes (PDT), 10% , Geraldo Alckmin (PSDB), 9%, Alvaro Dias (Podemos), 4% e Haddad, 4%.

 

Os candidatos João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) aparecem com 2%, Vera (PSTU), Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL) e João Goulart Filho (PPL) com 1%, enquanto Eymael (DC) obteve 0%. Os eleitores que declararam voltar em branco, nulo ou nenhum dos nomes são 22%, enquanto não sabem 6%.

 

A pesquisa foi encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo. Foram ouvidos 8.433 eleitores em 313 municípios, de 20 e 21 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE com o número BR- 04023/2018.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

22/08/2018 - Escolas de Pacaraima têm superlotação com entrada de venezuelanos

Com o aumento do fluxo de imigrantes venezuelanos este ano para o Brasil, o município de Pacaraima (RR), que faz fronteira com o país vizinho, passou a enfrentar o problema da superlotação nas salas de aula. O sistema de educação pública da cidade atendeu 1.338 alunos em 2017, entre brasileiros e venezuelanos nas três escolas da sede. Este ano, a rede municipal atingiu o número de 2.030 estudantes matriculados da creche até o 6º ano do Ensino Fundamental I, sendo que 530 são estrangeiros.

 

Em março deste ano, o secretário municipal de Educação, Agamenon Rodrigues encaminhou um relatório ao MEC apontando a situação e pedindo medidas emergenciais, mas, segundo ele, não foi atendido até o momento. "Se a gente não tiver ajuda, vamos ter um colapso na educação do município. Hoje a gente não atende mais devido à falta de espaços nas escolas. A creche hoje era para atender 120 alunos, nós estamos atendendo 280. Fizemos adequações em algumas salas para poder atender esses alunos. Da mesma forma as outras escolas estão com as salas superlotadas", afirmou Rodrigues em entrevista à Agência Brasil.

 

O documento foi entregue novamente ao MEC na terça-feira ao secretário executivo adjunto da pasta, Felipe Sigollo, que esteve no município como parte da equipe interministerial que visitou o município de Pacaraima e se reuniu com atividades locais e agentes sociais para avaliar a situação e colher a situação sobre os migrantes venezuelanos. No último sábado, moradores do município expulsaram venezuelanos de barracas e abrigos e atearam fogo a seus pertences, em um princípio de revolta contra a presença deles na cidade.

 

Rede municipal de educação

 

A rede municipal de ensino de Pacaraima é formada por oito escolas, sendo que cinco delas atendem às comunidades indígenas e três concentram o fluxo urbano de estudantes na sede do município.  A Escola Municipal Casimiro de Abreu, que atende do 3º ao 6º ano do ensino fundamental, conta com uma estrutura de 12 salas de aula com capacidade para atender 600 alunos, estava com 689 alunos matriculados em março deste ano, sendo 211 venezuelanos. A Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental Alcides da Conceição Lima, que atende as etapas da pré-escola II ao 2º ano do Ensino Fundamental I estava com 62 alunos acima de sua capacidade: 566 alunos matriculados sendo 134 venezuelanos. A Creche Municipal Jessyca Christine Carvalho da Cruz, que atende as etapas de creche e pré-escola I e II com capacidade para 120 alunos, estava em março com 263 alunos matriculados sendo 70 venezuelanos.

 

As escolas atendem nos dois turnos, matutino e vespertino, com 2030 alunos matriculados. O recurso que a secretaria recebe é destinado a alunos brasileiros e venezuelanos documentados e cadastrados no censo de 2017 e não contempla o aumento da demanda em 2018. O município não trabalha com listas de espera e tanto alunos brasileiros quanto venezuelanos estão aptos para fazer inscrição no momento de abertura das matrículas. 

 

O documento entregue ao MEC apresenta uma série de opções para atender o aumento da demanda de estudantes no município: construção de creche, adaptação nas escolas municipais da sede, contêineres e aluguel de prédios particulares além da compra de material didático, pedagógico, alimentação e transporte escolar. O município também pediu a antecipação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) referente a 2018.  "Hoje, se a gente tivesse espaço e qualquer construção ou se tivesse contêineres, qualquer coisa, a gente atenderia mil alunos da migração. A demanda seria mil alunos. Então a gente fez relatórios, enviamos para o MEC mas até o presente momento não tivemos nenhuma resposta", afirmou o secretário municipal de Pacaraima.

 

Por fazer divisa com a cidade venezuelana de Santa Elena de Uairén, nas escolas do município de Pacaraima 90% dos professores falam espanhol, que também é uma disciplina da grade curricular das escolas. O secretário municipal estima que nas turmas de educação infantil na faixa de 3 a 5 anos o número de venezuelanos chegue a 60% em relação aos brasileiros. "A gente não atende porque não temos vagas nas escolas. E os que chegaram, que a gente pode atender da melhor forma, a gente acolheu. Então, o município tem acolhido independente da nacionalidade, a gente tem atendido todos os alunos e a gente tem feito trabalho nas escolas, onde a gestão, os professores e os alunos aceitam de bom modo todos esses alunos", afirmou o secretário de Pacaraima.

 

Adaptação

 

Uma das dificuldades encontradas pelos alunos estrangeiros para ingressar no ensino municipal de Pacaraima é o custo da tradução juramentada da documentação escolar. Com o aumento do fluxo migratório, a secretaria abriu mão dessa exigência para que os estudantes estrangeiros pudessem ser acolhidos nas escolas. "Eles chegam lá e muitas vezes estudaram um período, que é diferente no Brasil em relação à Venezuela. A maioria não tem condições de fazer a tradução e o município abriu o leque. A gente recebe, faz uma análise e uma prova de classificação pra saber em que nível esses alunos estão pra poder cursar no Brasil", afirma Rodrigues.

 

Para ingressar na rede municipal de educação de Pacaraima, os estudantes venezuelanos passam por uma avaliação de adaptação ou reclassificação em qualquer época do período letivo considerando o documento apresentado pelo aluno e seu desenvolvimento ou na série correspondente. A matrícula do aluno estrangeiro pode ser feita em qualquer época do ano ou período letivo a ser cursado de imediato desde que esteja garantida a possibilidade de cumprimento dos critérios mínimos de carga horária, dias letivos e frequência estipulados pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB/96).

 

Transporte escolar

 

Entre os pedidos apontados no documento entregue em março deste ano ao MEC, o município de Pacaraima pede a aquisição de 10 ônibus escolares. Atualmente a cidade possui quatro veículos para esse objetivo, sendo que dois atendem às comunidades indígenas e dois fazem o transporte dos estudantes urbanos, o que inclui o transporte dos alunos que residem em Santa Elena de Uairén. Anualmente, a Secretaria aluga mais quatro veículos para auxiliar nesse transporte.

 

Após o episódio de violência contra os venezuelanos neste sábado, o prefeito de Paracarima, Juliano Torquato (PRB) cancelou temporariamente o transporte de cerca de 300 alunos brasileiros e venezuelanos residentes em Santa Elena.  "Saiu muito áudio dizendo que queimaram os carros brasileiros que entrassem na Venezuela. Ficamos com medo pela integridade física dos alunos", afirmou o secretário municipal Agamenon Rodrigues  em entrevista à Agência Brasil. Após uma reunião com a prefeitura ontem, ficou definido que os ônibus escolares voltarão a buscar normalmente os estudantes a partir desta quarta-feira.

 

Refúgio

 

Até junho deste ano 24.356 venezuelanos pediram refúgio no Brasil segundo dados do Ministério da Justiça, o que representa um crescimento de 26,6% em relação ao ano anterior. Apenas em Roraima, principal acesso dessa população ao país, foram registrados 18.374 pedidos de refúgio no primeiro semestre deste ano, número maior do que o total de pedidos em todo o país registrados em 2017, um total de 17.865. A Agência Brasil procurou o MEC para comentar os pedidos do município de Pacaraima, mas a pasta não se pronunciou sobre o assunto até a publicação da matéria.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/08/2018 - Hipnólogo suspeito de abusar sexualmente de adolescente é preso em Porto Alegre

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (20) suspeito de abusar sexualmente de um menino de 14 anos, na Zona Leste de Porto Alegre. De acordo com a Polícia Civil, o adolescente, portador da Síndrome de Asperger, recebia tratamento psicológico por hipnose.

 

Os abusos teriam ocorrido na clínica do homem preso, localizada no bairro Partenon. Segundo a delegada Andrea Magno, a denúncia foi feita no último sábado (18) pela mãe do adolescente, que teria procurado a polícia "após o filho ser abusado em uma sessão realizada com o psicólogo". Ainda de acordo com a delegada, o suspeito afirmou não ter credenciamento de psicólogo e apenas trabalhar com hipnose.

 

"Após a perícia e o depoimento do menino, a prisão preventiva foi decretada. Alertamos que se existirem outras crianças com essa suspeita, que procurem a polícia", disse a delegada.

 

A prisão preventiva foi cumprida por meio da Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente Vítima (DPCAV), do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca).

 

Síndrome de Asperger

 

A Síndrome de Asperger é um transtorno psiquiátrico semelhante ao autismo. Ela afeta a capacidade de se socializar e de se comunicar.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

21/08/2018 - Suspeito de matar ex-namorada se entrega à polícia em Caxias do Sul

O suspeito da morte de Andressa Maria Suzin Ferreira, 24 anos, se entregou à polícia nesta segunda-feira (20), em Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul. O homem, de 38 anos, confessou o crime, mas alegou legítima defesa. Ele foi preso preventivamente.

 

O caso é tratado pela polícia como feminicídio. A vítima foi encontrada morta na casa onde vivia o ex-namorado, na noite de 12 de agosto. Familiares relataram que o suspeito havia ligado para a irmã dele e dito que havia feito "besteira" com Andressa, conforme o registro policial.

 

Na ocasião, foram encontrados sinais de possíveis ferimentos com facão na cabeça dela, e marcas de esganadura no pescoço. Em depoimento à polícia, o suspeito afirmou ter usado um martelo para se defender após Andressa tentar agredi-lo.

 

"Segundo ele, eles tiveram uma briga e a Andressa teria avançado sobre ele com um ferro de passar roupa", disse a delegada Carla Zanetti, da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam).

 

A polícia investiga o caso e aguarda as conclusões da necropsia. De acordo com a Polícia Civil, não havia nenhum boletim de ocorrência da vítima contra o namorado que indicasse histórico de agressão ou violência.

 

 

 

Fonte: G1 RS

21/08/2018 - Segurança é morto durante assalto a mercado em Canoas

Um segurança foi morto durante um assalto ocorrido em um mercado, na noite de segunda-feira (20) no bairro Rio Branco, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

De acordo com a Brigada Militar, o criminosos atiraram contra a vítima, de 43 anos, após anunciarem o assalto. A polícia apura se ele teria reagido.

 

O vigilante chegou a ser levado para o Hospital de Pronto Socorro de Canoas, mas não resistiu aos ferimentos. Os suspeitos do crime fugiram em um veículo de cor prata.

 

 

 

 

Fonte: G1 RS

21/08/2018 - Exército identifica segundo militar morto em operação no Rio

O Exército identificou o segundo militar morto na operação desta segunda-feira do Comando Conjunto das Forças Armadas nos Complexos do Alemão, Penha e da Maré, zona norte do Rio. Trata-se do soldado João Viktor da Silva, de 21 anos, atingido por um tiro na cabeça, no final da tarde, durante confronto no interior do Complexo da Penha.

 

Em nota, o Comando Militar do Leste (CML) informou que todas as medidas administrativas e judiciais cabíveis já estão em curso. "Por fim, concitamos à população fluminense um momento de reflexão acerca do sacrifício despendido pelo soldado João Viktor da Silva em sua missão de proporcionar um ambiente seguro e estável aos habitantes do Estado do Rio de Janeiro".

 

Pela manhã, o cabo do Exército Fabiano de Oliveira Santos morreu atingido por um tiro de fuzil no ombro. Na mesma ação, na localidade conhecida como Serra da Misericórdia, no Complexo do Alemão, ficou ferido com um tiro na perna o soldado do Exército Marcus Vinicius Viana Ribeiro. Ele não corre risco de morte e está internado no Hospital Central do Exército (HCE), no bairro de Triagem.

 

O número de criminosos mortos em confronto com as forças de segurança do Estado subiu para seis, depois que militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram atacados por bandidos armados na favela Nova Holanda, no Complexo da Maré. No confronto, um criminoso acabou ferido e foi encaminhado para o Hospital Federal de Bonsucesso, mas não resistiu ao ferimento.

 

 

Balanço da Operação

 

Ao todo, foram apreendidos 600 quilos de drogas pelo Batalhão de Operações com Cães da PM no Complexo da Maré. No confronto com as forças de segurança, cinco homens morreram e 36 acabaram presos. Foram apreendidas 24 armas, entre elas, oito fuzis automáticos.

 

No morro da Fé, no Complexo da Penha, policiais do Batalhão de Operações Especiais da PM (Bope) libertaram uma família com três pessoas, entre elas uma criança, que estava no interior da residência. Na ação, seis criminosos acabaram se rendendo, após negociação com especialistas da tropa de elite da PM. Com os criminosos, foram apreendidos um fuzil e três pistolas.

 

Em outra ação, militares do 41º batalhão da PM, de Irajá, prenderam sete homens que estavam fugindo do Complexo da Penha, com duas pistolas e grande quantidade de drogas. A prisão aconteceu no morro do Trem, em Vicente de Carvalho.

 

A PM prendeu ainda no morro da Fé, o líder de uma facção criminosa do estado do Amazonas. Ele é conhecido como “JR”. De acordo com a corporação, o preso é muito respeitado por outros criminosos por sua ligação com uma facção criminosa do Rio.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/08/2018 - Moro condena ex-deputado André Vargas por lavagem de dinheiro

O juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-deputado André Vargas (ex-PT) a 6 anos de prisão por lavagem de dinheiro. Vargas já está preso, por condenação em outro processo da Operação Lava Jato. Na época do crime a ele atribuído, Vargas era vice-presidente da Câmara.

                         

Moro também condenou, na sexta-feira, o irmão do ex-parlamentar, Leon Vargas, a contadora do doleiro Alberto Youssef, Meire Poza, e o empresário Marcelo Simões. "André Vargas interveio junto à Caixa Econômica Federal utilizando sua influência política, na época era deputado federal, para que a empresa IT7, de Marcelo Simões, fosse contratada em uma licitação fraudada para fornecimento de software para o banco", acentuou Moro.

 

"A culpabilidade (de André Vargas) é elevada. Conforme restou comprovado na ação penal supramencionada, o condenado recebeu propina não só no exercício do mandato de deputado Federal, mas também da função de vice-presidente da Câmara dos Deputados, esta entre os anos de 2011 a 2014, período que abarca os fatos objeto desta ação penal (dezembro de 2013 a fevereiro de 2014). A responsabilidade de um vice-presidente da Câmara é enorme e, por conseguinte, também a sua culpabilidade quando pratica crimes", escreveu Moro.

 

No processo, os quatro foram considerados culpados pela lavagem de R$ 2.399.850 supostamente provenientes de crimes contra a administração pública. O montante estava ligado, segundo a Operação Lava Jato, a um contrato firmado entre a Caixa Econômica Federal e a IT7 Sistemas Ltda.

 

Sentença

 

Meire Poza foi condenada a 2 anos e 3 meses de reclusão em regime aberto. O juiz substituiu a pena privativa de liberdade "por duas penas restritivas de direito, consistentes na prestação de serviço à comunidade e em prestação pecuniária".

 

Simões foi condenado a 5 anos e 4 meses de reclusão, em regime inicial fechado. O magistrado impôs a Leon Vargas 5 anos de reclusão, em regime inicial semiaberto.

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/07/2018 - Sol aparece, mas tempo segue frio no RS nesta terça-feira

A nebulosidade diminui nesta terça-feira na maioria das regiões e o sol vai aparecer com nuvens, apesar de períodos de nublado no Rio Grande do Sul. Em cidades no Norte do Estado, na divisa com Santa Catarina, o tempo fechado predomina e chove no decorrer do dia.

 

No final desta terça a nebulosidade volta a aumentar no Nordeste gaúcho, o que inclui a Serra, Litoral Norte e a Grande Porto Alegre. Será mais uma jornada fria, mas as máximas subirão à tarde mais do que na segunda-feira. As menores mínimas ocorrem no Oeste e no Sul com geada isolada, já que nestas regiões o tempo deve estar mais aberto na madrugada.

 

As mínimas rondam os 2°C em Santana do Livramento e os 5°C em São José dos Ausentes. As máximas, por sua vez, não devem ir muito além dos 15°C em pontos como Santa Rosa e Uruguaiana. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 7°C e 15°C.

 

Segunda gelada

 

O RS teve uma segunda-feira gelada. A mínima no Estado foi de 1,3ºC em Pinheiro Machado, mas o destaque do frio da segunda-feira foram as máximas bastante baixas. Em grande número de municípios gaúchos, a temperatura durante o dia sequer chegou aos 10ºC. Foi o caso de vários bairros de Porto Alegre.

 

A estação do Morro da Polícia, a 290 metros de altitude, na zona Leste da Capital, não marcou mais de 7,3ºC à tarde e às 16h a temperatura era de apenas 6,9ºC. No Vale do Sinos, a tarde foi a mais fria do ano, batendo a do dia 10 de agosto último que também foi marcada por tempo instável e temperatura de um dígito. A tarde chegou a ter precipitação de chuva congelada em pontos da cidade de São Borja, na Fronteira Oeste.

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

21/08/2018 - Presos suspeitos de assaltos a bancos, lotérica e casa de câmbio no RS e no Uruguai